You are on page 1of 2

PARALISIA CEREBRAL

A Paralisia Cerebral (P.C.) é uma lesão que pode ocorrer pela falta de oxigênio no cérebro da criança durante a gestação, durante o parto e até mesmo após o nascimento, que nesse caso pode ser provocado por traumatismo, meningite, forte e duradouras febres, falta de oxigênio por afogamento, envenenamento com gás e até mesmo sarampo, entre outras diversas causas. Existem vários tipos de P. C. e alguns desses tipos são: a Espástica – lesão no sistema piramidal caracterizada por um aumento do tônus muscular, a Atetoide – lesão ocorrida nos gânglios da base responsável pelos movimentos finos e delicados, a Ataxia – lesão ocorrida no cerebelo responsável pela coordenação dos movimentos e do equilíbrio e a Mista que é representada pela junção de duas formas. Essa paralisia pode afetar diversas partes do cérebro, mas, uma pessoa com essa lesão tem inteligência e capacidade de raciocínio normal ou até acima do normal, mas em casos mais graves pode haver comprometimento mental. Dependendo da parte do cérebro afetada, uma pessoa com P. C. pode também perder a coordenação motora e com isso ter dificuldades em andar, por causar um desequilíbrio na contenção muscular que causa tensão e inclui dificuldades de força e equilíbrio. Muitas pessoas pensam que portadores de paralisia cerebral são paralíticos, com isso não dão conta de andar, mas, muitos desses deficientes andam, precisando apenas de um apoio de um acompanhante. Essa paralisia também pode afetar a fala e a visão em alguns casos. Seus movimentos podem ser estranhos ou descontrolados além de apresentar gestos faciais incomuns. Mulheres e homens com essa paralisia podem se reproduzir normalmente, pois seus óvulos, espermatozoides, e as estrutura dos órgãos reprodutores não são afetados pela lesão cerebral. Portanto, podem manter relações sexuais como uma pessoa qualquer. Lidar dentro de sala com uma pessoa lesionada pela P. C. é um desafio muito grande. Suponha que meu aluno tenha a lesão mista na parte do cérebro que compromete a coordenação motora e que tenha comprometimento na fala dificultando assim a sua comunicação, e com isso para atendê-lo bem, a adaptação física da escola e da sala de aula é imprescindível para que possa criar as condições necessárias para o aluno aprender dentro de suas particularidades. Para facilitar o atendimento especial a esse aluno vou usar:  Uma cadeira bem mais inclinada adaptada para facilitar o desenvolvimento da coordenação do aluno;

Se necessário usar um tipo de elástico para amarrar o lápis à mão do aluno para ele ter movimentos mais precisos que possibilitem o desenvolvimento de escrita. Livros didáticos adaptados. Essa atenção e respeito a esse aluno proporcionará a superação. Tratá-lo de modo normal como os outros alunos são tratado. incluindo-o na sociedade em geral. o computador para contribuir no desenvolvimento sensório-motor do aluno. . Explorar suas capacidades mais desenvolvidas em eventos culturais e festividades organizadas pela escola. Permitir a interação dos companheiros de sala e exigir o respeito às suas limitações e à pessoa dele. Escrever as lições com a letra bem legível. a compreensão da leitura e da escrita além da realização da vontade dos pais que além de confiar na escola confiaram em mim para ser seu professor e educá-lo para o mundo social e econômico. Vídeos que facilite a compreensão do aluno através das suas capacidades visuais e auditivas. Usar recursos tecnológicos como.            Sentá-lo na frente da sala. Lápis de cor e giz de cera mais robustos. Manter uma relação amigável entre professor-aluno. Ter paciência para escutá-lo e se não entender pedir que ele repita até haver a compreensão do que o aluno deseja. respeitando seus limites. por exemplo.