You are on page 1of 53

SENAI

NOVA FRIBURGO

ANDREZA MARIA MARINI MELLO

CAMILA DE OLIVEIRA KEHER

LEONARDO DE SOUZA BOY

POLIANA BEATRIZ OLIVEIRA SANTOS

SERVIDOR DE IMPRESSÃO

NOVA FRIBURGO
2008
Andreza Maria Marini Mello
Camila de Oliveira Keher
Leonardo de Souza Boy
Poliana Beatriz Oliveira Santos

Servidor de impressão
Um servidor de impressão é um componente de um
sistema computacional destinado a controlar os
comandos e tarefas de impressão.

Projeto integrador apresentado ao SENAI pela


turma 2008/050 como requisito parcial para
conclusão do mesmo.

Nova Friburgo
2008
Agradecemos primeiro a Deus que nos ajudou em
todos os momentos, em segundo a nossa família que
nos deu a força precisávamos sempre. Queremos
agradecer também a participação de todos vocês que
sabem o quanto foram importantes para este projeto
acontecer e principalmente aos coordenadores,
professores e amigos que nos ajudaram até aqui. A
vocês o nosso muito obrigado.
Dedicamos este projeto aos Professores Oswaldo,
Oscar e Renato, a toda direção e funcionários do
SENAI e principalmente, a nossa família por estarem
ao nosso lado em todos os momentos de dificuldades
e de alegria.
Sumário
Introdução ......................................................................................................................................7
Resumo..........................................................................................................................................8
Abstract ..........................................................................................................................................9
Print server .................................................................................................................................9
Capítulo 1 – O servidor ................................................................................................................10
O que é um servidor? ...............................................................................................................10
Tipos de servidores: .............................................................................................................10
-Servidor de Domínio ........................................................................................................10
-Servidor DHCP ................................................................................................................11
-Servidor de Impressão ....................................................................................................11
-Servidor de Arquivos .......................................................................................................12
-Servidor de Comunicação ...............................................................................................12
-Servidor de WEB .............................................................................................................12
-Servidor de E-mail ...........................................................................................................13
-Servidor de Fax ...............................................................................................................13
-Servidor de Banco de Dados ...........................................................................................13
-Servidor Proxy .................................................................................................................13
-Servidor de Imagens .......................................................................................................13
-Servidor FTP ...................................................................................................................13
-Servidor Webmail ............................................................................................................14
-Servidor de Monitoramento .............................................................................................14
-Servidor de Banco de Dados ...........................................................................................14
-Servidor de Virtualização .................................................................................................14
-Servidor de Gerenciamento .............................................................................................15
-Servidor de Backup .........................................................................................................15
Razões para ter um servidor em sua empresa .........................................................................16
Como saber se está na hora de comprar um servidor? ............................................................17
O que é um Servidor de Impressão? ........................................................................................18
Capítulo 2 - Software....................................................................................................................20
Softwares que ajudam o gerenciamento do servidor: ...............................................................20
Print Inspector 6.0 ................................................................................................................20
PrintSniffer 1.0.0.53 ..............................................................................................................20
HSLAB Print Logger SE 5.1.44 ............................................................................................20
Segurança ................................................................................................................................21
Segurança do Servidor .............................................................................................................21
Firewall .................................................................................................................................21
Tipos de Firewalls:................................................................................................................23
Comodo Personal Firewall 2.4 .........................................................................................23
ZoneAlarm Free 8.0 ........................................................................................................24
Antivírus ...............................................................................................................................24
Tipos de Antivírus: ................................................................................................................24
Panda Antivirus 2008 .......................................................................................................24
Norton AntiVirus 2008 .....................................................................................................26
Sistema Operacional ................................................................................................................27
Kurumin Linux 7.0................................................................................................................28
Windows Server 2003 ..........................................................................................................29
Windows Server 2003 R2 .....................................................................................................29
Capítulo 3 – Hardware .................................................................................................................34
Pré-requisitos do Sistema ........................................................................................................34
Firewall Hot-Brick VPN 3000 (Físico) .......................................................................................35
Capítulo 4 - Tutorial ......................................................................................................................38
Configuração do Servidor de Impressão ..................................................................................38
Habilitando o Compartilhamento...........................................................................................38
Instalando Impressora ..........................................................................................................40
Compartilhamento de Impressora.........................................................................................43
Acessando Impressoras Compartilhadas .............................................................................45
Problemas com o Spooler ............................................................................................................49
Causa ...................................................................................................................................51
Sistemas Operacionais que possuem esse problema: .........................................................51
Conclusão ....................................................................................................................................52
Bibliografia ...................................................................................................................................53
Introdução
Um servidor de impressão é um componente de um sistema computacional destinado a
controlar os comandos e tarefas de impressão enviadas para uma impressora (de rede) por
diferentes aplicativos ou estações de trabalho que disputam entre si pelo recurso. Pode ser um
equipamento específico (hardware) ou um artifício de programação (software) que usa os
recursos disponíveis no exercício dessa função. Sua principal importância é poder gerar na rede
um local centralizado para impressão gerando controle e definindo prioridade de serviços. Os
servidores de arquivos permitem que se concentrem em uma única máquina, todas as
impressões que são enviadas de computadores da rede à impressora em questão. Basicamente,
esse servidor tem a tarefa de organizar as impressões (fila) e armazenar os arquivos que serão
impressos.
Servidor de Impressão nada mais é que um computador que tem uma impressora pelos
quais outras máquinas ligadas na rede podem acessar essa impressora.
Seguindo uma tendência natural, cada dia é mais comum encontrar redes de computadores
com sistemas operacionais que não se misturam, e a necessidade de criar soluções para integrar
e compartilhar recursos de impressão, entre esses sistemas é de grande importância para
redução de custos e maior agilidade no processo.
O constante desenvolvimento e evolução dos computadores assim como dos sistemas e
redes computacionais trouxe consigo uma maior complexidade e a necessidade da criação de
novas soluções para os novos problemas. No gerenciamento e controle de impressões não é
diferente, há inúmeras soluções disponíveis e outras estão sendo desenvolvidas com a finalidade
de facilitar o gerenciamento e utilização assim como otimizar ao máximo os recursos de software
e hardware.
Hoje em dia com o uso cada vez mais intenso da internet e com o barateamento do preço
do micro e seus componentes, é cada vez mais comum encontrarmos casas onde se usam redes
locais para os diferentes micros de casa, além de empresas pequenas onde todos os
funcionários utilizam um micro próprio. Com isto, começa a aparecer uma outra necessidade, que
é o compartilhamento de recursos da rede.

7
Resumo
Um Servidor de Impressão é um componente de um sistema computacional destinado a
controlar os comandos e tarefas de impressão enviadas para uma impressora (de rede) por
diferentes aplicativos ou estações de trabalho que competem entre si pelo recurso. Pode ser um
equipamento específico (hardware) ou um artifício de programação (software) que usa os
recursos disponíveis no exercício dessa função. Sua principal importância é poder gerar na rede
um local centralizado para impressão gerando controle e definindo prioridade de serviços.
Servidores de impressão permitem atribuir uma impressora diretamente a uma rede, embora a
impressora ofereça apenas uma conexão USB ou paralela. Não são muitas as impressoras que
vêm de fábrica com um adaptador Ethernet embutido, e aqueles que o fazem são relativamente
caros. Com um Servidor de Impressão, as tarefas de impressão são enviadas a partir de PCs
para o Servidor de Impressão, onde os trabalhos são armazenados, em fila, e impressos na
ordem recebida. Servidores de Impressão não são mais volumosos, complexos ou onerosos.
Hoje, você pode instalar um Servidor de Impressão manualmente, e estar compartilhando a
impressora com qualquer um na rede em questão de minutos.

8
Abstract
Print server
A print server is a component of a computer system which control the commands and tasks
of the printing sent to a printer (network) to different applications or workstations that compete
among themselves for action. It may be a specific equipment (hardware) or a programming device
(software) that uses available resources in carrying out that function. Its main importance is to
create a central location the network for generating print control and defining priority services.
Print servers allow you to attach a printer directly to the network, although the printer offers only a
parallel or USB connection. Not many printers come from the factory with a built-in Ethernet
adapter, and those who do are relatively expensive. With a print server, print jobs are sent from
PCs to the print server, where jobs are stored in queue, and printed in the order received. Print
servers are not very large, complex or costly. Today, you can install a print server manually, and
be sharing your printer with anyone on the network in minutes.

9
Capítulo 1 – O servidor
O que é um servidor?
Em informática, um servidor é um sistema de computação que fornece serviços a uma rede de
computadores. Esses serviços podem ser de natureza diversa, por exemplo, arquivos e correio
eletrônico. Os computadores que acessam os serviços de um servidor são chamados clientes. As
redes que utilizam servidores são do tipo cliente/servidor, utilizadas em redes de médio e grande
porte (com muitas máquinas) e em redes onde a questão da segurança desempenha um papel
de grande importância. O termo servidor é largamente aplicado a computadores completos,
embora um servidor possa equivaler a um software ou a partes de um sistema computacional, ou
até mesmo a uma máquina que não seja necessariamente um computador.
A história dos servidores tem, obviamente, a ver com as redes de computadores. Redes
permitiam a comunicação entre diversos computadores, e, com o crescimento destas, surgiu à
idéia de dedicar alguns computadores para prestar algum serviço à rede, enquanto outros se
utilizariam destes serviços. Os servidores ficariam responsáveis pela primeira função.
Com o crescimento e desenvolvimento das redes, foi crescendo a necessidade das redes terem
servidores e minicomputadores, o que acabou contribuindo para a diminuição do uso dos
mainframes.
O crescimento das empresas de redes e o crescimento do uso da Internet entre profissionais e
usuários comuns foi o grande impulso para o desenvolvimento e aperfeiçoamento de tecnologias
para servidores.

Tipos de servidores:
-Servidor de Domínio: Responsável pelo controle de contas e usuários.
Um Servidor Domínio pode também ser definido com um limite administrativo e de segurança.
Ele é um limite administrativo, pois as contas de Administrador têm permissões de acesso em
todos os recursos do domínio, mas não em recursos de outros domínios. Ele é um limite de
segurança porque cada domínio tem definições de políticas de segurança que se aplicam as
contas de usuários e demais recursos dentro de domínio e não a outros domínios. Ou seja,
diferentes domínios podem ter diferentes políticas e configurações de segurança. Por exemplo,
no domínio A, posso ter uma política de segurança que define um tamanho mínimo de senha
como 8 caracteres. Esta política será válida para todas as contas de usuário do domínio A. Um
segundo domínio B, pode ter uma política de segurança diferente, a qual define um tamanho
10
mínimo de senha de 12 caracteres. Esta política será válida para todas as contas de usuários do
domínio B.
Um Domínio é simplesmente um agrupamento lógico de contas e recursos, os quais
compartilham políticas de segurança.
As informações sobre os diversos elementos do domínio (contas de usuários, contas de
computador, grupos de usuários, políticas de segurança, etc.), estão contidas no banco de dados
do Active Directory.

-Servidor DHCP: Este serviço permite que as máquinas clientes sejam configuradas em
"Obter um endereço IP automaticamente", não havendo a necessidade de configurar
manualmente cada máquina da rede com um endereço IP diferente.
Um Servidor DHCP é responsável pela configuração automática e dinâmica de computadores
ligados a uma rede TCP/IP. Ele não fornece apenas o número do IP que é certamente o
parâmetro mais importante deles, mas também é possível fazer com que o Servidor DHCP
também forneça o Gateway, o DNS primário e DNS Secundário. O DHCP é atualmente um
protocolo recomendado, em vias de ser padronizado pelo Internet Activities Board (IAB), pois ela
facilita, e até mesmo viabiliza, a gerencia de grandes redes IPs, assim como a vida dos usuários
itinerantes com seus computadores portáteis.
Dynamic Host Configuration Protocol, ou simplesmente Protocolo de Configuração Dinâmica de
Computadores. O DHCP é responsável por fornecer configurações TCP/IP (endereço IP,
gateway, DNS, etc) automaticamente para cada computador da rede, ou seja, com um Servidor
DHCP torna-se desnecessário a configuração manual de cada um dos computadores de uma
rede. Este recurso é particularmente interessante, quando se alteram os endereços de uma rede
com freqüência, ou para garantir que os computadores da rede terão sempre a configuração
atribuída pelo Servidor DHCP.

-Servidor de Impressão: O nome já diz tudo. Uma máquina com uma impressora
conectada de forma que clientes possam usá-la como ela estivesse conectada localmente.
Um Servidor de Impressão é um componente de um sistema computacional destinado a
controlar os comandos e tarefas de impressão enviadas para uma impressora (de rede) por
diferentes aplicativos ou estações de trabalho que competem entre si pelo recurso. Pode ser um
equipamento específico (hardware) ou um artifício de programação (software) que usa os
recursos disponíveis no exercício dessa função. Sua principal importância é poder gerar na rede
um local centralizado para impressão gerando controle e definindo prioridade de serviços. E
utiliza código binário.
11
-Servidor de Arquivos: É uma máquina contendo arquivos a serem lidos ou gravados por
outras máquinas da rede. Servidores de arquivos são utilizados quando existe a necessidade de
manter um repositório comum de arquivos, ou seja, armazenar todos os arquivos trocados entre
os computadores em um só local, que possa ser acessado de qualquer computador que possua
credenciais necessárias para tal acesso (usuário e senha, etc).

-Servidor de Comunicação: Usado no caso de a rede acessar a Internet usando um


provedor discado local (ISP) ou um provedor de acesso através de linha dedicada (IDSN, ADSL,
entre outros).
Permite criar um banco de dados para a conversão de endereços IP em nomes e vice-versa. O
Servidor DNS, também conhecido como Servidor de Nomes, é utilizado para padronizar o
endereçamento da rede de sua empresa. Quando uma máquina faz uma consulta por um
endereço, seja ele interno ou externo, é o Servidor de Nomes que faz a tradução deste endereço
alfanumérico para um endereço numérico, que é o padrão usado em redes IP. Sem o Servidor de
Nomes teríamos que decorar os endereços IPs das máquinas que desejamos acessar. O
Servidor de Nomes agiliza a navegação e pode ser configurado somente como um Cache, para
que as novas requisições sejam resolvidas mais rapidamente.

-Servidor de WEB: Você pode instalar um Servidor de WEB para hospedar sites, podendo
ser públicos (Internet) ou privados (Intranet). Servidor Web é um aplicativo que funciona no
modelo cliente/servidor usando o protocolo HTTP para realizar suas transações. Toda página ou
site hospedado na Internet necessita de um Servidor Web, seja o conteúdo estático ou dinâmico.
Com um Servidor Web sua empresa passa a ter presença na Internet, caso este servidor seja
configurado para aceitar requisições externas e esteja conectado a Internet, caso não haja
conexão à Internet, o mesmo pode ser utilizado para colocar em funcionamento uma Intranet, o
que agiliza os trabalhos internos da sua empresa, proporcionando uma melhor integração entre
todas as áreas. Servidores Web possuem diversas utilidades práticas, uma das mais freqüentes
é a possibilidade de configurar diversos domínios (sites) no mesmo computador, o que é muito
útil se sua empresa for um provedor ou mesmo hospedeiro de sites. As informações podem ou
não ser criptografadas entre o cliente e o servidor, isso torna-se possível com o auxílio de
módulos específicos de criptografia conhecidos como SSL.

12
-Servidor de E-mail: Serve para armazenar e enviar mensagens destinadas aos usuários
da sua rede.
Um Servidor de E-mail é utilizado para envio e recebimento de correio eletrônico. A parte do
servidor que se encarrega de enviar as mensagens, é comumente chamada de SMTP, e a que
cuida das mensagens recebidas, é conhecida como POP3 ou IMAP. Em um Servidor de E-mail, é
possível criar usuários para qualquer endereço que sua empresa necessite. Dependendo da
necessidade, pode ser instalado um antivírus para garantir a confiabilidade do conteúdo das
mensagens que passam pelo seu servidor, e adicionalmente, um filtro de mensagens
indesejadas (SPAM) e de conteúdo. Com um Servidor de E-mail, sua empresa ganha tempo e
segurança no envio de e-mails.

-Servidor de Fax: Servidor para transmissão e recepção automatizada de fax pela Internet,
disponibilizando também a capacidade de enviar, receber e distribuir fax em todas as estações
da rede.

-Servidor de Banco de Dados: Servidor que possui e manipula informações contidas em


um banco de dados, como, por exemplo, um cadastro de usuários.

-Servidor Proxy: Servidor que atua como um cache, armazenando páginas da internet
recém-visitadas, aumentando a velocidade de carregamento destas páginas ao chamá-las
novamente.

-Servidor de Imagens: Tipo especial de Servidor de Banco de Dados, especializado em


armazenar imagens digitais.

-Servidor FTP: Permite acesso de outros usuários a um disco rígido ou Servidor. Esse tipo
de servidor armazena arquivos para dar acesso a eles pela internet.
O FTP é um dos protocolos mais utilizados para transferência de arquivos pela Internet,
principalmente para atualização de sites em provedores que fazem hospedagem em Servidor
Web. Além disso, podem ser utilizados para enviar arquivos grandes de um ponto a outro, sem a
necessidade de envio por e-mail. O Servidor FTP possibilita que vários usuários sejam
configurados na mesma máquina, de forma que cada um possua seu próprio diretório para
armazenamento de arquivos, com permissões específicas para cada um deles. Também é
possível criar uma área sem senha, onde o usuário efetua um acesso conhecido como anônimo,
13
e passa a ter acesso a todo o conteúdo desta área, o que é bastante interessante para download
de softwares ou outros tipos de arquivos.

-Servidor Webmail: É um servidor utilizado para criar emails na web.

-Servidor de Monitoramento: Existem muitas ferramentas que se propõem a monitorar


computadores e serviços, mas a maioria esmagadora se revela ineficiente, quando o assunto é
grande volume com centenas de serviços e capacidade de checagem dos mais diversos recursos
de um computador. Este tipo de solução de monitoramento é largamente utilizado por Provedores
de acesso à Internet, que possuem uma grande quantidade de equipamentos que necessitam de
monitoramento de vários serviços, e também de notificações customizadas dos possíveis
problemas que este venha a sofrer. A solução completa baseia-se no conhecido e aclamado
Nagios, que revolucionou o conceito de monitoramento remoto na Internet.
Recursos Notificações personalizadas de serviços e hosts (E-mail, SMS, etc.).
• Níveis de status para notificação (Warning, Critical, Unreacheable e Recover).
• Plugins específicos para cada serviço (HTTP, POP3, PING, TELNET, etc.).
• Suporte a plugins externos
• Permite utilizar grupos de hosts, facilitando a organização da rede.
• Avançado sistema de dependências de hosts/serviços, facilitando a localização de problemas
de rede.
• Estatísticas de status dos hosts e serviços
• Acesso ao sistema de monitoramento é feito por usuário/senha, podendo ainda ter suporte a
grupos e permissões específicas.

-Servidor de Banco de Dados: Com o constante crescimento de aplicações que utilizam


bases de dados SQL, a utilização desses bancos conseqüentemente cresceram na mesma
proporção. Muitas vezes, as pessoas não fazem a escolha correta do banco de dados para a sua
aplicação, seja por não possuir informações suficientes para tal, ou mesmo por não conhecer
todas as opções disponíveis. A implementação de um banco de dados e a sua escolha são os
fatores que podem definir a longevidade da sua aplicação.

-Servidor de Virtualização: Permite a criação de máquinas virtuais (servidores isolados


no mesmo equipamento) mediante compartilhamento de hardware, significa que, aumentar a
eficiência energética, sem prejudicar as aplicações e sem risco de conflitos de uma consolidação
real.
14
-Servidor de Gerenciamento: São máquinas usadas na gerência da rede. Esse termo é
bastante amplo e pode ser aplicado tanto a máquinas que gerenciam o acesso de usuários à
rede (NT PDC, NT BDC, etc.) como máquinas que supervisionam tráfego na rede, ou em alguns
casos podem ser até os "firewalls" que gerenciam o acesso aos diversos serviços.

-Servidor de Backup: É responsável por fazer backup dos dados do Servidor de Arquivos
e até mesmo servidores redundantes, que são servidores que possuem os mesmos dados de um
servidor principal e, caso ele apresente defeito, o servidor redundante entra imediatamente em
ação substituindo o servidor defeituoso.

Os clientes e os servidores comunicam através de protocolos, assim como dois ou mais


computadores de redes.
Um computador, pode atuar em mais de um tipo diferente de servidor. Por exemplo, pode
existir em uma rede, um computador que atue como um Servidor de Web e Servidor de Banco de
Dados, por exemplo; ou um computador pode atuar como Servidor de Arquivos, de Correio
Eletrônico e Proxy ao mesmo tempo. Computadores que atuem como um único tipo de servidor é
chamado de Servidor Dedicado. Os servidores dedicados possuem a vantagem de atender a
uma requisição de um cliente mais rapidamente.
Com exceção do Servidor de Banco de Dados (um tipo de servidor de aplicação), os demais
servidores apenas armazenam informações, ficando por conta do cliente o processamento das
informações. No Servidor de Aplicações, os papéis se invertem, com o cliente recebendo o
resultado do processamento de dados da máquina servidora.
Em uma rede heterogênea (com diversos hardwares, softwares) um cliente também pode ser
um servidor e assim outro servidor pode ser cliente do mesmo. Por exemplo, uma rede tem um
Servidor de Impressão e um de Arquivos, supondo que você esteja no Servidor de Arquivos e
necessita imprimir uma folha de um documento que você está escrevendo, quando você mandar
imprimir a folha o serviço do Servidor de Impressão será utilizado, e assim a máquina que você
está usando, que é o Servidor de Arquivos, está sendo cliente do Servidor de Impressão, pois
está utilizando de seu serviço.

15
Razões para ter um servidor em sua empresa
As palavras servidor e rede eram usadas para invocar imagens de grandes salas de
computadores embrenhadas nas entranhas das corporações, e gerenciadas por especialistas
técnicos em escritórios fechados. Ainda bem que os tempos mudaram.
Uma das primeiras que ocorrem é a criação de um local centralizado para armazenar
informações. A consolidação das informações em apenas um local garante que os funcionários
saberão onde encontrar e ter acesso às informações de que necessitam para continuar
produtivos. Isso também significa que é mais fácil fazer backup e proteger estas informações do
que quando estão espalhados em uma série de PCs individuais.
Fornecer armazenamento centralizado e bem organizado de informações é apenas uma das
vantagens de se instalar um servidor em sua empresa.
Hoje em dia, as redes baseadas em servidores podem ser encontradas em mais de 20% das
pequenas empresas com mais de um PC, uma porcentagem que continua a crescer, segundo os
analistas. Além do que, servidores e redes podem ser encontrados em empresas com menos de
5 PCs, já que os usuários conhecem a eficiência e a produtividade de uma rede compartilhada,
dizem os analistas.
E quem são estas pessoas que gerenciam estas redes de servidores? Se você administra a
sua própria empresa, pode ser que seja você mesmo. Ou talvez seja o gerente de seu escritório,
o seu especialista em marketing ou o seu administrador financeiro. Empresários e
administradores comuns com conhecimento técnico o suficiente para gerenciar um negócio bem
sucedido.
"Cada vez mais e mais empresas pequenas estão executando servidores, mesmo em
escritórios com apenas uma pessoa, eles permitem a você obter mais em troca dos seus gastos
em tecnologia.".

16
Como saber se está na hora de comprar um servidor?
•Você tem duas ou mais contas de discagem em sua empresa.
•Você precisa centralizar e organizar seus dados (nem sempre encontra o que está procurando).
•Você precisa compartilhar equipamentos de hardware como impressora e fax entre dois ou mais
PCs (redes peer-to-peer significam muitos fios para tropeçar).
•Você precisa simplificar os backups para manter seus dados mais seguros.
•Seus funcionários às vezes viajam a trabalho, trabalham em casa ou em local indeterminado e
querem estar conectados à rede.
•Você pode se beneficiar de uma Intranet (seus funcionários que viajam e trabalham em casa
nem sempre se lembram de mantê-lo informado).
•Você precisa armazenar grandes quantidades de dados (e seus PC sobrecarregados gemem e
se contraem quando você adiciona mais dados).
•Você gostaria de executar um software de contabilidade ou outra aplicação line-of-business em
mais de um PC.
•Sua empresa está em fase de expansão e planeja adquirir novos computadores e funcionários.
•Você quer fazer negócios e ter uma imagem profissional.
•Os seus PCs são velhos e você quer se livrar deles. Um servidor facilita a migração.
•Os seus PCs são velhos e você quer mantê-los. Um servidor tira a sobrecarga dos PCs.

17
O que é um Servidor de Impressão?
Servidores de Impressão são bastante utilizados pela maioria das empresas, ele permite que
toda a carga de arquivos que necessitam ser impressos concentre-se em um só local, e sejam
organizados em uma fila de impressão, onde cada arquivo aguarda a sua vez. Além disso, seus
documentos não ficam dependentes de nenhuma estação de trabalho, ou seja, se acontecer
algum problema com a estação onde a impressora está configurada, perde-se tudo que foi
enviado para impressão, e pode ser difícil e complicado lembrar de todas as impressões
enviadas para que sejam enviadas novamente. Já com o Servidor de Impressão isto não ocorre,
pois todas as impressões entram na fila de espera antes de serem realmente enviadas para a
impressora, isto garante que nenhuma impressão seja perdida antes de ser impressa.
Qualquer pessoa que trabalha em um escritório hoje em dia, até mesmo um escritório virtual,
muitas vezes, irá trabalhar com um Servidor de Impressão.
Um Servidor de Impressão é simplesmente um dispositivo que permite a interface com um
computador de trabalho ou com uma ou mais impressoras que estão compartilhadas em uma
rede. Cada estação tem a capacidade de designar uma das impressoras na rede como sua
impressora padrão, mas podem não optar por enviar um trabalho de impressão para quaisquer
uma das outras impressoras reconhecidas pelo Servidor de Impressão.
O Servidor de Impressão em si pode ser tanto na forma de um pequeno servidor que atua em
conjunto com os principais servidores de escritório - presumindo que há um Servidor de Backup,
assim como o Servidor Primário - para permitir a capacidade de impressão, ou realmente ser
embarcada no servidor principal. Em muitas situações, um dos computadores na rede é
designado como o Servidor de Impressão. O software é essencial para permitir que essa função
seja carregada no disco rígido do computador que irá funcionar como Servidor de Impressão.
Quando o hardware está instalado e carregado, o software pode ser configurado para reconhecer
todas as impressoras no escritório, bem como todas as estações de trabalho que estão
autorizadas a aceder à função do Servidor. Depois que as credenciais são estabelecidas no
Servidor de Impressão, cada estação de trabalho pode ser configurada para se conectar com o
Servidor de Impressão existente, incluindo concessão ou restrição dos direitos de qualquer uma
das impressoras que são reconhecidas pelo Servidor de Impressão, o que garante que não faça
permanentemente uma impressora disponível para qualquer membro da equipe do escritório que
precisa processar um trabalho de impressão. Se uma impressora está temporariamente fora de
serviço por algum motivo, então é uma tarefa simples enviar o trabalho de impressão para uma
impressora diferente na rede. Tendo um Servidor de Impressão que permita o acesso a várias
impressoras, economiza-se tempo, dinheiro e uma grande dose de frustração. Mesmo um
18
ambiente doméstico pode-se beneficiar da presença de um Servidor de Impressão. Em vez de
impressoras para cada computador conectado na casa, basta adquirir uma boa impressora e
colocá-la em um ponto central na casa. Adultos podem usar a impressora central para trabalhar
projetos, enquanto que as crianças possam utilizá-la para imprimir trabalhos de escola, com
nenhuma espera para a instalação de um novo dispositivo, avançando com pouco ou nenhum
tempo perdido. Você provavelmente deve estar familiarizado com uma impressora conectada ao
seu computador para que você possa imprimir um documento que tenha criado. Você também
deve estar familiarizado com uma impressora que está conectada a um PC que está
compartilhada a uma rede e você pode usar essa impressora, mesmo que não seja o seu PC que
esteja ligado a impressora. Para usar o compartilhamento da impressora, você tem que ter
permissão do usuário do PC que a impressora está conectada, ao qual o PC deve estar ligado e
iniciado no Windows.
Com um Servidor de Impressão, você pode atribuir a impressora diretamente à rede para que
todos possam utilizar a impressora, independentemente do fato de um determinado computador
estar ligado. Se você tem uma variedade de impressoras, cada usuário pode selecionar a qual
impressora enviar seu trabalho de impressão. Servidores de Impressão permitem-lhe atribuir uma
impressora diretamente a uma rede, embora a impressora ofereça apenas uma conexão USB ou
paralela. Não são muitas as impressoras que vêm de fábrica com um adaptador Ethernet
embutido, e aqueles que o fazem são relativamente caros. Com um Servidor de Impressão, as
tarefas de impressão são enviadas a partir de PCs para o Servidor de Impressão, onde os
trabalhos são armazenados, em fila, e impressos na ordem recebida. Servidores de Impressão
não são mais volumosos, complexos ou caros. Hoje, você pode instalá-lo manualmente, e
compartilhar uma impressora com qualquer um na rede em questão de minutos. O que mais é
preciso para compartilhar uma impressora? Para ir além de uma impressora e um Servidor de
Impressão, você precisará de uma rede local, que é uma rede como um de escritório ou de uma
casa. Uma rede de maior extensão é considerada uma Wide Area Network ou WAN.

19
Capítulo 2 - Software
Software é uma sentença escrita em uma linguagem computável, para a qual existe uma
máquina (computável) capaz de interpretá-la. O software é composto por uma seqüência de
instruções (comandos) e declarações de dados, armazenável em meio digital. Ao interpretar o
software, a máquina computável é direcionada à realização de tarefas especificamente
planejadas, para as quais o software foi projetado.

Softwares que ajudam o gerenciamento do servidor:


Print Inspector 6.0
Print Inspector é um ótimo software de impressão que imprime e fiscaliza solução para sua rede
incorporada.
Administra os trabalhos de impressão de qualquer impressora compartilhada, vê as
propriedades dos documentos, resume o trabalho e tem acesso fácil à impressora para ajustes
de Servidor de Impressão. Possui característica de fiscalização salvando dados e fazendo
estatísticas detalhadas de documentos imprimidos por data e número de páginas.

PrintSniffer 1.0.0.53
Software que permite administrar e controlar suas impressões em rede. Informa características
que permite saber o que está sendo impresso, quanto papel é consumido e etc.

HSLAB Print Logger SE 5.1.44


O HSLAB Print Logger SE 5.1.44 diminui suas despesas com impressão, controla as atividades
em cada impressora. O programa inspeciona as tarefas e coleta informações sobre tamanhos de
impressão e armazena no banco de dados a analisa subseqüente da compilação dos relatórios.
Além de proibir impressões fora dos padrões, controla cotas e informações sobre usuários.

20
Segurança
Existem várias soluções para a proteção de servidores, que foram desenvolvidas para protegê-
los contra ataques.
A segurança para servidores, ajuda a garantir a integridade do sistema, mantendo os seus
sistemas e informações acessíveis, confiáveis e confidenciais. As nossas soluções também
ajudam a atender os padrões de auditoria e de conformidade. Foi desenvolvida para se
integrarem facilmente na sua infra-estrutura de Tecnologia da Informação, ajudando a preservar
fluxos de tráfego legítimos e a proteger seus dados.

Segurança do Servidor
Quando um sistema é usado como um servidor em uma rede pública, torna-se um alvo de
ataques. Por esta razão solidificar e trancar os serviços são de suma importância para o
administrador de sistemas.
Antes de aprofundar em questões específicas, você deve revisar as seguintes dicas gerais para
aumentar a segurança do servidor:
• Mantenha todos os serviços atualizados para protegê-los contra as ameaças recentes.
• Use protocolos seguros sempre que possível.
• Ofereça apenas um tipo de serviço de rede por máquina sempre que possível.
• Monitore todos os servidores cuidadosamente e atente para atividades suspeitas.

Firewall
Um bom programa de Firewall garante um nível extra de segurança para qualquer sistema.
Muitas vezes, mesmo um sistema vulnerável pode tornar-se seguro com a ajuda de um bom
firewall.
O Windows Firewall é um firewall básico, que não oferece grandes vantagens sobre outros
produtos nem é particularmente seguro, mas que oferece como vantagens o fato de já vir ativo
por padrão e ser relativamente fácil de configurar. Ele é o absoluto mínimo em termos de
proteção para uma máquina Windows diretamente conectada à Internet. O firewall não faz nada
com relação aos vírus e malwares em geral, tarefa que seria responsabilidade do antivírus.
Atualmente, conectar redes locais à Internet é algo bastante comum e, embora isto possa trazer
vantagens, também pode trazer vários problemas. Infelizmente, fazer parte da Internet significa
estar exposto a uma grande variedade de ameaças, o que obriga todo e qualquer administrador a

21
preocupar-se com a segurança de seus sistemas. Enquanto redes existem para facilitar o acesso
a computadores, procedimentos de segurança existem para controlar este acesso.
O primeiro conceito relacionado à segurança é: não existe sistema completamente seguro. O
que é possível fazer é dificultar a invasão em sua máquina e, caso uma invasão ocorra,
conseguir descobrir como ela ocorreu e tomar medidas preventivas. O trabalho necessário para
proteger o seu sistema dependerá basicamente do que você tem para proteger e o quão
importante é proteger este sistema.
Note que, de um modo geral, quanto mais seguro você tornar o seu sistema, mais complexa
será sua utilização, pois existirão várias restrições de uso. É imprescindível usar o bom senso na
hora de aplicar as medidas de segurança, para evitar que a terapia seja pior que a doença.
Antes de tomar qualquer atitude relacionada ao aumento da segurança de seu sistema, você
deve saber o que está sendo protegido, por que e quanto vale esta informação. Além disso, é
necessário verificar a que tipo de ameaças seu sistema está exposto. A RFC 1244, intitulada Site
Security Handbook, por Holbrook Reynold e outros, identifica três tipos distintos de ameaças de
segurança geralmente associadas à conectividade em rede:

Acesso não autorizado:


Acesso ao sistema por uma pessoa não autorizada.
Revelação de informações:
Qualquer problema relacionado ao acesso a informações valiosas ou confidenciais por pessoas
que não deveriam acessá-las.
Negação de Serviço:
Também conhecido como Denial of Service - DoS - relacionado a qualquer problema que torne
impossível ou bastante difícil continuar utilizando o sistema de maneira produtiva.

Dependendo do sistema em questão, estas ameaças podem ser mais ou menos importantes.
Por exemplo, para um órgão governamental ou empresa da área de tecnologia, acessos não
autorizados podem desacreditá-los perante o público e/ou clientes. Já para a grande maioria das
empresas, acesso não autorizado não é um grande problema, se não envolver uma das
ameaças: revelação de informações e negação de serviço.
A extensão do problema em casos de revelação de informação varia de acordo com a
informação que pode ser comprometida. Embora seja fato notório que informações sigilosas
jamais devam permanecer armazenadas em máquinas conectadas à Internet, em alguns casos
certos tipos de informação, como informações pessoais de clientes e/ou números de cartões de

22
crédito, podem ser necessários em aplicações de comércio eletrônico, por exemplo. Neste tipo de
caso, o cuidado deve ser redobrado.
A negação de serviço pode causar grandes prejuízos a empresas que conectam sistemas de
missão crítica à Internet. Na verdade, as vantagens devem ser muito bem avaliadas antes de
conectar este tipo de sistema à Internet, pois, dependendo do caso, esta conexão pode parar
uma empresa por inteiro. Geralmente servidores menores são conectados à Internet,
possivelmente acessando informações de um servidor principal através de um modo mais
seguro.
Obviamente que, se a necessidade é justamente prestar um serviço na Internet, todos estes
riscos existirão. Para diminuí-los é preciso tomar algumas precauções, desabilitando serviços
desnecessários, controlando acesso de usuários e configurando um firewall entre sua rede local
e redes externas (geralmente entre sua rede local e a Internet). É também importante analisar
constantemente os logs e a integridade de arquivos importantes do sistema.

Tipos de Firewalls:
Comodo Personal Firewall 2.4 (Freeware)
Como o acesso a Internet tornou-se vital para as empresas modernas, as preocupações com a
segurança e privacidade afetam a todos. Pensando nisso, Comodo Personal Firewall responde
às perguntas mais comuns em relação aos firewalls, facilitando o acesso e entendimento de
questões complexas que envolvem detalhes de conexões como endereços IP, portas, caminhos
para aplicativos, etc.
Este aplicativo lhe ajuda a entender o que acontece ao analisar cada alerta, fornecendo uma
seção de considerações de segurança para cada questão. Com o banco de dados integrado,
Comodo Personal Firewall classifica mais de 10.000 programas de acordo com o nível de risco
oferecido em safe (seguro), spyware, adware, etc.
Comodo Personal Firewall é o único firewall pessoal que conta com uma quantidade de
registros no banco de dados tão grande e funções de análise de riscos de segurança para o
usuário comum. O programa detecta qualquer aplicativo e porta aberta no sistema, incluindo
Messenger, Internet Explorer e até as conexões do próprio Comodo Personal Firewall. Para
liberar a conexão dos programas com a Internet clique em Allow (permitir) e para bloquear o
acesso clique em Deny (negar).
O Comodo Personal Firewall é uma poderosa ferramenta pra proteger a privacidade do seu
computador em tempo real.

23
ZoneAlarm Free 8.0 (Freeware)
ZoneAlarm Free é um software desenvolvido para proteger qualquer tipo de conexão — seja
ela ADSL, cabo, discada, entre outras — contra hackers. O pacote realiza a proteção através de
4 serviços de segurança: firewall, controlador de aplicativos, bloqueador para a internet e zonas
específicas — daí o nome ZoneAlarm. Nos dias de hoje, a proteção é essencial para qualquer
pessoa que navega na internet. A combinação de um firewall dinâmico com o controle total sobre
os aplicativos, providencia uma das proteções mais sólidas do mercado contra vândalos, ladrões
e criminosos virtuais.
ZoneAlarm assegura a proteção mesmo durante períodos de ociosidade e inatividade. Você
está protegido até mesmo quando não está usando sua conexão.

Antivírus
O Antivírus é uma ferramenta criada para impedir a contaminação de um computador por um
vírus. A cada dia novos vírus e suas variações surgem como pragas. Por esta razão, ele deve ser
atualizado constantemente, para evitar que o seu computador seja contaminado.
Quanto mais atualizado, mais seguro estará o sistema, pois dezenas de novos vírus aparecem
a cada dia.

Tipos de Antivírus:
Panda Antivirus 2008 (Shareware)
Detecta e elimina automaticamente todos os tipos de vírus. Se der pela falta de conteúdo no
seu disco rígido, se tiver problemas em iniciar o computador ou se não for possível utilizar
determinados arquivos, pode estar certo que foi atacado por um vírus informático. Pode ficar
infectado apenas por navegar na Net, transferir um arquivo ou abrir um anexo de correio
eletrônico. Existem, igualmente, os perigosos worms e Trojans que utilizam atualmente técnicas
furtivas para escaparem à detecção. Com o Panda Antivírus 2008 pode utilizar a Internet e
transferir ou partilhar arquivos estando seguro de que está completamente protegido contra todos
os tipos de vírus, worms e Trojans.

24
AntiSpyware potente
Mantém o seu computador livre de spyware. Lentidão do computador, anúncios Pop-up
incômodos e agressivos, alterações súbitas das definições do sistema... Estes são apenas alguns
dos efeitos que o spyware pode provocar no seu computador. Contudo, o verdadeiro perigo
reside no fato destas ameaças poderem roubar informações acerca da sua atividade na Internet
e, em seguida, utilizá-las sem o seu conhecimento.
O Panda Antivírus 2008 detecta e remove, de forma completa e automática, o spyware e
outros programas incômodos.

AntiPhishing
Protege contra a fraude on-line. Certas mensagens de correio eletrônico são criadas com o
intuito de enganar, levando-o a revelar os seus detalhes bancários confidenciais. Pode até
parecer que foram enviadas pelo seu banco, mas na realidade não foram. Cair nesta armadilha
pode custar-lhe caro: pode dar aos phishers o acesso completo às suas contas. O Panda
Antivírus 2008 tem capacidade para identificar estas mensagens de correio eletrônico
fraudulentas e impedir que revele os seus detalhes bancários, números de conta ou outras
informações confidenciais. O Panda Antivirus 2008 irá mantê-lo protegido contra estes esquemas
perigosos. Faça as suas transações bancárias e compras on-line sem preocupações!
O AntiPhishing protege contra websites perigosos. Impede o acesso a websites que alojam
ameaças. Muitas das infecções ocorrem quando, simplesmente, visita uma determinada página
Web. O Panda Antivirus 2008 reconhece páginas Web perigosas e impede-o de abri-las e ficar
infectado. Esta funcionalidade é particularmente eficaz contra determinados tipos de spyware e
fraude on-line. Navegue na Internet em segurança!

AntiRootkit
Detecta as ameaças que se tentam esconder no seu computador. Os rootkits podem ser
utilizados para esconder as ameaças e impedir que as mesmas sejam detectadas pelas soluções
de segurança. Estas ameaças podem, então, agir impunemente no seu sistema. Com o Panda
Antivirus 2008 não terá qualquer problema, uma vez que o seu sistema de proteção reforçada
consegue detectar as ameaças que utilizam esta técnica furtiva ("stealth"). Proteja-se contra as
ameaças ocultas!

25
Norton AntiVirus 2008 (Shareware)
Seguindo a tradição, a Symantec disponibilizou mais um produto da série Norton para manter o
seu computador livre das pragas espalhadas por aí, o Norton Antivírus 2008. A versão ainda se
encontra em fase de testes, mas promete garantir a segurança do PC com um sistema de
proteção avançado e mais eficiente.
O novo sistema garante barrar os principais tipos de ameaças existentes, desde vírus,
spywares e worms até os complicados rootkits. Além disso, previne infecções oriundas de e-mails
em tempo real e mantém o banco de dados atualizado constantemente (requer conexão direta
com a Internet).
Assim como seus precursores, ele oferece uma interface gráfica moderna, ao estilo Windows
Vista, e acesso fácil às ferramentas. Infelizmente esta versão também apresenta um alto
consumo de recursos do sistema, marcando o tradicional inconveniente dos produtos da
Symantec.

Norton Protection Center


Na janela principal do programa você confere o estado atual de todas as proteções realizadas
pelo Norton AntiVirus 2008 no chamado Centro de Proteção Norton. Nela, você verifica como
está a segurança de elementos relacionados ao computador e à Internet.

Computer (computador)
Protection Updates: atualizações do banco de dados. Inbound Firewall: proteção contra
invasores (hackers). Windows Automatic Update: atualizações automáticas do Windows. Virus
Protection: proteção em tempo real contra vírus. Spyware Protection: proteção em tempo real
contra spywares. Vírus and Spyware Scan: escaneamento de vírus e spywares.

Internet
Outgoing Email Scanning: proteção dos e-mails enviados. Incoming Email Scanning: proteção
dos e-mails recebidos. Cada item é identificado por uma cor conforme o nível de proteção
detectado: verde, o item está seguro; amarelo, o item requer atenção e vermelho, indica que há
riscos.
A segunda aba do programa disponibiliza todas as funções para a configuração e execução do
escaner antivírus.
Web Browsing: informa o estado da proteção contra spywares e worms do navegador. Uma
ferramenta adicional para você navegar tranqüilo pela Internet.

26
Basic Security: aqui você confere a situação da segurança básica, a qual abrange os itens de
proteção em tempo real e atualizações automáticas.
Email & Messaging: verificações de e-mails (entrada e saída) e mensageiros instantâneos —
Yahoo! Messenger 5.0 - 6.1, AOL 4.7 - 5.9, MSN (Windows Live Messenger) 6.0 ou superior e
Trillian 3.1 ou superior.
Embora o Norton AntiVirus ofereça uma série de recursos, o estado de proteção do computador
pode ser verificado de modo geral através do ícone principal do programa. Este, ao sinal de
qualquer mudança na segurança, seja um caso de alerta ou de risco, exibe uma indicação nas
cores laranja e vermelho, dependendo do grau do problema.

Sistema Operacional
Definição preliminar:
É um programa intermediário entre o utilizador e o hardware ou máquina física.
Objetivos:
Executar programas do utilizador e tornar mais fácil a resolução de problemas. Tornar fácil o
uso da máquina utilizando o hardware do computador duma forma eficiente.

O Sistema Operacional (S.O.) é uma espécie de base sobre a qual rodam os diversos
programas utilizados por um computador. Consiste de uma série de programas gravados no
disco rígido que são carregados na memória (ou seja, são levados à memória RAM) e são
executados assim que o computador é ligado.
Portanto, logo que o sistema operacional entra em funcionamento é feito um ajuste e checagem
de todos os periféricos existentes e o sistema fica esperando comandos do usuário.
Ao emitir um comando desencadeia-se a execução de tarefas bem determinadas (exemplos: ler
a tecla pressionada no teclado, gravar na memória de vídeo o código de um caractere, transferir
um arquivo do disquete para a memória principal, apagar um byte gravado na memória etc.).
Portanto, é o S.O. que recebe as ordens do usuário, traduzindo-as para uma linguagem
compreensível pelo computador. Ele também traduz, em uma linguagem mais acessível, a
resposta da máquina aos comandos do usuário. Ou seja, o sistema operacional pode ser
considerado um intérprete entre o usuário e o computador, além de ser um gerenciador das
atividades realizadas pela máquina.
O S.O. é uma plataforma sobre a qual se pode executar vários tipos de programas, como
aplicativos e jogos. Assim, um sistema operacional é utilizado para operar e gerenciar a ação dos
outros programas e coordená-los com a atividade do equipamento, inclusive os periféricos
(teclado, monitor, mouse, impressora...).
27
Atualmente são usadas interfaces gráficas, ou seja, na tela do sistema aparecem imagens que
permitem o acesso a funções de programas instalados e do sistema (ícones), por meio do
teclado ou de simples cliques de mouse.
Portanto, o objetivo de um S.O. é controlar todos os equipamentos instalados na máquina,
permitindo que se possam executar as tarefas básicas de um computador, por meio da ativação
de elementos na tela, tais como: ícones, opções de menus, janelas, opções em janelas etc.
Alguns exemplos de sistema operacional são: Windows (versões 95, 98, ME, 2000, XP, Vista),
Linux (Debian, Conectiva, Mandrake, Red Hat, Kurumin, Ubuntu...), OS/2, DOS, etc.

Kurumin Linux 7.0


O Kurumin é talvez a distribuição Linux mais simpática e fácil de usar. Foi desenvolvida por
Carlos E. Morimoto. A instalação no HD é muito simples, já que o Hardware é detectado
automaticamente durante a inicialização do sistema. A cópia dos arquivos demora menos de
quatro minutos em um micro atual. Depois de instalado, o sistema se comporta exatamente da
mesma maneira que ao rodar direto do CD, só que mais rápido.
O Kurumin já inclui drivers para modems (Lucent e Agere, PC-tel Onboard e alguns outros
modelos), suporte a vários formatos de vídeo (incluindo Divx e Windows Media) e uma
ferramenta para instalar suporte a Flash. Tudo isso é organizado de uma forma intuitiva, você
não precisa ler o manual para usar.
Depois de instalar em seu HD, você tem acesso a mais um recurso exclusivo: os ícones
mágicos que permitem instalar aplicativos adicionais, como o OpenOffice, Gimp, Mozilla, Java,
Evolution e até mesmo o Kazaa, rodando via Wine! Ao clicar num dos ícones, os pacotes
necessários são automaticamente baixados e instalados.
O Kurumin é a distribuição Linux desenvolvida pela equipe do Guia do Hardware e
colaboradores, que se tornou rapidamente uma das distribuições Linux mais usadas no país.
Todos os componentes do sistema são abertos, permitindo que além de usar, você possa
redistribuí-lo, ver e modificar os scripts de configuração e desenvolver versões modificadas do
sistema.
Originalmente o Kurumin foi desenvolvido com base no Knoppix, passando em seguida a
utilizar também componentes do Kanotix e outros projetos, além de ser baseado nos pacotes do
Debian.

28
Windows Server 2003
Lançado pela Microsoft em 24 de abril de 2003, o Microsoft Windows Server 2003, também
conhecido como W2K3 ou simplesmente Windows 2003 é um sistema operacional da Microsoft
de rede desenvolvida como sucessor do Windows 2000 Server. É também conhecido como
Windows NT 5.2, e era nada mais do que o Windows XP reformulado. No seu núcleo está uma
versão do Windows XP com algumas funções desligadas para permitir um funcionamento mais
estável do sistema.
Tal como o Windows 2000, este apresenta o Active Directory como principal ferramenta para a
administração de domínios. É um sistema utilizado estritamente em redes de computadores.
O Windows Server 2003 da Microsoft trouxe novas melhorias aos serviços de rede e ao Active
Directory, que agora implementa mais funcionalidades em relação ao Windows 2000 Server.

Windows Server 2003 R2


O Windows Server 2003 R2 amplia o sistema operacional Windows Server 2003, fornecendo
uma forma mais eficaz de gerenciamento e controle de acesso a recursos locais e remotos
enquanto se integra facilmente ao ambiente existente do Windows Server 2003. O Windows
Server 2003 R2 fornece uma plataforma Web escalonável e segurança otimizada,
interoperabilidade contínua com sistemas UNIX e permissão de novos cenários, incluindo o
gerenciamento remoto simplificado do servidor, melhoria de identidade e gerenciamento de
acessos, além de um gerenciamento mais eficaz de armazenamento. O Windows Server 2003
R2 Enterprise Edition também distribui novas licenças dinâmicas que permitem aos clientes um
valor maior através da virtualização de seu servidor.

Benefícios
Com base na segurança melhorada, na confiabilidade e no desempenho fornecidos pelo
Windows Server 2003 Service Pack 1 (SP1), o Windows Server 2003 R2 amplia a conectividade
e o controle a recursos locais e remotos. As empresas podem se beneficiar de seus custos
reduzidos e eficácia maior, conseguida através do gerenciamento otimizado e controle sobre os
recursos da empresa.

29
Gerenciamento Remoto Simplificado do Servidor
O Windows Server 2003 R2 permite a manutenção do desempenho, disponibilidade e
benefícios de produtividade de um servidor em um escritório filial ao evitar problemas tipicamente
associados com soluções de servidores como limitação de conectividade e despesas de
gerenciamento.
Benefício Descrição
Aumenta a conectividade e confiabilidade a partir de e para a filial,
Gerenciamento enquanto controla o custo total de propriedade da infra-estrutura remota de
Simplificado de TI.
Servidores em Gerenciamento ainda mais centralizado. Fornece ferramentas de
Escritórios Remotos gerenciamento centralizado para funções de arquivo e impressão.
Redução da administração remota. Minimiza administração e backup
local.
WAN mais eficiente. Permite replicação mais rápida de dados através
de áreas de rede mais amplas.

Melhoria de Identidade e Gerenciamento de Acesso


O Windows Server 2003 R2 inclui o Active Directory Federation Services, que foi projetado para
ajudar os administradores a tratar os desafios de gerenciamento de identidade, tornando possível
para as empresas o compartilhamento de informações de identidade de um usuário de maneira
mais segura através de limites de segurança. O Windows Server 2003 R2 também fornece
sincronização com senhas do UNIX, que ajuda a integrar os servidores que executam Windows e
UNIX, simplificando o processo de manutenção de senhas seguras.

Benefício Descrição
Amplia o valor das implantações do Active Directory para facilitar
acessos seguros através de limites organizacionais e de plataforma, para
Melhorias no permitir que as empresas gerenciem uma identidade única através de
Gerenciamento de aplicativos UNIX, Web e de parceiros.
Acesso e Identidades Maior produtividade do usuário. Menos senhas de usuários, para
de Acesso aplicativos web internos e hospedados por parceiros, através do Logon
único na extranet e federação da identidade.
Melhoria da eficácia de TI. Administração centralizada dos acessos a
aplicativos da extranet, menos restaurações de senhas, e a habilidade de

30
Benefício Descrição
delegar gerenciamento de usuários a parceiros confiáveis.
Melhor segurança. "Desligamento" automático do acesso a Extranet
baseado na desativação da conta do usuário do Active Directory.
Melhor compatibilidade regulatória. Registro de acesso de usuário a
aplicativos de parceiros em domínios externos de segurança.
Interoperabilidade melhorada com sistemas heterogêneos.
Multiplataforma Web Single Sign-On e identidade federação utilizando
Serviços Web, interoperabilidade, especificações e ferramentas para
gerenciar e atualizar dinamicamente conta de usuário e senhas em todos
os sistemas UNIX e Windows usando o Network Information Service
(NIS). Também realizam Sincronização automática de senhas entre os
sistemas operacionais Windows e UNIX.

Redução dos Custos de Gerenciamento de Armazenamento


O Windows Server 2003 R2 inclui novas ferramentas projetadas para fornecer uma visão
centralizada de armazenamento; planejamento de armazenamento simplificado, suprimentos e
manutenção; além de melhorias no monitoramento e relatórios.

Benefício Descrição
Fornece melhor controle sobre a configuração do armazenamento e custos
de gerenciamento mais baixos devido aos recursos de gerenciamento de
Redução dos armazenamento melhorados.
Custos de Melhor utilização de armazenamento. Fornece informações sobre a
Gerenciamento de utilização do armazenamento através de relatórios detalhados de
Armazenamento armazenamento.
Melhor gerenciamento de cotas. Monitora e controla o uso do espaço
em disco com cotas de diretório.
Melhor filtragem de arquivos. Limita tipos de arquivos permitidos em
servidores com filtragem de arquivos.
Configuração mais simples de SAN. Configura facilmente e faz o
provisionamento das SANs.

31
Plataforma Web Sofisticada
O Windows Server 2003 R2 permite que as empresas ampliem sua infra-estrutura na Web
enquanto reduzem os custos de desenvolvimento e gerenciamento através de otimizações
distribuídas com o Windows Server 2003 SP1, Edições x64, Windows SharePoint Services, .NET
Framework 2.0 e o Internet Information Services 6.0.

Benefício Descrição
Melhor desempenho da plataforma web. As últimas tecnologias 64 bits e
NET dobram o desempenho Web.
O Windows SharePoint Services distribui uma solução de colaboração que
Plataforma Web pode ser implantada, configurada e gerenciada rapidamente.
Sofisticada O ASP.NET permite rápido desenvolvimento baseado na Iniciativa de
Sistemas Dinâmicos, prontos para Web Services e aplicativos que utilizam o
.NET Framework.
O IIS 6.0 fornece um Servidor Web mais seguro e de alto desempenho.
O suporte a x64 permite melhor desempenho a custos mais baixos.

Custo Eficaz da Virtualização de Servidor


O Windows Server 2003 R2 Enterprise Edition (EE) permite a execução de até quatro
instâncias virtuais do Windows Server 2003 R2 EE em um servidor físico licenciado ou em uma
partição de hardware, trazendo assim a diminuição dos custos da virtualização do servidor.

Benefício Descrição
Melhor valor de virtualização: O Windows Server 2003 R2 Enterprise
Custo Eficaz da Edition fornece um melhor valor na virtualização do servidor. Licenciando as
Virtualização do mudanças de diretivas permitirá aos clientes, agora, executar até quatro
Servidor instâncias do Windows Server 2003 R2 Enterprise Edition em um servidor
físico licenciado ou em uma partição de hardware.

Interoperabilidade Contínua UNIX/Windows


Os componentes de Interoperabilidade UNIX no Windows Server 2003 R2 permitem a redução
dos custos através da integração dos sistemas UNIX e Windows para obter uma solução
completa. A integração de segurança e serviços de diretório, o compartilhamento de arquivos e
impressoras, além da reutilização do código UNIX e habilidades de TI através das plataformas

32
distribuem uma infra-estrutura simplificada e permite que a equipe de TI do UNIX ou Windows
gerencie ambos os sistemas de um local apenas.

Benefício Descrição
Integre os sistemas UNIX e Windows e potencialize habilidades de TI
existentes através da utilização dos componentes inclusos no Windows
Interoperabilidade Server 2003 R2.
Contínua Permita o Gerenciamento entre Plataformas. Os administradores UNIX
UNIX/Windows podem gerenciar ambos os sistemas UNIX e Windows através da utilização
de várias ferramentas, utilitários e scripts que são usados hoje com o Web
Download Utilities e SDK, que inclui shells e utilitários SVR-5. Os
administradores Windows podem usar comandos familiares do Windows
para gerenciar sistemas, usuários, permissões e senhas UNIX.

33
Capítulo 3 – Hardware
Pré-requisitos do Sistema
Servidor

• Sistema Operacional: Windows Server 2003


• Hardware:
o Processador: processador Intel Pentium® ou compatível (para Windows ou Linux
32-bit); AMD64 ou Intel EM64T (para Windows 64-bit ou Linux); UltraSPARC™ II
ou superior (para Solaris)
o Memória: 4GB é recomendado
o Espaço livre em disco mínimo: 1GB
o Adaptador de rede executando protocolo TCP/IP
o Um drive de CD-ROM é necessário para instalação

Cliente

• Sistema Operacional: Microsoft® Windows® XP Professional com Service Pack 2;


• Hardware:
o Processador: processador Intel Pentium® ou compatível para Windows 32-bit;
processador da família x64, AMD64/EM64T para Windows 64-bit, de 1GHz ou
superior.
o Monitor: resolução de 1024 x 768 ou superior
o Memória: 512MB RAM é o mínimo; 1GB é recomendado.
o Espaço livre em disco mínimo: 1GB
o Um drive de CD-ROM é necessário para instalação

34
Firewall Hot-Brick VPN 3000 (Físico)
O Firewall VPN3000 é um firewall com 50 túneis de
VPN e roteador com 2 portas WAN que combina
soluções de compartilhamento da conexão banda-
larga, segurança de rede, balanceamento de cargas e
redundância...

Características do Produto:
O HotBrick VPN 3000 foi desenvolvido para
aumentar a segurança e estabelecer filtros em
ambiente de rede.

- Possui 2 portas WAN que permite fazer Load Balance (Balanceamento de carga), QoS
(Quality of Service) que permite priorização de tráfegos e 14 portas LAN para compartilhamento
de internet.
- Possui a função de roteador banda larga, switch 14 portas e firewall.
- Através de túneis VPN (Virtual Privete Network) permite que seu usuário estabeleça
conexões de rede como empresa-filial ou empresa-residencial com total segurança.
- O túnel VPN pode ser feito tanto por IPSec (alta encriptação) como por PPTP (VPN do
Windows).
- Pode-se conectar o VPN 3000 em outros equipamentos compatíveis utilizando o software do
produto HotBrick VPN client ou com a VPN PPTP do Windows.
- Possui 50 túneis de VPN Fail Over indicado para médias empresas e escritórios.
- Caso aconteça uma falha na conexão WAN, também pode agir como uma solução de “Fail
Over” automático que proporcionará redundância para o seu tráfego normal.
- Permite a definição de política de acesso, divisão de usuários, acesso a serviços via internet
distintos e bloqueio de sites indesejáveis.
- Funciona como Servidor DHCP para os computadores de rede distribuindo IPs e
dispensando um computador especifico para fazer essa função.
- As duas portas WAN do VPN800/2 permite que você se conecte à duas conexões de banda
larga simultaneamente, sendo que elas podem ser, independentemente uma da outra, conexões
XDSL, Cabo, F.O. Rádio, Frame Relay etc.

35
- Possibilita ser feito filtro de URL, pacotes, múltiplas DMZ’s, divisão com 5 grupos de
usuários diferentes DDNS.
- Bloqueio de URL - Bloqueio e controle à sites indesejáveis.
- Suporte a SNMP e Syslog. Envia relatório de atividades por e-mail.
- Suporte a VPN Pass Through para PPTP, L2TP e IPSec.
- Servidor Virtual Avançado - permite usuários acessarem servidores de internet na sua LAN.

Especificações:
Código do produto no fabricante: BWVPN3000.
- Verdadeiro Firewall - NAT, SPI, anti DoS. Alertas de ataques via e-mail.
- Suporta DSL e Cabo, IP fixo e/ou dinâmico, PPPoE e PPTP.
- 50 Túneis de VPN por IPSec ou PPTP.
- Switch 14 portas 10/100BaseT e roteador integrados permitem acesso à internet
compartilhado para todos os usuários da rede usando somente um IP externo da conexão banda
larga, ficando os IPs internos da LAN escondidos.
- Controle de Acesso - permite política de acesso, divisão de usuários em grupos com
políticas e acesso a serviços de Internet distintos.
- Servidor DHCP - pode atuar como Servidor DHCP para até 253 usuários.
- Suporte à RIP (Routing Information Protocol) e tabelas de roteamento estático.
- Atualizações de Firmware por HTTP, TFTP.
- DNS Dinâmico (DDNS).
- Gerenciamento remoto com Web browser (via LAN e/ou WAN).
- Fácil Configuração a partir de qualquer navegador na LAN.
- Suporta UPnP (Plug&Play Universal).
- Conexão de Internet banda larga com Modem de acesso xDSL ou Cable Modem.
- É necessário um computador com placa de rede padrão ethernet.
- Internet Explorer 4 ou superior.

Itens Inclusos:
- Firewall HotBrick
- Cabo de alimentação
- 2 suportes de rack
- Manual em inglês
- 4 pés de apoio pequenos
- 4 pés de apoio grandes
36
- Cabo RJ45 para RJ45 micro/firewall
- CD com software de instalação

Requisitos Fabricante:
- Computador PC
- Windows 98SE/ME/2000/XP/2003
- Leitor de CD

Características Gerais:
- 2 Portas WAN 10/100 Mb/s RJ45
- 14 Portas LAN 10/100 Mb/sRJ45
- 10/100 BaseT (RJ-45)
- Dimensões: 243 mm X 45 mm X 105 mm (L x A x P)

37
Capítulo 4 - Tutorial
Configuração do Servidor de Impressão
Após você ter montado sua própria rede, você pode querer compartilhar impressoras entre seus
computadores. Neste tutorial mostraremos a você como isto é feito. Estamos assumindo que
você já montou sua rede.

Antes de continuar, você deve prestar atenção em como sua rede está montada. Depois, vá em
frente e compartilhe impressora como descreveremos neste tutorial.

O que é o compartilhamento? Compartilhamento é a capacidade de pessoas de outros


computadores acessarem recursos localizados em seu computador, como arquivos e
impressoras.

Este tutorial é baseado no Windows Server 2003. O modo como o compartilhamento de


arquivos e impressoras funciona nas versões anteriores do Windows é exatamente o mesmo,
apesar do nome exato das opções serem diferentes.

Habilitando o Compartilhamento

Figura 1: Dê um duplo clique na placa de


rede instalada em seu micro.

38
Na janela que será mostrada, clique no botão Propriedades.

Figura 2: Clique no botão Properties.

Figura 3: Verificando se o compartilhamento de arquivos e impressora está instalado.

39
Caso não esteja, você precisará instalar este serviço, clicando em Instalar, Serviço, Adicionar.
Selecione Compartilhamento de Arquivos e Impressoras para Redes Microsoft e clique em OK.
Com este serviço instalado você será capaz de compartilhar pastas e impressoras. Observe
que este serviço não é requerido nos computadores clientes, ou seja, computadores que irão
acessar arquivos ou impressoras localizados em outros computadores.

Instalando Impressora
Depois de corretamente instalada a placa de rede e já estar habilitado o compartilhamento de
impressão, é hora de instalar a impressora.
Desligue o computador e plugue a impressora com ela desligada, depois ligue o computador. O
Windows Server 2003 já existe um banco de dados com os drivers de várias impressoras, a
instalação do driver da impressora poderá ser automática, sem a necessidade de você ter que
procurar o respectivo driver na internet, agilizando assim o seu trabalho.
Para verificar se ela foi instalada automaticamente vá a Start > Control Panel > Print and Faxes

Figura 4: A impressora foi instalada automaticamente através do Windows Server 2003.

40
Se sua impressora não for instalada automaticamente, siga o procedimentos abaixo:
Clique em Start > Control Panel > Print and Faxes > Add Printer

Figura 5: Selecione Add Printer para adicionar uma nova impressora.

Figura 6: Selecione o fabricante e modelo de sua impressora. Se sua impressora vier com um
disco de instalação, clique em Have Disk. Se sua impressora estiver listada, consulte a
documentação para um software compatível com ela.

41
Figura 7: Escolha um nome para a impressora. Atenção: Escolha um nome curto se possível,
com menos de 31 caracteres. De modo que seja mais fácil utilizar e administrar a impressora.

Figura 8: Esse nome da impressora será visível para outros os clientes.

42
Figura 9: Aparecerá uma janela para imprimir uma página teste. Selecione Yes e clique em Next.
Se a impressora foi corretamente instalada será impressa uma página teste.
Agora, sua impressora esta instalada e pronta para usar.

Compartilhamento de Impressora
O compartilhamento de impressora é muito fácil. Clique no menu Start > Control Panel >
Printers and faxes, clique com o botão direito na sua impressora e escolha Sharing no menu que
aparecerá.

Figura 10: Caminho para o compartilhamento da sua impressora.

43
Na janela que aparecerá, marque a opção “Share this printer” e digite um nome para a
impressora compartilhada na caixa Share name. Este é o nome pelo qual sua impressora será
conhecida pelos outros computadores em sua rede.

Figura 11: Compartilhando a impressora.

Clique no botão OK e sua impressora estará acessível por todos os outros computadores
localizados em sua rede. Veremos agora como os outros computadores podem acessar sua
impressora.

44
Acessando Impressoras Compartilhadas
No tutorial nós utilizaremos como Cliente o Sistema Operacional Windows Vista™ Home
Premiun.
Para imprimir em uma impressora localizada em outro computador da sua rede, primeiro você
terá que instalar a impressora em seu computador, no qual nós iremos ensinar passo a passo
nesse tutorial.

Figura 12: Clique no menu Iniciar,


Painel de Controle > Impressoras.

Figura 13: Clique em Adicionar


impressora.

45
Figura 14: Clique em “Adicionar
uma impressora da rede, sem fio ou
Bluetooth”. Clique em avançar.

Figura 15: Para selecionar uma


impressora de rede que esta
conectada a outro computador,
selecione “A impressora que desejo
não está listada”.

Clique em Avançar e você verá três opções. Selecione a primeira opção “Procurar impressora”,
para localizar a impressora compartilhada. Clique então em Avançar.

46
Figura 16: Instalando uma impressora de rede.

Você deve procurar na sua rede de modo a localizar a impressora que deseja instalar em seu
computador. Clique em Avançar e responda Sim para a pergunta que será feita pelo assistente.

Figura 17 e 18: Instalando uma impressora de rede.

Na próxima tela você será perguntado se deseja configurar a impressora de rede como
impressora padrão em seu computador. Se o seu computador não possui outra impressora
instalada, você dever responde Sim. Clique em Avançar e, na tela seguinte, Finalizar.

47
Figura 19: Definindo a impressora de rede como padrão neste computador.

Após esses passos a impressora de rede será instalada em seu computador. A utilização dessa
impressora é muito fácil, já que ela é instalada como se fosse uma impressora fisicamente
conectada ao seu micro, pronta para ser usada por todos os seus programas.

Figura 20: Impressora de rede depois de instalada em seu computador.

48
Problemas com o Spooler
“O spooler da impressora poderá falhar aleatoriamente num computador baseado no Windows
Server 2003 que tenha uma impressora HP que está instalada”
http://support.microsoft.com/kb/947477/pt

Figura 21: Problema com spooler.

Descobrimos que impressoras HP estão tendo incompatibilidade com o Sistema Operacional


Windows Server 2003. Quando enviávamos um documento do cliente para o servidor, o próprio
não permanecia na fila de impressão. O documento chegava e saia da fila de impressão sem ser
impresso. Constatamos através de pesquisas que era um problema do spooler (Um serviço que
gerencia a parte de impressão do Windows).

O que é Spooler?
O spooler de impressão é um arquivo temporário para onde vai o arquivo a ser impresso. Isto é
usado pela maioria das impressoras por conta da velocidade de impressão; desta forma o
documento fica no spooler e vai sendo impresso à medida que a impressora esteja liberada para
imprimir.

Então seguimos uma solução encontrada no site:


http://cafe-ti.blog.br/300~windows-spooler-problemas.html

No site constatava dicas de como limpar a fila de impressão e até remover os drivers na marra
para conseguir restaurar o spooler.

49
Antes, desinstalamos o drivers da impressora em: Iniciar > Painel de Controle > Adicionar e
remover programas. E no registro do Windows deletamos todos os arquivos das pastas abaixo:

C:\WINDOWS\system32\spool\drivers
C:\WINDOWS\system32\spool\PRINTERS

Depois reiniciamos a máquina e repetimos um novo processo de instalação, que já aqui


citamos nesse documento, usando o drive da impressora do banco de dados que continha no
Windows Server 2003.

50
Causa
Este problema ocorreu devido a uma das seguintes ficheiros:
• Hpbmmon.dll (monitor HP principal)
• Hpzpi4wm.dll (processador de impressão
HP)
• Hpzpp4wm.dll (processador de impressão
HP)
• HPtcpMon.dll (monitor HP da porta TCP)

Sistemas Operacionais que possuem esse problema:


Microsoft Windows Server 2003, Web Edition
Microsoft Windows Server 2003, Datacenter Edition (32-bit x86)
Microsoft Windows Server 2003, Enterprise Edition (32-bit x86)
Microsoft Windows Server 2003, Standard Edition (32-bit x86)
Microsoft Windows Server 2003, Datacenter Edition for Itanium-Based
Systems
Microsoft Windows Server 2003, Datacenter x64 Edition
Microsoft Windows Server 2003, Enterprise x64 Edition
Microsoft Windows Server 2003, Enterprise Edition for Itanium-based
Systems
Microsoft Windows Server 2003, Standard x64 Edition

51
Conclusão
Concluímos que, muitas empresas não vêem a necessidade de se colocar uma impressora
para cada micro, mas sim, que vários micros possam utilizar a mesma impressora, ou seja, você
poderá imprimir a partir de qualquer micro de sua casa ou escritório. Com isso, você gastará
menos dinheiro com equipamentos. Há várias vantagens, como o aumento da produtividade e
principalmente a redução de custos.

52
Bibliografia
Sites
Http://www.wikipedia.com.br 02/05/2008 -08h45min às 09h50min

Http://www.clubedohardware.com 03/06/2008 – 09h00min às 11h40min

Http://www.yahoo.resposta.com.br 19/06/2008 – 10h25min às 11h50min

Http://www.guiadohardware.net 25/06/2008 – 08h26min às 11h45min

Http: /www.oficinadanet.com.br 01/07/2008 – 10h15min às 11h55min

Http: /www.boadica.com.br 10/07/2008 – 08h18min às 09h55min

Http://www.hp.com 03/09/2008 – 10h20min às 11h58min

Http://www.siglanet.com.br 16/09/2008 – 08h25min às 09h55min

Http://info. abril.com.br 19/09/2008 – 08h19min às 09h47min

Http://www.servidorlpd.com.br 02/10/2008 – 10h18min às 11h49min

Http://www.gimba.com.br 10/10/2008 – 08h15min às 09h55min

Http://support.microsoft.com/ 10/11/2008 – 08h50min às 10h30min

http://cafe-ti.blog.br/ 29/10/2008 – 10h30min às 12h00min

53