You are on page 1of 4

O que é esquizofrenia?

A esquizofrenia é um transtorno psiquiátrico grave que atinge, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 1% da população mundial. Caracteriza-se como uma psicose e seus principais sintomas são delírios, alucinações, desorganização mental, dificuldade de conviver em ambientes sociais e déficit de atenção apresentado por alguns portadores. A partir desses sintomas, a doença é classificada em seis subtipos: paranoide, desorganizada ou hebefrênica, catatônica, indiferenciada, simples e residual. Ressalta-se que um mesmo portador pode apresentar sintomas característicos de mais de um desses subtipos no decorrer da evolução da doença. Sabe-se que a esquizofrenia é fortemente associada a fatores genéticos. No entanto, esses fatores não são suficientes para explicar o surgimento da doença, cujo desenvolvimento pode estar ligado, também, a fatores ambientais, como relações familiares, educação, estresse e outras condições gerais de vida. A doença manifesta-se, geralmente, entre os 20 e 30 anos, alcançando, em alguns casos, picos de intensidade, conhecidos como ''surtos psicóticos''. É nesse período que a doença é mais comumente percebida. Depois de realizado diagnóstico por psiquiatra qualificado, o portador, seus cuidadores, familiares e amigos devem aprender a conviver com a esquizofrenia, pois ainda não há cura definitiva para ela. Apesar disso, o seguimento de tratamento adequado, composto por medicação e terapia, pode evitar novas crises e impedir o agravamento da doença. Os cuidados e o tratamento devem seguir por toda a vida, permitindo que os portadores tenham uma vida social e profissional bem adaptada e produtiva.

ou seja. caracteriza-se como um quadro que normalmente aparace na adolescência e no adulto jovem. em seu mundo próprio.algo parecido com o autismo. Existem inúmeros tipos de esquizofrenia. As esquizofrenias catatônicas caracterizam-se por apresentar alterações na mobilidade do paciente. O mais frequente é o persecutório. as alucinações.Uma pessoa esquizofrênica é perigosa ? O que é esquizofrenia ? Uma pessoa esquizofrênica é perigosa ? Para explicar a um leigo o que significa o termo esquizofrenia. no qual o paciente se julga perseguidom. que faz com que o paciente. Dentre eles. a pessoa fica retraída em si mesma. tenha julgamento e crítica errados. atos e reações são incoerentes. e o paciente pode tornar-se perigoso para os outros e para si próprio. muito comentado atualmente. ilógicos e até mesmo perigosos. podemos citar a esquizofrenia paranóide. Para alguém que convive com o esquizofrênico é fácil observar que seus pensamentos. Quando a área atingida é a da afetividade. ocorrem as alterações de pensamento. Hoje em dia esses quadros são encontrados somente em hospícios. o que caracteriza a esquizofrenia (há varios tipos) é a perda da relação com a realidade. considerados por ele reais e com um colorido afetivo muito intenso. por atacar e/ou defender-se de processos imaginários. a partir de qualquer informação externa (pode ser real ou não). conhecida como hebefrenia. pode-se dizer o que popularmente é chamado de loucura. Portanto. os delírios. desencadeando uma série de raciocínios que acabam por configurar o delírio. vê e ouve coisas que na verdade não são reais. O quadro típico esta representado pela rigidez plástica. Conseqüentemente. portanto é uma pessoa desconhecida e imprevisível. A esquizofrenia simples. O esquizofrênico tem uma característica peculiar: trata-se de alguém com quem não se consegue ter "empatia". o paciente pode ser . e evolui muito rapidamente . aparentemente muito vazio e pobre.

certos tipos de memória e funções de execução que nos permite planejar e organizar. Sintomas da esquizofrenia Os sintomas da esquizofrenia se encaixam em três categorias gerais: * Sintomas positivos. tornando seu contato com a nossa realidade tão traumático que se refugiam em uma realidade pessoal. como alucinações e delírios. Esses sintomas são difíceis de reconhecer como parte da esquizofrenia e podem ser confundidos por preguiça ou depressão. além dos fatores endógenos que determinam o aparecimento dessa doença. Déficits cognitivos também podem ser difíceis de reconhecer como parte da esquizofrenia. que representam a perda ou diminuição na capacidade de iniciar planos. Uma característica comum em todos esses quadros é a retração da realidade e a criação de uma realidade própria. que são pensamentos e percepções diferentes como alucinações. falar. geralmente aparecem nos homens durante a adolescência tardia e vinte e poucos anos. delírios e desordens no pensamento e movimento.colocado em diferentes posições e permanecerá assim por um longo tempo. expressar emoções ou encontrar prazer na vida cotidiana. Pode-se concluir que. * Sintomas negativos. porém são os mais incapacitantes para levar um vida normal. Esquizofrenia . e nas mulheres entre 25 e trinta e poucos anos. Quando a esquizofrenia começa? Sintomas psicóticos. os psicóticos são pessoas expostas de forma precoce a frustrações intensas. * Sintomas cognitivos. que são problemas com: atenção.

Causas da esquizofrenia Assim como muitas outras doenças mentais. . Pesquisas estão desenvolvendo medicamentos mais eficientes e procurando entender as causas da esquizofrenia para achar formas de prevenção e tratamento. embora já tenham sido registrados casos em crianças de 5 anos. acredita-se esquizofrenia seja uma combinação de fatores genéticos e ambientais. Os tratamentos incluem medicamentos antipsicóticos e tratamento psicossocial.raramente aparece depois dos 45 anos de idade ou antes da puberdade. hoje em dia muitas pessoas com esquizofrenia conseguem levar vidas construtivas em suas comunidades. queda no desempenho escolar. Em adolescentes os primeiros sinais da esquizofrenia incluem mudança de amigos. Apesar disso. porém a maioria da pessoas com esquizofrenia deve ter que enfrentar alguns sintomas residuais pela vida toda. Todas as ferramentas da ciência moderna estão sendo usadas para descobrir as causas da esquizofrenia. Uma vez que muitos adolescente normais também podem ter esse comportamento. problemas para dormir e irritabilidade. o diagnóstico pode ser difícil de fazer nesse estágio. Tratamento Uma vez que a causa da esquizofrenia ainda é desconhecida. Os tratamentos disponíveis podem aliviar muitos dos sintomas. Pesquisas têm mostrado que a esquizofrenia afeta igualmente homens e mulheres e ocorre em taxas similares em todos os grupos étnicos pelo mundo. os tratamentos atuais focalizam na eliminação dos sintomas da doença.