APLICAÇÃO PRÁTICA

- Situações relevantes para o dia a dia do contador -

IFRS PARA PME´s
Contabilidade para pequenas e médias empresas Resoluções do CFC 1255/09 e 1285/10

Instrutor: Barreto

São consideradas como PME´s Pequenas e Médias Empresas
Independente da forma de tributação
(SIMPLES – Lucro Presumido – Lucro Real)

Empresas que no exercício Social Anterior Receita bruta total até 300 milhões de reais

S.A de Capital Fechado, mesmo que Obrigadas à publicação de suas demonstrações contábeis. Porém , desde que não se enquadre como EGP. Ativos até 240 milhões de reais EGP – Empresa de Grande Porte: É aquela empresa que tem receita bruta total no Exercício Social anterior superior a 300 milhões de reais e Ativos superiores a 240 milhões de reais.

Média de 25 milhões por mês de receita bruta.

MODELO ANTIGO IFRS .

devido aos detalhes. E ADAPTAÇÃO DA ESCRITA CONTÁBIL AO QUE INTERESSA PARA A RESOLUÇÃO. para todos compreenderem e aplicar a Resolução. RESOLUÇÃO 1255/09  A NOVA CONTABILIDADE PARA AS PME´s. é mostrar como ficará bem mais fácil. Barreto 31 – 8626-2141 ou 3223-2141 (Recado -. A seu dispor.Falar com Cleide ou Cintia) . TRATA-SE DE UM TREINAMENTO: 08 HORAS/AULA COM TODO MATERIAL DIDÁTICO O nível de detalhes – Lançamentos contábeis: Este é o diferencial do meu treinamento que coloco ao dispor.Prezados (as). TODOS DETALHADOS E COM VÁRIOS LANÇAMENTOS CONTÁBEIS – DÉBITO E CRÉDITO – PARA O BALANÇO DE TRANSIÇÃO. A idéia das apresentações a seguir. O TREINAMENTO COMPLETO TEM MAIS DE 110 SLIDES.

41.184 do Código Civil Brasileiro.4 .. Cidade. de conformidade com esta NBC T 19. etc..35.As primeiras demonstrações contábeis da entidade elaboradas em conformidade com esta Norma devem conter uma declaração. explícita e não reservada.406 de 10/01/2002. ___ de _________ de __________ ____________________________ Assinatura do Sócio Gerente _____________________________ Assinatura do Contador (a) .. Lei 10. TERMO DE RESPONSABILIDADE =============================================================== Em cumprimento ao que determina o parágrafo 2º do artigo 1..

(ITENS RELEVANTES DA CONTABILIDADE) Relevante: O que é considerado “relevante” segundo a resolução? .APLICAÇÃO DO AJUSTE A VALOR PRESENTE .ATIVO E PASSIVO O NORMA PREVÊ QUE DEVE-SE AJUSTAR A VALOR PRESENTE O ATIVO E O PASSIVO NA CONTABILIDADE.

para fins de registros contábeis.AJUSTE A VALOR PRESENTE .830. será de R$ 6.ATIVO E PASSIVO Passado o primeiro ano. a contabilidade deverá refletir os seguintes efeitos: . 10% ao ano). Assim. Ao fim de cada um dos cinco exercícios.00. depois de um ano. o reconhecimento da receita financeira deve respeitar a taxa de juros da transação na data de sua origem (ou seja. independentemente da taxa de juros de mercado em períodos subseqüentes. o valor das contas a receber. independentemente de variações da taxa de juros no mercado.

CFC 1255/09) C= __________ .________________ (Demonstrações . termos uma apostila completa. Porém. depois de um ano.00 é registrado como contas a receber. independentemente de variações da taxa de juros no mercado.________________ (Demonstrações . o valor das contas a receber..________________ (Demonstrações . será de R$ 6.. para fins de registros contábeis.00.________________ (Demonstrações . para ao final do treinamento. em contrapartida de receita de vendas pelo mesmo montante..Resol.210. Na data do encerramento do BP / Demonstrações em 31/12/2010 D= __________ .. No ato da venda em 02/01/2010 D= __________ – ________________ C= __________ – ________________ . CFC 1255/09) C= __________ .. cujo montante de R$ 6. CFC 1255/09): Valor R$ ______ Interessante a participação de todos os ouvintes. a transação deve ser contabilizada considerando o seu valor presente.VAMOS JUNTOS CONTABILIZAR OS FATOS No primeiro momento.830. . completando cada campo. CFC 1255/09): Valor R$ ______ PARA EFEITOS DA BASE DE CÁLCULO DOS IMPOSTOS CONSIDERAR R$ ________________ Assim. Valor R$ ____________ D= __________ .Resol. o vr do juros deve ser representado na contabilidade.Resol.Resol..

PLANO DE CONTAS E O PLANO DE CONTAS? COMO FICARIA? Vejam anexo II do material didático Vamos fazer todos os lançamentos acompanhando o Plano de Contas. passo a passo. .

..............00 Lançamento Contábil em 12/2010 – Época do Balanço de Transição – Reconhecimento do ativo (máquina): BALANÇO PATRIMONIAL PARA ADAPTAÇÃO ÀS NORMAS D= __________ – ________________ C= __________ – ________________ C= __________ – ________________ ............ R$ _________ C= __________________ (_________) . R$ _________ C= __________________ (_________) ........... R$ _________ Portanto......... ficamos com os seguintes saldos na contabilidade O Balanço de 31/12/2010.............. Valor de aquisição: R$ 20..41 ....PME Máquina adquirida em 2008 e NÃO reconhecida nos Balanços anteriores.....IFRS .. R$ _________ D= __________________ (_________) .. ficará assim.. Valor R$ ____________ Lançamentos Contábeis em 12/2010 Encerramento do Balanço Patrimonial de 31/12/2010 BALANÇO DE TRANSIÇÃO D= __________________ (_________) .......000....Lançamentos contábeis para adaptação da contabilidade à NBC T – 19... .......

1255/09 Reconhecimento da Reversão da Perda Lançamento Contábil – Época do Encerramento do Balanço (final de período contábil): D= ___________ (_________..________) Cta ______  ______________________________________ (Res. Acompanhe passo a passo com a utilização do Plano de Contas Reversão de redução ao valor recuperável É possível? E o lançamento contábil . e os registros contábeis (Débito e Crédito) devem corrigir os valores se necessário for. CFC 1255/09) C= _______ (______. CFC 1255/09) Ativo desvalorizado? A empresa deverá avaliar seus ativos.. . ________) _______________  __________________ Acumulado (Res..PERDA E REVERSÃO DE PERDAS DO ATIVO – Seção 27 Impearment – Redução ao valor recuperável de Ativos Redução ao valor recuperável É possível? E o lançamento contábil._____.. Acompanhe passo a passo com a utilização do Plano de Contas LANÇAMENTOS CONTÁBEIS Reconhecimento da Perda Lançamento Contábil – Época do Encerramento do Balanço (final de período contábil): D= _______ ou ________  _________________________ Valor Recuperável (Resol. 1255/09 C= ________ ou __________  ______________________ Recuperável (Resol.

00 e 100.000. Exemplo: A empresa ABC. seu erro. acabou por contaminar todo o lençol da localidade. Só falta o tribunal estipular o valor da indenização. Por conta desse entendimento.. por intermédio de seu departamento jurídico. ela. A Empresa ABC reconheceu o indenização por danos ao meio exemplo prático. ao lançar no riacho da cidade resíduos tóxicos. . Provisão a ser contabilizada – Passo a passo com a utilização do Plano de Contas.000. Neste caso. Os advogados da Empresa ABC (infratora) estimam que a sentença saia em dois anos aproximadamente e o valor da sentença seja algo entre 10. A comunidade buscou Vejamos um ambiente. que alterou a alíquota de um tributo é inconstitucional.. Portanto. vejamos ANEXO III do material didático.00.existe uma obrigação legal de pagar à União. não é considerada uma provisão mais sim uma obrigação. entrou com ação alegando inconstitucionalidade.BALANÇO PATRIMONIAL Provisões • Importante: A administração de uma entidade entende que determinada lei federal.

ESTOQUES Uma análise detalhada para atender à nova norma ESTOQUES  Redução ao valor recuperável dos estoques  Custos de Aquisição  Não se aplica  Mensuração  Custos .

Tributariamente  Avaliar o custo de estoques com base no registro permanente (Sistema PEPS ou Médio Ponderado).TESTE DE RECUPERABILIDADE Seção 13 – Esta Seção determina as práticas para o reconhecimento e mensuração de estoques. Para esta Seção.ESTOQUES VALOR FINAL DO ESTOQUE PARA FINS DE FECHAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DE ACORDO COM AS NOVAS NORMAS – NBC. ou c) Estoques na forma de materiais ou suprimentos a serem consumidos no processo de produção ou na prestação de serviços. b) Estoques no processo de produção para venda. b) Método de varejo. Registro Periódico = Avaliação com base nas últimas compras Vejamos exemplo prático . são considerados estoques ativos: a) Estoques mantidos para venda no curso normal dos negócios.TG-1. Técnicas admitidas para avaliação do Custo dos Estoques a) Método de custo-padrão. ou registro periódico. c) Preço de compra mais recente.000 .

..00) ...00) ..... antes do texte de recuperabilidade)..: R$ ________ Representação gráfica na contabilidade Antes do teste de Recuperabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO ANEXO IV DO MATERIAL DIDÁTICO ...... Registro Periódico: Neste caso........ AVALIA-SE as mercadorias inventariadas: __ unid... (parte da PENÚLTIMA COMPRA) ___.. R$ ________ (=) __ ______ (Vr final do estoque... (total da ULTIMA COMPRA) ___..00 (_____ 0............ R$ ________ (+) __ unid......00 (___.ESTOQUES – TESTE DE RECUPERABILIDADE VALOR FINAL DO ESTOQUE PARA FINS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Exemplo prático de avaliação do estoque pelo método..

R$ _________ Foi constatado que a empresa obteria como retorno com a venda deste Estoque menos o custo para essa venda.. para verificar se existe a necessidade de c) Imobilizado – Registrado ao custo de aquisição. CFC 1255/09) C= __________________  ___________________________ (Resol. aplicado o teste de recuperabilidade e estando reduzidos ou diminuídos os custos para sua venda. interpretações eMATERIAL DIDÁTICO comunicados técnicos do CFC.000. Obs: Todas as adaptações feitas na contabilidade. . Nota 1 .00.. LANÇAMENTO CONTÁBIL Reconhecimento da Perda Lançamento Contábil – Época do Encerramento do Balanço EM 31/12/2010: D= __________________  ___________________________ (Resol... interpretações e comunicados técnicos do CFC.recuperável. deverá ser registrado contabilmente da seguinte forma.Práticas Contábeis Adotadas a) Estoques . A empresa efetuou o Teste de Recuperabilidade deste Ativo..Normas. utilizando as base nasdeterminadas pela Seção 27 redução ao valor São avaliados com premissas últimas compras.ESTOQUES NOTAS EXPLICATIVAS – TESTE DE RECUPERABILIDADE VALOR FINAL DO ESTOQUE PARA FINS DE FECHAMENTO DE BALANÇO NOTA PRELIMINAR – Declaração de conformidade As demonstrações contábeis estão em conformidade com as normas. ACOMPANHAR COM PLANO DE CONTAS – ANEXO II DO Resolução 1255/09 . o valor de R$ 60. devem ser claramente explicadas nas NOTAS EXPLICATIVAS . para tender as normas contábeis do CFC. o bem e aplicado o deste de recuperabilidade conforme previsto na vida útil do valor IRRECUPERÁVELteste Estoque. CFC 1255/09) .. Foi levado em conta o tempo de Portanto..

00 20.000. de Mercadorias 85.00 65.000.000.000.000. .V.00 65.M. CUSTO DE MERCADORIAS VENDIDAS DESPESA CMV – Custo de Merc.00 60.000.00 Este é o valor Apurado de CMV Observe que depois de contabilizado o CMV. Se tributar pelo LUCRO PRESUMIDO. IMPORTANTE: Se a empresa tributar com base no LUCRO REAL.00 10.000.00 125.00 5. Vendidas ATIVO Est. não deverá efetuar qualquer ajuste tributário.00 5.000. deverá ADICIONAR a perda por Redução ao Valor Recuperável para efeitos de cálculo do IRPJ e da CSLL.000.00 65.CONTABILIZAÇÃO DO C. o estoque na contabilidade Ficou exatamente ajustado ao valor do estoque no inventário e após aplicado o teste de recuperabilidade. pois a base de cálculo leva em consideração somente as RECEITAS da empresa.000.

Mensuração no reconhecimento = Valor do bem no ato da contabilização: A entidade deverá mensurar um ativo imobilizado no reconhecimento inicial. após o reconhecimento inicial . b) O custo do item (bem) puder ser mensurado de maneira confiável.CONTABILIZAÇÃO OU PERMANÊNCIA DO ATIVO * TESTE DE RECUPERABILIDADE DOS ATIVOS * A empresa deverá reconhecer ativo imobilizado apenas se: a) For provável que futuros benefícios econômicos associados ao item (bem) fluirão para a entidade. pelo seu custo Mensuração APÓS o reconhecimento inicial: A entidade deverá mensurar o imobilizado.ATIVO IMOBILIZADO – Seção 17 RECONHECIMENTO .

. ou b) Quando NÃO existir expectativa de benefícios econômicos futuros pelo seu uso ou alienação (venda). aplicar o TESTE DE RECUPERABILIDADE DOS ATIVOS para determinar se o ativo imobilizado está desvalorizado e.REDUÇÃO AO VALOR RECUPERÁVEL DE IMOBILIZADO . Promover os registros contábeis.TESTE DE RECUPERABILIDADE DOS ATIVOS A empresa deverá em cada final de período contábil. nas seguintes condições: a) Por ocasião de sua alienação (venda). BAIXA DO ATIVO IMOBILIZADO: A empresa / entidade DEVE BAIXAR um ativo IMOBILIZADO. SE FOR O CASO. VAMOS FAZER OS LANÇAMENTOS CONTÁBEIS – ANEXO V DO NOSSO MATERIAL DIDÁTICO.

000 = 1.33 15 3º ano = 3x5. da Estes são os valores depreciação.000.666. Exemplo: Bem de vida útil igual a cinco anos no valor de R$ .Soma de Dígitos. Depreciação = = Valor da depreciação FORMAS DE DEPRECIAÇÃO CONFORME A NORMA: Soma dos Dígitos: Soma-se os algarismos que compõem o número de vida útil do bem.000 = 1.000 = 333.67 15 5º ano = 1x5.000 = 666..Linear = Linha Reta. VEJAMOS EXEMPLOS PRÁTICOS. (mais usado pelas entidades).00 15 4º ano = 2x5.Unidades Produzidas. ano a ano 1º ano = 5x5.00.. 5.67 15 2º ano = 4x5.IMOBILIZADO X DEPRECIAÇÃO Linha Reta (linear): A depreciação é calculada dividindo-se o valor a ser depreciado pelo tempo de vida útil do bem. 1+2+3+4+5 = 15 .333.000 = 1. .000.33 15 .

Nº Nº Caso as partes principais de item do ativo imobilizado tenham padrões de consumo de benefícios econômicos significativamente diferentes. a entidade deve alocar o custo inicial do ativo para suas partes principais e depreciar cada parte separadamente ao longo de sua vida útil.IMOBILIZADO X DEPRECIAÇÃO Unidades Produzidas: Baseado em estimativa do número total de unidades que devem ser produzidas pelo bem a ser depreciado. Dividido . .

.PASSO A PASSO MODELOS DE LANÇAMENTOS CONTÁBEIS ANEXO VI DO NOSSO MATERIAL DIDÁTICO Ou seja.RECEITAS VENDA DE PRODUTOS Reconhecer a receita quando forem satisfeitas todas as seguintes condições: VEJAMOS . VEJAMOS . quando.. a entidade NÃO PODE RECONHECER A RECEITA.PASSO A PASSO ANEXO VII DO NOSSO MATERIAL DIDÁTICO .

CONJUNTO COMPLETO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Demonstrações contábeis para Pequenas e Médias Empresas (PME´s) (NBC T 19.41 – Resolução 1255/09 do CFC) .

. de “distribuição de lucro”.Demonstração do Resultado Abrangente NBC T 19. .18 . Ítem 3. . de “correção de erros” de períodos anteriores e de “mudanças de políticas contábeis”..1 .Esta seção detalha a adequada apresentação das demonstrações contábeis...41 – CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Seção 3 Apresentação das Demonstrações Contábeis Alcance desta seção: Ítem 3. a entidade PODE apresentar uma única (DLPA) demonstração dos lucros ou prejuízos acumulados no lugar da (DRA) demonstração do resultado abrangente e da (DMPL) demonstração das mutações do patrimônio líquido.Se as únicas alterações no PL (patrimônio líquido) durante os períodos para os quais as demonstrações contábeis são apresentadas derivarem do “resultado”. o que é exigido para que essas demonstrações estejam em conformidade com a NBC T 19.41 – Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas.DRA .

Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido • DFC ..Demonstração do Resultado Abrangente • DMPL .Demonstração dos Fluxos de Caixa • NE .CONJUNTO COMPLETO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS As demonstrações contábeis para PME´s – São: • BP . de “distribuição de lucro”. .Balanço Patrimonial (Posição Patrimonial e Financeira) • DRE .Se as únicas alterações no PL (patrimônio líquido) durante os períodos para os quais as demonstrações contábeis são apresentadas derivarem do “resultado”.Notas Explicativas • DLPA – Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados Ítem 3.18 . Todavia ------------------------.Demonstração do Resultado • DRA .< Dê Enter > . de “correção de erros” de períodos anteriores e de “mudanças de políticas contábeis”.. a entidade PODE apresentar uma ÚNICA (DLPA) demonstração dos lucros ou prejuízos acumulados no lugar da (DRA e DMPL) – DÊ ENTER.

DFC – Demonstração dos Fluxos de Caixa DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA. MÉTODOS DIRETO E INDIRETO TREINANDO ANEXO VII DO MATERIAL DIDÁTICO .

A idéia das apresentações. para todos compreenderem e aplicar a Resolução. TODOS DETALHADOS E COM VÁRIOS LANÇAMENTOS CONTÁBEIS – DÉBITO E CRÉDITO – PARA O BALANÇO DE TRANSIÇÃO. contate o delegado do CRC de sua cidade para organizarmos e formatarmos uma data. Caso ainda não participou do treinamento. TRATA-SE DE UM TREINAMENTO: 08 HORAS/AULA – COM TODO MATERIAL DIDÁTICO AQUI NESTAS APRESENTAÇÕES. devido ao detalhes. Barreto 31 – 8626-2141 ou 3223-2141 (Falar com Cleide ou Cintia) Minha proposta é ajudar sempre . A seu dispor. SÓ PARA TEREM UMA IDÉIA DA QUALIDADE DO CURSO.MUITO BEM PESSOAL. é mostrar como ficará bem mais fácil. RESOLUÇÃO 1255/09 A NOVA CONTABILIDADE PARA AS PME´s. O TREINAMENTO COMPLETO TEM MAIS DE 110 SLIDES. E ADAPTAÇÃO DA ESCRITA CONTÁBIL AO QUE INTERESSA PARA A RESOLUÇÃO. O nível de detalhes – Lançamentos contábeis: Este é o diferencial do meu treinamento que coloco ao dispor. MOSTREI PARA VOCÊS APENAS 25 SLIDES.

com.br Acesse: www. Fale comigo: barreto@manualdocontador. deve estar acima de qualquer expectativa que o mundo empresarial tanto precisa.manualdocontador.com.O nível dos contadores (as).br .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful