You are on page 1of 9

Números

Há uma afirmação popular que embora a Bíblia possa ser inspirada, então são os
trabalhos de todos os bons autores. Pode ser verdade em um sentido, mas a Bíblia esta
atras das medidas por inspiração superior que em qualquer outro livro já escrito. Há
muitas coisas o qual mostra isto, tal como simbolismo, poesia, quiasma e números,
porque os números na Bíblia tem simbolismo significado. Para a maioria das pessoas,
este simbolismo não é facilmente aparente, então vamos dar uma olhada em o que a
Bíblia ensina nos sobre números.

Dr. A. T. Pierson um não membro estudioso da Bíblia escreveu, “ Há uma


inquestionável evidencia de uma proporção numérica e simétrica neste maravilhoso
livro (Bíblia).

Números e proporção matemática marcam por inteiro, e aparece em suas partes


individuais, com tal freqüência e tal relação definida e condições, como em evidencia
matemática. No planetário e mundo estrelar, suas distancias e dimensões, densidades,
proporções, orbitas e período de revolução. No maior minuto como no mais majestoso
objeto na natureza e a mesma leis que governam. No mineral, cristalização mostra seus
quadrados, triângulos, círculos e polígonos, cubos, cilindros e pirâmides e cones, tal
com exato angulo e perfeição de proporção. Milhões de flocos de neve tem formas
esquisitas, tal, sob o microscópio, revelando indescrebilidade complexidade e beleza”.
(Números na Bíblia, por Robert Dugall Johnston, pag.30)

Conclusão do Dr. Pierson, Deus é um ser de perfeita precisão e ordem, e Ele expressa
esta perfeição em toda os Seus trabalhos de acordo com a lei da matemática.

No entanto, é razoável esperar encontrar uma expressão similar de Sua perfeição em


Sua palavra. Isto também foi a conclusão alcançado por F.W Grant. Ele disse, “Toda
ciência natural estão os envolvendo sob a lei aritmética. Cada lei da natureza, diz
Herchel, tende expressar a si mesmo em termos de aritmética. Enquanto astronomia
prega isto a você de uma esfera estrelada, as plantas em ordem de suas folhas e a divisão
de suas flores, o reino animal mostra parcialmente entre suas diferentes tribos por
diferentes números. Por que não deveria a lei dos números aparecer nas escrituras
também, e unir com o trabalho de Deus ou mostrar Sua Palavra também para estar em
Seu Trabalho?”

Vamos tomar poucos bons exemplos. A seguinte extraída da revista Canadense, escrita
por Walter Scott é do interesse.: “O livro do Velho Testamento são 36 em números
(contando Samuel, Reis e Crônicas como cada livros, desde, originalmente eles eram).
A simplesmente divisão de 36 é 3 por 12. Ponha este numero em simbolismo destas
figuras, e o que nos encontramos? Três (3) e o numero por Divindade ou perfeição e 12
o numero governamental levado junto, eles dão a você “Deus no governo”.
Que mais precisa definição poderia Ter os livros da lei? Mas os livros do Novo
Testamento são 27 em números. E isto é o cubo de 3 (3 vezes 3 vezes 3), o qual é o mais
perfeito numero que pode haver, porque é o único número o qual pode ser dividido
somente por 3, e 3 é o símbulo da Divindade. Mais, o numero 2 simboliza uma
testemunha, e o numero 7 representa finalização. Embora o numero de livros no Novo
Testamento também mostra é uma segunda testemunha para finalização do Trabalho de
Deus.

Mas como sabemos disto? Vamos dar um olhada em que a Bíblia diz destes números.

O número um representa tanto o “inicio” ou “ a cabeça”. Nos sabemos que na


matemática, este numero é o primeiro ou inicio. Espiritualmente falando representa o
primeiro, o guia, o chefe, a fonte, ou em outras palavras, o cabeça. Por exemplo, há
somente 1 Deus, 1 lei, 1sacerdócio, 1 Salvador, e 1 caminho para Deus. Sob a lei de
Moisés, havia 1 Sumo Sacerdote do templo na época. Então este número representa a
fonte do qual todos os outros vem.

O número dois representa uma testemunho, ou uma testemunha. Em João 8:17-18 nos
lemos, “E na vossa lei está também escrito que o testemunho de dois homens é
verdadeiro. Eu sou o que testifico de mim mesmo, e de mim testifica também o Pai que
me enviou”

Vamos olhar alguns exemplos Bíblicos. Quando o reino de Israel dividiu em 2 nações,
Jerobão, procurando estabelecer idolatria como uma religião oficial, fez 2 bezerros de
ouro. Em 1 Reis 12:28 nos lemos, “Assim o rei tomou conselho, e fez dois bezerros de
ouro; e lhes disse: Muito trabalho vos será o subir a Jerusalém; vês aqui teus deuses, ó
Israel, que te fizeram subir da terra do Egito” Depois disto veio as testemunhas de dois
profetas, Elias e Elaias, ao 2 reis.

Quando nos olhamos o Velho Testamento nos vimos a mesma coisa. Em Mateus 9:27
esta registrado,”E, partindo Jesus dali, seguiram-no dois cegos, clamando, e dizendo:
Tem compaixão de nós, filho de Davi.”
É interessante notar que estes dois homens cegos também simbolizaram a cegueira
moral dos Judeus.

Em Mateus 22:40 Jesus disse, “Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os
profetas” A lei inteira, qual foi o testemunho de Deus ao homem, se baseia em 2
mandamentos. E qual são estes dois mandamentos? “Amarás o Senhor teu Deus de todo
o seu coração, de toda a sua alma, e de toda a sua mente”. Este é o primeiro e grande
mandamento.

E o segundo é como primeiro, “Amarás o seu semelhantes como a ti mesmo” (Mateus


22:37-39). Mas na realidade eles são os mesmos mandamentos, porque em ordem para
amar a Deus com todo o nosso coração, alma e mente, nos devemos amar nosso
semelhante porque isso é como nos mostramos nosso amor por Deus. Então ambos
mandamentos testifica ou testemunha um com o outro.

Jesus foi crucificado entre 2 ladrões. Eles representam uma testemunha do ódio que os
Judeus tinham pelo seu Messias. Mas há mais um simbolismo na crucificação de Cristo.

Quando o soldado romano cravou sua lança em um dos seus lado, sangue e água saíram.
Jesus falou para si mesmo como água viva. Também, um é batizado na água pelos
perdão dos pecados, então a água e o sangue simboliza o perdão dos pecados mais a
expiação para os pecados do homem. Então estes dois símbolos juntos servem como
testemunhas do amor de Cristo por nos.

Há duas testemunhas mencionadas em Apocalipse 11:3 “E darei poder às minhas duas


testemunhas, e profetizarão por mil duzentos e sessenta dias, vestidas de saco” Há duas
varas o qual Ezequiel fala, e duas tábuas de pedra o qual Deus escreveu a lei. Se Deus
quisesse, ele poderia ter feito somente uma tábua, não podia?

Certamente foi tudo necessário para os dez mandamentos. Na arca do convênio foram 2
querubins. E há muitas outras ilustrações que eu poderia dar.

O número três representa “perfeição”. Antes de olharmos isto, é interessante notar que
este número representa perfeição até mesmo em coisas simples. Por exemplo, quando
falamos sobre “tempo” nos podemos incluir isto falando sobre o passado, presente e
futuro. Há 3 dimensões que mede tudo na terra – duração, largura e profundidade.

As escrituras contem este número mais que qualquer outra. Na Divindade, há o Pai,
Filho e o Espírito Santo. Houve 3 vezes que a voz do Pai prestou testemunho de Seu
Filho. A primeira vez foi o batismo de Cristo (Mateus 3:17) como uma testemunha aos
Judeus. A Segunda vez foi para os líderes da Igreja (Lucas 9:35) e a terceira foi para os
gentios (Gregos) (João 12:28). Na verdade, Jesus disse a eles “Respondeu Jesus, e
disse: Não veio esta voz por amor de mim, mas por amor de vós”

Durante Seu ministério, Jesus ressuscitou 3 pessoas das sepulturas para mostrar seu
perfeito poder sobre a morte. Pedro negou Jesus 3 vezes mas Jesus deu a Ele a
oportunidade para repetir 3 vezes. Em João 21:15 nos lemos, “E, depois de terem
jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes?
E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus
cordeiros”
Na parte de cima na cruz onde Jesus estava, havia uma placa que dizia, “Rei dos
Judeus”. Foi escrito em 3 diferentes idiomas. Pedro tinha 3 visões para o convencer a
pregar o evangelho aos Gentios (Atos 11:5-10). De acordo em 1 João 5:8 “E três são
os que testificam na terra: o Espírito, e a água e o sangue; e estes três concordam
num” Os múltiplos do numero 3 podem ter o mesmo significado. Por exemplo, Cristo
começou Seu ministério na idade dos 30 e morreu na idade dos 33.

O número quatro representa a terra, nos temos quatro pontos cardeais, quatro estações
e assim por diante. Mesmo a criação é representada pelo número 4. O primeiro
versículo no livro de Gênesis é um exato inscrição da origem da terra e criação. Este
versículo em sua estrutura indicado que a criação foi completa (veja o siguinificado do
número sete), como implicado pela estrutura matemática 4x Gênesis 1:28 letra=4x7
nos temos 28 letras hebraicas para esta frase.

O numero 6 representa o qual não é completo. Isto é especialmente verdade do número


666. Se 3 representa perfeição, então o numero 666 representa a perfeita imperfeição.
Qual o melhor número poderia ser melhor para representar o Demônio? Os
descendentes de Caim são indicado somente até a Sexta geração. Em Gênesis 22
palavras “ofertas” são mencionadas 6 vezes, a sétima sendo reservada para a Divindade
Perfeita.

Quando o Faraó persuadiu os Israelitas, Ele fez com 600 carruagens (Êxodos 14:7).
Três homens permaneceram preeminente na Escrituras como o inimigo de Deus e seu
povo e cada um destes é misturado com o número 67 “Então saiu do arraial dos
filisteus um homem guerreiro, cujo nome era Golias, de Gate, que tinha de altura seis
côvados e um palmo. Trazia na cabeça um capacete de bronze, e vestia uma couraça de
escamas; e era o peso da couraça de cinco mil siclos de bronze. E trazia grevas de
bronze por cima de seus pés, e um escudo de bronze entre os seus ombros. E a haste da
sua lança era como o eixo do tecelão, e a ponta da sua lança de seiscentos siclos de
ferro, e diante dele ia o escudeiro.”1 Samuel 17:4-7.

Outro é encontrado em Daniel 3:1 “O REI Nabucodonosor fez uma estátua de ouro,
cuja altura era de sessenta côvados, e a sua largura de seis côvados; levantou-a no
campo de Dura, na província de abilônia”. E o outro é o anti-cristo como registrado em
Apocalipse 13, o qual tem o número 666.

O número sete representa completo. Na Bíblia, quando um circulo é acabado ou quando


alguma coisa é completa, você encontrará o número 7. Em Gênesis 12:2-3 nos temos as
bênçãos de Abraão com 7 promessas “E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e
engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção. 3 E abençoarei os que te
abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as
famílias da terra”
Para o povo de Deus Israelitas como sábio deram 7 promessas. Em Êxodos 6:6-8
“Portanto dize aos filhos de Israel: Eu sou o Senhor, e vos tirarei de debaixo das
cargas dos egípcios, e vos livrarei da servidão, e vos resgatarei com braço estendido e
com grandes juízos. E eu vos tomarei por meu povo, e serei vosso Deus; e sabereis que
eu sou o Senhor vosso Deus, que vos tiro de debaixo das cargas dos egípcios; E eu vos
levarei à terra, acerca da qual levantei minha mão, jurando que a daria a Abraão, a
Isaque e a Jacó, e vo-la darei por herança, eu o Senhor.”

Havia 7 festas para Jeová durante 7 dias. Quando Balak o Moabita rei tentou amaldiçoar
Israel, ele fez 7 altares e preparou 7 bois de corte, 7 carneiros para o sacrifício. Foi uma
completa e perfeita pregação. Quando o povo de Deus destruiu Jericó, 7 sacerdote com
7 trombetas foram em volta da cidade 7 vezes, uma completa e perfeita vitória de fé.
Cristo explicou que o caminho para alcançar um completo perdão. “Jesus lhe disse:
Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete” Mateus 18:22.

No Templo havia 7 candelabros. Há 7 letras no Novo Testamento a 7 igrejas.

No livro de Apocalipse nos temos 7 mais letras a outras 7 igrejas.

Adicionais em apocalipse nos lemos 7 selos o qual sela um livro fechado, e haverá 7
pragas no mundo.

Jacó trabalhou 2 vezes sete anos para trazer um completo testemunho de seu amor por
Raquel. Durante os dias de José, o Faraó teve um sonho no qual ele viu 7 vacas gordas e
7 vacas magras, o qual representada um completo período de miséria. O numero total
das pessoas o qual pertenceram a família de Jacó quando eles mudaram para o Egito foi
70.

O número oito é claramente o novo início ou um novo ciclo. Circuncisão foi feito no
oitavo dia e representado um convênio com o Senhor. Nos batizamos crianças quando
eles estão com 8 anos. O número 8 é feito de 7+1. Sete simboliza que alguma coisa esta
completa. O número um significa um inicio. Quando Deus destruiu toda a carne sobre a
terra, Ele salvou 8 almas para ganhar popularidade do mundo. Quando as pessoas foram
curadas da lepra, o oitavo dia foi o inicio de suas novo vida, porque naquele dia eles
estavam presentes antes do Senhor. Jesus ressuscitou no oitavo dia. Desde que Tomas
não estava lá na primeira vez, Jesus veio uma Segunda vez no oitavo dia. Aquelas duas
visitações aos Seus apóstolos simboliza as Testemunha de Cristo a eles de Sua
Ressurreição.

A viajem ao mar dos Jareditas foi 344 dias: três representa perfeição os 2 quatros
representa 2 testemunhas para terra e a soma 8 é mostrando o novo ciclo da vida no
novo nascimento do continente (a terra apenas dividida nos dias de Pelegue)
O número nove representa espiritualidade completa. Sara estava com 90 anos e Abraão
com 99 anos quando o Senhor completou Sua promessa para eles. Há 9 dons do
Espírito. “Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo
mesmo Espírito, a palavra da ciência; E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro,
pelo mesmo Espírito, os dons de curar; E a outro a operação de maravilhas; e a outro
a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas;
e a outro a interpretação das línguas. I Coríntios 12:8-10 Em Gálatas 5:22-23 nos
somos dado 9 frutos do Espírito “Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz,
longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas
não há lei.”

Ambas desta representa um completo benções espiritual.

O número dez refere a perfeição em Divina ordem. Havia 10 mandamentos. A lei do


dízimo é baseado no número 10 e mostra a divina ordem do modo que Deus negocia
com o homem. Houve 10 pragas nos Egito para libertar o povo Israelitas, Jesus deu 10
parábolas, e falou das 10 virgens. Em Lucas 15:8 Jesus usou a parábola sobre os 10
denários e como quando o dono tentou encontra-lo.

O número onze representa imperfeição no governo. Por que? Porque é um número curto
de 12, o qual simboliza um perfeito teocrático governo. Como nos olhamos o número
12 nos vimos que é feito de 1 e 2 o qual iguala o perfeito número, 3. O número 1
simboliza a cabeça, o primeiro, o chefe, ou a fonte. O número 2 representa uma
testemunha. Então, o número 12 representa o chefe da fonte da perfeita regra de Deus.
No livro de Apocalipse João descreveu a Jerusalém celestial como tendo uma parede em
volta no qual a fundação foi feita com 12 preciosas pedras.

O número 40 tem 2 significados. Um é a conclusão da maturidade, e a outra é a


conclusão do julgamento ou teste. Para determinar o qual significado o número tem,
depende do contexto, no entanto, não significa que um exclui o outro. Algumas vezes
nos devemos trilhar em ordem para obter a maturidade completa.

De acordo com a tradução judaica, maturidade é obtida na idade dos 40. Depois o
sangue, a expectativa da vida do homem era 120 anos, o qual é 3 vezes 40, ai representa
a perfeita maturidade. Moisés viveu 120 anos. Ele viveu 40 anos até que ele tivesse a
maturidade para deixar os Egípcios. Ele ficou 40 anos no deserto. Ele gastou 40 dias na
montanha recebendo as leis de Deus. Por causa de suas falta de fé, os judeus ficaram no
deserto 40 anos.

Antes, então, eles ficaram 400 anos no Egito. Jesus nasceu 4000 anos ou 40 séculos
depois que a terra foi criada, então o mundo estava maduro para Ele.

Agora nos temos varias chaves para melhor entender também a nova escrituras e os
eventos recomendando a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.
A história do livro de Mormom começa em 600 anos antes de Cristo. Este número
indica que sua história não é completa. No entanto, o povo Nefitas deixaram de existir
como uma cultura separada em 421 depois de Cristo. A somo é de 421 igual 7, o qual
representa completamente! Também há 15 livros no Livro de Mormon, o qual é um
múltiplo de 3, o qual é o símbolo da perfeição. No entanto, se nos acrescentarmos os
dígitos juntos (1+5) nos vimos uma soma de 6, o qual significa alguma coisa esta
incompleta, ou imperfeita. E, neste caso, nos vimos que isto é precisamente o caso,
porque contem somente uma terceira de um original livro selado. Então nos vimos que é
perfeito para as partes que nos temos, mas para ser completo nos precisamos as outras
duas-terceiras partes que é selada. Uma-terceira e duas-terceira igual três partes, o qual
é um completa gravação.

O livro de Mormom foi publicado e a igreja foi organizada em 1830. A soma destes
dígitos é 12 o qual significa o perfeito governo. Se olharmos em cada números
individual, nos vemos 1, o qual representa o inicio 8 o qual simboliza um novo ciclo. O
numero 30 é feito de 3 vezes 10. O numero 3 significa perfeição, e o 10 é perfeição na
Divina ordem. Daí, 1830 simboliza um novo ciclo da perfeita Divina ordem de Deus.

A mais, a igreja foi restaurada em 6 de Abril, ou 6/4. Quatro mais seis igual 10. O livro
de Mormom tinha um total de 12 testemunhas consistindo em 3 testemunhas, o qual dão
a eles um perfeito testemunho. Isto foi seguido por 8 testemunhas, o qual testifica do
novo ciclo da Igreja. Quando nos acrescentamos o testemunho de Joseph Smith, que
traz o numero 12, um perfeito governo na testemunhas na igreja.

No livro de Mormon nos encontramos que o ano 385 D.C. havia o inicio da apostasia.

A soma destes dígitos é 16, o qual é igual a 2 vezes 8. Daí nos vimos que isto foi o
inicio do segundo ciclo de apostasia depois do primeiro no velho mundo. Em 21 de
Setembro de 1823, Joseph Smith foi visitado por Moroni para prepara-lo para a
restauração ou um novo ciclo do evangelho. Isto foi o perfeito tempo para começar
porque Setembro é o nono mês. Também, quando nos acrescentamos a soma da data
(2+1) juntos temos 3. Ambos destes são perfeitos números. Quando acrescentamos tudo
junto (9+2+1) é igual a 12. O ano de 1823 é quebrado deste modo:

Eu quero dizer que a cabeça ou a fonte, 8 significa o inicio do ciclo, 2 representa uma
testemunha, e 3 representa perfeição. Daí, 1823 significa que a cabeça (Deus) é o inicio
de um novo ciclo de pregações do evangelho e será uma testemunha perfeição de Deus.
Junto com isto, Moroni apareceu a Joseph 3 vezes para libera-lo sua mensagem.

Quando olhamos para a vida de Cristo nos encontramos o mesmo tipo de formula
matemática sendo seguido. Na genealogia de Cristo, todos os caminhos de volta a Adão,
nos encontramos 42 gerações, o qual 3 vezes 14. O numero 14 e 2 vezes 7. Havia 7
anjos que apareceu a Cristo durante Sua vida na terra. Ele recebeu 3 dons quando Ele
começou a pregar o evangelho na idade dos 30, e o qual é 3 vezes 10. No entanto, isto
foi quando Ele começou ensinar a divina ordem das coisas de Deus. Antes, Ele começou
Seu ministério, ele ficou 40 dias no deserto para ser testado, embora ganhando completa
maturidade. Seu ministério foi em 3 anos. Em outras palavras, foi um perfeito
ministério.

Ele abraçou a cruz em agonia por 3 horas. Ele morreu a cerca de 3 horas da tarde. De
acordo com a Bíblia havia 3 horas de escuridão quando Ele morreu. De acordo com o
Livro de Mormom havia 3 dias de luz no hemisfério Americano quando Ele nasceu. Ele
ficou 3 dias na sepultura. Ele teve 12 apóstolos, o qual representa um perfeito governo.

Como nos podemos ver, os números nas escrituras nos da um grande entendimento dos
desígnios de Deus com o homem. Para acreditar, ao contrario é para dizer que estas
coisas e a certeza de específicos números são apenas circunstancia. E para dizer que
significa que Deus faz coisas por circunstancias. Eu não acredito nisto. Deus é um deus
de ordem, e então é matemático. Parece razoável para mim que Deus usaria números
também em palavras para expressar Sua divina liberdade.

Vindo destas:

Qual é o significado do resto do pão e dos peixes, depois do milagres da performa de


Jesus? Veja peixe nesta página.

Há muito nomes de cidades como, Capernaum, Belém, Betel, e outros, talvez eles tem
algumas chaves para nos melhorar a entender o contexto? Veja Geografia nesta página e
Profecias.

Pôr que com as placas de ouro havia a espada de Labão?

O que aconteceu com a mãe terra quando Jesus morreu?

Pôr que Helamã 14 é particularmente interessante?

Pôr que em 3 Néfi os discípulos oraram a Jesus ao invés para o Pai?

O que Satanás fez quando Sião veio?

Pôr que os descendentes de Caim foram amaldiçoados.

Tempo de Adão a Noé 912 anos, enquanto que o primeiro nove patriarcas nasceram
depois do dilúvio foi 285 anos.

De volta a Bíblia e o livro de Mormon um novo estudo, totalmente da Bíblia para


suportar a divindade do Livro de Mormon.