You are on page 1of 15

Aula 04 A

Barramentos
Prof. Ricardo Palma
Definição
Em ciência da computação barramento é um conjunto de linhas de
comunicação que permitem a interligação entre dispositivos, como o
CPU, a memória e outros periféricos. Esses fios estão divididos em
três conjuntos:
• via de dados: onde trafegam os dados;
• via de endereços: onde trafegam os endereços;
• via de controle: sinais de controle que sincronizam as duas
anteriores.
O desempenho do barramento é medido pela sua largura de banda
(quantidade de bits que podem ser transmitidos ao mesmo tempo),
geralmente potências de 2: 8 bits, 16 bits, 32 bits, 64 bits, etc.
Também pela velocidade da transmissão medida em bps (bits por
segundo) por exemplo: 10 bps, 160 Kbps, 100 Mbps, 1 Gbps etc.
Fundamentos de Hardware Colégio Técnico de Paraisópolis 2
Definição
Barramento do processador: é utilizado pelo processador
internamente e para envio de sinais para outros componentes da
estrutura computacional.
Barramento de cache: é um barramento dedicado para acesso à
memória cache do computador.
Barramento de memória: é responsável pela conexão da memória
principal ao processador. É um barramento de alta velocidade.
Barramento de entrada e saída (I/O ou E/S): é um conjunto de
circuitos e linhas de comunicação que se ligam ao resto do PC com a
finalidade de possibilitar a expansão de periféricos e a instalação de
novas placas no PC.
Barramento de dados: é responsável por transferir as informações
contidas nos periféricos de entrada de um computador para serem
manipuladas no processador.
Fundamentos de Hardware Colégio Técnico de Paraisópolis 3
Barramentos de Entrada e Saída
Permitem a conexão de
dispositivos como:
Placa gráfica, Rede, Placa
de Som, Mouse, Teclado,
Modem, etc.

São exemplos de
Barramentos de Entrada e
Saída:
AGP, AMR, EISA, FireWire,
IrDA, ISA, MCA, PCI, PCI
Express, Pipeline, VLB,
VESA, USB, PS/2.
Fundamentos de Hardware Colégio Técnico de Paraisópolis 4
Barramentos ISA

ISA (acrÔnimo para Industry
Standard Architecture), é um
barramento para
computadores, padronizado
em 1981, inicialmente
utilizando 8 bits para a
comunicação, e
posteriormente adaptado para
16 bits.

Fundamentos de Hardware Colégio Técnico de Paraisópolis 5
Barramentos VESA

O barramento VESA é uma extensão física do barramento ISA
aceitando placas adaptadoras de 8 ou 16 bits ISA. Foi desenvolvida
para processadores 486 não permitindo mais de três slots nas
motherboards. O barramento VESA vem sendo substituido pelo
barramento PCI.

VESA Local Bus (normalmente abreviado para VLB) é um
barramento local definido pela Video Electronics Standards
Association, principalmente usado em computadores pessoais
baseados no processador 80486 da Intel.

Fundamentos de Hardware Colégio Técnico de Paraisópolis 6
Barramentos VESA
Características

• Projetado inicialmente para
placas de vídeo rápidas.
• Compatível com placas ISA 8/16
bits.
• Capacidade de transferência de
dados de 32 bits.
• Velocidade de transferência de
dados na mesma freqüência do
processador.
• Taxa de transferência de dados
132 MBps.
Fundamentos de Hardware Colégio Técnico de Paraisópolis 7
Barramentos PCI
O Barramento PCI (Peripheral Component Interconnect -
Interconector de Componentes Periféricos) é um elemento para
conectar periféricos em computadores baseados na arquitetura IBM
PC.
Foi criado pela Intel em junho de 1992 na mesma época em que
desenvolvia o processador Pentium. Tem capacidade de trabalhar a
32 bits ou 64 bits e as freqüências de 33MHz ou 66MHz, oferecendo
altas taxas de transferência de dados.
Barramentos PCI suportam os recursos Plug and Play (PnP),
permitindo que a placa instalada seja automaticamente reconhecida
pelo computador.
De forma geral, os barramentos PCIs são usados por vários tipos de
periféricos, como placas de vídeo, placas de som, placas de rede,
modem, adaptadores USB.
Fundamentos de Hardware Colégio Técnico de Paraisópolis 8
Barramentos PCI
De forma geral, os
barramentos PCIs são
usados por vários tipos
de periféricos, como
placas de vídeo, placas
de som, placas de rede,
modem, adaptadores
USB.

Fundamentos de Hardware Colégio Técnico de Paraisópolis 9
Barramentos PCI Express
PCI Express (também conhecido como PCIe ou PCI-EX) é o padrão de
slots para placas de PCs sucessor do AGP e do PCI. Sua velocidade
vai de x1 até x32 (sendo que atualmente só existe disponível até
x16). Mesmo a versão x1 consegue ser duas vezes mais rápido que o
PCI tradicional. No caso das placas de vídeo, um slot PCI Express x16
é duas vezes mais rápido que um AGP 8x.
A tecnologia PCI Express conta com um recurso que permite o uso
de uma ou mais conexões seriais para transferência de dados.
Sua arquitectura diferencial, que permite grande imunidade ao
ruído (pelo fato de ser um barramento serial), e arquitectura de
baixa voltagem que permite aumentar a largura de banda, foi
possível graças à redução de signal skew (atrasos na linha de
transmissão).
Fundamentos de Hardware Colégio Técnico de Paraisópolis 10
Barramentos PCI Express
PCI Express 2.0
Em janeiro de 2007 foi concluído o desenvolvimento do padrão
PCI Express 2.0, que oferece o dobro de velocidade do padrão
antigo, ou seja, 500 MB/s (também bidirecional) ao invés dos
250 MB/s. Um slot PCI Express x16, no padrão 2.0, poderá
transferir até 8 GB/s contra 4 GB/s do padrão anterior.

Fundamentos de Hardware Colégio Técnico de Paraisópolis 11
Barramentos AGP

A Accelerated Graphics Port (Porta Gráfica Acelerada) (AGP, muitas
vezes também chamada Advanced Graphics Port (Porta Gráfica
Avançada)) é um barramento de computador (computer bus) ponto-
a-ponto de alta velocidade, padrão para conectar um tipo de
periférico a uma placa-mãe de computador, geralmente é acoplado
a esse slot uma aceleradora gráfica, que tem a função de acelerar o
processamento de imagens 3D (terceira dimensão).
O AGP aloca dinamicamente a memória RAM do sistema para
armazenar a imagem da tela e para suportar o mapeamento de
textura, z-buffering e alpha blending.

Fundamentos de Hardware Colégio Técnico de Paraisópolis 12
Barramentos AGP
AGP provê um desenho da gerência de memória coerente, o qual
permite ler dados dispersos da memória do sistema em rajadas. AGP
reduz o custo geral de criar subsistemas gráficos de última geração
usando a memória do sistema existente. Porém, a memória genérica
do sistema, mesmo sendo barata, é muito mais lenta que a memória
integrada na aceleradora gráfica, e tanto as aceleradoras gráficas de
baixo custo como as de alto custo, tem sua alta performance
dependente das memórias. Aceleradoras gráficas simples com pouca
memória integrada foram beneficiadas pelo barramento AGP desde o
começo dessa tecnologia, mas com a queda dos preços das memórias
desde 2000, mesmo simples aceleradoras gráficas contam com
grande quantidade de memória integrada, e por esse motivo gráficos
3D pouco usam da memória do sistema.
Fundamentos de Hardware Colégio Técnico de Paraisópolis 13
Barramentos AGP

Fundamentos de Hardware Colégio Técnico de Paraisópolis 14
Bus Mastering

Em computação, bus mastering é um recurso suportado por
algumas arquiteturas de barramento que permitem que um
controlador conectado ao barramento se comunique diretamente
com outro dispositivo no barramento sem ser através da CPU. As
arquiteturas de barramentos modernas, incluindo PCI, suportam o
bus mastering devido ao seu significante ganho de performance.

Fundamentos de Hardware Colégio Técnico de Paraisópolis 15