Contabilidade Analista-Tributário 2009

PROVA RESOLVIDA Olá, Drs Definitivamente, a ESAF, tirando as costumeiras questões mal elaboradas, não quis complicar em contabilidade nas provas de auditor e analista da Receita em 2009.Provas tranqüilas, seguindo o padrão conservador da banca (nada de explorar a fundo as novidades). Bom para quem seguiu o kit básico: resolução de provas anteriores (não tem mistério, é esse O CAMINHO!). Vamos à resolução das questões: 21- A empresa Gregório, Irmãos & Cia. Ltda., possuindo Disponibilidades de R$ 2.730,00, Imobilizações de R$ 3.270,00 e Dívidas de R$ 2.900,00, realizou duas transações: 1. a compra de uma máquina por R$ 2.000,00, pagando 20% de entrada; e 2. a venda de um equipamento por R$ 3.000,00, perdendo 30%. Concluídas as operações, e devidamente registradas, pode-se afirmar com certeza que essa firma tem: a) prejuízos de R$ 500,00. b) passivo exigível de R$ 4.500,00. c) patrimônio líquido de R$ 3.100,00. d) passivo a descoberto de R$ 900,00. e) ativo de R$ 4.600,00. GABARITO: “B” => Inicialmente: Ativo= 6.000, Passivo Exigível = 2.900 e PL = 3.100 (pela diferença entre Ativo e Passivo). Foram dados dois fatos contábeis: Fato 1) D – Máquina ----------- 2.000,00 C – Caixa-------------------400,00 C – Contas a Pagar---1.600,00 Nesse momento, Ativo = 7.600, Passivo Exigível = 4.500 e PL = 3.100 Fato 2) D –Caixa/Contas a Receber-- 3.000,00 D – Perda de Capital----------------900,00 C- Máquina---------------------------3.900,00 O patrimônio ficou, então, com Ativo = 6.700, Passivo Exigível = 4.500 e PL = 2.200. Não há passivo a descoberto e o prejuízo é no valor de 900. => Logo, ALTERNATIVA B -------------------------------------------22- Observemos o seguinte fato contábil: pagamento, mediante a emissão de cheque, de uma duplicata antes do vencimento, obtendo-se um desconto financeiro, por essa razão. Para que o registro contábil desse fato seja feito em um único lançamento, deve-se utilizar a

“Seguros a Vencer” terá saldo de R$ 1. cujo exercício social coincide com o ano-calendário. c) terceira fórmula. com 3 contas devedoras e 1 conta credora.143. R$ 1. GABARITO: “E” => Qualquer semelhança com as questões 94 e 95 do nosso curso. NOV e DEZ. quando ainda resta saldo não utilizado na conta Provisão para Devedores Duvidosos. e) R$ 1.00 de prêmio de seguro contra incêndio no dia 30 de setembro de 2007. o Contador da empresa registrou o pagamento dos gastos na conta Seguros a Vencer. logo. em 31/12/07.00 No final de cada mês. com 2 contas devedoras e 1 conta credora. Considerando o princípio da competência de exercícios. b) R$ 381.Despesa de Seguros--.00 C.-1. .524.1.143.00 C.172.a) primeira fórmula.127. => ALTERNATIVA E -----------------------------------------------24. o lançamento de ajuste a ser feito deverá ser: a) creditando-se a conta de Provisão e debitando-se a conta de Lucros Acumulados.00. => ALTERNATIVA B -------------------------------------------23. deve ser feita a apropriação da despesa de seguros: D. d) quarta fórmula. pagou a quantia de R$ 1.055.Seguros a Vencer (despesa paga antecipadamente é ativo)--.Desconto Obtido----------Um débito e mais de um crédito (“12”): lançamento de 2ª fórmula. Lançamento feito “trocentas” vezes durante nosso curso: D – Duplicatas a Pagar -----C – Banco C/ Mov--------------C . GABARITO: “B” => Questão muito fácil. “Seguros a Vencer”. O lançamento no dia 30 de setembro foi: D.Caixa-----------------------------------------------------------------------------.20. Nesse caso. após as apropriações de praxe.00 por mês.524.00.524.260.00. logo.Determinada empresa. d) R$ 1.00 => todo final de mês o saldo de seguros a vencer vai diminuir em R$ 127 O lançamento acima vai ser feito no final de OUT. necessário se faz contabilizar a reversão desse saldo.Seguros a Vencer------. A apólice pertinente a essa transação cobre riscos durante o período de primeiro de outubro de 2007 a 30 de setembro de 2008. com 1 conta devedora e 2 contas credoras. deverá ser de a) R$ 1. b) segunda fórmula.524 por um seguro anual. e) terceira fórmula. com 2 contas devedoras e 2 contas credoras. o saldo desta conta.00. R$ 127. No balanço patrimonial de 31 de dezembro de 2007.No encerramento do exercício social.00. c) R$ 1.. com 1 conta devedora e 1 conta credora.127..

c) Os bens de uso do ativo imobilizado deverão ser depreciados a partir do momento de sua aquisição. manter o Livro Caixa. com valor inferior. nem pensar em ir para a prova sem ler (e reler) os artigos 175 a 205 da Lei 6. c) debitando-se a conta de Provisão e creditando-se a conta de Lucros Acumulados. Mais uma literal da Lei 6404/76 – artigo 189. Abaixo de R$ 326. literal. A depreciação. a) A legislação do imposto sobre a renda dispensa determinadas pessoas jurídicas da obrigatoriedade da manutenção de escrituração contábil e fiscal. d) debitando-se a conta de Provisão e creditando-se a conta de Resultado do Exercício. e) debitando-se a conta de Provisão e creditando-se a conta de Despesa. D=> Correta. como regra.Assinale abaixo a opção que contém uma afirmativa falsa. atualizado periodicamente pela Receita Federal. d) Existe um piso. => . para incorporação de bens ao ativo imobilizado. parágrafo único. As empresas tributadas pelo Lucro Presumido/Simples não são obrigadas a manter o Diário nem o Razão. antes de qualquer participação. Como disse. no lançamento acima. Ou seja. B=> Correta. mesmo que permaneçam estocados para utilização futura. inclusive bancária.. nessa ordem. Art. os prejuízos acumulados e a provisão para o imposto sobre a renda.b) creditando-se a conta de Provisão e debitando-se a conta de Resultado do Exercício. começa a partir da utilização. foi debitada a conta de Provisão e creditada UMA conta de resultado (foi isso que o elemento quis dizer. pelas reservas de lucros e pela reserva legal. A reversão da provisão para devedores duvidosos ocorre mediante o seguinte lançamento: D – Provisão para Devedores Duvidosos -----C – Reversão de PDD---------------------------------Reversão de PDD (assim como toda e qualquer reversão de provisão) é conta de Receita. no entanto. lançamos direto em despesa (não vai para o Imobilizado) E=> Correta. caput. C=> FALSA. no qual deverá estar escriturada toda a movimentação financeira. deverão ser contabilizados como despesas operacionais. b) O prejuízo do exercício será obrigatoriamente absorvido pelos lucros acumulados. devem. GABARITO: “C” Vamos analisar as alternativas: A=> “Correta”. do jeitinho que está na lei.. GABARITO: “D” => Questão fácil.61. Os bens adquiridos para uso.404/76. Se o examinador tiver uma crise de consciência – o que é difícil – pode até anular essa. 189. e o Livro Registro de Inventário. Falamos sobre isso nas vídeo-aulas.) => ALTERNATIVA D -------------------------------------------------25. e) Do resultado do exercício serão deduzidos.

por R$ 10.00.A empresa Hélices Elíseas S. Gabarito Peliminar: “A” – CABE RECURSO => Alteração para alternativa “B” A ESAF tá tomando gosto com esse tipo de questão: calcular a depreciação acumulada levando em consideração que os bens entraram no patrimônio em datas diferentes (Auditor de Natal 2008 .300.00 => ALTERNATIVA B ------------------------------------------------27.550. da máquina adquirida em abril de 2008 Máquinas ----------------------------6. podemos dizer que.ALTERNATIVA C -----------------------------------------------26.A. em primeiro de abril de 2008. d) R$ 21.00) => 2.00.000.00 Custo dos Produtos Vendidos -----1.000 + 5.00 (-) Depreciação Acumulada-------(250. a trimestral será 2.08. em 31.12. o seu valor contábil será de a) R$ 22. em primeiro de outubro de 2008. é só separar direitinho.550 + 9. no balanço de 31 de dezembro de 2008.00 (-) Depreciação Acumulada----(1.00.00 Capital Social --------------------------1. Sabendo-se que a vida útil desses equipamentos é de apenas dez anos. b) R$ 22.A Companhia Alimentos Genéricos S.08. por R$ 6. as seguintes contas e respectivos saldos: Vendas de Produtos -----------------.190.400.590.00 Somando os valores contábeis temos: 7. extraiu do seu Livro Razão.000.300.A.e Auditor da RF 2009).00 (-) Depreciação Acumulada----(750.00 . das máquinas adquiridas em outubro de 2007 Máquinas ----------------------------8.00.800.000.000.12. e) R$ 20.00. Não tem erro.00) => 7. quando comprou outra.12.00 Mercadorias ------------------------------380.750. da máquina adquirida em outubro de 2008 Máquinas ----------------------------10.000.5 % de depreciação acumulada Valor Contábil------------------------5.5 % de depreciação acumulada Valor Contábil------------------------9.00 Máquinas e Equipamentos ------------981.5 % de depreciação acumulada Valor Contábil------------------------7.000. c) R$ 21. por R$ 8.questão 143 do curso . em 31 de dezembro de 2008.000.750 = R$ 22. em 31.00. em 31.000.08.600.5%): 1º passo) Valor contábil.00 Duplicatas a Receber ------------------390. lembrando que a questão não fala em valor residual e que a taxa anual vai ser de 10% (logo.00 e mais outra. já tinha máquinas e equipamentos adquiridos em outubro de 2007.00.00 3º passo) Valor contábil.00 2º passo) Valor contábil.000.2.00) => 12.500.

o inventário de mercadorias foi calculado em R$ 3..00 Depreciação Acumulada ----------------67. e) R$ 4. certamente.84 Depreciação Acumulada-----------.00.120 Duplicatas Descontadas----------.911. o imposto de renda foi provisionado em 25% do lucro líquido contábil e o restante do lucro foi transferido para reservas.981 Duplicatas a Receber------------------------.140 Ações em Tesouraria---------------------------.00 Despesas Gerais e Administrativas -200. c) R$ 3.305 ICMS sobre Vendas---------------------------.00 Fornecedores ----------------------------130.4.876.00 ICMS a Recolher -------------------------120.00 Ações em Tesouraria --------------------30. no valor de a) R$ 4.959.590 Fornecedores-----------------------.00 Provisão para Devedores Duvidosos -16.00 Juros Passivos a Vencer ----------------85.130 ICMS a Recolher-------------------.190 Máquinas e Equipamentos-----------------.000 Capital Social---------------------. devedores e credores.00.013..390 Mercadorias-------------------------------------. Ao elaborarmos o balancete geral de verificação. a saber: Custo dos Produtos Vendidos----------.00.Caixa ---------------------------------------305.043 Vendas de Produtos------------. d) R$ 3.00 Duplicatas Descontadas ----------------84.00.00 Despesas Pré-Operacionais ---------132. A resposta dada como correta leva em consideração os saldos tais como apareceram na relação inicial.00.00 Ao fim do exercício. encontraremos saldos contábeis.1.00 Empréstimos Bancários ----------------36.67 .00 Salários -----------------------------------140. Gabarito: “E” – CABE RECURSO!!! => Parece que a ESAF não consegue fazer uma prova de contabilidade para a Receita sem problemas (a questão nº 3 de AFRFB 2009 que o diga).210 Despesas Gerais e Administrativas------.1.30 Despesas Pré-Operacionais ----------------132 Juros Passivos a Vencer -----------------------85 TOTAL DEVEDOR---------------------------.043.00. b) R$ 3.2. a partir dos dados listados.200 Salários-------------------------------------------.800.00 ICMS sobre Vendas ---------------------210.380 Caixa-----------------------------------------------.

043 Querendo fazer uma pegadinha – doido para que o aluno. b) ativo circulante. seguindo o que ele imaginou para a questão. No ativo patrimonial. ativo imobilizado. sem necessidade. calculasse o IR e fizesse a transferência do resultado para p/ PL – ele se deu mal. d) ativo circulante. compondo os seguintes grupos: a) ativo circulante. e ativo permanente. imobilizado e intangível. serão classificadas as participações permanentes em outras sociedades e os direitos de .043. dividido em investimentos.36 TOTAL CRE------------------------. inclusive o fundo de comércio adquirido. composto por ativo realizável a longo prazo. --------------------------------------------------29. para começo de conversa. serão classificados os direitos que tenham por objeto bens incorpóreos destinados à manutenção da companhia ou exercidos com essa finalidade. e ativo não circulante. d) Em investimentos. imobilizado e diferido. ativo realizável a longo prazo. c) ativo circulante. ativo realizável a longo prazo. b) No intangível. investimentos. ativo realizável a longo prazo. ativo imobilizado.No balanço de encerramento do exercício social.00. os saldos devedores saltariam para R$ 7. => CABE ANULAÇÃO ------------------------------------------------28. e ativo diferido. não há como o total de saldos devedores ficar em 4. composto por ativo realizável a longo prazo.Em relação ao encerramento do exercício social e à composição dos grupos e subgrupos do balanço. Quem leu qualquer coisinha de contabilidade no último ano fez a questão.463. conseguiu ser a mais fácil da prova. as contas serão classificadas segundo os elementos do patrimônio que registrem e agrupadas de modo a facilitar o conhecimento e a análise da situação financeira da companhia. os direitos realizáveis no curso do exercício social e as aplicações de recursos em despesas do exercício seguinte.Empréstimos Bancários-----------. pois. investimentos. a) No ativo circulante. e) ativo circulante.4. serão incluídas as disponibilidades. o saldo de mercadorias dever constar pelo valor do estoque final (inventário). investimentos. assinale abaixo a opção falsa. e intangível. Deste modo. ativo imobilizado e ativo diferido. a classificação no circulante ou longo prazo terá por base o prazo desse ciclo. Só aí. as contas serão dispostas em ordem decrescente de grau de liquidez dos elementos nelas registrados. e ativo não circulante. investimentos. c) Na companhia em que o ciclo operacional da empresa tiver duração maior que o exercício social. GABARITO: “C” => Em uma disputa acirrada.

inclusive os decorrentes de operações que transfiram à companhia os benefícios. ainda era possível a classificação das despesas pré-operacionais no ATIVO DIFERIDO.00 Máquinas e Equipamentos ----------------3.00 Caixa ----------------------------------------696. serão classificados os direitos que tenham por objeto bens corpóreos destinados à manutenção das atividades da companhia ou da empresa ou exercidos com essa finalidade. o Contador da empresa certamente encontrará um Ativo total no valor de a) R$ 5.675.582. --------------------------------------------------------30.00 Depreciação Acumulada -------------------225.625. serão incluídas as disponibilidades.00 Mercadorias ---------------------------------1. a questão ficou difícil.00 Despesas Pré-Operacionais -----------95.A Companhia Cereais Sereias.00 Despesas Gerais e Administrativas -----1. tudo do jeitinho que está na lei. GABARITO: “A” => Mais uma de Lei 6404/76. não classificáveis no ativo circulante. c) R$ 5.000.141. apresentou o seguinte rol de contas e saldos: Ações em Tesouraria -----------------------.00 Empréstimos Bancários -----------------120.00.00.00 Fornecedores -------------------------------437.302.720. os direitos realizáveis no curso do exercício social SUBSEQUENTE e as aplicações de recursos em despesas do exercício seguinte. e que não se destinem à manutenção da atividade da companhia ou da empresa. nessa questão ele “quis onda”.106.00 Capital Social --------------------------------4.qualquer natureza. em 31 de dezembro de 2008. b) R$ 6.00 Ao realizar o levantamento do balanço patrimonial. d) R$ 5. Cuidado com a pegadinha dele: no ativo circulante.00. Por conta do enfoque na data. No mais.100.00 Duplicatas Descontadas ------------------280.00.00 Duplicatas a Receber ----------------------1. A intenção clara foi confrontar o candidato com o seguinte problema: despesa pré-operacional é DESPESA (alternativa C) ou ATIVO (alternativa B)? O grande lance estava na data de referência 31/12/2008: à época.00. e) No ativo imobilizado. ATIVO: .293. e) R$ 6. GABARITO: “B” => Em meio a uma prova bem tranqüila.00 Vendas de Produtos ------------------------7.00 Juros Passivos a Vencer -------------------48.00 Custo dos Produtos Vendidos -----------5.905.591.00 Provisão para Devedores Duvidosos -------35. riscos e controle desses bens.100.

293. 27) e outra.Caixa-----------------------------------------696. nenhum raciocínio novo.00 Duplicatas Descontadas--------------(280. Tudo dentro do previsto.00) Máquinas e Equipamentos----------3.gov. acredito.00) TOTAL---------------------------------------6. com uma questão mal elaborada (Q. dava para fazer pelo menos 70% (mesmo sendo o curso voltado para analista!).br .000.00) Duplicatas a Receber-----------------1. nenhuma conta nova. No mais é agradecer bastante e desejar muita Saúde e Paz a todos! Marcondes Fortaleza marcondesfortaleza@receita.302.00 PDD--------------------------------------------(35.106. Sejamos francos: quem efetivamente acompanhou o curso no EVP teve plenas condições de desenrolar essas provas de contabilidade. 30).00 Depreciação Acumulada--------------(225. Na de auditor.00 Juros Passivos a Vencer----------------48. feita já com a intenção de ser polêmica (Q.00 Mercadorias-----------------------------1.00 ---------------------------------------------Balanço final: prova fácil. Na de analista.00 Despesas Pré-Operacionais-----------95.fazenda.