SÁBADO, 2 DE OUTUBRO DE 2010

Texto contra o aborto. (Sem usar a Bíblia)

É claro que podemos usar a Bíblia pra condenar o aborto. Mas eu preferi não usar por um simples motivo:Não se pode usar a bíblia pra condenar o aborto, se as pessoas que defendem o aborto não acreditam na Bíblia. As pessoas que defendem o aborto falam que a mulher deve ter direito de escolha. Mas é claro que elas tem escolha. Elas podem escolher usarem métodos anticoncepcionais.Se elas não podem escolher, então é porque elas estão sendo forçada a fazer sexo de maneira que elas não querem, e isso se chama ESTUPRO. E no caso de estupro, a lei Brasileira dá o direito à mulher de fazer aborto.Ou seja, elas já têm direitos preservados. Existem aqueles que dizem que o aborto é questão de saúde pública, e que muitas mulheres morrem fazendo abortos clandestinos. Ao invés de incentivarem o sexo seguro,orientarem a relação sexual segura, preferem legalizar o aborto. Imaginem o quanto as clinicas particulares lucrarão com os abortos.Imaginem o lucro dessa gente. Sabemos que a questão do aborto não tem nada a ver com "direito das mulheres". A questão é que as pessoas que financiam essas campanhas de abortos, muitas organizações mundiais , decidiram que existem pessoas demais no mundo. Eles querem diminuir a população mundial.Pois falam que se continuar assim, não teremos comida, água pra todo mundo.Por isso uma das maneiras de diminuir a população é incentivar o aborto.

TOMANDO POSIÇÃO PERANTE A QUESTÃO DO ABORTO
1. A questão do aborto não é, nem nunca foi questão religiosa, senão na medida em que é questão humana e da natureza humana. Não é, pois, necessário fazer apelo a princípios religiosos para repudiar vivamente tanto a prática como a despenalização do aborto. 2. O aborto é, de maneira cientificamente indiscutível, um atentado direto à vida humana, à vida de um ser humano procriado, em gestação e indefeso. Representa, pois, uma hipocrisia o uso da expressão "interrupção voluntária da gravidez", que só significa morte de um novo ser, como a discussão entre os patrocinadores do aborto, contra todas as conclusões da Medicina, sobre se o crime deve ser cometido com mais ou menos dias, com mais ou menos meses de gestação. 3. Não ignoramos nem queremos esconder os graves problemas sociais que estão na base do aborto clandestino. Para combatê-los, não é admissível mascará-los com o direito ao crime, em vez de ir às suas causas. Urge a continuação de tomada de medidas positivas de natureza humana, social e ética (planejamento familiar, apoio à mãe solteira, o desenvolvimento da instituição da adoção, o incremento de correta assistência social, atenção construtiva aos fatores de desagregação moral na família e na educação

A legalização do aborto é também um dos mais graves atentados contra a mulher . 3. Isso não quer dizer que não alertamos também para a necessidade de proibir o comércio de anticonceptivos que são de natureza abortiva. é a violência sexual. outro motivo bem comum que tem levado mulheres a praticarem o aborto. pois a torna um objeto da irresponsabilidade masculina e é impelida a ser autora do crime em que terá a menor culpa. Atribuir-lhe o direito de amputar o corpo é duplamente falso: ninguém deve-se considerar com direito a cortar um braço. e com muito mais razão com o aperfeiçoamento do nosso ordenamento jurídico. É. O aborto tem sido uma das questões mais polêmicas e explosivas desta era turbulenta.). cada pessoa merece ser considerada como tal. e o seu filho não é o seu corpo mas um novo ser com direito à vida. dadas as circunstâncias que envolvam tal prática.quando pugna pelos seus direitos e é ludibriada a julgar que naqueles se contém o de abortar -. Desde sempre. 6. e todas as noites as crianças vão dormir com fome. Uma mulher se desespera ao saber que está esperando o sexto filho. a falta de “afeição natural” que caracterizaria o fim dos tempos. pode-se absolver quem o praticou. O crime pode existir e. chorosa. quer no plano da moral quer no do Direito. Também é lamentável a confusão que se faz enumerando o aborto como um dos meios possíveis de limitação da natalidade. sim. um meio sofisticado de condenar à morte um ser inocente. não obstante. Surgem .Portugal Sebastião Ramos Confusa. talvez o principal. Há ainda outro motivo. Todavia. uma moça de 15 anos observa o namorado afastar-se desgostoso. de haver tantos abortos hoje. Ela achava que estavam apaixonados. Como irão cuidar de outro filho? Esses são alguns motivos que levam alguns a praticarem o aborto. Ele a chamou de tola por ter engravidado.etc. 4. assustada. conforme diz a Bíblia em 2Timóteo 3:1. Não é. Finalmente queremos deixar bem claro que a nossa condenação absoluta do aborto nada tem a ver com a condenação de pessoas concretas. 5. Seu marido está desempregado. Boletim do Movimento Equipes de Nossa Senhora Maria Manuela e Augusto Lopes Cardoso Responsáveis Nacionais das Equipes de Nossa Senhora . o estupro.

E todas as suas partes estavam assentadas por escrito no teu livro. sendo um erro destruir essa vida em formação. E ainda que a maioria dos abortos sejam realizados nas primeiras 12 semanas de vida. México etc. quando começa a se formar no ventre de uma mãe: “Teus olhos viram até mesmo meu embrião. a ser realizado por um médico (Art. embora ainda não tenha sido legalizado. muitos médicos se recusam a praticar um aborto. é o que está escrito no livro de Êxodo 21: 22 .25 que alerta:“E caso homens briguem entre si. pois Deus observa ate mesmo um embrião. aprovado por lei. mesmo que sob o consentimento das leis humanas. Uma flagrante contradição ao juramento que o médico assegura que irá defender. Preservarei a pureza . mesmo que resultante de um acidente. e ele tem de dar por intermédio dos magistrados. prescreverei uma droga mortal. 128. revirar-se em seu mundo aquoso – e sentir dor. já vem sendo praticado sem nenhum constrangimento. a rede do SUS registrou 244 mil internações motivadas por curetagens pós-aborto. do Código Penal). sua prática vai de encontro ao que vimos no texto inspirado. mais de 1. Apenas as mulheres vítimas de violência sexual e as que estão sob risco de vida. Interessante.. mesmo no ventre materno..2 milhão de mulheres foram internados por complicações oriundas de abortos ilegais. Nunca darei a uma mulher um pessário para causar o abortamento. Mas se acontecer um acidente fatal. Mesmo que se façam tantas campanhas em prol da legalização do aborto. todavia.” No entanto. pé por pé.. procedimentos necessários nos casos de complicações decorrentes de abortamentos espontâneos e inseguros.. Ainda outra estatística do SUS revela que. pipocam manifestações e passeatas gigantescas pelas ruas. olho por olho. para que se realize o aborto. E não havia nem sequer uma entre elas”. Em alguns países o aborto já está legalizado. (Salmos 139: 16). fechar a mãozinha. em média 31% das gravidezes brasileiras são interrompidas. dente por dente. e eles realmente firam uma mulher grávida e deveras saiam os filhos dela. No Brasil. embora o feto seja pequenino. até por pessoas que dizem ter uma religião. Feitas essas considerações do ponto de vista secular. exercita a respiração e seu coração já bate. médico e teológico. Outro relato bíblico nos mostra um gravíssimo erro em se praticar o aborto. para agradar alguém. por exemplo. estão livres para a prática do aborto. A situação é tão alarmante que segundo a (OMS). Ele pode dobrar os dedinhos dos pés. Com certeza. na Inglaterra. Resultado disso. Referente aos dias em que foram formadas. faz-se necessária uma intervenção médica. então terás de dar alma por alma. em prol de sua legalização. hoje. social. Um médico chegou a dizer: “Nenhum juiz me obrigará a fazer um procedimento médico abortivo”.. porém. Estados Unidos.” A Bíblia é clara em defender a preservação da vida. precisamos saber o mais importante: qual é o ponto de vista de Deus acerca desse assunto. Será que Deus mudou seu . não haja acidente fatal. Se num passado bem recente as pessoas não se manifestavam publicamente a favor da legalização do aborto. nem darei um conselho que possa causar a morte. Vejamos um texto bíblico que nos mostra como Deus presencia a formação da vida desde o início. imaginem destruir um bebê que se encontra em avançado processo de desenvolvimento. sem falta se lhe deve impor uma indenização segundo o dono da mulher lhe impuser. já com vários meses de vida.. segundo uma fonte médica. é que parte do juramento de Hipócrates reza: “Jamais. mas. nos últimos cinco anos.intensos debates nos campos político. nesse estágio. Naquela época se punia com a morte um aborto. mão por mão. da minha arte.

para aqueles que já o fizeram e os que estejam planejando. funcionário público federal – sebastianramos7@gmail. que possam recuar de seu mal procede. Sebastião Ramos. que é divinamente inspirada para ensinar. Portanto. e aqueles que já praticaram tal delito. adiou o procedimento por uma semana. pelo fato de apenas um embrião significar para Jeová Deus o início de uma vida. seria considerado crime. queria apenas mostrar o pensamento de Deus expresso na própria Bíblia. que possam fazer uma reflexão dos textos bíblicos que foram apresentados na palavra de Deus. . como podemos observar outros textos bíblicos citados. porém. Muitos têm afirmado ser contra o aborto. a questão é muito mais séria. viver no novo mundo vindouro. se uma mulher grávida fosse golpeada a ponto de seu bebê falecer. É verdade. repreender e disciplinar em justiça. é preciso ressaltar que não estou querendo interferir na campanha do contra ou a favor do aborto. como também no antigo Israel. Anos depois esse médico relata que brincava com a criança que nascera por conta de um obstáculo técnico que lhe impedira de fazer o aborto. que isso se refere a alguém que pratica um aborto. por estudar a Bíblia visando conhecer os propósitos de Deus e de Seu Filho Jesus. às vezes porque entre os dez mandamentos há um que diz ser pecado matar. Que possamos nos conscientizar que o aborto. Esse médico chegou a conclusão de que fazer um aborto é um ato de depravação que a sociedade não deveria permitir. tendo em vista que o colo do útero da paciente estava rígido e precisava dilatar. mas. Certo médico americano relata que após realizar centenas de abortos legais. Se assim o fizer. numa ocasião. é um crime inafiançável perante Deus. a paciente retorna e diz que mudou de idéia. o paraíso terrestre. Após uma semana.conceito sobre a vida? Será que esse conceito sobre a vida está ultrapassado? Por vivermos num mundo moderno. Com efeito. a vida é dádiva de Deus e não podemos desprezá-la simplesmente. poderá ficar livre da sua má consciência. justifica-se a prática do aborto? Com certeza.com Tags: . e quem sabe.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful