You are on page 1of 5

Auditoria

Aula 29/02

Conceito
Conjunto de examesProcedimentos de auditoria(o que o auditor aplica)Testes (o que o auditor quer) Procedimentos TécnicosTécnicas de auditoria

Profissional competente
Se o objeto for demonstrações contábeis ou registros contábeis Deve ser um contador Contador ≠Contabilista (classe), composta por contador ou por técnico contábil Somente o contador pode assinar uma auditoria de demonstrações contábeis (nível superior com o CRC) O profissional competente não vai em busca de fraudes, ele vai em busca de informações (evidências) e com essas informações ele da a opinião sobre algo Auditoria independente é auditoria contábil (para concursos)

Princípios éticos
IntegridadeSer justo ObjetividadeTraça uma linha de trabalho e busca cumprir o que foi traçado, não se deixando influenciar por motivos alheiosNão fugir das Metas Competência Conhecimento Zelo profissionalCuidado

**Costuma cair**Confidencialidade (sigilo)  Somente divulgar algo quando for autorizado por escrito O auditor não pode divulgar informações sem a autorização por escrito Papéis de trabalho documentação de auditoria Interno são da empresa Independentesão do auditor Fornecer informações o auditor deve fornecer para o outro auditor (Ex.: quando o novo auditor não sabe o que o auditor anterior fez sobre a auditoria, qndo autorizado por escrito pela empresa) Fornecer os papéis de trabalho sobre a empresa, o auditor que escolhe se deve ou não ceder, mesmo que seja autorizado por escrito pela empresa Sigilo nas seguintes relações Auditada

Com o outro auditor Com os organismos fiscalizadoressolicita informações e os papéis de trabalho. será o auditor independente Auditoria interna Exames / Avaliações / Análises / Levantamento / Comprovações Auditor interno não emite opinião sobre as demonstrações contábeis Auditoria interna ≠ Controle interno A auditoria interna faz parte do controle interno Objeto da auditoria interna C O F O PPrograma de gerenciamento de risco. o auditor deve fornecer Sociedade em geral Conduta profissional NORMAS DE AUDITORIA InternaNBC TI 01 IndependenteNBC TA 200trata as responsabilidades gerais do auditor Independente ATENÇÃOQuando for somente o AUDITOR. governança e sistema de informações Controle interno Contábil Orçamentária Financeira Operacional Patrimonial . se a empresa autoriza.

existe o programa d auditoria .Finalidade da Auditoria Interna Representa a administração perante a empresa A responsabilidade pelo controle interno é da administração O auditor interno examina as informações contábeis. não emite opinião COMPLIANCE Departamento próprio COSO 2  Gerenciamento de risco Independência O auditor deve respeitar as normas internas. Deve seguir as orientações da administração Portanto em relação a empresa ele possui independência parcial Em relação ao trabalho (execução do trabalho) ele possui uma independência total Autonomia profissional Auditoria interna OBRIGATÓRIA Instituições financeiras Seguradoras Fundos de pensão Entidades da administração indireta Não há obrigatoriedade da auditoria interna nas sociedades de capital aberto Planejamento da auditoria interna Primeiramente uma análise preliminar (inicial) Depois há a avalição dos riscos de auditoria para estabelecer natureza oportunidade extensão (NOE) dos procedimentos Como fase final.

o procedimento é como ele vai fazer isso (auditoria propriamente dita) Procedimentos: Inspeção Observação Investigação e confirmação Evidências (informações) Suficiente  quantidade Adequada  qualidade Uma evidência externa tem uma qualidade maior do que a produzida internamente Relevante trabalho do auditor com base nas relevantesimportância Útil  ajuda a empresa a alcançar as metas.O auditor dever seguir as expectativas da administração O programa de trabalho é especifico e enquanto o planejamento é algo mais abrangente Atenção A análise dos riscos são feitas na fase de planejamento Procedimentos de auditoria Teste de observância (teste de controle/aderência)Observar as aderências as normas Existência / Efetividade e a controle interno Em regra. diminuir os custosserve para alguma coisa . requer o uso deste teste NORMAS Teste substantivo (teste de confirmação / evidenciação )  Comprovar que algo foi feito corretamente (a exatidão) Fidedignidade dos danos produzidos DADOS O teste é o que o auditor quer.

: Registros contábeis Características O auditor deve arquivar os Papéis de Trabalho (PT) a contar de sua opinião PT’s devem constar o julgamento do auditor (uma síntese) Auditoria interna Auditor Contábil PED (Analista de sistemas) Jurídica Administrativo Não é obrigatório o método da amostragem estatística (pode ou não utilizar) Formas de seleção:    CENSO Prova Seletiva Amostragem O auditor termina o trabalho com o relatório conclusão Relatório parcial quando for constatado uma inconformidade para tomarem as medidas corretivas . etc. entrevistas. Secundária Fornecida ao auditor Elaborada pelo auditado Ex.Fontes de informação (qualidade da informação) Primária Fonte principal  mais confiável A informação é levantada pelo auditor e coletada pela equipe Ex.: Observações.