COURO MATERIAL Couro Pirógrafo Verniz Martelo Machetador Roseta PROCEDIMENTO Pega-se o couro e corta-se do tamanho que desejar

e forma. A partir daí faz-se chaveiros, marcadores de livro, porta caneta... Depois de feito o molde, pode-se gravar algo, então usa-se o pirógrafo. Para furar usa-se a roseta e se quiser gravar algo tanto quanto desenho ou letras, usa-se o machetador. ANÁLISE É um material rico, pode-se fazer várias coisas e objetos variados, trabalha a coordenação viso-motora, paciência, angústia e criatividade. É uma atividade muito boa de trabalhar, não faz sujeita e não afeta alergias.

PINTURA À MÃO mateRIAL Papel pardo tinta guache mão.

PROCEDIMENTO Uma atividade gurpal onde um desenho foi criado em conjunto usando apenas uma parte da mão, desde que estão não fosse repetido. Como já foi dito a pintura foi realizada com uma parte da mão e falange. análise Foi utilizado primeiro a palma da mão para realizar um pedaço do desenh depois, usa-se o dorso da mão, trabalhando com a articulaçào intergalangiana proximal e média. Foram utilizadas várias cores, o desenho composto foiuma ilha no meio do mar no qual, ao fundo aparece um rabo de baleia. Todos iniciaram a atividade ao mesmo tempo. observações Nesta atividade a participação é muito boa. Este tipo de atividade pode ser feito com pacientes com deficiência física ou mental. Desenvolve a ativiade e o trabalho grupal jutnamente com a pacieência na realização e no acabamento do trabalho.

MADEIRA Material Madeira pirógrafo serrote tinta verniz Procedimento Se desejar cortar a madeira, pode ser feito do tamanho que desejar, depois com o pirógrafo escreve-se ou desenha-se também o que desejar. Uma atividade simples e boa. Análise

A madeira é um dos mateirias mais ricos, desenvolve a percepçào tátal ao trabalhar com texturas diferentes. É uma ativiade onde o produto final normalmente é útil. Trabalha ansiedade, pacienência e sensibildiade. observação É um exercício de criatividade para se trabalhar com pacientes principalmente a angústia.

TEAR/TECELAGEM Material lã sisal ou cordão grosso urdidura Procedimentos Pega-se a urdidura, que é um quadrado de madeira com pregos nas extremdiade, coloca-se o sisal ou cordão nas extremidades, após usa-se a lã para tecer o desenho que quiser. Maiores explicações em folha anexa. análise Uma atividade boa de se fazer, uma porque nào faz sujeira e é adaptável a qualquer ambiente. Trabalhase bastante o movimento de pinça, coordenação motora, motricidade fina, média ou ampla, dependendo do tamanho. Desenvolve a criatividade, percepção espacial, limite e ansiedade, tolerância e paciência. Observação Trabalho que leva um certo tempo para ser terminado. PINTURA EM VIDRO MATERIAL vidro liso tintra acrílica, de tecido ou guache pincel

verniz procedimento Pode-se usar um molde ou não. No vidro, faz-se o desenho usando uma caneta de retroprojetor. Pintar com tinta de tecido para fixar mais a tinta no vidro. Depois, passar verniz. Deixar sacar por uma semana. análise Uma atividade agradável de desenvolver, trabalha-se o limite e o equilíbrio. Cria-se uma ansiedade e uma expectativa para ver o resultado. observação Trabalha-se a coordenação viso-motora e o equilíbrio.

DESENHO COM VELA COLORIDA mATERIAL cartolina ou lixa vela colorida fósforo procedimento acende-se a vela e pinga-se cera no papel ou lixa, fazendo o desenho que quiser. análise há uma certa ansiedade pelo resultado e enquanto se está fazendo o trabalho também, por estar lidando com fogo, fica-se muito aflito. observação É um trabalho divertido de se fazer, embora gere angústia. O resultado é bonito e usa-se várias testuras.

NANKIN COM COLA

MATERiAL Cartolina nankin cola procedimento coloca-se a cola na cartolina fazendo e criando formas abstratas. Espera-se secar a cola e pingase gotas de nankin a fim de fazer caminhos por entre a cola. análise É uma ativiade que desenvolve o limite, a paciência, a coordenação motora e o equilíbrio. Há ansiedade pelo fator de ter que esperar a cola secar para ver o resultado do trabalho. observação Fica-se ansiosa e até pode-se frustrar com o resultado.. Desafia-se o controle motor e emocional. PINTURA EM LIXA MATERIAL lixa de madeira giz de cera procedimento desenho livre com fiz de cera na lixa análise trabalha o limite e a testura, é dirigida e individual. Desenvolve o controle motor para não precionar com força o giz na lixa. O resultado é bonito. observação

NANKIN E GIZ DE CERA

MATERiAL cartolina nankin ou guache preta giz de cera colorido procedimento primeiro colore-se toda a cartolina, tem que ser usada várias cores e de forma variada. Depois pinta-se (cobre-se) toda a cartolina com a tinta guache preta ou nankin. Após a tinta secar por completo, com uma agualha de tapeçaria ou objeto de ponta, faz-se um desenho. análise O resultado do trabalho é excelente, pois fica um desenho preto com fundo colorido. desenvolve-se a criatividade e a motricidade fina. observação

MONOTIPIA MATERiAL papel pardo azulejo tinta guache jornal pincel procedimento coloca-se um jornal na mesa, depois pega-se um azulejo e nele pinga-se vários tons de cores e da forma que desejar. Após esta preparaçào, coloca-se o papel em cimna do azulejo e prensa-o. A maneira que se retira o papel do azulejo depende da criatividade de cada um.

análise É uma ativiade que desenvolve a criatidade e expectativa. Desenvolve a sensibildiade do tato ao tocar o papel no azulejo e sentir a tinta. Trabalha inclusive a testura. observação

MATERiAL procedimento análise observação

1

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful