O Movimento Punk

Karina Padula UNESP - Araçatuba

Introdução ● O pós-guerra ● ● ● ● Guerra-Fria : Poder militar Desemprego Abismos sociais Violência Hippie : “paz e amor” Punk : “faça você mesmo” ● Contraculturas ● ● .

Origem ● Blank Generation : geração vazia ● ● New York Detroit ● 1971: New York Dolls .

Ideais ● “O que sobra pra gente é o resto. O resto é a violência e a guerra.” Rejeita diferenças sociais Negação dos costumes do dia a dia Rompimento com o conformismo Niilismo: “no future” ● ● ● ● .

O comportamento Punk ● ● ● Sarcasmo Agressividade Pessimismo .

Vozes ativas no Punk ● ● ● ● New York Dolls Sex Pistols The Ramones The Clash .

Ramones .We're a happy family (x3) me mom and daddy Somos uma família alegre (x3) Eu. mamãe e papai. Sitting here in Queens eating refried beans we're in all the magazines gulpin' down thorazines we ain't got no friends our troubles never end no Christmas cards to send daddy likes men Sentados aqui no Queens Comendo feijões requentados Estamos em todas as revistas Tomando thorazines Não tenho amigos Nossos problemas nunca terminam Não temos cartão de natal para mandar Papai gosta de homens Daddy's telling lies baby's eating flies mommy's on pills Papai está contando mentiras O bebê está comendo moscas Mamãe está nas pílulas We're A Happy Family.

Moda Punk ● ● ● ● ● Alfinetes Piercing Moicano Jaqueta de couro Calças rasgadas ou justas Correntes ● .

sexo. política .Punk dos anos 80 ● ● Regras sociais mais amenas Contestam a estrutura política ● ● Socialistas Anarquistas ● Sistema de expressão própria : flyers e fanzines (revistas artesanais) e rádios livres ● Poesia. música.

.

O Punk no Brasil ● ● ● ● Ditadura militar Ideias e músicas trazidas do exterior São Paulo no fim dos anos 70 1978: Restos de Nada ● Aborto Elétrico .

o movimento mais amplo que foi a contracultura.” Considerando o que a sociologia explica sobre artes e movimentos. mais o lido. Como é que posso ser político se nem sei o nome do primeiro ministro!”. uso da cor preta e cortes radicais de cabelos. nada tinha a dizer de tais movimentos musicais e similares.Leia o que escreve Antônio Bivar (O que é punk. daí não serem possíveis de apreensão e análise. c) a essência do movimento punk é o uso constante da indumentária em couro ou tecidos rústicos. como a de agora. Mais sentimento que consciência. Editora Brasiliense. d) a arte punk na realidade é de matriz social conservadora. UNIOSTE (2011) . b) o movimento punk estava ligado apenas ao campo estético da manifestação. 2001): “Em 1976 o punk é maisuma revolução de estilo que político. própria das classes menos abastadas da sociedade. pois estes são efêmeros. Quando a imprensa começa a usar de retórica para explicar o punk. os quais tinham estilos totalmente diferentes entre si e com relação a este. e) a imprensa da época. chamando o movimento de político. Johnny Rotten retruca: “A imprensa não sabe o que diz. está correto dizer que a) o movimento punk integrou com outros movimentos culturais das décadas de 1960-1970.

● http://www.youtube. destruir . destroy Eu quero ser a Anarquia Eu quero ser a Anarquia Oh.com/watch?v=na7A3UCCYE&feature=related I wanna be anarchy And I wanna be anarchy Oh. que nome E eu quero ser um Anarquista Ficar bravo. what a name And I wanna be an anarchist I get pissed.

5 ● ● ● Punk: Cultura e Arte.com/scholar?q=cache:-7J8ihBc0awJ:scholar.Bibliografia ● Dinâmicas ideológicas no movimento punk.googleusercontent.bp. MA Milani.google.blogspot.com/iMr3uqdoODY/TWabY4QGkTI/AAAAAAAAAKs/J2UhDNxLK2I/s1 600/punks40060.jpg .com/+Din %C3%A2micas+ideol%C3%B3gicas+no+movimento+punk&hl=pt-BR&as_sdt=0. ICA Gallo http://4. http://scholar.