You are on page 1of 1

Iniciativa 15 DE SETEMBRO DE 2008

13

cação como DAVID ERLICH


“As aulas de substituição são um direito dos alunos,
que precisam de optimizar a sua ocupação educativa”

e justiça social
Estudante do Ensino Supe-
rior em Ciência Política

“A implementação da escola a tempo inteiro foi muito


importante para o enriquecimento cultural das escolas,
LUCÍLIA SALGADO dos alunos, das famílias e das própria comunidades”
Professora do Ensino
Superior, ESE Coimbra

“Ao exercício de uma cidadania plena é inerente a


inclusão da diferença e da diversidade. A inclusão é
central para a democracia, para o ideal republicano
JERÓNIMO SOUSA
Director do Centro de de uma escola para todos, para o desenvolvimento
Reabilitação Profissional
de Gaia
económico do país e para a justiça social”

“A estabilidade no corpo docente trouxe também a


desejável estabilidade na escola, no seio dos alunos,
ARMANDINA no acompanhamento partilhados destes por docentes
SOARES e encarregados de educação e estabilidade na
Professora do Ensino
Secundário
aprendizagem”

“É preciso ter a coragem de lembrar que novas


competências para as autarquias é aquilo que tem
sido reivindicado, em favor da descentralização, desde
RUI SOLHEIRO a instituição, há mais de 30 anos, do poder local”
Presidente da Câmara de
Melgaço

“É preciso criar um quadro legal que permita aos


estabelecimentos de ensino gerir mais eficientemente
TEODOLINDA as soluções achadas para os seus problemas
SILVEIRA específicos, no exercício responsável da autonomia da
Professora do Ensino
Secundário
gestão escolar”

“Precisamos de escolas e de professores que não


encarem a avaliação de desempenho e de resultados
DOMINGOS como ameaças e precisamos também de escolas.
FERNANDES Precisamos de professores que saibam aproveitar esse
Professor do Ensino
Superior, Universidade
processo para reflectir sobre práticas pedagógicas,
de Lisboa métodos, instrumentos para, quiçá, reformulá-los”

“A articulação entre educação e novas tecnologias


é mais crucial do que parece porque promover o
desenvolvimento de ‘skills’ será vital para corresponder
CARLOS BRAZÃO às exigências do novo paradigma de produtividade e
sistema de ensino e da qualificação que centrou a sua intervenção nas
Director-geral da CISCO em
Portugal
competitividade”
dos nossos recursos humanos. marcas e nos valores de esquerda
A ocupação plena dos tempos es- republicana patentes no processo
colares, o enriquecimento curricular de reforma na educação que classi- “A modernização e requalificação do espaço físico das
com actividades desportivas, com o ficou como “revolução” e que são escolas secundárias portuguesas dará um contributo
ensino do inglês e da música, as es- um justo motivo de orgulho para BARATA positivo e determinante para a modernização e
pecificidades e exigências do ensino o Governo do PS. FERNANDES
Professor do Ensino desenvolvimento das nossas cidades e do nosso
especial, a reorganização da rede “Haverá um antes e um depois
escolar em centros, as mudanças destas alterações introduzidas
Superior, Universidade
do Porto
património arquitectónico”
do Estatuto da Carreira Docente, a no nosso sistema de ensino pelo
colocação dos professores por três Governo do Partido Socialista e
anos, o novo paradigma da gestão isso só não o vê quem não quer”, “O país precisa de políticos visionários, porque todo
escolar, o Plano Tecnológico da disse o constitucionalista, para que sistema de ensino deve contribuir para habilitar
Educação, a requalificação do es- a reforma da educação em curso os seus alunos para o exercício de uma profissão,
paço físico das escolas secundárias “constitui um notável e indiscutí- AUGUSTO GUEDES
Presidente da Direcção inclusivamente daquelas que ainda não existem”
e a diversificação das ofertas forma- vel progresso”, uma vez que devolve da COOPTÉCNICA - Escola
tivas no ensino profissionalizante a centralidade à escola pública, e Gustavo Eiffel
estiveram em análise, e os oradores a esta o seu papel de serviço pú-
saudaram unanimemente todas blico universal e estruturante da “São precisas lideranças pedagógicas fortes. Não
as medidas, atribuindo-lhes notas sociedade. podemos fazer depender importantes medidas dos
altamente positivas. “Trata-se de uma reforma assente vaivéns das decisões fruto de responsabilidades
A encerrar a sessão, pelo Con- numa filosofia, em marcas e em LINHARES DE
CASTRO repartidas e partilhadas, sob pena de perdermos a
selho Coordenador das “Novas valores de esquerda republicana”,
Fronteiras”, falou Vital Moreira, concluiu.
Professor do Ensino
Secundário
oportunidade de decidir em tempo útil”