Hino 1 - À SAGRADA SACERDOTISA DOS CÉUS Eu digo "Ave!" à Deusa que aparece nos céus! Eu digo "Ave!

" à Alta Sacerdotisa dos Céus! Eu digo "Ave!" à Inana, a Grande Senhora dos Céus! Tocha Sagrada! Vós encheis os céus de luz! Vós iluminais o dia ao alvorecer! Poderosa, Magnífica Deusa dentre os Anunnaki, os Grandes Deuses! Coroada com o diadema do Touro dos Céus, Vós encheis o céu e a terra com vosso brilho! Eu digo "Ave!" à Primogênita do Deus da Lua! Poderosa, majestosa e radiante, Vosso brilho é o encanto do anoitecer, Vosso brilho é a mágica do alvorecer! Vós brilhais nos céus tal qual o Sol e a Lua, Vossas maravilhas são conhecidas tanto nas Grandes Profundezas quanto no mais alto dos Céus, À grandeza da Grande Sacerdotisa dos Céus, À vós, Inana, eu canto! ***************************************************************************** Hino 2 - À TEMPESTADE TROVEJANTE E RUIDOSA Orgulhosa Rainha dos Deuses da Terra, Suprema dentre os Deuses do Firmamento, Te mpestade Trovejante e Ruidosa, vós derramais a chuva por toda a terra, para todos os Povos. Vós fazeis os céus tremerem e a terra vibrar, Grande Sacerdotisa, quem pod e acalmar vosso coração atribulado? Vós brilhais feito relâmpago sobre as terras altas; vós projetais vossas labaredas por sobre a terra.Vosso comando ensurdecedor, assobiando como o Vento Sul, Tem o po der de separar grandes montanhas. Vós pisais sobre os desobedientes como touro sel vagem; O céu e a terra tremem na vossa presença. Sagrada Sacerdotisa, quem pode acal mar vosso coração assoberbado? Vosso brado amedrontador descendo dos céus devora suas vítimas. Vossa mão quando estre mece faz com que o calor do meio-dia paire sobre o mar. Vosso andar à noite traz f rescor à terra com a brisa da escuridão dos céus Sagrada Inana, as margens dos rios ab undam com as grandes ondas de vosso coração... No sétimo dia, quando a lua crescente atinge o seu brilho maior, Vós vos banhais e v os perfumais com água sagrada. Vós cobris vosso corpo com as longas vestimentas de lã das rainhas. Vós ajustais os resultados dos combates e das batalhas para vosso lad o; Vós os têm amarrados ao vosso cinturão, onde eles descansam. Em Eridu, vós recebestes as Medidas Sagradas, os Me, do Deus da Sabedoria, Pai Enki presenteou-vos com o s Me em seu templo sagrado de Eridu, Colocando os dons da realeza e da divindade em vossas mãos. Vós subis os degraus para o trono mais alto. Em toda majestade vos sentais lá, Com v osso adorado esposo Dumuzi, ao vosso lado. Os deuses da terra, querendo saber os seus destinos, vêm até vós. Os deuses do céu e da terra ajoelham-se ante a vós. Os seres vivos e o povo da Suméria vêm até vós. O povo da Suméria que desfila em grande parada ante vós São agraciados pelo vosso olhar E mantidos seguros em vosso seio. ******************************************************************************** HINO 3 - SAGRADA INANA

e os tamborins ala* ressoam! Nos céus. Minha Senhora contempla com doce alegria lá nos céus Ela se maravilha docemente e zela por todas as terras E pelo povo da Suméria. a [mais] Sagrada aparece sozinha. Os sacerdotes que cobrem suas espadas de sangue aspergem sangue E os tambores tigi e sem. O povo da Suméria desfila em parada diante de vós. Os homens e mulheres justos caminham ante a vós Segurando a harpa do consolo a um lado. Os que os seguem trazem o cinto para espada E em uma das mãos carregam uma lança. a Grande Senhora dos Céus! O povo da Suméria toca o tambor sagrado e címbalos perante a vós.A SENHORA DO ENTARDECER . a Primogênita do Deus da Lua! Os sacerdotes sagrados do amor penteiam seus cabelos diante de vós.O povo da Suméria desfila em parada diante de vós Eles tocam os doces tambores ala perante a vós O povo da Suméria desfila em parada diante de vós. tão numeroso quanto rebanhos A vós. a Grande Senhora dos Céus! Os homens adornam seu lado esquerdo com roupas femininas. Eles dispõem as dobras do manto dos deuses sobre seus ombros. Eu digo "Ave!" à Inana. O povo da Suméria desfila em parada diante de vós. O povo da Suméria desfila em parada diante de vós. O povo da Suméria desfila em parada diante de vós. eu canto! *************************************************************************** HINO 4 . Eles adornam os seus pescoços com lenços coloridos. Eu digo "Ave!" à Inana. a Grande Senhora dos Céus! O povo compete com cordas coloridas e de salto O povo da Suméria desfila em parada diante de vós. As mulheres adornam seu lado direito com roupas masculinas. a Grande Senhora dos Céus! O povo da Suméria toca a harpa sagrada e címbalos perante a vós. Eu digo "Ave!" à Inana. Eu digo "Ave!" à Inana. a Primogênita do Deus da Lua! Os jovens que carregam aros cantam a vós As jovens donzelas e sacerdotisas enfeitadas caminham diante de vós Carregando a espada e o machado de bordas duplas. O povo da Suméria desfila em parada diante de vós. Inana. Os sacerdotes ascendentes que celebram os ritos funerários e as lamentações erguem sua s espadas diante de vós. Eu digo "Ave!" à Inana. Eu digo "Ave!" à Inana.

a Maravilha da Terra. A [mais] Brava que aparece primeiro nos céus Toda terra treme diante dela.Sagrada Inana. A vós. eu canto A Senhora da Manhã brilha radiante na linha do horizonte! ******************************************************************************** HINO 6 . Os povos de todas as terras erguem os olhos para ela. Os rebanhos de gado nos campos fazem uma reverência à Inana. A estes.[mais] Sagrada Inana.A SENHORA QUE SOBE AOS CÉUS Minha Senhora. a Estrela Radiante. Ornamento dos Céus. Minha Senhora contempla com doce alegria lá nos céus O povo da Suméria desfila ante à Sagrada Inana. Todas os seres vivos e os povos da Suméria ajoelham-se diante dela. a Grande Luz que enche os céus. Quando eles cantam vosso nome. Todos os seres vivos da estepe. Jóia de Anu! Quando doces sonhos terminaram nos quartos [desta terra]. Os rebanhos de ovelhas sacodem a poeira e se perfilam. Minha Senhora contempla com doce alegria lá nos céus O povo da Suméria desfila ante à Sagrada Inana. Nos locais sagrados das estepes Nos tetos altos de todas as moradias Nas plataformas das cidades As pessoas trazem oferendas a Inana: . A Senhora do Entardecer aparece no firmamento. A vós. Os jovens fazem amor com suas amadas. Vós destruís aqueles que são cruéis. Vós estudais as palavras de todos que vos procuram. fazendo espantar todo sono de todos os lugares. Vós apareceis como brilhante luz do dia! Quando todas as terras e os povos da Suméria se reúnem. Inana. está radiante. a Estrela Solitária.SENHORA DA MANHÃ Conselheira [mais] Honrada. eu canto A Senhora do Entardecer brilha radiante na linha do horizonte! ******************************************************************************** * HINO 5 . a deusa das Manhãs.Ao final do dia. Os homens lavam. Os jardins viçosos e os pomares. Vós julgais severamente aqueles que fazem o mal. a Senhora do Entardecer. Vós olhais com brandura os que trilham o caminho da justiça. A Senhora se regozija [com o amor de todos] da terra. Aqueles que dormem nos tetos e aqueles que dormem junto às muralhas. Aqueles escolhidos pelas velhas senhoras preparam grandes pratos de alimentos e bebidas Para ela. os juncos verdes e as árvores. está radiante. Os peixes das profundezas e os pássaros do céu Minha Senhora a todos acorda. vós concedeis vossas bênçãos. trazendo a vós suas atribulações. As criaturas de quatro pernas das altas estepes. Inana. as mulheres se banham. Reina grande alegria na Suméria.

O primeiro dia exato do mês é examinado com atenção. rei faz um trono para a rainha do palácio senta-se ao lado dela no trono. Manteiga. Dumuzi apresenta-se de cabeça erguida para as coxas sagradas de Inana. Ela se banha com sabonete. farinha no mel. trazendo alegria à rainha. Todos purificam a terra para Minha Senhora. frutos de todos os tipos. cerveja ao alvorecer. Todos os tipos de cerveja são oferecidos para Minha Senhora. A fim de zelar pela vida de todas as terras. E no dia em que a lua desaparece. minha maravilhosa Inana! Depois de haver penetrado a vulva sagrada.Incenso. No dia em que a lua está adormecida. Os barris de tagub e de lamsari borbulham alegremente para ela. O lençol de noiva para Inana e Dumuzi. O lençol de noiva que adoça as coxas. A vós. Ela espalha óleo de cedro perfumado no chão. queijo. O lençol de noiva que alegra o coração. tâmaras. Com ternura. Todos festejam-na em canção. murmurando palavras de amor: Ah. Inana se banha para as coxas sagradas de Dumuzi. ovelhas de pêlo longo. Todos enchem a mesa da terra com os primeiros frutos. O rei apresenta-se de cabeça erguida às coxas sagradas.E um local para dormir seja erguido para Inana As pessoas limpam os galhos com óleo de cedro perfumado Elas arrumam os galhos para o leito sagrado Elas estendem o lençol da noiva sobre o leito. . Vinho e mel são ofertados à Minha Senhora ao sol nascer Os deuses e o povo da Suméria vão até ela com alimentos e bebidas Eles alimentam Inana no local puro e limpo. ele a acaricia. Inana. eu canto A Senhora que Ascende aos Céus brilha radiante na linha do horizonte! ******************************************************************************** Hino 7 .A ALEGRIA DOS SUMÉRIOS O O A O E Rito do Casamento Sagrado povo da Suméria se reúne no palácio casa que guia a terra. ovelhas gordas. o dia dos ritos possa ser determinado de forma adequada. Todos oferecem cerveja preta para ela. trazendo alegria à Inana. está radiante. Farinha. Depois de haver penetrado a vulva sagrada. A deusa que ascende aos Céus. Inana. Minha Senhora contempla com doce alegria lá nos céus O povo da Suméria desfila ante à Sagrada Inana. A rainha banha suas coxas sagradas. minha jóia sagrada! Ah. Ele se deita ao lado dela no leito. Todos oferecem cerveja clara para ela. As Medidas do Céu e da Terra são executadas com perfeição Para que o Primeiro Dia do Ano.

Adorada Inana. No local puro e limpo. viço e exuberância diante de Inana. Inana. As pessoas trazem alimentos e baixelas. Eles tocam os doces intrumentos algar. sentada no trono real. a Primogênita do Deus da Lua. radiante e sempre jovem. O rei está feliz. Elas trazem resina de junípero. O palácio está em festa. A vós. O rei abraça sua adorada noiva. tal qual o sol. brilha como a luz do dia. Ela é o ornamento da assembléia. Inana. Inana. és realmente o meu amor! O rei pede às pessoas que entrem no grande átrio. Inana. O rei. ornamento do palácio. O rei desfila ante a assembléia em grande alegria. a Senhora do Entardecer! A vós eu canto! Minha Senhora contempla com doce alegria lá nos céus O povo da Suméria desfila ante à Sagrada Sacerdotisa. Ele reúne o povo da Suméria. majestosa. Dumuzi estende sua mão para os alimentos e bebidas. Eles tocam os instrumentos de corda que trazem alegria a todas as pessoas. Ele saúda Inana com as graças dos deuses e da assembléia: Sacerdotisa Sagrada! Criada com os céus e a terra. está radiante. Ele dispõem os símbolos da abundância. Eles tocam canções para alegrar o coração de Inana. Poderosa.Inana traz o rei para mais perto dela e murmura: Dumuzi. eu canto! . O rei estende sua mão para os alimentos e bebidas. A deusa que ascende aos Céus. fazem rituais de purificação E queimam incensos de doces perfumes. Os músicos tocam para a rainha: Eles tocam os instrumentos de som alto que apagam o rugir das tempestades do Sul. a alegria da Suméria! O povo passa o dia na abundância. Dumuzi abraça Inana. todos cantam Inana em canções. brilha radiante ao lado dela.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful