ROTEIRO DE REVISÃO – 1ª.

PROVA PRESENCIAL – FILOSOFIA: A MODERNIDADE RESUMO O CONHECIMENTO se define como uma RELAÇÃO INTENCIONAL em que se reconhecem dois polos distintos e complementares: SUJEITO e OBJETO. Além disto, ele pode ser entendido como um PROCESSO, ou seja, segundo APROFUNDAMENTOS ou GRAUS DE ENTENDIMENTO mais ou menos superficiais, mais ou menos aprofundados – SENSO COMUM, MITO, FILOSOFIA, CIÊNCIA. No século VI (a.C), RUPTURA COM O PENSAMENTO MÍTICO E PASSAGEM À ARGUMENTAÇÃO CRÍTICA - nas colônias gregas na Itália, surgem os primeiros filósofos, os PRÉ-SOCRÁTICOS que procuraram investigar a origem das coisas em termos estritamente naturais. Estes primeiros pensadores pesquisaram a natureza (PHYSIS), buscando nela a existência de um elemento primordial (ARCHÉ) – água, terra, fogo ou ar. Com HERÁCLITO DE ÉFESO, a questão sobre o fundamento se complexificou. Nos seus fragmentos vemos um debate sobre o princípio e percebemos uma discussão sobre o DEVIR (VIR-A-SER), característica estrutural de toda a realidade. PARMÊNIDES afirmava que existiam, fundamentalmente, dois caminhos para o CONHECIMENTO: a OPINIÃO e a VERDADE. Contudo, para ele a única via aceitável para o conhecimento (verdadeiro) é que o ser é uno, pleno e imperecível, pois de nada carece e é coincidente com o pensamento. Em razão disto, não podemos pensar – e conhecer - senão aquilo que é, isto é, o SER. O movimento é, contrariando o que concebia Heráclito, uma mera aparência da verdade. No século V a.C., SÓCRATES, através de sua MAIÊUTICA, destaca a importância do discurso e da argumentação e defende a necessidade de uma verdade única sobre a natureza das coisas, confrontando-se com os SOFISTAS, mestres da retórica e da oratória QUE RELATIVIZAVAM O CONHECIMENTO DA VERDADE. PLATÃO, discípulo de Sócrates, desenvolve os argumentos de seu mestre e PROPÕE SUA CONCEPÇÃO FILOSÓFICA DUALISTA (OU DIALÉTICA) A PARTIR DA JUNÇÃO DO PENSAMENTO DE HERÁCLITO E PARMÊNIDES: A TEORIA DAS IDEIAS representada sobretudo em sua ALEGORIA DA CAVERNA (República, Livro VII). ARISTÓTELES REJEITA a teoria das ideias e O DUALISMO PLATÔNICO, supera-o COM O CONCEITO DE SUBSTÂNCIA, VALORIZA o SABER EMPÍRICO e desenvolve uma CONCEPÇÃO FORTEMENTE SISTEMÁTICA DO SABER. QUESTÕES 1. Por que o conhecimento deve ser compreendido como uma relação e, ao mesmo tempo, como um processo? 2. Qual é o papel dos órgãos sensoriais e da ração no processo de aquisição de conhecimentos? 3. Que relações existem entre o conhecimento que obtemos (ou construímos) sobre as coisas e a aquisição da verdade? 4. O que é a verdade? É possível alcançarmos a verdade plena sobre as coisas que constituem nosso mundo? Justifique suas respostas. 5. O que é SENSO COMUMN? Quais são as suas características mais marcantes? 6. Como você definiria MITO? Quais são as suas características mais importantes? Por que o MITO pode ser considerado uma “leitura especial” da realidade? Que relações existem entre os MITOS e os ACONTECIMENTOS PRIMORDIAIS? Em sua opinião, as REPRESENTAÇÕES MÍTICAS podem ser consideradas como um conjunto de respostas satisfatório às indagações dos seres humanos sobre a origem, o sentido e o fim de sua existência ou seriam mera ilusão de povos atrasados que ignoram a realidade e se prendem a ilusões e fantasias sobre o mundo em que vivem e sobre si mesmos? 7. O que é, no seu sentido mais restrito, FILOSOFIA? Prof. Marcelo José Caetano – Filosofia: a modernidade 1

São Paulo: Ática. O que é. 1997. ELIADE. O que é. Lisboa: Ed. Quais são – e o que são –. Danilo.artigo publicado no site “Consciência” sobre os primeiros filósofos gregos. Quais são os períodos da FILOSOFIA? Quais são as características mais importantes de cada período filosófico? 13. São Paulo: Nova Fronteira. pressupõe uma CONVERSÃO DO OLHAR? 21. 70. Quais as diferenças fundamentais existentes entre o pensamento de Platão e a filosofia aristotélica? 25. uma SUBSTÂNCIA? 26. Caminhos da filosofia. 1996. MARCONDES. De que maneira se pode identificar as filosofias heracliteana e parmenidiana no pensamento platônico? 17. Por que o conhecimento. movimento? REFERÊNCIAS: ARANHA. PHYSIS? 15. 1999. Iniciação à história da filosofia. Quais são. Marcelo José. Maria Lúcia de Arruda.ORG/ . Gerd (org. São Paulo: Cultrix. Antonio Geraldo da. O que as SOMBRAS e a LUZ representam na ALEGORIA DA CAVERNA.ed. a filosofia e a artes gregas. O que é. O que buscavam os primeiros filósofos gregos? Qual é o princípio originário da realidade? 14. de acordo com a metafísica aristotélica.). Maria Helena Pires. Por que se pode afirmar que o pensamento de Platão é DUALISTA ou DIALÉTICO? 18. realidade? 19. O texto apresenta noções Prof. Quais são. 2. e ampl. O que são os atributos ESSENCIAIS e ACIDENTAIS de uma SUBSTÃNCIA? 28. Por que a primeira atitude da filosofia é. de acordo com a TEORIA DAS IDEIAS. Que ideias sustentam a argumentação filosófica de Parmênides de Eléia e Heráclito de Éfeso? Por que elas são fundamentais à filosofia sofista e platônica? 16.ed. Que tipo de conversação é a filosofia? 10. conforme o pensamento de PLATÃO. fundamentalmente através de sua ALEGORIA DA CAVERNA. 2. Como se define. 1993.. Mito e realidade. CONVITE À FILOSOFIA. conforme a filosofia pré-socrática.ORG/os-grandes-filosofos-da-grecia-antiga . Mircea. 2009. SENSO COMUM. Marilena. CUNHA. 1993. Belo Horizonte: PUC Minas.CONSCIENCIA. Paulo. MITO E FILOSOFIA. os GRAUS DE CONHECIMENTO? 22. negativa? 9. http://www.. CAETANO. Quais são as três distinções fundamentais da TEORIA ARISTOTÉLICA? 29.). O que é a realidade (mundo) segundo o pensamento aristotélico? 27. PORTAIS DE FILOSOFIA: http://GRECIANTIGA. Quais são as condições objetivas para o surgimento da FILOSOFIA na GRÉCIA antiga? 12. São Paulo: Moderna. de Platão? 20. as CAUSAS PRIMEIRAS? 30. Rio de Janeiro: Zahar. FILOSOFANDO Introdução à filosofia. conforme Platão. GHIRALDELLI JR.8. (texto policopiado). Os filósofos pré-socráticos. segundo Chauí. MARTINS. (rev. 1989. Rio de Janeiro: DP&A. segundo Aristóteles. BORNHEIM. segundo o pensamento platônico. Quais são as características mais importantes da FILOSOFIA? 11. CHAUÍ. de Platão os objetos e modos de conhecimento de cada um dos planos de realidade? 23.portal de artigos sobre a história. conforme ARISTÓTELES. Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa. 2005. Marcelo José Caetano – Filosofia: a modernidade 1 . Por que a filosofia platônica pode ser considerada uma reflexão que se afasta gradativamente do mundo sensível? 24.

Prof.COM.o portal apresenta uma introdução ao pensamento filosófico ocidental.htm . Platão. Aristóteles e Epicuro. Marcelo José Caetano – Filosofia: a modernidade 1 . destacando.BR/filosofia/presocraticos. http://www. dentre outras a filosofia de Platão e Aristóteles. a filosofia de Sócrates.MUNDOCIENCIA.básicas sobre o pensamento pré-socrático.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful