You are on page 1of 12

Tutorial do VMware

Instale qualquer sistema operacional para PCs num HD virtual, rodando-o dentro de uma janela! Por Marcos Elias

Virtualização... Rode um sistema operacional dentro de outro. Dentro de uma janela. Benefícios disso? Muitos! Vou comentar um pouco sobre a virtualização e então mostrar um tutorial do VMware, um excelente software virtualizador. Já comentei várias vezes no meu site Explorando e Aprendendo sobre o uso de máquinas virtuais... Inicialmente usei e comentei sobre o programa Bochs, que tem versão para Windows e Linux, mas é muito lento. E criei uma interface gráfica para o QEMU for Windows, o Kemula. Hoje vou mostrar como usar o VMware, uma poderosa (e cara!) ferramenta de virtualização, com versão para Windows e Linux também. Não se assuste pelo "cara", você verá que é possível usar praticamente por tempo indeterminado, sem precisar pagar nada nem piratear. O que é uma máquina virtual? É uma... Máquina virtual! Um computador que existe, mas não existe... Enfim, uma máquina virtual é como se fosse um outro computador, dentro do seu. Com direito a HD virtual e tudo mais. Você cria um arquivo, um "HD falso", "HD virtual". Instala nele um sistema operacional qualquer, em teoria qualquer sistema para PC (Windows, Linux, DOS, BeOS, etc). E roda esse sistema numa janela! Isso é possível porque dá para emular muitas coisas via software. Um exemplo clássico são os emuladores de vídeogames de consoles antigos, que permitem rodar os jogos numa janela, jogos estes feitos para o console. É possível simular até mesmo processadores de outras arquiteturas, permitindo uma vasta diversidade de aplicações. A simulação é praticamente perfeita, salvo as limitações é claro. No caso dos PCs virtuais, você verá que é fascinante! O programa que gerencia a máquina virtual cria uma camada de software entre o hardware real e o sistema operacional no PC virtual. O sistema operacional na máquina virtual solicita e recebe informações de e para o hardware, e a máquina virtual cuida disso tudo (assim como numa máquina real o conjunto hardware + software da BIOS faz com o sistema operacional "real"). Normalmente o sistema virtual nunca tem acesso real ao seu hardware. A máquina virtual simula um processador, um HD, uma unidade de CD/DVD... O acesso a alguns dispositivos pode ficar um pouco prejudicado, mas visto a grande variedade de recursos que a virtualização pode oferecer, vale a pena. O que fazer com as máquinas virtuais? Você pode rodar mais sistemas ao mesmo tempo, no mesmo computador. Empresas de hospedagem de sites podem se beneficiar disso com os servidores virtuais: dedicam um servidor real para três ou quatro clientes, ou mais até, cada um com um sistema operacional diferente, por exemplo. É possível rodar o Windows dentro do Linux, o Linux dentro do Windows, etc. Fuçadores e geeks podem testar novos sistemas diretamente do ISO, sem precisar nem mesmo gravar um CD. Usuários de Windows podem acessar a Internet apenas por uma máquina virtual, assim evita-se vírus e malwares em geral no PC real. Seus arquivos ficam protegidos, pois a máquina virtual não tem acesso às suas pastas. Só ao HD virtual, que não passa de um arquivo no seu HD real. É como se ela ficasse numa "gaiola". No entanto, o VMware cria placas de rede virtuais, que permite que a máquina virtual faça parte da rede. Se você tem um computador só, não tem problema: o seu computador também recebe uma placa virtual, e é conectado a rede virtual com as máquinas virtuais. Expetacular! Você usa a rede normalmente, compartilhando pastas e recursos e acessando os computadores pelo "Meus locais de rede", tradicional "Ambiente de rede" no

você determina essa quantidade. o que faz com que o sistema virtual não perca tanto o desempenho.0. servidores. etc. os produtores do VMware sacaram logo isso e então eles mantém os dois domínios: www. por exemplo. em vez de gastar horas e mais horas em PCs cobaias até ter certeza de que funcionará como o esperado. Em termos de processador. até 1999. nem mesmo em dual-boot. e restaure da cópia . sistemas mais antigos.. considere no mínimo 128. para deixar 256 para a máquina virtual e 256 para seu PC real. mas é mais pesado. Falando em desempenho. 512 ou mais para usar com conforto (embora eu testo e fuço com 160 MB no meu bom. é bom preparar um computador potente em memória e processador. Uma idéia mais prática. por exemplo. Se você quiser baixar.. emulando PCs. É recomendável ter 256 MB de memória para testar.com e www. Uma verdadeira "restauração do sistema"! Existem diversos softwares que criam máquinas virtuais. apague-a.. Muita gente o chama de WMware (com "W"). Já para o 98/Me/2000. como o Windows 98 ou o próprio 2000. E você não perde nada.. Muitos de hoje até agüentam com 128 MB. ou para outra pasta do seu HD. A máquina virtual usa uma parte da memória. Não tem problema. Seria como obter o computador exatamente da forma como ele estava logo ao ser instalado. Se a máquina virtual pegar vírus ou ficar muito danificada. por uma simples confusão. 32 MB são aceitáveis (64 é melhor para poder abrir mais programas na máquina virtual). "IBM Compatível".. Seu sistema continua funcionando.podem testar suas aplicações em diversas plataformas (por exemplo.. com uns 2 ou 3 GB livres para uso no HD. Resultado: o sistema operacional na máquina virtual fica com um péssimo desempenho.. enfim. Na virtualização muitas tarefas são emuladas. E rápido. para não perder tempo. processadores baseados na arquitetura x86.. Copie a máquina virtual para um CD (geralmente compactada antes). Com o VMware. Qualquer um de cerca de 1 GHz com um bom cache L2 (um Pentium III por exemplo) pode se dar bem. Ao configurá-la.. e 256 para o XP. Criadores de vírus e spywares (porque não?!) podem testar suas pragas em máquinas virtuais. um software comercial e carinho por sinal. Desenvolvedores de software . normalmente se dão bem com 64 MB de RAM. Mas. pense em 256 MB para eles. e em muitos programas esse processo fica lento demais. velho e único Pentium II. Para rodar alguma distribuição de Linux já é bem mais variável. Aí você deveria ter pelo menos 512 MB de RAM. livre de qualquer problema. É recomendável usar o Windows 2000/XP no computador para rodar o VMware. O nome do programa é VMware (de Virtual Machine Ware).vmware.como eu . é muito eficiente.. os populares "computadores pessoais". Em outras palavras.com. que seria basicamente a mesma para rodar o sistema operacional escolhido numa máquina real. Mas mesmo assim sempre o desempenho da máquina virtual ficará um tanto menor do que seria se o sistema fosse rodado diretamente.. Dependendo do sistema que você quer ter no PC virtual. Deu pau na máquina virtual? Apague o arquivo dela! Pronto. Muitas vezes inaceitável. 266 MHz com Windows XP). mas grande parte dos recursos (especialmente os de gerenciamento de memória e processador) são repassados ao hardware real. muitas coisas são emuladas também. procure pela versão "Workstation" (a menos que entenda da versão Server).com o sistema já instalado.wmware. É um programa .. e na máquina virtual instalar uma versão mais leve. como se fosse toda a memória do PC virtual. simulam desktops. O VMware. no Windows XP e no 98). sem precisar manter máquinas separadas para isso. Para rodar o Windows NT 4.Windows 9x/NT4. mas os Linux estão cada vez mais pesados. O XP roda bem.

