UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE TECNOLOGIA-CT CURSO: ENG DE AGRIMENSURA DISCIPLINA: QUÍMICA GERAL PROFESSOR: CIRO SÁ

POCESSOS ENDOTÉRMICOS E EXOTÉRMICOS

Lucas da silva Reis Flávio Pessoa Avelino Amélya Djiullya Samuel Silva Gessica de Oliveira Fabrício Sousa Joellio Frederico Eduardo

Teresrna-PI -21/11/ 2008

.RESUMO Foram verificados em três reações químicas em tubos de ensaio. através da mudança de temperatura (aquecimento e esfriamento) e de suas respectivas reações químicas. processos exotérmicos e endotérmicos.

ela libera energia (o que se dá na forma de calor). ou seja.INTRODUÇAO Quando uma reação química ocorre em um determinado sistema. Em relação às trocas de calor. ela absorve energia (na forma de calor). [Entalpia dos produtos] > [Entalpia dos reagentes] DH > 0 Uma reação exotérmica é uma reação química cuja energia total (entalpia) dos seus produtos é menor que a de seus reagentes. Entalpia (H) é o calor trocado a pressão constante. A Termoquímica estuda justamente essas trocas de calor. assim como o seu aproveitamento na realização de trabalho. isso acarreta uma troca de calor entre o sistema em reação e o meio ambiente. [Entalpia dos produtos] < [Entalpia dos reagentes] DH < 0 Reação endotérmica é a que ocorre com absorção de calor. as reações químicas se classificam em endotérmicas e exotérmicas. Se o calor trocado entre o sistema e o meio ambiente é medido a pressão constante. Reação exotérmica é a que ocorre com liberação de calor. (BACCAN 1985) . ou seja. ele é denominado entalpia ou conteúdo calorífico e é simbolizado por H. Uma reação endotérmica é uma reação química cuja energia total (entalpia) dos seus produtos é maior que a de seus reagentes.

-Solução 6M de ácido sulfúrico (H2So4). -Água . -Cloreto de Amômio (Nh4Cl). . -Colher de medida (espátula). -Palito fósforo. -Magnésio em raspas(Mg). -Solução 6M de ácido clorídrico(HCl). -Estante para tubos.MATERIAIS E REAGENTES -Pipetas Graduadas. -Tubos de Ensaio.

2-Colocou-se 2 ml de água no tubo 1 e adicionou-se ½ colher de cloreto de amônio. verificou-se. 6-Segurou-se cada tubo de ensaio (cuidadosamente). 4-Colocou-se uma pequena quantidade de raspas de magnésio (Mg) no tubo 3 e adicionou-se 2ml de solução de HCl. 3-Colocou-se 2 ml de água no tubo 2 e adicionou-se.cuidadosamente. 5-Aproximou-se rapidamente da boca do tubo um fósforo aceso. se houve aquecimento (liberação de calor-processo exotérmico) ou resfriamento (absorção de calorprocesso endotérmico). .PROCEDIMENTOS EXPERIMENTAIS 1-Numeraram-se três tubos de ensaio e colocou-se no suporte para os mesmos.20 gotas de acido sulfúrico.agitando-se para dissolver o sal. anotou-se o processo na tabela 1.

o mesmo havia esfriado(processo endotérmico). 2008-2 Analisando-se os processos realizados. o tubo estava quente(processo exotérmico). H2O + H2So4  H2So4. H2O + NH4Cl NH4+ + ClNo tubo 2.Quando tocamos o tubo .provocou uma pequena explosão(aumento na combustão do palito) . o gás hidrogênio sendo inflamável ao entrar em contato com o fósforo aceso.RESULTADOS E DISCUSSÃO SISTEMA Tubo 1 Tubo 2 Tubo 3 Observações e anotações Tubo de ensaio esfriou Tubo de ensaio esquentou Esquentamento e liberação de gás (H2) Classificação do Processo Endotérmico Exotérmico Exotérmico Tabela 1: Resultado das observações. Laboratório de química UFPI alunos de Agrimensura. e no tubo 3 reação das substâncias formando novos compostos . o acido sulfúrico(H2So4) dissolvido libera calor.houve também a liberação do gás hidrogênio .faz com que ocorra absorção de calor. ao tocamos o tubo .mostrando assim um processo exotérmico . No tubo 1 o cloreto de amônio(NH4Cl) quando dissolvido na água. e consequentemente diminuição da temperatura.provoca a liberação de calor. os tubos 1 e 2 foram feitas dissoluções das substancias em água. Mg + 2HCl  MgCl2 + H2 .obtendo-se diluições das substancias disolvidas . a reação do acido clorídrico(HCl) com o magnésio .+ H3O+ No tubo 3.

E entender que quantidade de calor envolvidas reações. .CONCLUSAO A experiência foi bem sucedida. estudada pela termodinâmica pode ser facilmente percebida(sentida pela variação de temperatura) e que estes processos são corriqueiros e perceptíveis para a maioria das pessoas. sendo possível perceber as trocas de calor e assim pode-las classificá-las em exotérmicas (libera calor) e endotérmicas (absorvem calor).

. 1999. Rio de Janeiro: LTC. 2 e 3). C. P.N.Livros Técnicos e Científicos.. . 1985. Físico-química (vol. Editora Edgard Blucher/Editora da UNICAMP. LTC.ATKINS. Rio de Janeiro. 1. Baccan et al. 2003. Análise química quantitativa.Livros Técnicos e Científicos. 5 ed. 7 ed.REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS . . W. D. Química Analítica Quantitativa Elementar. 2ª ed.HARRIS..

ANEXOS QUESTOES: 1-Qual a parte da química que estuda as trocas de calor envolvidas nas reações químicas? A quantidade de calor envolvida nas reações químicas é estudada na Termodinâmica.reações exotérmicas e endotérmicas respectivamente. 2-Que tipo de reação ocorre nos tubos 1 e 2? No tubo 1 ocorre um processo endotérmico.dependendo se liberam ou absorvam calor. 3-Escreva a equação da reação que ocorre no tubo 3.no caso do experimento bastava tocar o tubo de ensaio para sentir se houve um esfriamento ou esquentamento e assim identificar o processo( mudança de temperatura). Mg + 2HCl MgCl2 + H2 4-Como se pode perceber se o processo é exotérmico ou endotérmico? O processo é classificado de acordo com sua troca de calor. . no tubo 2 um processo exotérmico.