  

Utilização da Fonte Pilha-Luz HDL AL.307, para falta de energia. Função Dia/Noite, para o caso de ausência do operador da Central. Acionamento da Fechadura Elétrica opcional (qualquer modelo HDL).

CENTRAL DE PORTARIA HDL CI-2000
MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO

SUPORTE DO FONE: Contém:

abcd-

Circuito de toque eletrônico, sinalização e fonia: É a placa de circuito que comanda todas as funções da central. Tecla “Porteiro”: Tecla responsável pelo acoplamento entre a Central de Portaria e o Porteiro Eletrônico (residencial ou coletivo). Tecla “Dia/Noite”: Esta tecla é utilizada quando em determinado período a Central não contar com operador, transferindo todo o funcionamento dos interfones, diretamente para o Porteiro Eletrônico HDL Externo(opcional). Leds sinalizadores: Indicam o estado de funcionamento da central; d-1- Led ON: Indica que a central está ligada à rede elétrica. d-2- Led PE: Sinaliza o acoplamento ao Porteiro Eletrônico externo. d-3- Led L1: Sinaliza o enlace L1, enlace entre um Ramal (interfone HDL LD.01) e a Central. d-3- Led L2: Sinaliza o enlace L2, enlace entre dois Ramais ( dois interfones HDL LD.01). Botões de acionamento para: e-2- Acionar fechadura elétrica e-3- Chamada dos Ramais. Interfone para conversação: Fone da Central para a comunicação desta com os Ramais e com o Porteiro Eletrônico externo.

ef1-CARACTERÍSTICAS DO EQUIPAMENTO: A Central de Portaria para Interfones HDL CI-2000, projetada e construída dentro dos mais rigorosos padrões de qualidade dos Produtos HDL, utiliza como conceitos principais a praticidade, a confiabilidade e o conceito “modular”, que permite a montagem de diferentes configurações (número de Ramais) através do simples acoplamento de módulos de Ramais. Possuindo 2 (dois) enlaces (comunicação em sigilo entre dois interfones), a central CI-2000 permite com que dois Ramais se comuniquem (enlace L2), e ao mesmo tempo um terceiro Ramal comunique-se com o Fone da Central (enlace L1).
FN OE S P RED F N U O T O OE L D IN IC D R S E S D AOE M D L S D S R MI O U O O A AS

MÓDULOS DE RAMAIS: Contém: a- Leds de Sinalização : Contém um led para cada Ramal. Indica o Ramal ativo, ou seja, aquele que está fora do gancho chamando a Central ou comunicando-se com outro Ramal. b- Chave Seletora de enlace: Uma chave acionada através de alavanca, para a direita ou esquerda, seleciona o enlace (L1 ou L2) a ser utilizado. c- Visor identificador do Ramal: Contendo etiqueta, identifica o número ou nome utilizado para a designação do Ramal correspondente. INTERFONES: Os interfones a serem utilizados como Ramais na Central deverão ser do modelo LD.01, de fabricação da HDL. Será necessário um interfone para cada Ramal disponível na Central, podendo-se inclusive colocar extensões nos Ramais ( até três pontos ao todo). O interfone contém: • Circuito de toque eletrônico e comunicação. • .Botão para acionamento da fechadura elétrica, quando o sistema utiliza Porteiro Eletrônico

O N

P E

L 1 L 2

L .0 D1

B T OD F C A U A OA A E H D R

C A E D / N IT H V IA O E C AE P RE O H V O T IR B T OF C A U A OA E H D R B T OC A A AD S R MIS OA H MD O A A

2- FUNCIONAMENTO E INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO:

A- Condição inicial ou de Repouso da Central: Nesta condição a
Uma série de outros recursos e possibilidades estão disponíveis na Central HDL CI-2000 :  Acoplamento de Porteiro Eletrônico (residencial ou coletivo).    Central deverá estar: Com as chaves de enlace dos módulos na posição central. Com o fone da Central em seu suporte. Com as teclas “Porteiro” e “dia/noite” desligadas.

Um visitante ao chamar um dos Ramais. No instante que duas chaves estiverem posicionadas à direita. conforme a tabela a seguir Distância entre Central e Ramal de 0 a 100 metros de 100 a 200 metros de 200 a 600 metros de 600 a 1000 metros Fios em mm2 0.Central de Portaria sem operador (função dia/noite): No caso da ausência do operador da Central durante algum período do dia ou da noite e existindo um Porteiro Eletrônico Coletivo acoplado à Central. piscando intermitentemente. para a esquerda (enlace L1). o que colocará o Porteiro externo diretamente acoplado aos Ramais. utilize uma chave de fenda apropriada. e se desejar poderá acionar a fechadura elétrica através do botão correspondente na Central.MODULO DOS RAMAIS VISOR IDENTIFICADOR DE RAMAL CHAVE SELETORA DE ENLACE LED SINALIZADOR Porteiro. sendo que um destes é “comum” entre todos os Ramais e outro individual entre a Central e o Ramal. indicando ao operador que o Porteiro está chamando. através de sua alavanca seletora. Neste instante o operador deverá estar com o fone da central fora do gancho. atendendo a chamada de um Ramal: Para o operador da Central atender ao Ramal que está chamando. poderá acionar a fechadura elétrica através do botão do interfone. Automaticamente no Módulo dos Ramais da Central o led correspondente ao Ramal que está chamando sinaliza.Fazendo um enlace entre dois Ramais: Nesta situação. ao mesmo tempo. entre os dois ramais correspondentes se estabelecerá uma comunicação em sigilo.5 mm² 0.  A fiação deverá ser protegida de unidade e acondicionada em dutos separados da rede elétrica. entrando em comunicação .fone da Central/fone do Ramal.  No instante que a Central estiver em comunicação com um dos Ramais (enlace L1) outro Ramal poderá estar chamando a Central. o Led “PE” da Central acende e o toque eletrônico da Central será disparado durante alguns segundos. B. dois fios chegam em cada interfone.2000 INSTALAÇÃO BÁSICA Consideraremos como instalação básica aquela que contém somente a Central e os interfones correspondentes aos Ramais. inserindo-a na cavidade e fazendo os movimentos descritos na figura a seguir: E. será atendido pelo interfone correspondente. um visitante ao acionar o botão de Chamada do CENTRAL DE PORTARIA HDL CI. Quando o fone do Ramal for retirado do gancho. faça a alavanca que a tampa desencaixará facilmente. Utilize o mesmo procedimento para os módulos de Ramais ON PE L1 L2 F- Aviso do término do enlace L2: Quando os dois Ramais que estavam em enlace recolocarem seus fones no gancho.5 mm² G.   C. Colocar a tecla “dia/noite” na posição NOITE (pressionada). Para entrar em comunicação o operador deverá acionar a tecla Porteiro.Central D.  A bitola dos fios deverá ser proporcional à distância entre o interfone e a Central.INSTALAÇÃO: a Central não permite ABRINDO A CENTRAL:Para abrir o Suporte do Fone e os Módulos de Ramais. 3.Um Ramal chamando a Central: Para um Ramal (fone LD. sem o acoplamento de Porteiro Eletrônico e fonte pilha-luz AL. na Central será disparado o toque eletrônico bitonal de chamada. chave dia/noite Obs: Sem a presença do operador intercomunicação entre os Ramais. Importante:  Durante o tempo que em que dois Ramais se comunicam (enlace L2) outro Ramal poderá chamar e ser atendido pela Central (enlace L1). CONSIDERAÇÕES QUANTO À FIAÇÃO:  A fiação levada da Central para o interfone consiste em 2 (dois) fios. conforme o item B. a Central acusará um toque eletrônico diferenciado. ou seja.Central chamando Ramal: O operador tira o fone do gancho. indicando que o operador deverá retornar as chaves correspondentes à posição central (repouso). . os seguintes passos serão necessários para que os Ramais atendam diretamente os visitantes: Colocar o Central na posição de Repouso. Neste caso o operador da Central aciona a alavanca seletora da chave de enlace do Ramal que solicitou a comunicação para a direita (enlace L2). e em seguida chama o outro Ramal. basta com que seja acionada a chave de enlace correspondente ao Ramal que sinaliza. basta tirar o fone do gancho. e se o usuário do Ramal quiser.01) chamar a central. comunicando ao segundo Ramal o desejo de comunicação do primeiro e acionando a chave de enlace também para a direita (enlace L2).0 mm² 1. aciona a alavanca da chave de enlace correspondente ao Ramal que deseja chamar para a esquerda (enlace L1) e em seguida pressiona o botão de chamada da Central. 123- Inserir a chave de modo inclinado – 45o Com um movimento leve e suave. o comum é que um dos Ramais chame a Central (item 1) e solicite ao operador o contato com outro Ramal. podendo o operador colocar o fone da Central no seu suporte.Atendendo ao Porteiro Externo: Quando a Central estiver acoplada a um Porteiro Eletrônico externo (residencial ou coletivo). 101 102 103 104 201 202 203 204 O N P E L 1 L2 chave porteiro H. pois a Central só dispara o toque de chamada se o fone desta estiver em seu suporte. enviando neste instante o toque eletrônico de chamada para o interfone. o Ramal entra em comunicação com o operador da Central.75 mm² 1.307.

(Verso) .307.RAMAL 1 R2 R3 IMPORTANTE: OBSERVE A POSICAO DA CHAVE SELETORA DE VOLTAGEM ANTES DE CONECTAR A REDE ELETRICA 4 3 L D 1 1 4 3 L D 1 1 4 3 L D 1 1 110 FONTE TRA 400 12 Vac R1 R2 R3R4 R5R6 R7R8 R9R10 1413 Y 4 X +12 11 7 6 5 4 1 BORNES DO MODULO BORNES DA BASE DA CENTRAL BORNES DO MODULO BORNES DA BASE DA CENTRAL R 1 R 2 R 3 R 4 R 5 R 6 R 7 R 8 R 9 R 1 0 14 13 Y 4 X + 12 11 7 6 5 4 1 AZ VM BR BASE DA CENTRAL MODULOS 3-2 INSTALAÇÃO COMPLETA: Instalação com Porteiro Eletrônico acoplado e fonte pilha-luz AL.

01 TECLA PARA CHAMAR A CENTRAL * TECLAS DE CHAMADA DO PORTEIRO R1 R2 R3 R4 R5 R6 R7 R8 R9 R10 4 1 ON PE L1 L2 PORTEIRO MP/04 + 3 AL.307 X 4 FECHADURA C-90 4 - F Y 4 SELECIONE A VOLTAGEM CORRETA 110 FONTE PILHA LUZ OPCIONAL Y X 12 Vac + 12 + 1 11 7 6 5 FONTE TRA 400 T F 14 13 MODULO CI2000 MODULO DE 10 RAMAIS A .1 3 4 APTO 3 LD.01 1 3 4 APTO 2 LD.01 1 3 4 APTO 1 LD.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful