You are on page 1of 3

Educação Ambiental

A Educação Ambiental é definida a partir de sua finalidade essencial. Segundo UNESCOPNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente), "é necessário visar o desenvolvimento de uma tomada de consciência voltada para o meio ambiente", e ... "a Educação Ambiental deve facilitar uma tomada de consciência da interdependência econômica, política e ecológica do mundo moderno, de modo a estimular o senso de responsabilidade e de solidariedade entre as nações. Isto constitui um pré-requisito para que os problemas ambientais graves que se localizam no plano mundial possam ser resolvidos" (Relatório Final da Conferência de Tbilisi, 1977 in PEAM, 2000). A efetivação da Educação Ambiental coloca-se como um desafio a ser enfrentado pelos governos estaduais, municipais, e a sociedade de um modo geral, onde em conjunto devem comprometer-se com a melhoria da qualidade de vida das gerações presente e futuras. A SEMA, através de sua Diretoria de Meio Ambiente/ Coordenação de Proteção Ambiental/ Divisão de Estudos e Educação Ambiental, e como um dos órgão que integram a Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental - CIEA, vem desenvolvendo trabalhos nas mais diversas áreas, trabalho este que tem sido realizado em conjunto com Organizações Governamentais e Não-Governamentais. Seminários, curso de capacitação, elaboração de jogos educativos, orientação e elaboração de programas de educação ambiental para outros órgãos do Estado, instituições de ensino, entre outros, são atividades que vêm sendo desenvolvidas pela SEMA. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL           
Um pouco de história da Educação Ambiental Carta de Belgrado - 1975 Recomendações de Tbilisi - 1977 Capítulo VI da Constituição Federal Brasileira de 1988 Carta da Terra - 1992 Capítulo 21 e 36 da Agenda 21 Global - 1992 Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global - 1992

Declaração de Thessaloniki - 1997
Declaração de Brasília para Educação Ambiental - 1997

Lei nº 9.795/99 - Política Nacional de Educação Ambiental
Decreto nº 4.281/02 - Regulamenta a Política Nacional de Educação Ambiental

http://www.sema.pa.gov.br/interna.php?idconteudocoluna=2282

Sema treina pedagogos com jogos de educação ambiental
Detetive dos animais, trilha de surpresa, máquina fotográfica e poema dobrado foram os jogos utilizados pelas educadoras ambientais Socorro Brasil e Argemira Araújo para aguçar os sentidos de cerca de 40 pedagogos de Cametá para questões que envolvem o meio ambiente. Essas atividades foram feitas na última terça-feira, 22, durante o Seminário de Descentralização da Gestão Ambiental, organizado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), no campus da Universidade Federal do Pará em Cametá. Essa série de jogos é chamada no Pará de Vivências Ambientais, para fortalecer a consciência ambiental de professores da rede pública de ensino. A educadora Socorro Brasil conta que a execução dos

enxergar as potencialidades dos recursos naturais”. que participou da operação de fechamento de 13 madeireiras em Nova Esperança do Piriá. explicou. Ao final dessa atividade. a continuação. que faz parte do dia-a-dia de muitos e acaba parecendo normal. grupos de cinco pessoas escreveram. Os pedagogos tinham que descobrir que animal estava afixado em suas costas. Queremos resgatar essa preocupação e criar a consciência em quem ainda não refletiu a esse respeito”. Só quatro dos 42 professores conseguiram acertar a numeração correta. As pessoas já estão muito acostumadas com o lixo. os grupos deveriam ’revelar’ a foto. Estágios . percebemos que todos tiveram o mesmo sentimento de encantamento com a natureza”. . o compartilhamento de experiências. Com isso.sema. “Os pedagogos contaram mentalmente os objetos estranhos percebidos no jardim. “Os pedagogos puderam contemplar a beleza do local onde estavam. Satisfazer os olhos.quatro jogos desenvolvidos é uma forma de levar os participantes a refletirem sobre os problemas ambientais e estimularem a mudança de comportamento na sociedade. e depois deveriam informar o número à instrutora. por meio do jogo Detetive de Animais. um poema que resumia os momentos vivenciados com as dinâmicas do dia . em que uma pessoa atuava como fotógrafo e outra. “O que eles aprenderam aqui vão reproduzir nas salas de aula. disse. vai promover palestras sobre educação ambiental a professores e diretores de escolas do município. ou seja. máquina. que pouco prestam atenção ao que não deveria estar presente no meio em que vivem. na quarta-feira (8). os participantes tiveram que observar quantos objetos haviam sido colocados em uma área delimitada em cerca de um metro quadrado em um jardim da UFPa.O aprendizado seqüencial de educação ambiental foi dividido em quatro estágios. Ao “capturar” as fotos. conclui a educadora. trocar de lugar com o fotógrafo. de forma peculiar. Por fim. e daí para a sociedade. Luciana Almeida Ascom Sema (91) 3183-3332 http://www. As perguntas deveriam ser objetivas e podiam ser respondidas pelos parceiros com sim ou não. o foco foi a percepção aos objetos estranhos presentes na natureza. por exemplo.A+ DA FONTE A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema). A segunda lia a frase da primeira e criava uma segunda. No jogo Poema Dobrado. perguntando aos pares as características do bicho. por exemplo. O terceiro estágio foi feito com o jogo Máquina Fotográfica. Com o jogo Trilha da Surpresa. desenhar a imagem memorizada enquanto máquina. Isso mostra que as pessoas estão perdendo a sensibilidade para problemas ambientais como a questão do lixo. No primeiro.br/interna. em seguida. É o que esperamos”. nordeste do Estado. os participantes puderam desenvolver o entusiasmo pela vida. a máquina deveria fechar os olhos e. O fotógrafo guiava a máquina. que deveria estar de olhos fechados até que fosse “clicada”.php?idconteudocoluna=5683 9/4/2009 22:31 Sema promoverá educação ambiental em Nova Esperança do Piriá Da Redação Agência Pará ALTERAR O TAMANHO A.gov. No segundo estágio. E os demais faziam a mesma coisa até que um texto único era formado.pa. ressalvou Socorro. “A primeira pessoa do grupo escrevia uma frase sobre sua experiência na oficina num pedaço de papel e o dobrava.

asp?id_ver=42755 .A preocupação com a realidade social na área onde operavam as 13 madeireiras ilegais. Texto: Douglas Dinelli . como o emprego dos antigos trabalhadores das serrarias na agricultura familiar e nos planos de manejos comunitários". estão sendo estudadas outras. Para garantirem o direito às cestas básicas. acrescentou. história da ocupação da floresta amazônica e legislação ambiental". Segundo o coordenador de Fiscalização da secretaria. que atuam na principal atividade econômica de Nova Esperança do Piriá.com. é a descoberta de uma jazida de bauxita na região. aos trabalhadores desempregados das serrarias”. localizada a 40 quilômetros da sede municipal. levou o governo do Estado a garantir a “distribuição de cestas básicas. “o pessoal da educação ambiental vai passar conceitos básicos sobre fisiologia. informou Versiani.Sema http://www. deslanchada contra madeireiros que derrubavam a floresta dentro da reserva indígena do Alto Rio Guamá. Bruno Versiani. Outra possibilidade de mudança na base econômica de Nova Esperança do Piriá. os trabalhadores serão cadastrados pelo governo. “Além dessas alternativas. que pode ser fonte de geração de emprego para a população.agenciapara. em curtíssimo prazo.Um grupo de técnicos da Sema permanece em Nova Esperança para cumprir a segunda etapa da Operação “Caapora”. climatologia.br/exibe_noticias_new. Apoio do Estado . hidrologia.