You are on page 1of 8

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO ANEXOS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO RETIFICADO EM 10/09/2010

A)REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO -Poderão se inscrever candidatos graduados em cursos da área de Direito, portadores de diploma de nível superior, emitido por instituições oficiais e reconhecidas pelo MEC. -Comprovação de rendimento global igual ou superior a 7,0 (sete inteiros) no Histórico Escolar de Graduação. B)SOBRE AS VAGAS OFERTADAS O número total de vagas ofertadas será de 20 (vinte), vinculadas à área de concentração Fundamentos Constitucionais dos Direitos de acordo com a disponibilidade dos Projetos de Pesquisa dos professores do programa, a saber (ordem alfabética): LINHA DE PESQUISA VAGAS 1. Constituição e Processo 02 2. Direito Civil Constitucional 02 3. Direito da Propriedade Intelectual 01 4. Direito Internacional 02 5. Direito Penal Constitucional 02 6. Direitos Fundamentais do Contribuinte 01 7. Direitos Humanos Fundamentais 02 8. Direitos Sociais, Difusos, e Controle das Políticas Públicas 02 9. Filosofia do Direito (Pragmatismo Jurídico e Direitos Humanos) 02 10. Finanças Públicas, Tributação e Cidadania 02 11. Sociologia do Direito (Direito Civil e Direitos Humanos) 01 12. Teoria Geral do Direito 01 TOTAL 20 Os Projetos de Pesquisa específicos dos Professores do Programa estão disponibilizados no sítio do Programa na página da Internet <http://www.fda.ufal.br/mestrado/direito/>, bem assim como na Secretaria do Curso. C)SOBRE O PROCESSO SELETIVO O processo seletivo constará de 4 (quatro) etapas: I – Prova dissertativa de conhecimento jurídico, eliminatória, com nota mínima 7,0 (sete inteiros) e peso 3 (três) para efeito de classificação no processo seletivo; II – Proficiência em idioma estrangeiro, eliminatória, com nota mínima 5,0 (cinco inteiros) e peso 1 (um) para efeito de classificação no processo seletivo; III – Projeto de dissertação, eliminatória, com nota mínima 7,0 (sete inteiros) e peso 5 (cinco) para efeito de classificação no processo seletivo; IV – Análise do Histórico escolar e do Curriculum Vita e com peso 1 (um) para efeito de classificação no processo seletivo. D)CRONOGRAMA GERAL DAS ETAPAS DO PROCESSO SELETIVO PARA MESTRADO EM DIREITO Para a realização das provas escritas (primeira e segunda etapa), e da defesa do projeto (terceira etapa), os candidatos deverão se apresentar na Secretaria do Mestrado em Direito da FDA/UFAL, no endereço especificado neste Edital, segundo o calendário a seguir especificado: I – Primeira Etapa (prova dissertativa de conhecimento jurídico), a se realizar no dia 24 de novembro de

às 9h. § 1º Na correção da prova escrita de conhecimento jurídico serão considerados os seguintes aspectos: I – demonstração de conhecimento teórico quanto ao tema do ponto sorteado. § 4º Sorteado o ponto. consoante cronograma de horários a ser divulgado no dia 29 de novembro de 2010. das 8h:30 às 12h:30. II – Segunda Etapa (proficiência em idioma estrangeiro). § 2º As sugestões bibliográficas. F) DA PROFICIÊNCIA EM IDIOMA ESTRANGEIRO A proficiência em idioma estrangeiro (alemão. Dependências da Faculdade de Direito/UFAL Dependências da Faculdade de Direito/UFAL Dependências da Faculdade de Direito/UFAL Dependências da Faculdade de Direito/UFAL Página eletrônica da PROPEP/UFAL (www. exigindo-se nota mínima 7. ATIVIDADE Inscrição Prova dissertativa de conhecimento jurídico Prova de Proficiência em idioma estrangeiro Análise do Projeto de Dissertação.fda. conforme cronograma divulgado no dia 29/11/2010 - 4 horas 29/11/2010 Eliminatória 5 02 a 03/12/2010 - 9 e 10/12/2010 Classificatória - 1 - 10 e 11/01/2011 - 16/12/2010 - E) DA PROVA DISSERTATIVA DE CONHECIMENTO JURÍDICO A Prova dissertativa de conhecimento jurídico terá duração máxima de três (3) horas e versará sobre um dos seguintes pontos. será feita a leitura dos sub-tópicos temáticos propostos pela Banca Examinadora. axiológicas e sociológicas.ufal. cujo conteúdo deverá ser analisado pelos candidatos.0 (sete inteiros). a se realizar no dia 25 de novembro de 2010. que não esgotam os temas. com o cronograma para as defesas dos projetos. inglês ou italiano) terá duração máxima de 3 (três) horas. francês. O resultado das duas primeiras etapas.propep. sorteados in loco: I – As Fontes do Direito e o poder de criação normativa. a partir das 8h. na sítio do Programa: <http://www. das 8h:30 às 12h:30. IV – Princípios e regras na Constituição eficácia e efetividade. conforme disponibilidade do provedor institucional da internet. X – Novas formas de interpretação: hermenêutica constitucional. II – Teoria da norma jurídica. IX – Políticas públicas e mecanismos de controle da atividade administrativa. § 1º Na correção do exame de idioma estrangeiro será observada a proficiência do candidato para a . no Quadro de Avisos da Coordenação do Curso de Mestrado em Direito das FDA/UFAL. listando os classificados para a defesa do projeto (terceira etapa) será divulgado no dia 29 de novembro de 2009. a se realizar nos dias 02 e 03 de dezembro de 2010. com defesa oral Análise do histórico escolar e currículo Resultado Final Matrícula institucional CARÁTER Eliminatória PESO 3 DATA 11/10 a 05/11/2010 24/11/2010 HORÁRIO 9h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h00 8h30 às 12h30 DURAÇÃO 4 horas DATA DO RESULTADO (DATAS LIMITE) Homologação até 16/11/2010 29/11/2010 LOCALIZAÇÃO PROPEP/UFAL. VI – Garantias constitucionais e controle de constitucionalidade. II – consistência lógica dos argumentos. VII – Princípio da dignidade da pessoa humana na ordem jurídica brasileira.br) PROPEP/UFAL Eliminatória 1 25/11/2010 8h30 às 12h30 8h00 ás 18h00. e a partir das 12h. consistente e com utilização gramatical correta. III – Terceira Etapa (defesa do projeto de dissertação). e consistirá em tradução de texto de língua alienígena escolhida pelo candidato no momento da inscrição.ufal.br/mestrado/direito/>. IV – redação clara. § 3º Essa primeira etapa é eliminatória. V – Ordem jurídica internacional e direitos humanos/fundamentais. encontram-se no Anexo 1 do presente Edital. VIII – O Direito do Estado Social: origens históricas e perspectivas atuais. III – O Direito: perspectivas normativistas.2010. III – capacidade crítica.

V – Revisão bibliográfica (o estado da arte). 2009. São Paulo: Malheiros. VII – Levantamento bibliográfico e referências iniciais. d) pertinência da bibliografia e das referências quanto ao desenvolvimento do projeto. quando for o caso. 2008. 1° deste Edital. fundamentalmente. § 1º O orientador não pode ser identificado. considerando-se os respectivos pesos. serão direcionados a professores-orientadores. Robert. o candidato. bem assim não será permitido o uso de dicionário ou qualquer outra consulta na prova de proficiência em língua estrangeira. de acordo com os critérios definidos pelo Colegiado do Curso.tradução. III – estrutura. ed. I)CONDIÇÃO DE APROVAÇÃO Será considerado aprovado o candidato que obtiver a nota final igual ou superior a 7. II – disponibilidade de orientador segundo os Projetos de Pesquisa específicos dos professores de conformidade com o artigo 1° do presente Edital. atendendo ao estabelecido no art. Teoria dos princípios: da definição à aplicação dos princípios jurídicos. Não havendo candidatos aprovados em número suficiente para o preenchimento das vagas ofertadas no art. § 2º Em todas as provas será exigida a apresentação de documento (com foto) que comprove a identidade do candidato. mas não selecionado. pela observância dos seguintes critérios: I – aderência à Linha de Pesquisa escolhida pelo candidato no ato da inscrição. § 5º O conteúdo do projeto será analisado. III – Objetivos (gerais e específicos).0 (sete). § 3º O projeto poderá ser depositado na Secretaria do Mestrado até a data final das inscrições. segundo os seguintes aspectos: a) capacidade de contextualização teórico-metodológica dos tópicos envolvidos no tema.: Virgílio Afonso da Silva. Teoria dos direitos fundamentais. b) aptidão de redação clara e consistente. 1° deste Edital. nessa ocasião. observando-se o número de vagas disponibilizadas no art. conter: I – Introdução ou apresentação. G) DO PROJETO DE DISSERTAÇÃO O projeto de dissertação deverá observar o limite mínimo de 15 (quinze) e máximo de 30 (trinta) laudas. § 3º O uso de telefone celular durante as provas implicará na imediata eliminação do candidato do certame. VI – Metodologia (proposta de sumário e cronograma). com problematização e fundamentação teórica). § 2º Sua estrutura devera. ou seja. c) capacidade de organização de pensamento autônomo e crítico. 2008. terá que perfazer um total de 70 (setenta) pontos na soma de todas as provas. 1° do presente Edital. hipótese básica. João Maurício. São Paulo: Malheiros. no cômputo final das notas de todas as provas e exames. não eliminado. São Paulo: Saraiva. VIII – Anexos (se for o caso). observando-se os seguintes critérios: I – fidelidade ao conteúdo. Os candidatos aprovados e classificados. hipóteses secundárias. 1° poderá . 8. § 4º O projeto será analisado por seu conteúdo escrito e pela defesa oral. Trad. delimitação do tema. . Ética e Retórica. Humberto. § 1º Nas provas escritas deverão ser utilizadas canetas esferográficas pretas ou azuis. Os candidatos serão selecionados até o número de vagas previstas no art. II – Objeto (tema. ÁVILA. ALEXY. § 2º A correção deste exame está condicionada à aprovação do candidato na prova de conhecimento jurídico. necessariamente. J) SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS ADEODATO. H) INSTRUÇÕES GERAIS Na prova dissertativa não será permitida qualquer consulta. resultar sem preenchimento no final do processo seletivo. II – correta utilização das expressões jurídicas pertinentes vertidas para o português. O candidato poderá ser aprovado. IV – Justificativas.

Porto Alegre: Livraria do Advogado. PEREIRA. Ana Paula de. Alberto Jorge C. José J. A nova interpretação constitucional: ponderação. CANOTILHO. 2007. ed. 3. 6.). ed. Gilmar Ferreira. emitidos por dirigentes de instituições e/ou seus órgãos e compatíveis com as áreas de concentração do Curso de . Porto Alegre: Livraria do Advogado. SARLET. São Paulo: Ícone. Interpretação constitucional. Livraria do Advogado. Civilização do Direito Constitucional ou constitucionalização do Direito Civil? In: GRAU. K) BAREMA PARA PONTUAÇÃO DO HISTÓRICO ESCOLAR E CURRICULO PARA CANDIDATOS AO MESTRADO EM DIREITO Distribuição das pontuações baseada nos documentos comprobatórios do candidato. Andreas J. São Paulo: Saraiva. RABENHORST. Virgílio Afonso da (org. 2005. Wilson. São Paulo: Malheiros. 2008. 2005. 2006. SARMENTO. BOBBIO.. IVO. 2008. SARLET. MENDES. Gomes. Direitos fundamentais e controle de constitucionalidade. Paulo Luiz Netto.. PIOVESAN. ed. 2007. Direitos fundamentais: limites e restrições. 2006. São Paulo: Malheiros. STEINMETZ. KRELL. 2007. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado. Hans. DANTAS. Willis (orgs. Teoria pura do Direito. O positivismo Jurídico. Paulo. 2006. LÔBO. São Paulo: Saraiva. A nova jurisdição constitucional brasileira. São Paulo: Martins Fontes. Dignidade da pessoa humana e direitos fundamentais na Constituição de 1988. Dignidade humana e moralidade democrática. Maceió: Edufal. SARMENTO. ed. ______. Curitiba: Juruá. CATÃO. 3. George Salomão (org. KELSEN. Reprodução humana assistida e filiação civil: princípios éticos e jurídicos. A eficácia jurídica dos princípios constitucionais: o princípio da dignidade da pessoa humana. BARROSO. 2005. ed. Interpretação constitucional e direitos fundamentais. Rio de Janeiro: Renovar. Gabriel. Luiz Fernando Calil de. 2004. LEITE. Ingo W. Marcos Bernardes de. 2006. São Paulo: Saraiva. Improbidade administrativa. 2008. São Paulo: Martins Fontes. 2008. Eficácia dos direitos fundamentais. Rio de Janeiro: Renovar. O controle judicial das omissões do poder público. Direito Penal e Constituição: para além da legalidade penal. Daniel (orgs. Jane Reis Gonçalves. Luís Roberto (org. Norma jurídica: produção e controle. 2005. A. Teoria geral do processo. Teoria da norma jurídica. 7. São Paulo: Síntese. 2007. 2006. São Paulo: Saraiva: 2003. ______. Benjamin. Maceió: Nossa Livraria. São Paulo: Martins Fontes. Revista do Mestrado em Direito da UFAL. São Paulo: Malheiros.. 9. São Paulo: Saraiva. Rio de Janeiro: Renovar. Norberto. Decisão Jurídica e Racionalidade.. São Paulo: Noeses. Rio de Janeiro: Lumen Juris. Adrualdo de Lima. Curso de Direito Constitucional. 2003.BARCELLOS.). A natureza do Processo Judicial. Teoria geral do Direito. Direitos humanos e o Direito Constitucional Internacional. 2007. 23. BONAVIDES. Eros. FREITAS. Flávia. ano 2. Rio de Janeiro: Renovar. ed. Porto Alegre: Sergio Fabris. Ingo W. Brasília: Brasília Jurídica. 2005. Teoria geral das obrigações. ed. 13. Constitucionalização do Direito. 2006. ed. Eduardo R. Olga Jubert Gouveia. Dos princípios constitucionais. CARDOZO. direitos fundamentais e relações privadas.. CUNHA JÚNIOR. SOUZA NETO. 2. KRELL. 2002. Direitos sociais e controle judicial no Brasil e na Alemanha: os (des)caminhos de um Direito Constitucional “comparado”. SILVA. Dirley da. 2008. MELLO. 3. George. Direito Constitucional: estudos em homenagem a Paulo Bonavides. Gustavo. BINENBOJM. Colisão de direitos fundamentais e princípio da proporcionalidade. 2008. ed.). BARROS LIMA. São Paulo: Malheiros. Teoria do fato jurídico: plano de existência. 2001. Bauru: Edipro.). 2004. 2000. 2002. 2001. 2001. Cláudio Pereira de. São Paulo: Método. GUERRA FILHO. Francisco Wildo Lacerda.). 2.

0 .99 9.99 8.Atividades de orientação Pontuação Ponto/atividade 25. conferência ou participação em mesa redonda em 1.0 31.Mestrado em Direito para fins de avaliação do Histórico Escolar e do Curriculum Vitae no processo de seleção referente ao EDITAL 01/2010 da Coordenação do Curso de Mestrado Direito com área de concentração em Fundamentos Constitucionais dos Direitos.0 3.0 1.Atividades de Pesquisa compatível com [ÁREA DO CURSO E ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO] Atividade Pontuação Ponto/ativida de Participação como colaborador em projeto de pesquisa ou desenvolvimento 1.50 a 10.0 2.49 9.0 40.00 a 7. da Faculdade de Direito de Alagoas – FDA da Universidade Federal de Alagoas.0 Subtotal máximo (40 pontos) AVALIAÇAO DO CURRICULUM VITAE Tabela 02 .49 8.5 1.0 28.5 evento científico relacionada com a área de direito (internacional) Apresentação de palestra.00 a 9.49 7.0 Tipos de orientações atestadas e/ou certificadas por instituições reconhecidas (não serão aceitas declarações fornecidas por professores) Monitoria em andamento Monitoria concluída Trabalho de conclusão de curso em andamento Trabalho de conclusão de curso concluída Iniciação científica em andamento Iniciação científica concluída Orientação de estágios e/ou preceptorias em andamento Orientação de estágios e/ou preceptorias concluída Subtotal máximo (10 pontos) Pontuação Ponto/estuda nte 0.0 evento científico relacionada com área de direito (nacional.0 tecnológico financiado por agência de fomento (máximo 2) Apresentação de palestra.0 Tabela 03 .0 34.0 2.00 a 8.5 1.50 a 7.50 a 8.0 37. conferência ou participação em mesa redonda em 1. regional ou local) Coordenação individual de ciclo de palestras ou de estudos e de oficinas 1.0 0. AVALIAÇAO DO HISTÓRICO ESCOLAR Tabela 01 – Avaliação do Histórico Escolar Intervalo de classe do Coeficiente de Rendimento Global 7.

Participação em coordenação coletiva de ciclo de palestras ou estudos e 0.5 2.5 e/ou órgão (carga horária mínima de 120h. Participação em comissão científica de congresso.25 de 40h) máximo 6 cursos)] Artigo completo em periódico especializado de circulação internacional com ISSN 3.2 Curso de especialização ou de aperfeiçoamento compatíveis com a área de 2. regional ou 0. certificados por Instituições de Nível Superior reconhecidas pelo MEC Curso de atualização em área compatível com a área de direito [(mínimo de 40h) 0.0 direito.0 0. jornada ou similares 0.0 Artigo completo em periódico especializado de circulação nacional e regional com 2.5 . por estágio) (não serão considerados aqueles com apenas a assinatura de professor) Subtotal máximo: 20 pontos Tabela 04 – Titulação e Produção Científica em Direito ou áreas relacionadas Atividade Conhecimento básico comprovado da língua inglesa Docente de graduação [(por ano letivo) (máximo de cinco anos)] Docente de ensino médio [(por ano letivo) (máximo de cinco anos)] Docente de ensino fundamental [(por ano letivo) (máximo de cinco anos)] Pontuação 0.0 participação) Bolsista de Aperfeiçoamento (por ano de participação) 3.0 participação) Participação em estágio extracurricular com certificado emitido por instituição 0.5 1.5 relacionadas com área de direito (por evento) Participação em eventos científicos compatíveis com área de direito (máximo 5) Participação como Bolsista de Iniciação Científica (por ano de participação) 0.relacionadas com área de direito.0 Participação como Estudante Colaborador de Iniciação Científica (por ano de 2.5 0.0 Participação em Programa Institucional de Monitoria de graduação (por ano de 1.5 oficinas relacionadas com área de direito.0 ISSN Resumo de artigo em periódico especializado de circulação internacional com 1.5 máximo 6 cursos)] Cursos e minicursos em área compatível com a área de direito [(entre 10 e menos 0.0 ISSN (máximo 5) Resumo de artigo em periódico especializado de circulação nacional.

0 internacional.5 local. Membro de sociedades científicas na área de direito e afins (anuidade 2007) Subtotal máximo: 60 pontos 1. em 0. em qualquer forma de publicação (máximo 5).5 nacional e regional. Apresentação de trabalho em evento científico de âmbito internacional (máximo 5) 1.5 qualquer forma de publicação (máximo 5) Trabalho completo em anais de eventos científico de âmbito nacional.5 0. 0.0 internacional Prêmios recebidos por instituições ou sociedades científicas de âmbito nacional e regional 1.0 Tabela 05 – Atividade profissional Atividade Atividade profissional comprovada (excetuando-se docência) por ano Pontuação 1. 0.2 em qualquer forma de publicação (máximo 5). em qualquer forma de publicação (máximo 5) Resumo expandido de trabalho em anais de eventos científicos de âmbito 1. Resumo expandido de trabalho em anais de eventos científicos de âmbito 0. Resumo expandido de trabalho em anais de eventos científicos de âmbito local. Resumo de trabalho em anais de eventos científicos de âmbito nacional e 0.0 .2 Prêmios recebidos por instituições ou sociedades científicas de âmbito 2.5 (máximo 5) Apresentação de trabalho em evento científico local (máximo 5) 0.0 Desenvolvimento de material didático e instrucional.2 regional. Resumo expandido de trabalho em anais de eventos científicos de âmbito local.0 2. em qualquer forma de publicação (máximo 5). Resumo de trabalho em anais de eventos científicos de âmbito internacional.0 aula e em utilização por instituição reconhecida. exceto apostilas e notas de 1.5 qualquer forma de publicação (máximo 5). em qualquer forma de publicação (máximo 5).local (máximo 5) Capítulo de livro publicado por editora com ISBN (máximo dois por livro) Livro publicado por editora com ISBN (texto integral) Autor de livro (como editor) 1. em 1. regional ou 1.1 em qualquer forma de publicação (máximo 5).0 Apresentação de trabalho em evento científico de âmbito nacional e regional 0.5 Trabalho completo em anais de eventos científico de âmbito internacional.

Ao currículo de maior pontuação será atribuída a nota máxima (10) e. nota proporcional a esta. .(máximo 10 anos) Subtotal máximo: 10 pontos Total máximo de pontos do Curriculum Vitae (100): somatório dos subtotais das tabelas 02 a 05. aos demais.