Unidade Baiana de Ensino, Pesquisa e Extensão

CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO

Carta de Controle para Variáveis

Unidade Baiana de Ensino, Pesquisa e Extensão

CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO
Carta de Controle para Variáveis: Variáveis são características mensuráveis, como por exemplo: Tempo de transmissão de um telegrama; Peso de um objeto; O tempo de atendimento de um pedido; Distância entre duas cidades, etc. As cartas para variáveis, mais especificamente, as cartas para X e R (média e amplitude) representam a aplicação clássica de controle de processo.

As variáveis podem ser usadas para monitorar a localização (X) e a dispersão (R). o custo total de amostragem pode ser menor. Quando se usa variáveis. Assim. o lapso de tempo entre a produção das peças e a ação corretiva pode ser encurtado. Como exigem uma amostragem pequena. Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Utilidades: Muitos processos têm características mensuráveis. . Contudo. Assim. Obter valor medido é mais caro do que simplesmente classificar uma peça como boa / ruim. Assim. as cartas de controle são quase sempre preparadas aos pares. a análise do desempenho do processo pode ser feita mesmo se todas as unidades estão dentro dos limites de especificação. as medições fornecem mais informações exigindo assim.Unidade Baiana de Ensino. Uma medição contém muito mais informação do que simples classificação da peça como “dentro ou fora de especificação”. há um amplo espaço para o uso das cartas por variáveis. uma amostra menor.

pessoas. . Assegurar suporte gerencial. Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Passos Iniciais para Implantação: Estabelecer um ambiente favorável à ação: Preparar as pessoas. Identificar as etapas do processo.Unidade Baiana de Ensino. procedimentos. Identificar os fornecedores e clientes. Definir responsáveis. Identificar os parâmetros do processo e as características de qualidade. matérias-primas e equipamento envolvido. Definir o processo: Entender o processo.

Identifique as características críticas para segurança / uso. Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Passos Iniciais para Implantação: Determinar as características a serem monitoradas: Enfatize o que é mais importante para o cliente. Sempre que possível. Estude possíveis correlações entre os parâmetros do processo e as características de qualidade. escolha monitorar parâmetros do processo e não características finais de qualidade. Identifique características com problemas crônicos.Unidade Baiana de Ensino. .

Identifique óbvias causas externas de variabilidade e elimine estas causas antes de iniciar o estudo.Unidade Baiana de Ensino. Como será a calibragem dos instrumentos. onde e com qual frequência. Como será o registro das informações. . Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Passos Iniciais para Implantação: Definir o sistema de medição: Qual a informação a coletar. Minimizar a variabilidade desnecessária. Qual a precisão necessária aos instrumentos de medição.

Passo 2: Cálculo dos limites de controle.Unidade Baiana de Ensino. . Passo 3: Interpretação do controle do processo. Passo 4: Interpretação da capacidade do processo. Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Desenvolvimento e Interpretação: Passo 1: Coleta de dados.

. Os subgrupos devem ser coletados a uma freqüência periódica.. ou 2 por lote. Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Para Média e Amplitude (Ẋ e R): Passo 1: Coleta de dados: Os dados devem ser coletados em pequenos subgrupos de tamanho constante. 1 subgrupo a cada 15 minutos. A frequência de amostragem deve ser definida de forma que exista uma chance potencial de mudança dos resultados de um subgrupo para o outro.Unidade Baiana de Ensino. As peças dentro de um subgrupo são produzidas em condições muito similares (variabilidade dentro de cada subgrupo será devido às causas comuns). 3 a 6 peças consecutivas formam um subgrupo. por exemplo. etc. Em geral. .

Unidade Baiana de Ensino. Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Desenho das Cartas de Controle (Ẋ e R): A planilha deve conter: Um cabeçalho para a completa identificação da característica que está sendo medida. Um quadro para anotações dos valores individuais medidos. A carta de amplitudes. A carta de médias. . espaço para cálculo da média e da amplitude de cada subgrupo.

Unidade Baiana de Ensino. Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Desenho das Cartas de Controle (Ẋ e R): .

Unidade Baiana de Ensino. . Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Cálculo dos Limites de Controle: Passo 2: Cálculo dos limites de controle: O cálculo preliminar dos limites de controle pode ser feito após a coleta de uns 20 ou 30 subgrupos sem indícios de uma situação fora do controle. Inicialmente calcula-se a amplitude média e a média do processo. Onde representam a média e a amplitude do subgrupo i.

D3 e A2 são constantes que dependem do tamanho da amostra: . Para amplitudes: Para médias: Onde D4. Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Cálculo dos Limites de Controle: Então. calcula-se os limites para cada carta.Unidade Baiana de Ensino.

8 + 0.6 LCI = 73.58 x 18.5 LCI = 0 x 18.7 = 39.7 = 63.8 R = 18.0.11 x 18.0 .Unidade Baiana de Ensino.8 .7 Amplitudes: LCS = 2.58 x 18. obteve-se: Ẋ = 73. e os limites de controle em linhas pontilhadas. Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Cálculo dos Limites de Controle: Os valores médios são plotados em linha cheia. Para o exemplo.7 = 0.7 = 84.0 Médias: LCS = 73.

Unidade Baiana de Ensino. Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Desenho das Cartas de Controle (Ẋ e R): .

Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Desenho das Cartas de Controle (Ẋ e R): .Unidade Baiana de Ensino.

Assim. verifique se não houve erro na plotagem do ponto ou problemas no sistema de medição. . a probabilidade de um ponto cair fora dos limites é muito pequena (< 1%).Unidade Baiana de Ensino. Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Cálculo dos Limites de Controle: Passo 3: Interpretação do controle do processo: Os limites de controle são calculados de forma que. pontos fora dos limites de controle são um forte indício da presença de causas especiais que devem ser investigadas e corrigidas. se não há causas especiais atuando. Antes de investigar uma causa especial.

Os resultados estatísticos dão partida para a tarefa de análise. mas a explicação do que está acontecendo reside no próprio processo e nas pessoas envolvidas. Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Detecção de Causas Especiais: Passo 3: Interpretação do controle do processo: Cada ponto fora do controle deve gerar uma análise das condições operacionais em busca da causa respectiva. A solução do problema é o passo mais difícil e que consome maior tempo. Problemas mais complexos podem exigir o uso de Projeto de Experimentos e outras ferramentas estatísticas mais poderosas. uma a uma. as causas especiais. intuição e experiência para gradualmente eliminar. É preciso paciência.Unidade Baiana de Ensino. . Técnicas de solução de problemas como a análise de Pareto ou os diagramas de causa e efeito podem ajudar na análise.

com redução da variabilidade. os limites de controle devem ser recalculados e. Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Reavaliação do Limites de Controle: Se ações de melhoria estão sendo tomadas. . as cartas de controle continuarão servindo como uma ferramenta eficaz na busca da melhoria contínua. o processo deve apresentar um desempenho mais consistente. Dessa forma.Unidade Baiana de Ensino. sempre que houver evidências para tanto. O controle estatístico do processo deve ser entendido como uma atividade dinâmica. estreitados. Assim. de tempos em tempos.

o resultado satisfaz às exigências dos clientes ? A avaliação da capacidade do processo (do inglês capability). a capacidade (ou capabilidade) está associada com as causas comuns de variação. ainda permanece a questão se o processo é ou não capaz. Assim. Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Capacidade / Capabilidade do Processo: Passo 4: Interpretação da capabilidade do processo: Definido que o processo está em controle estatístico.Unidade Baiana de Ensino. só inicia após a eliminação das causas especiais. Isto é. .

.Unidade Baiana de Ensino. Se as especificações de concentração forem 45± 4. encontre a percentagem de não conformes produzidos por este processo. caso necessário. revise o cálculo preliminar dos limites de controle. Pesquisa e Extensão CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO Carta de Controle para Variáveis – Exercício: Os dados a seguir são a média e a amplitude medida para amostras de 5 valores da concentração de um reagente químico após passar por um processo de filtragem: Desenhe as cartas de X e R para este processo. Indique se o processo está sob controle estatístico e.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful