You are on page 1of 8

Alimentação orgânica é mais saudável?

Medicina Tradicional Chinesa


Dicas para sua saúde mental, emocional, física e espiritual

por Jou Eel Jia,

Pela Medicina Tradicional Chinesa além do uso ou não de


agrotóxicos é preciso avaliar a procedência dos alimentos, o tipo de
alimento e seu preparo

À primeira vista sim. Já que os alimentos que não são orgânicos,


devido ao uso de agrotóxicos, tornam-se impregnativos por
entrarem no organismo; eles entram e não saem mais, e isso altera
o equilíbrio fisiológico. Alguns defensivos agrícolas são
altamente tóxicos e cancerígenos.

Pela ótica da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), o uso de


agrotóxicos é apenas um dos critérios a ser avaliado.

É preciso prestar atenção ao que se come. Isso porque segundo a


MTC, os alimentos, por si só, podem ‘carregar uma energia
perversa’ do meio exterior.

Essa energia perversa é a energia que gera desequilíbrio no


organismo. Por exemplo, você pega um alimento que é plantado
no pântano que carrega toda aquela energia de umidade e
turvacidade. Essa planta tem uma energia perversa, que entrará no
seu organismo.

Entretanto algumas plantas medicinais nascem no pântano, pois a


energia yin do pântano tem uma ação terapêutica, que serve para o
tratamento de doenças muito yang, ou seja, doenças de calor. A flor
de lótus por exemplo cresce numa região turva de lamaçal e pode
servir para nutrir a energia do rim. Quando você encontra muito
calor interno, muita sede, suor, diurese curta, urina amarela e
concentrada, você faz um chá dessa planta.

1º) Tem que ver a procedência


De acordo com os fundamentos do Feng Shui, não é benéfico se
um alimento for cultivado num lugar em que a energia da terra não
esteja boa em relação ao clima e o local, já que o alimento absorve
a energia do local. Essa energia é o ch'i da terra, a energia telúrica.

Por exemplo, uma alface plantada numa planície e outra plantada


próxima a uma região pantanosa vão ter propriedades energéticas
diferentes. Neste caso o princípio ativo orgânico é igual, entretanto
a energia que ambas carregam são diferentes.

2º) Tem que ver o tipo de alimento

No reino vegetal são divididos em:

- Folhagem: o que é cultivado em cima da terra (é mais yang)


- Tubérculo o que é cultivado embaixo da terra (é mais yin)

Uma pessoa mais yang tem que se alimentar mais de tubérculos


(raízes) por ser um alimento mais yin. Já uma pessoa com uma
característica mais yin tem que se alimentar mais de folhagens por
ter uma energia mais yang.

3º) Modo de preparar altera energia yin e yang dos alimentos


Você pode pegar uma raiz de tubérculo que é muito yin e aumentar
um pouco sua energia yang. Você pega, por exemplo, uma batata
crua ou cozida ela é yin, mas se você a coloca na grelha ou no
carvão e assa ele se torna mais yang.

Jou Eel Jia


é formado em Medicina pela UNIFESP e é
Presidente da Associação de Medicina Tradicional do Brasil (AMC)

Fonte:
Vya estelar UOL
Novembro 2008

-----------------------------------------
SAIBA POR QUE RESPIRAR CORRETAMENTE
AUXILIA NO APRENDIZADO
Medicina Tradicional Chinesa
Dicas para sua saúde mental, emocional, física e espiritual

Por Jou Eel Jia,

"Uma boa respiração melhora a expansão do circuito cerebral


e a memória. Respirar certo significa respirar pausadamente e
profundamente. O ansioso respira mal porque respira rápido e
curto"

A respiração realiza a troca de oxigenação no corpo. Do ponto de


vista energético, precisamos da respiração para recarregar nossa
reserva energética.

Sob a ótica da Medicina Tradicional Chinesa, é através da


respiração controlada que se consegue transformar o nosso
reservatório energético (jing) em ch’i (energia ou consciência). Com
a expansão dessa energia ch’i, a mente é fortalecida.

Ou seja, com o melhor controle da respiração, haverá uma


melhor liberação da energia que fortalecerá a mente. Esse
mecanismo no ponto de vista da neurociência é o impulso
elétrico que libera neurotransmissores que fecham um circuito
cerebral.

O que significa isso?

A cada aprendizado nosso, um circuito cerebral é fechado.


Portanto, quem respira mal não consegue fechar um circuito
cerebral, porque não oxigena o cérebro. Na prática, a cada
habilidade aprendida, fecha-se um circuito cerebral.

Por isso a baixa de oxigenação desencadeia uma baixa de


aprendizado. Por exemplo, uma criança com adenóide respira mal,
o mesmo acontece com idoso com aterosclerose. Uma boa
respiração melhora a expansão do circuito cerebral e a memória.
Respirar certo = respirar pausadamente e
profundamente.

O ansioso respira mal porque respira rápido e curto e não permite a


saturação de oxigenação. Ou seja, a fixação do ch’i.

As técnicas que auxiliam na fixação do ch’i no organismo são: yoga,


lien ch’i (veja o próximo artigo, logo abaixo) e meditação.

Isso permitirá a oxigenação das células e a eliminação de radicais


livres, substâncias que provocam envelhecimento.

Jou Eel Jia


é formado em Medicina pela UNIFESP e é
Presidente da Associação de Medicina Tradicional do Brasil (AMC)

Fonte: vya estelar uol

---------------------------------------

O que é o Lien Ch'i e quando aplicá-lo


Por Jou Eel Jia

Faz a parte da Medicina Tradicional Chinesa treinar o fluxo de


nossa energia, chamada pelos chineses de Ch'i, e treinar a nossa
consciência, ou seja, treinar o Lien. Portando, esse é o objetivo do
Lien Ch'i, desenvolver a energia e ampliar a consciência.

Quando o nosso C'hi está estagnando e não flui perturba a nossa


consciência e o nosso bem-estar, gerando o processo de
adoecimento. Por isso o Ch'i equilibrado melhora nossa fisiologia
orgânica e aumenta nossa imunidade. Com isso a pessoa tem uma
vida mais saudável e equilibrada.

O Lien Ch'i é composto por 28 movimentos divididos em três partes.

1ª parte
É uma forma de meditação com oito movimentos de harmonização
e equilíbrio. Os oito movimentos são realizados de forma
harmoniosa e suave; visam "ativar" o circuito de circulação
energética do organismo (meridianos), proporcionando sensação de
bem-estar físico e mental.

Vou fazer aqui analogia a uma casa que precisa ser preparada para
receber uma visita. A primeira parte do Lien Ch'i equivale a fazer
uma bela faxina na casa.

2ª parte

A segunda parte é formada por 16 movimentos expansivos que


fortalecem músculos e ligamentos (tendões), fazendo com que a
energia se expanda. Esses movimentos têm como características o
vigor, a rapidez e a agilidade, visando acelerar circuitos de energia,
aumentar a performance e desempenho de captação de "Ch'i".
Essa expansão de energia fortalece a nossa energia espiritual.
Equivale a colocar os móveis na casa, quadros...

3ª parte

Na terceira parte o Lien Ch'i trabalha o acúmulo dessa energia


tornando a pessoa com a capacidade de curar os outros e tem
quatro movimentos. Enfim, é o momento em que se pode receber a
visita em casa.

Um massagista com energia acumulada pode curar os outros


através do C'hi. Na prática, é como se fosse uma acupuntura com
as mãos, coloca-se a mão na pessoa manipulando pontos
específicos - meridianos - com movimentos específicos. Nesse
trabalho capta-se a energia debilitada e se dá um suporte
melhorando a energia da outra pessoa. Se o massagista não tiver
feito um trabalho de autopreservação, com objetivo de acumular
energia, tende a ficar cansado, após desenvolver o trabalho no
paciente.

Aplicação

É aplicado principalmente nas doenças psicossomáticas; pois a


manipulação com os dedos nos pontos de acupuntura – meridianos
–, regulam tanto os distúrbios físicos como emocionais. Só para
citar um exemplo, se atuar no meridiano do rim, poderá curar suas
deficiências.

Pode-se manipular pontos meridianos conjugando um


trabalho com os dedos e com as agulhas. Usam-se as
mãos também quando o paciente tem medo de
agulha.

Fonte:
Vya estelar UOL

----------------------------------------
-----

Visite o site: Escola Dragões de Shaolin


http://www.dragoesdeshaolin.com.br/index.htm

DRAGÕES DE SHAOLIN ARTES MARCIAIS E FILOSOFIA CHINESA


Rua Voluntários da Franca, 761 - Franca/SP - Cep 14405-123
Fone: (16) 3724-7803

Filosofia Aplicada em Ch´an Tao Shu

• Treinaremos nosso corpo e nossa mente para termos um espírito


inabalável através da disciplina e da filosofia de vida.
• Aplicaremos o verdadeiro significado do Kung Fu como arte marcial.
• Observaremos as regras e cortesia de todos os estilos de artes marciais
emanadas no regulamento geral do Kung Fu.
• Procuraremos preencher a verdadeira virtude da humildade e da filosofia
de vida.
• Combateremos a violência.
• Aplicaremos o King Fu somente em nossa legítima defesa.
• Tornaremos público o nosso estilo, somente em demonstrações ou
torneios, organizados pelos nossos superiores.
• Respeitaremos nossos pais e nossos mestres, assim como determinam as
leis de Deus.
• Respeitaremos a Constituição de nosso país.
• Respeitaremos nossos superiores e nossos subordinados.
• Defenderemos as cores de nossa bandeira.
• Honraremos nossa Pátria por toda a nossa vida e lutaremos por ela se
necessário for.

Shifu Isaac Pereira

Tai Chi Chuan - Estilo Yang Oficial de Pequim


A Nobre Arte Chinesa

Tai Chi pode ser traduzido como "supremo último", que seria o ápice do
crescimento interior do ser humano, ou seja, o estado máximo de evolução,
no qual corpo e mente encontram-se em perfeita sintonia e as forças
antagônicas do universo (yin-yang) trabalham em equilíbrio. Já o termo
Chuan significa "punho cerrado", portanto, uma tradução possível para Tai
Chi Chuan seria "luta pelo supremo".

Por estimular o autodesenvolvimento do indivíduo, o Tai Chi Chuan pode ser


considerado uma arte marcial que trabalha o interior, ao contrário da
modalidade externa, cujo objetivo é vencer o adversário.

Baseada na força, flexibilidade e sabedoria dos animais, essa arte chinesa


também é chamada de "meditação em movimento", já que é preciso, antes
de iniciar os exercícios, esvaziar a mente e maner a concentração ativa. O
praticante deve coordenar a respiração com cada gesto executado e realizar
os movimentos de maneira suave, sem pressa.

Além de promover o relaxamento, o Tai Chi Chuan produz sensação de paz


interior, estimula a circulação, aguça a mente e a concentração, melhora a
digestão e a respiração, além de previnir diversas doenças.
Em estudos rescentes realizados por entidades renomadas com a OMS
(Organização Mundial de Saúde), constatou-se que a prática regular
contínua ou alternada de Tai Chi Chuan, possibilita aos praticantes alcançar
os seguintes benefícios:

• Fortalece o Sistema Cardiovascular


• Alonga músculos e tendões
• Melhora o fluxo sangüíneo
• Fortalece o Sistema Respiratório
• Estimula o Sistema Glandular
• Fortalece os ossos
• Aumenta a flexibilidade das articulações
• Restabelece o equilíbrio
• Melhora o controle das emoções
• Fortalece a memória
• Aumenta a percepção
• Melhora a criatividade
• Desperta a auto-estima
• Diminuição de ansiedade
• Redução de dores provocadas pela Fibromialgia
• Redução na ingestão de remédio para o controle de pressão alta e
baixa
• Diminuição nos sintomas de depressão
• Redução considerável de gripes e resfriados
• Reduz os efeitos da Menopausa, Andropausa e TPM

------------------------------------------