1 INTRODUÇÃO É usualmente notada a presença da química em diversos ambientes.

A mistura de diferentes substâncias é realizada constantemente e utilizada para vários objetivos aos seres humanos. É de suma importância o desenvolvimento de métodos analíticos ás substancias, pois sua compreensão com relação a estrutura molecular, suas propriedades físico-químicas e sua reação ao ambiente em que está inserida, concluem a uma melhor utilização da substancia. [nteditorial.com.br] Para a análise de soluções, é necessária distinção de suas naturezas físicas, sendo soluções a denominação de um sistema em que uma substancia está distribuída, ou disseminada numa segunda substancia sob forma de diferentes tamanhos de partículas. As Dispersões são formadas por moléculas ou íons isolados dispersos no solvente. Nas dispersões a fase dispersa recebe o nome de soluto e a fase dispersante recebe o nome de solvente. Dentre as classificações dessa substâncias temos as soluções verdadeiras, coloidais e suspensões, onde a diferença entre elas está no tamanho que suas partículas apresentam e consequentemente sua interação com a fase dispersante. [www.coladaweb.com] As soluções verdadeiras apresentam sua dimensão média na ordem inferior a 1nm (um nanômetro) o que significa apresentar suas partículas muito pequenas e com isso uma melhor interação com o solvente, resultando em uma visibilidade homogênea. [www.infoescola.com] As soluções coloidais apresentam a dimensão média das partículas entre 1 nm (um nanômetro) e 1 µm (um micrômetro) o que resulta em uma visibilidade mais precisa de suas partículas por ultramicroscópio. Essa classificação de dispersões está mediana entre a visibilidade das partículas das soluções verdadeiras e das suspensões. [www.infoescola.com] As Suspensões apresentam a dimensão média de suas partículas superior a 1nm, sendo essa substancia considerada heterogênea, pois a menor parte de sua matéria pode ser vista por microscópio ou até mesmo visível á vista desarmada. [www.infoescola.com] Considerando que as partículas que compõem as soluções coloidais são muito pequenas para serem identificadas visivelmente sem a utilização de algum aparelho, elas possuem tamanho maior do que o comprimento de onda da luz. Por esse motivo, ao atravessar as partículas de uma solução coloidal, a luz é refratada pelas mesmas sendo possível vê-las através da solução. Esse efeito é denominado Efeito Tyndall descoberto pelo físico inglês, John Tyndall (1820 - 1893). Que em uma de suas experiências percebeu o espalhamento de um feixe de luz em um meio contendo partículas em suspensão, Tyndall observou que uma sala cheia de fumaça ou poeira, tornava visível um feixe de luz que entrasse pela janela. O Efeito Tyndall é utilizado para distinguir as soluções verdadeiras dos colóides, pois ao contrário dos colóides, as partículas das soluções verdadeiras não refratam a luz. [www.infopedia.com]

Lanterna. Funil de vidro. Pipeta de Pasteur. Solução de Na2S2O3 0. Água (H2O). permitindo classificá-las por sua natureza. Solução de FeCl3.5 M.02 M. Bastão de vidro. Papel de filtro. .05 M. Solução de NaCl 0. Dispersão de Amido. Solução de açúcar 0. Cartolina. Aquecedor. 3 MATERIAIS E MÉTODOS MATERIAIS E REAGENTES: • • • • • • • • • • • • • • • • Béqueres.5 M.3 2 OBJETIVO Distinguir soluções verdadeiras de soluções coloidais e dispersões através da análise pelo Efeito Tyndall. Solução de HCl 0. Leite.

III – Efeito Tyndall  4 Colocou-se em um béquer 100 mL de dispersão de amido em água preparado.4 MÉTODOS: I – Preparação de Hidrossol:  1 Ferveu-se 100 mL de água em um béquer.  5 Em outro béquer.   6 E em outro béquer colocou-se uma solução de açúcar. com um furo. foi esfriada a dispersão e filtrada. . Agitou-se durante cinco minutos e filtrou-se com o funil de vidro e o filtro de papel. com o feixe de luz saindo nesse furo da cartolina. na 7 vertical encostada no último béquer e depois a lanterna. Acrescentou-se com uma pipeta de Pasteur 10 gotas de Cloreto de Ferro III (FeCl3) e agitou-se. colocou-se 100 mL de solução de Cloreto de Sódio (NaCl). FeCl3 + 3 H2O → 3 HCl + Fe(OH)3  2 Em outro béquer colocou-se 100 mL de solução de Tiossulfato de Sódio (Na2S2O3) e 3 mL de Ácido Clorídrico (HCl) e agitou-se. perpendicular ao béquer. Colocou-se os béqueres enfileirados com a cartolina. Na2S2O3 + 2 HCl → 2 NaCl + H2S2O3 II – Preparação de Emulsão:  3 Colocou-se 100 mL de água em um béquer e acrescentou-se com a pipeta de Pasteur 2 gotas de leite.

5 4 RESULTADO E DISCUSSÃO Ao analisarmos as soluções uma a uma separadamente observou-se que:  1Na solução de água com Cloreto de Ferro III observou-se um liquido alaranjado sem formação de precipitação.  3Na Emulsão da água com o leite observou-se a formação de um liquido transparente se a formação de precipitação e de cor homogênea. homogêneo e pouco turvo sem a presença de precipitação. também se trata de uma dispersão coloidal. sendo esta solução classificada como verdadeira.  2Na solução de Tiossulfato de Sódio e Ácido Clorídrico observou-se a formação de líquido turvo. sem formação de precipitação e cor homogênea. pois a solução era verdadeira.  6Na solução de Amido. ou seja. Não foi observado a presença do feixe de luz da lanterna e do laser.  4Na solução de NaCl. o amido ficou retido no filtro. observou-se a ausência do feixe de luz tanto da lanterna quanto do laser. observou-se um líquido turvo. a solução é verdadeira. utilizando a lanterna e o laser foi analisado o mesmo efeito. homogêneo que. tratando-se de uma dispersão coloidal. pois não apresentou a dissipação do feixe de luz da lanterna e do laser. Observou-se que a luz através do laser e da lanterna. sendo ela um liquido transparente sem a presença de precipitação. Foi observado também que a luz atravessa a reação formando feixe de luz. Não houve a formação de precipitação. de cor homogênea. A solução foi classificada como verdadeira. também atravessa a reação formando feixe de luz. após ser filtrado tornou-se transparente. sendo ela um líquido transparente. homogêneo. ou seja. Logo. ou seja.  5Na solução de açúcar. . o feixe de luz tanto da lanterna quanto do laser não foi observado.

org/wiki/Efeito_Tyndall]./coloidal. Acessado dia 07 de abril de 2010.asp ricardo-química.  Emulsão: são misturas de dois ou mais líquidos imiscíveis onde um é denominado fase dispersante e o outro fase dispersa (que se encontra na forma de pequenas gotas). pode-se notar 7 REFERÊNCIAS • • • • • • • BRASIL ESCOLA [www..br/formulas/coloides/] COLA DA WEB [http://www.soq.infoescola..com.com/quimica/fisico-quimica/solucoes-edispersoes] INFO ESCOLA [http://www.coladaweb.oportaldosestudantes./2-colegial-2-trabalho-coloides.wikipedia. WIKIPÉDIA [pt.com.br/.com/quimica/solucoes/] ...com/.brasilescola.html Similares] SOQ [http://www. 6 CONCLUSÃO Com o empenho de todo o grupo.. › Físico-Química › Soluções. PORTAL DO ESTUDANTE [www. Acessado dia 07 de abril de 2010.6 Definição de outros termos utilizados na prática:  Hidrossol: é um sistema coloidal onde a fase dispersante é a água..blogspot.com ]›.