Universidade Federal do Rio de Janeiro | Centro de Letras e Artes Faculdade de Letras | Departamento de Ciência da Literatura Disciplina: Teoria Literária

III | Código: LEL 200 Ano/período: 2012/1 Professora: Maria Clara Carneiro | Pasta Xerox n. 130 Ementa: Metodologias críticas aplicadas ao estudo de textos literários. Objetivos • Estabelecer relações entre as mais diversas correntes de Teoria da Literatura • Dominar o repertório de termos especializados com os quais se pode discutir e transmitir a fundamentação do conhecimento da literatura • Analisar um produto cultural fazendo uso de metodologia de análise literária. Conteúdo Programático: Literatura, teoria e metodologias de análise literária. • O que é literatura? • O que é teoria literária? • As diferentes correntes teóricas do século XX 1. O Formalismo Russo 2. A Análise Estrutural da Narrativa 3. Psicanálise e Literatura 4. Semiologia, texto, transdiciplinaridade • Conclusão do curso: a teoria hoje Avaliação: O aluno deverá apresentar notas, referentes a duas provas e um trabalho final individual de análise literária, com tema proposto durante o curso. Cronograma: Aulas de 8/03 a 05/07 Primeira avaliação: 19/04/2012 Segunda avaliação: 14/06/2012 Entrega do trabalho final: 05/07/2012 (Encerramento do curso) Bibliografia Básica: EAGLETON, Terry. Teoria da Literatura: uma introdução. São Paulo, Martins Fontes, 1983. ECO, Umberto. Pós-escrito a O nome da Rosa. Nova Fronteira, 1985. BARTHES, Roland. O Rumor da Língua. São Paulo, Brasiliense, 1988. BARTHES, Roland. Mitologias. Rio de Janeiro, Ed. Bertrand Brasil, 1989 FREADMAN, R. & MILLER, S. Re-pensando a teoria – uma crítica da teoria literária contemporânea. UNESP 1992. CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. São Paulo, Ática, 1997. CHAUÍ, Marilena. O que é ideologia? São Paulo. Brasiliense. 1981. DUCROT & TODOROV. Dicionário Enciclopédico das Ciências da Linguagem. Bibliografia Complementar:
ADAM, Jean-Michel. “La narratologie depuis Propp”. In: ______. Le récit. Coll. Que sais-je? Paris: PUF, 1984. P. 5-8. (Trad. do professor) BARTHES. Roland Barthes por Roland Barthes. BARTHES et alii. Análise estrutural da narrativa. BETTELHEIM, Bruno. A Psicanálise dos contos de fada. (Pp. 252-291) COMPAGNON, Antoine. O demônio da teoria: literatura e senso comum. Tradução por: Cleonice Paes Barreto Mourão e Consuelo Fortes Santiago. Belo Horizonte: UFMG, 2001. WELLEK, René. & WARREN, Austin. Teoria da literatura e metodologia dos estudos literários. Tradução por: Luis Carlos Borges. São Paulo: Martins Fontes, 2003. CALVINO, Italo. Seis propostas para o próximo milênio. São Paulo: Companhia das Letras, 1990. Traduçnao de Ivo Barroso. JAKOBSON, Roman. “Préface”. In: TODOROV, Tzvetan. Théorie de la littéarture.

PROPP, Vladimir. “As transformações dos contos fantásticos”. In: EIKHEMBAUM, CHKLOVSKI et alii. Teoria da Literatura. Formalistas russos. Porto Alegre: Editora Globo, 1978. Páginas 245-270.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful