You are on page 1of 5

1

TRANSDISCIPLINARIDADE
Francisco Paulo Lemos Della Zuana 2003 - 2005 "A transdisciplinaridade recusa a arrogância da certeza e propõe a humildade da busca". Ubiratan D'Ambrosio

Resumo
A transdisciplinaridade surgiu pela absoluta necessidade de novas respostas à evolução humana, à evolução do conhecimento humano, que produziu o rompimento dos paradigmas anteriores, para se contrapor à fragmentação do saber, para refazer a unidade do conhecimento, para se contrapor à redução cada vez maior do real e do homem, para atender às novas descobertas da ciência e para re-humanizar e re-espiritualizar o Homem. A evolução humana, com e através da evolução do conhecimento humano, vem ao longo da história trazendo e fazendo uma gama enorme de novos valores, novos saberes, novos paradigmas. As epistemologias são atingidas para, pela evolução do conhecimento, serem rompidas por novos saberes que alcançados, trazem em seu bojo a necessidade de revisão dos anteriores. Assim ao longo da história da humanidade, podemos citar alguns dos principais períodos que influenciaram decisivamente na história do conhecimento, da cultura e das sociedades ocidentais. A filosofia grega, o medievo com a filosofia cristã católica, os paradigmas Newtoniano e Cartesiano, as filosofias moderna e contemporânea que, cada uma a seu tempo, apresentaram respostas que engendraram outras respostas e novas buscas e sedimentações de conhecimentos e ações, obrigando a novos pensares e a novos atingimentos. O termo transdisciplinaridade foi forjado por Jean Piaget 1 em 1970 "Enfim na etapa das relações interdisciplinares, pode-se esperar que se suceda uma fase superior que seria 'transdisciplinar', a qual não se contentaria em atingir interações ou reciprocidades entre pesquisas especializadas, mas situaria tais ligações no interior de um sistema total, sem fronteiras estáveis entre as disciplinas". Como fruto dos dois congressos mundiais da transdisciplinaridade são definidos os sete eixos básicos da evolução transdisciplinar na Educação e os três pilares do pensamento transdisciplinar. Os sete eixos básicos são: 1) a educação intercultural e transcultural, 2) o diálogo entre arte e ciência, 3) a educação inter-religiosa e transreligiosa, 4) a integração da revolução informática na educação, 5) a educação transpolitica, 6) a educação transdisciplinar, 7) a relação transdisciplinar: os educadores, os educandos e as instituições, e, a sua metodologia subjacente. Os três pilares são: 1) a Complexidade, 2) o Terceiro Incluído e 3) os Diferentes Níveis de Realidade.”. A transdisciplinaridade propõe, com base na necessidade de respostas para o que a ciência, a partir do início do século 20, começou a revelar e que não tinha respaldo pelos paradigmas anteriores, novas formas de tratar o conhecimento, os indivíduos, a sociedade, as culturas, a natureza, o cosmos e todas as relações existentes entre eles. Segundo Basarab Nicolescu2 "A transdisciplinaridade, como o prefixo "trans" indica, diz respeito àquilo que está ao mesmo tempo entre as disciplinas, através das diferentes disciplinas e além de qualquer disciplina. Seu objetivo é a compreensão do mundo presente, para o qual um dos imperativos é a unidade do conhecimento.", propõe ainda a existência dos três pilares da transdisciplinaridade3, já citados, "os níveis de realidade, a lógica do terceiro incluído e a complexidade" que suscitam a busca desse novo conhecimento e a complementação dos paradigmas anteriores, abrindo espaço para uma nova epistemologia e para novos paradigmas. Ubiratan D'Ambrosio4 diz "A transdisciplinaridade recusa a arrogância da certeza e propõe a humildade da busca... reconhece a insuficiência do conhecimento e os desacertos do comportamento e procura entender a indissolubilidade do quaterno e das intermediações criadas pelo homem: cosmos - sociedade - indivíduo - natureza, política - tecnologia - ambiente." complementado assim que a transdisciplinaridade está voltada para a integridade do Homem.

1

PIAGET, J. Encontro sobre interdisciplinaridade OCDE 1970, apud WEIL, P.; D'AMBROSIO U. e CREMA, R. Rumo à Nova Transdisciplinaridade, São Paulo: Summus, 1993, pg. 39. 2 NICOLESCU, B. O Manifesto da Transdisciplinaridade, São Paulo: Triom, 1999, pg. 46. 3 idem, ibidem, pg. 47. 4 D'AMBROSIO, U. Palestra sobre transdisciplinaridade, proferida na SBEE, Curitiba, em 15/05/2003.

quando a transdisciplinaridade fala em transcultura. o encontro com o novo a abertura de horizontes e consciências para a construção de novas realidades mais humanas. gomado. pg. mas que todo o conhecimento significa sempre força de transversalidade. Poderão emergir então o verdadeiro diálogo. Cadernos de Psicofonias de 1999 . Nem mais. alcançando o seu próprio ser. 106. 2002. e transdiciplinaridade. op. Ubiratan D’Ambrosio10 reforça nos trazendo o seguinte: “Eliminar arrogância. mas preservando a sua identidade. ao mesmo tempo. Transdisciplinaridade. São Paulo: Cortez. ensinar a ética do gênero humano. 8 Cruz. “. pelas suas propostas. Restabelecer essa ética me parece prioritário. se mostrando assim como a abertura evidente de busca de novas realidades e novas realizações humanas no sentido da real. obrigatória e indispensável evolução humana. Alienados da consciência de inteireza. sendo na consciência possível a verdade que alcançou. transreflexão. sofremos de um tipo de invalidez psíquica e de imbecilidade funcional. das filosofias e das tradições espirituais.122 . e CREMA R. a diferença e a identidade quanto a si mesmo. Edgar Morin7. Os Sete Saberes Necessários à Educação do Futuro. e como trata Pierre Weil 6 "Ela consiste em procurar uma axiomática. cit. guiar a vida. 7 MORIN. Ser feliz é ser o que se é. onde coerência e lógica alcançam significação de vida. está fazendo transdiciplinaridade – exercício da força de disponibilidade mental. Enfim. pela defesa da vida como um todo. estático..".[o processo de transdiciplinaridade] permite ao homem entender que não há conhecimento isolado. P. op. É o que proponho na ética da diversidade: 1 Respeito pelo outro com todas as suas diferenças. portanto.cada vez que o homem faz o alcance do seu próprio conhecimento. desenvolver a ética da compreensão. 3 . propõe que cada cultura. não pelo como é -. pg. Assim. numa visão crítica. 83 e 153. nos levar a outros níveis de realidade. da. Entendemos que o que se pretende com a transdisciplinaridade e a sua obrigatória aplicaçãio à educação é a busca. M.Solidariedade com o outro na satisfação de necessidades de sobrevivência e de transcendência. São Paulo: Palas Athena. efetuar a dupla pilotagem do planeta: obedecer à vida. pg. educa para a liberdade. pois a autêntica felicidade é uma função da capacidade do indivíduo ser inteiro e verdadeiro. R. cit. os paradigmas comuns entre a autoridade da ciência. cada um é capaz. pg. isto é. 5 6 WEIL. O caminho para isso é a identificação do muito que pode ser mudado.2 A transdisciplinaridade. 1997. D'AMBROSIO U. com respeito pelas outras. alcançar a unidade planetária na diversidade. respeitar no outro. 9 SOMMERMAN.”. implica um pacto moral entre todos os homens interessados numa nova perspectiva de futuro para a humanidade. E. e conativa. 10 D'AMBROSIO. U.119 .” e “O conhecimento progride sem uma ética maior.”. desenvolver a ética da solidariedade. idem. Portanto transdisciplinaridade se mostra como a necessária escala atual da evolução do conhecimento e da maturação do Homem.”. acesso em 09/2002. é cogente. A. psicofonado pelo médium Maury Rodrigues da Cruz. Américo Sommerman 9 nos fala "Por isso . num plano de essência consciencial mediata. solidariedade e cooperação.". 37.Cooperação com o outro na preservação do patrimônio natural e cultural comum. pg. ibidem. “. "Todos dependemos de todos. para a autocrítica. a verdadeira paz. das artes. a necessidade absoluta do outro – sem o qual se decreta a extinção da espécie – e da sua integração no cosmos – como parte essencial de um todo.pelo espírito Antonio Grimm. prepotência e adotar respeito.”. não está propondo em momento algum que se negue as culturas. 2 ... num plano de consciência imediata. pois desse modo os princípios comuns que estão por trás da diversidade emergirão. mas muito pelo contrário. para o autoconhecimento." podemos aduzir que a transdisciplinaridade pode."... está sendo transdisciplinar: "A antropo-ética instrui-nos a assumir a missão antropológica do milênio: trabalhar para a hominização da humanidade. . Aproveitando uma colocação de Roberto Crema5. racionalmente necessária. 2000. inclusive na preservação da vida na Terra. pelo conhecimento. inveja. sobretudo nos sistemas educacionais. de fazer transmeditação. Antonio Grimm nos fala8 “O processo transdisciplinar é potencialmente voltado para a pessoa humana. o verdadeiro respeito. que deveria reconhecer o valor intrínseco do indivíduo – vale porque é. nem menos. Curitiba: SBEE. transnação e transreligião. quando fala em antropo-ética. pelo conhecimento. 134 .. cada nação e cada religião mergulhem cada vez mais em si mesmas. de infelicidade crônica. as nações e as religiões.

complementando.futuro. Nos fica da busca do entendimento do que é transdisciplinaridade a certeza de que nada está acabado. 13 DELORS. baseada no respeito absoluto das diferenças entre os seres. pg. Edgar Morin14 com os sete saberes necessários à educação do futuro " 1 . A Transdiciplinaridade. rigor e inclusão: o conhecimento. 3 . de. Sommerman A. org. bem como define sua amplitude e limitação. a literatura.196.Ensinar a identidade terrena. 16 MELLO. . o sufixo trans significa aquilo que está ao mesmo tempo entre as disciplinas. buscando em Huberto Rohden15 "Auto-conhecimento e auto-realização são as chaves da verdadeira educação".Enfrentar as incertezas. N. 1 . pg. é uma compreensão de processos. 4 . que sempre será necessário buscar.br/> acesso em 08/2003. Piracicaba: Unimep. L. ao abandonar o pensamento reducionista.São Paulo: Triom.Os princípios do conhecimento pertinente. o cenário epistemológico da complexidade. louva e pede a prática competente da Disciplina. não somente com as ciências humanas. da Pluridisciplina e da Interdisciplina. na Sociedade e neste imenso e inescrutável Universo.3 Cabe aqui citar11 os seguintes artigos da Carta da Transdiciplinaridade. o método e o ser humano. centrado na eficiência. aprender. “Artigo 13: A ética transdisciplinar recusa toda atitude que se negue ao diálogo e à discussão.. Educação um Tesouro a Descobrir.Aprender a fazer. 2001. religiosa. a pesquisa. 2 . O saber compartilhado deveria conduzir a uma compreensão compartilhada. Completando com o que nos traz Maria F. J. novamente.cetrans. no entanto. a noção de valor. 2 . traz sua própria contribuição integradora e planetarizante. Transdiciplinaridade é a assimilação de uma cultura.Aprender a viver juntos.Ensinar a compreensão e 7 .99. F. et al. 2002..”. mas também com a arte. mas educação no sentido amplo e completo do termo. através das diferentes disciplinas e além de toda disciplina. 11 COLL. ao transnacional. M.” e ainda “Fala-se claramente da necessidade da Evolução Transdisciplinar na Educação. 15 ROHDEN. Por isso após revisitar. na medida em que ela ultrapassa o campo das ciências exatas devido ao seu diálogo e sua reconciliação. endossa. política ou filosófica. é um modo de conhecimento. uma maneira de ser diante do saber. ao reconhecer a existência dos sistemas complexos. ao transcultural e ao transreligioso. H. seu exercício efetivo e o “Como?”. unidos pela vida comum sobre uma única e mesma Terra. a competência. 12 ABREU JÚNIOR.As cegueiras do conhecimento: o erro e a ilusão.. Transdisciplinaridade: uma visão emergente. Salta aos olhos a absoluta necessidade de sermos e fazermos uma educação transdisciplinar. científica. pg. aprender a viver com os outros e 4 . . 5 . op. pg. et al. A. ele remete também ao transpessoal.Aprender a ser" e. de Mello 16 “O exercício da Transdiciplinaridade respeita. trocar conhecimentos. 161. participar. e ousar incorporar na Educação práticas que favoreçam a criação e o desenvolvimento de valores. 1996. Disponível em: <http//www.usp. Educação do Homem Integral. 195 . Educação e Transdisciplinaridade II. econômica. facilita a interação e colabora com a missão da Educação de recrear sua vocação de universalidade. p. Etimologicamente.”. a estrutura. 90 . Transdiciplinaridade é uma nova atitude. 6ª edição. Quando Laerthe Abreu Júnior12 diz "É preciso que a educação tome a direção desse processo e se ocupe do direcionamento da construção do conhecimento e com o encontro entre as pessoas nas suas diversidades e riquezas pessoais e culturais.A ética do gênero humano".. ter a absoluta humildade de saber que nada sabemos e que sempre estaremos em construção tanto o Homem quanto os nossos conhecimentos. Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. remetendo à idéia de transcendência.Aprender a conhecer. E. “Artigo 5: A visão transdisciplinar é resolutamente aberta. Este é o sentido da educação transdisciplinar no cenário epistemológico: há uma construção interminável cuja chave está na compreensão da complexidade desse processo. São Paulo: Martin Claret. seja qual for sua origem – de ordem ideológica. só poderão ser encontrados com o trabalho conjunto de indivíduos devotados ao inesgotável questionamento a respeito do homem e de sua existência. 13 . ao procurar restituir ao sujeito sua integridade. não poderíamos deixar de citar. cit. é uma ampliação da visão do mundo e uma aventura do espírito. et al. Me parecem claras as aplicações e as implicações da transdisciplinaridade na educação.17. Conhecimento Transdisciplinar. São Paulo: Cortez. a oferta.". 3 Ensinar a condição humana. Devemos ainda reforçar essa posição com o que Jacques Delors13 coloca como sendo "Os quatro pilares da educação.183. é uma Arte no sentido da capacidade de articular. com grande respeito. 6 . A Transdiciplinaridade. o contexto. 14 MORIN. a poesia e a experiência espiritual”. Assim só podemos afirmar que a educação obrigatoriamente deve ser transdisciplinar. em uma rápida explanação.

respeitando a pluralidade. aquilo que lhe é próprio. Eis a questão! O currículo transdisciplinar deve alimentar a idéia de que nenhuma disciplina tem mais valor do que as outras e de que a nossa missão não se esgota na explicação de conteúdos implícitos nelas. num momento de limite de conhecimentos de um tempo. É uma habilidade que só se concretiza quando se tece um vínculo sincrônico e contínuo entre os saberes. Ela é mais que uma teoria. Cada área do conhecimento tem a sua naturalidade. deve servir para olharmos o passado. A transdisciplinaridade não rejeita. Com certeza necessitamos trabalhar exaustivamente na construção espistemológica. uma nova janela que.org. mas queremos vivenciar. esse momento de inflexão do conhecimento humano. as individualidades."O pensamento transdisciplinar nos leva a buscar o universal. pelo menos. artes. A rigidez imposta na divisão das ciências. uma postura. mas principalmente para olharmos o futuro e fazermos a construção necessária para. uma espécie de peripécia da mente que precisa ser assimilada e vivida pelos que ensinam. percebendo nelas o invisível. tanto a visão do conhecimento como a atuação no mundo do trabalho foram alicerçadas num ponto de vista piramidal. Impossível não trazer toda uma construção de Paulo Afonso Ronca sobre a transdisciplinaridade17 . visando à construção do futuro. um currículo transdisciplinar sugere a abertura de nossa mente para que possamos abordar. critica e simultaneamente. se abre para novos horizontes. mas reúne as teorias. as culturas.marista. mas nesses novos patamares de relações aqui expostos. além disso. meditação. Disponível em <http://www. tudo faz parte da construção do conhecimento.Morin fala em fim da separabilidade. política.stamaria. com sólida base conceitual. interdisciplinaridade e transdisciplinaridade. Um dos imperativos para isso é a unidade de conhecimentos. da epistemologia e do universo cognitivo íntimo do ser humano. sendo e agindo de forma transdisciplinar. a inflexibilidade adotada em aula e a severidade de nossas concepções só levaram ao empobrecimento de idéias e à exclusão social. que determinem outros parâmetros para a compreensão do ser humano. estruturar e construir um novo e efetivo humanismo. Disciplinaridade. A. Recusando fragmentações. axiológica e dos paradigmas da transdisciplinaridade para podermos trazer esses conceitos para uma massa maior de pessoas e assim trabalhar a sua efetiva aplicação em todas as relações humanas. as sociedades. dimensões como ecologia. O pensamento transdisciplinar escapa das garras do que se convencionou chamar de natureza científica. Nos últimos séculos. partindo para novas dimensões filosóficas.4 A transdisciplinaridade é. aprendem ou trabalham. para na ação efetivarmos a transdisciplinaridade. assim é obrigatório termos a sabedoria de entendermos que. não cometermos os mesmos erros e sermos melhores em todos os sentidos das relações e da evolução humanas. A grande preocupação da transdisciplinaridade é a manutenção da vida no planeta e consequentemente a sobrevivência de nossa espécie. num movimento subjetivo de interação. 17 RONCA. as nações. É obrigatório rever como estamos tratando a construção do conhecimento. televisão. o alcançado e o possível de cada ser humano. uma nova dimensão. tecnologia. Com isso. E assim nos tornarmos mais e mais abertos a tudo e a todos. P. ideológicas e políticas. relações de amor e de trabalho. simplista por nascença. O pensamento transdisciplinar conclama o fim das divisões piramidais . Interdisciplinaridade X Transdisciplinaridade. Não queremos eliminar conceitos e substituí-los por novos. Aqui temos espaço para um pensamento tão amplo quanto aberto: tão extenso quanto dilatado. É estado de espírito. fazer a transcendência. guerras. de intercessão. Os fenômenos que ocorrem no mundo são tão complexos que não dá mais para tentar ordená-los da forma como estamos acostumados. Temos de buscar um denominador comum. quem sabe a transcendental. na realidade. o ponto que lhes é comum. O físico Goswani fala em interconectividade. enfim respeitando a verdade. A transdisciplinaridade é o fim da visão individual e mecânica. para analisarmos os caminhos já percorridos. só fragmentando o saber em diversas ciências e disciplinas. O que se erguia a partir dela perdia-se em importância social e econômica ou consideração política. as religiões. ela considera diferentes ângulos da realidade. as singularidades de cada ser humano. de integração. É uma abordagem íntima. das ciências e das culturas e os aproxima.br/colegios/noticias> acesso em 10/2003 . a realidade. espero que essa consciência faça com que recuperemos o que a percepção fechada das ciências nos tirou: a visão cósmica. sedimentarmos o aprendido e revermos o todo. o saber como um todo. oferecendo uma percepção mais coesa e compreensiva dos mesmos.

o conhecimento é construido todos os dias pela humanidade. portanto. será sempre para o homem que procura a espiritualidade. pesquisa. É obrigatório também o entendimento de que a Transdisciplinaridade transcende as disciplinas mas não as desconsidera. colocar o desafio maior de nosso tempo e desse momento do conhecimento humano. pág. não é reducionista e tão pouco mecanicista. transcender a forma de entender o Cosmos. amor. ciência. espíritos bons. M. além disso ela nos obriga a ter a humildade necessária para podermos fazer revisão de pensamentos e ações. há de ser sempre linguagem que concatene valores. Devemos nos obrigar a pensar e agir de forma transdisciplinar para nos darmos a chance de sobrevivência como espécis e efetivamente fazermos a hominização do Homem. M. das pessoas e das coisas.”18. otimização da vida. op. de todas as maiorias e minorias.. da.. na sua pluralidade. toda vez que alcançarem a superação no processo mediúnico farão a ação mediúnica transdisciplinar. Precisamos fazer o alcance de que Transdisciplinaridade deve ser entendida muito mais como mudanças de comportamentos. a realidade maior que não temos o alcance e a prontidão de ver o que dirá de entender. da. utilizará a teoria da transdisciplinaridade para fazer o sentido transversal do conhecimento dando vitalidade à unidade da ciência. .. o modo de conduzir a Terra enfim propõe um novo Homem. na sua complexidade e potencializarmos a nossa evolução em todos os sentidos da vida. dignidade da pessoa. R. Como nos diz Antonio Grimm “A filosofia espírita será sempre exlética. em que o eixo central será transcultural. A Doutrina dos Espíritos."19. em tudo que nos cerca e já devido à nossa prepotência e arrogância estamos nos colocando em risco de desaparecimento como espécie. sim. A transdisciplinaridade propõe abertura e amplidadão de análise. o crescimento pela liberdade consciente do conhecimento da eternidade. religião. de todas as religiões. não dicotomiza nada. segurança. esperança. 126 . de todas as sociedades. sempre fazer da junção de dois entendimentos. estaremos vivendo a transdisciplinaridade. 18 19 CRUZ. construirmos um novo e verdadeiro humanismo. tratar e respeitar o outro. que pesquisa. que não seja a simples soma e sim a exponenciação do entendimento. e transformarmos as relações humanas e as relações do homem com o meio. R. visão crítica do Universo. formas de ver e tratar o mundo. Devemos ainda. pela visão transdisciplinar. de busca de todas as inforamções. op. cit. discutindo-o e incorporando-o. que Antonio Grimm nos tem trazido com tanta insistência. “guias” . trazendo o livro para dentro da sala de aula. nas suas individualidades. e educando com base num pensamento transdisciplinar.. É assim que vai se manifestar a aurora de um novo e revolucionário conceito de humanismo. caridade. e citando-o novamente dizer “. busca um entendimento amplo de todos os processo e os envolvidos nas relações e nas cisas. que estuda. que nos fará no exercício de ser integrados ao mundo e aos outros. CRUZ. educação. Os espíritos manifestantes na casa espírita. de um novo conhecimento e da ação. maturidade. Portanto. que é a construção e a elaboração da teoria do Homem.".5 A abordagem transdisciplinar de um tema deve ser a mais ampla possível.. de dois posicionamentos algo maior. na Terra. em todo o Universo. fazermos a aceitação plena e total de todas as culturas. chamados orientadores. racionalidade crítica. a lógica do terceiro incluído. o Cosmo evolui incessantemente. nada está acabado. cit. fé no Creador. enfim de todos os homens. visitantes. em nós mesmos. tendo o humano como o epicentro de discussões dialéticas. sermos humildes para buscarmos sempre e não acharmos que sabemos tudo e tudo podemos. para assim operacionalizarmos a transdisciplinaridade.. Concluímos assim que toda a fundamentação do espiritismo nos remete a toda uma interconexão e a uma estruturação transdisciplinar alicerçando a Doutrina Espírita em termos transdisciplinares e exléticos. por fim fazendo a efetivação da preservação da vida como um todo. a realidade de cada um. principalmente no espiritual. impossível não buscar olhar os vários níveis de realidade. filosofia. promover a potencialização da evolução humana e promover a re-espiritualização da humanidade. pág. que significam respeito à vida. a forma de ver. nas suas singularidades. O trânsito mental se faz em todas as áreas. protetores. tenta. onde somos obrigados a considerar sempre a complexidade de todos os processos envolvidos em todos os quadrantes da vida e da humanidade. a lógica da eslética. Outrossim. um ponto de convergência do conhecimento. ainda engatinhamos no aprendizado do que existe no Universo. axiomas. 148. dentro de cada um . transcender a forma de buscar o conhecimento. em última análise. o Cosmo. sendo o espiritismo e a transdisciplinaridade cogentes e o caminho da evolução humana. como um todo integrado e podemos até dizer orgânico. a vida é processo.a transdiciplinaridade significa. Não sustentará nunca nenhuma exclusão de nenhum homem.