You are on page 1of 18

Instituto Superior de Línguas e Administração Licenciatura em Técnico Superior de Segurança e Higiene no Trabalho

Enquadramento Legal: Face aos Riscos de Exposição a Agentes Químicos Durante o Trabalho

Sandra Lopes

Docente: Elisabete Santos

Unidade Curricular: Legislação, Regulamentos e Normas de SHT

Leiria Junho, 2011

Enquadramento Legal: Agentes Químicos ii .

........................... 11 IDENTIFICAÇÃO DOS RISCOS ............................................................... 12 MEDIDAS DE PREVENÇÃO................... 11 CARACTERIZAÇÃO DA SECÇÃO EM ESTUDO E SEUS POSTOS DE TRABALHO ..................... 8 IDENTIFICAÇÃO DOS RISCOS POR POSTO DE TRABALHO ...................................................................................................................................................................Enquadramento Legal: Agentes Químicos 1 Índice Geral ÍNDICE DE TABELAS.................................................................................................................................................................................. 3 ENQUADRAMENTOS LEGAL ........................................ 2 ÍNDICE DE FIGURAS ...................................................... 14 ................................................................................................................................................................................................

........ 13 ........................................................................................ 11 Tabela 2: Riscos no posto de trabalho .........................Enquadramento Legal: Agentes Químicos 2 Índice de Tabelas Tabela 1: Postos de Trabalho da secção da marcação e limpeza ..........

.............................2007) ...............................................Enquadramento Legal: Agentes Químicos 3 Índice de Figuras Figura 1...... 12 Figura 4: Exemplo de sistema de extracção localizado (Mendes............................................................................................................... 14 ............................................... 10 Figura 2: Perigoso para o ambiente .......... 12 Figura 3: Nocivo ................................ Classificação de Substâncias Perigosas ..............................

Enquadramento Legal: Agentes Químicos 4 .

Conclui-se com este enquadramento que os trabalhadores do posto de trabalho de limpeza manual das facas estão expostos a um agente químico perigoso e que por isso devem ser tomadas medidas para a diminuição do perigo e dos riscos da sua exposição. . Por fim definem-se as acção prevenção que se devem tomar. procede-se à descrição dos postos de trabalho e respectivas actividades e identifica-se os riscos associados à exposição dos trabalhadores ao agentes químicos e avalia-se o cumprimento da legislação. Deste modo.Enquadramento Legal: Agentes Químicos 5 Resumo O presente trabalho tem como objectivo fazer o enquadramento legal relativamente à exposição a agentes químicos na secção de marcação e limpeza.

Enquadramento Legal: Agentes Químicos 6 .

as facas seguem para a secção de embalamento. Um destes trabalhadores é uma mulher grávida. informar e formar os trabalhadores e vigilância da saúde. Após a limpeza. . medir da exposição.7 Enquadramento Legal: Face aos Riscos de Exposição a Agentes Químicos Durante o Trabalho O presente trabalho tem como objectivo fazer o enquadramento legal face ao riscos de exposição a agentes químicos na secção de marcação e limpeza da empresa SOCORTE. Face a esta situação. podendo este número variar esporadicamente devido a flutuações no volume de produção. durante o horário de funcionamento normal. nomeadamente de exposição aos agentes químicos por parte dos trabalhadores desta secção. As facas produzidas na SOCORTE entram na secção para serem lavadas na máquina de lavar. A produção da SOCORTE é constituída por várias secções entre elas a secção de marcação e limpeza. cabe ao técnico identificar os riscos. definir operações especificas. A empresa dedica-se à produção de cutelarias domésticas e profissionais. Lda. Encontram-se em permanência na instalação. as facas são marcadas com o logótipo na lâmina através de um processo electroquímico e são limpas manualmente com um solvente desengordurante. De seguida. Esta secção tem 10 trabalhadores. compreendido entre as 8 e as 17 horas de segunda a sexta-feira. fazer o enquadramento legal dos mesmos e apresentar medidas de prevenção. Esta máquina tem um sistema de vários tanques de água e detergente específico por onde as facas passam de uma forma automatizada. equipamentos de protecção.

De acordo com o artigo 15º da Lei nº102/2009 o empregador tem obrigação de nomeadamente: • • Identificar os riscos previsíveis em todas as actividades da empresa. De acordo com o artigo 4º do DL 102/2009. perigo é uma propriedade intrínseca. Integrar a avaliação de riscos no conjunto das actividades e adoptar medidas de protecção. 91/322/CEE de 29 de Maio e 2000/39/CE de 8 de Junho. Dar prioridade à protecção colectiva em detrimento da protecção individual.Enquadramento Legal: Agentes Químicos 8 Enquadramentos Legal A Lei nº 102/2009 de 10 de Setembro que estabelece o regime jurídico da promoção da segurança e saúde no trabalho e resulta da transposição de várias directivas comunitárias entre elas a Directiva Quadro nº 89/391/CE. dum agente químico com potencial para provocar dano e o risco a probabilidade . Assegurar a vigilância da saúde dos trabalhadores em função dos riscos a que estão expostos. • Assegurar que as exposições nomeadamente ao agentes químicos não constituem um risco para a saúde dos trabalhadores. O princípios relativos à protecção dos trabalhadores contra os riscos de exposição a agentes químicos são desenvolvidos no Decreto-Lei nº 290/2001 de 16 de Novembro e alterado pelo Decreto-Lei nº 305/2007 de 24 de Agosto. • • Planificar a prevenção. neste caso. O DL 290/2001 transpõe para a ordem jurídica interna a Directivas nºs 98/24/CE de 7 de Abril. Organizar os meios para a aplicação das medidas de prevenção tendo em consideração a evolução da técnica. • • • Substituir o que é perigoso pelo que é isento de perigo ou menos perigoso.

utilizado ou libertado em consequência de uma actividade laboral. que se apresente no estado natural. isolado ou em mistura. seja ou não intencionalmente produzido ou comercializado" Os agentes químicos perigosos abrangem todas as substâncias ou preparações perigosas de acordo com a classificação presente no DL 82/2003 que estabelece regras relativas à classificação. embalagem e rotulagem destas substâncias.Enquadramento Legal: Agentes Químicos 9 de concretização desse dano em função das condições de utilização. De acordo com o artigo 3º do DL 290/2001. exposição ou interacção do agente que apresente perigo. ou seja produzido. . inclusivamente sob a forma de resíduo. um agente químico é "qualquer elemento ou composto químico. A Figura 1 expressa a classificação das substância perigosas . O DL 301/2000 de 18 de Novembro aplicável à protecção dos trabalhadores contra os riscos ligados à exposição a agentes cancerígenos ou mutagénicos durante o trabalho.

Classificação de Substâncias Perigosas (Mendes.Enquadramento Legal: Agentes Químicos 10 Figura 1.2007) .

Os operadores em questão trabalham as 8h/dia nos mesmos postos de trabalho. Auxiliar na limpeza manual de facas Operador de máquina de marcação Operador de limpeza de facas Encarregado de Secção 3 5 1 A mulher grávida é uma operadora de limpeza de facas. Marcar as facas Limpeza manual das facas Gerir os trabalhos na secção.Enquadramento Legal: Agentes Químicos 11 Identificação dos Riscos por Posto de Trabalho Caracterização da Secção em Estudo e seus Postos de Trabalho Os agentes químicos utilizados na secção de marcação e limpeza são armazenados fora da secção no exterior da fabrica com acesso proibido a pessoas não autorizadas. A água com o desengordurante estão a uma temperatura de 60-70ºC o que provoca a libertação de vapores. Apenas existe na secção uma pequena quantidade para uso diário. . O local onde é utilizado é bem arejado e tem um pé direito 8 metros. Na zona da marcação é utilizado um electrólito 6744 que é um ácido. Na limpeza manual é utilizado um desengordurante que contem percloroetileno. Retirar os cestos da zona de descarga dos cestos e transportá-los para a zona de marcação. Os operadores utilizam luvas de protecção nesta operação. Os postos de trabalho existentes na secção em estudo estão descritos na Tabela 1. O local encontra-se coberto e com bacia de retenção para os líquidos. Nesta operação são utilizadas luvas impermeáveis a este produto. Na máquina de lavar é utilizado Galvaclean diluído na água que tem uma acção desengordurante e que facilita a secagem das peças. Tabela 1: Postos de Trabalho da secção da marcação e limpeza Postos de Trabalho Operador da máquina de lavar Nº Trabalhadores 1 Principal Tarefa Colocar os cestos de facas no carregador de entrada na máquina de lavar.

Este rótulo é obrigatório de acordo com o DL 82/2003 uma vez que se tratam de produtos perigosos fornecidos em embalagem. o fabricante ou fornecedor. O rótulo contém a informação do produto químico. De modo a identificar os perigos existentes resultantes da utilização dos produtos químicos. Esta está junto ao local de utilização e armazenagem dos produtos. Assim. consultei o rótulo dos mesmos de onde retirei informação sobre a perigosidade dos mesmos. a obrigação do técnico é fornecer essa informação ao empregador. classificação de acordo com as categorias de perigosidade e as frases R de risco e frases S de segurança.Enquadramento Legal: Agentes Químicos 12 Identificação dos Riscos Como já foi referido o empregador deve avaliar os riscos e verificar a existência de agentes químicos perigosos no local de trabalho de acordo com o ponto 1 do artigo 4º do DL290/2001. Constatei que existem fichas de dados de segurança que não se encontram em português. Figura 2: Perigoso para o ambiente Figura 3: Nocivo . o desengordurante que contém percloroetileno é uma substância classificada como perigosa que causa danos no ambiente de acordo com o símbolo indicado no rotulo (Figura 2) também é nocivo de acordo com a Figura 3. Esta informação é completada pela ficha de dados de segurança. Assim.

os operadores de limpeza manual estão em risco de desenvolver problemas cancerígenos devido a inalação do produto. Absorção por inalação e via cutânea de tetracloroetileno Tempo de exposição (h/dia) 8 8 5 (das quais uma grávida) 1 8 4 Foi medida a concentração de percloroetileno a que os operadores de limpeza manual estão expostos e o valor limite de exposição médio ponderado VLE-MP presente na norma portuguesa NP 1796/2007 foi excedido em 2ppm incluindo a trabalhadora grávida. Esta avaliação de riscos consta de um documento escrito de acordo com o ponto 3 do artigo 4º do DL290/2001. Assim.possibilidade de efeitos irreversíveis e R 51-53 (perigos para ambiente aquático). Praticamente sem riscos quando em contacto com a pele ou inalado. Os riscos identificados nos vários postos de trabalho estão mencionados na Tabela 2. Tabela 2: Riscos no posto de trabalho Nº Trabalhadores Postos de Expostos Trabalho 1 Operador da máquina de lavar 3 Operador de máquina de marcação Operador de limpeza de facas Encarregado de Secção Riscos Praticamente sem riscos quando em contacto com a pele ou inalado. De acordo com a norma portuguesa 1796/2007. o percloroetileno é uma substância com possíveis efeitos cancerígenos no ser humano. O galvaclean é constituído com sais de ácidos orgânicos é R22 nocivo por ingestão (Figura 3). Absorção por inalação e via cutânea de tetracloroetileno. O electrólito 6744 é uma agente químico que é R25 tóxico quando ingerido. .Enquadramento Legal: Agentes Químicos 13 O rótulo também apresenta as frases de risco R 40 .

2007. proponho a substituição do desengordurante com percloroetileno por um menos perigoso que não tenha percloroetileno. uma corrente de ar que capta os contaminantes ambientais na vizinhança imediata do foco que os gera.2007) : • Tornar obrigatório.Enquadramento Legal: Agentes Químicos 14 Medidas de Prevenção De acordo com o ponto 1 do artigo 5º do DL 290/2001. Sugiro para loroetileno substituição o Kustom 40 que não contém percloroetileno."(Mendes. sugiro as seguintes medidas de protecção em relação ao percloroetileno percloroetileno: • rotatividade dos operadores da marcação com os trabalhadores da limpeza marcação manual por períodos de meio dia de modo que a exposição di diária de cada trabalhador seja inferior ao VLE . o empregador deve eliminar ou reduzir ao mínimo os riscos.MP. " mediante aspiração.22). Assim. • Substituir os recipientes abertos em cada posto por recipientes fechados com doseador. • Colocação de um sistema de extracção localizada de gases (Figura 4) criando 4). . Para tal vou fiz uma consulta aos trabalhadores para aprovação. Figura 4: Exemplo de sistema de extracção localizado (Mendes. os resultados na limpeza não foram satisfatóri satisfatórios. para além das luvas apropriadas que já são utilizadas.22) vizinhança p. enquanto não temos uma produto substituto. p. o uso de máscara com filtro químico tipo A. No entanto.

Uma vez que temos trabalhadores expostos a agentes químicos perigogos deve-se de proceder à vigilância da saúde dos trabalhadores de acordo com o artigo 13º do DL290/2001. Informar sobre a localização das fichas de dados de segurança e o seu conteúdo de acordo com o artigo 11º do DL 290/2001. os exames periódicos de 2 em 2 anos visto que num trabalhador da secção de marcação e limpeza tem mais de 50 anos e realiza sempre exames médicos ocasionais sempre que há alteração às condições de trabalho. Como a avaliação de riscos não foi feita antes do inicio da actividade. A trabalhadora grávida da zona de limpeza manual com está exposta agentes perigos com frase de risco R 40 . riscos e medidas de protecção e manuseamento que devem tomar.possibilidade de efeitos irreversíveis fica com a actividade condicionada à avaliação do médico de acordo com artigo 59º da Lei nº 102/2009. uma vez que se trata de exposição a agentes químicos perigosos. dos agentes químicos perigosos a que estão sujeitos. VLE. Deve-se proceder à tradução das fichas de dados de segurança para português de acordo com o artigo 13º do DL 82/2003 de 23 de Abril. Agendar uma secção para informar os trabalhadores dos resultados da avaliação de riscos. esta não conformidade constitui uma contra-ordenação grave nos termos da Lei nº 116/09 de 4 de Agosto.Enquadramento Legal: Agentes Químicos 15 • Os trabalhadores não devem comer no local e devem de lavar as mão após a actividade e antes de comer. . A empresa cumpre com o disposto no artigo 108º do DL 102/2009 fazendo os exames de admissão antes entrar um novo trabalhador ao serviço.

Algumas Directrizes Práticas para Implementação da Legislação Tecnometal nº168 (Janeiro/Fevereiro 2007) . Agentes Químicos Perigosos .Enquadramento Legal: Agentes Químicos 16 Referências Mendes. Paula (2007).