é claro. Irei mostrar os passos iniciais e básicos: como criar a máquina virtual. você não irá perder nada. Você pode instalar a versão de 30 dias. desde que haja . e então usar o player para rodá-la depois dos 30 dias. Todas as ações de formatação estarão sendo realizadas no HD virtual. portanto. que é gratuito e serve para executar as máquinas virtuais. configure.. criar sua máquina virtual e guardar uma cópia dela. Explorando você aprenderá. Depois de instalado. que não passa de um arquivo como qualquer outro .. gerenciá-la. Assim como você faria num computador real: dê boot pelo CD (ou disquete). Pode. mas não permite criá-las nem modificá-las. escolher "Abrir uma máquina virtual existente"..0): Na primeira vez. Vamos lá. Vá em "Iniciar > Programas > VMware" e escolha "VMware Workstation"... e você terá seu sistema virtual dentro de uma janela.grandinho. pelo tempo que quiser :) Não vamos nos deter muito com as diversas configurações do VMware. deve-se criar uma máquina virtual e instalar um sistema operacional nela. tem pra lá de 60 MB.vmx"). ou abrir o VMware. Veja a entrada dele (estou usando a versão 5. abra-o.. formate o HD e instale. Ele demora um pouquinho mesmo. instalar o sistema e darei algumas dicas. basta abrir o arquivo da máquina virtual (de extensão ". Ele possui o VMware Player. exibi-lo em tela cheia: a impressão é de que você está diante de um computador real! Enquanto isso os outros programas no seu computador "real" podem ficar abertos. Com o VMware instalado.não se assuste. e pode ser usado sem registro por 30 dias.

dispositivos. clique em Next. Clique em "New Virtual Machine". na tela de entrada do VMware. etc). Vamos criar uma máquina virtual. você deve selecionar as opções desejadas (tipo de computador. Surgirá um assistente. Ele armazena diversos arquivos numa pasta. E no final sua máquina virtual estará pronta.memória suficiente... Iniciado o Assistente. então você deve criar uma pasta para cada máquina virtual desejada. e então escolha o modo típico: .

o mais próximo possível. você pode escolher Linux aqui e instalar qualquer versão de Windows.Avançando. Isso não impõe limites. escolha o sistema que você pretende instalar na máquina virtual. por exemplo. . Escolher o sistema mais próximo do que será instalado faz com que o VMware otimize algumas coisas com base em características especiais desse sistema.

Como se estivesse numa rede de verdade. Digite ou selecione a pasta para armazenar os arquivos da máquina virtual. pode dar o nome do sistema que será instalado. então é bom escolher uma pasta vazia ou criar uma nova pasta só para isso.Avance e dê um nome para a máquina virtual. Por exemplo.. crie uma em "C:\MeuPCVirtual".. e funciona até mesmo em computadores SEM placa de rede! Você poderá compartilhar arquivos. para identificá-la facilmente. impressoras. Escolha então a opção NAT e avance: . Se você pretende criar mais de uma. Ao avançar. Vários arquivos serão criados. vamos aqui usar a opção NAT para a rede. Essa opção trabalha com uma rede virtual. Internet.

O VMware vai salvando os dados conforme forem sendo adicionados. É bom criar algo de 10 GB. Depois você poderá adicionar mais discos. E se você escolhesse a opção "Custom" (personalizada) em vez da típica. Virtual também :). escolha algo agradável ao que você pretende fazer. ele vai "crescendo" até a capacidade máxima.. não se preocupe (desde que o sistema que você pretende instalar suporte discos desse tamanho. O tamanho da pasta da máquina virtual não ficará prejudicado pelo tamanho que você escolher aqui: é apenas um limite. . poderia optar por simular um HD IDE (ATA/ATAPI) ou SCSI (MESMO se seu computador NÃO possuir controladora SCSI!). é claro). Se quiser pode colocar 160 GB. então um disco virtual de 40 GB ocupará poucos MB quando vazio. Ao instalar o sistema. a capacidade do disco virtual.Escolha agora o tamanho do disco rígido. copiar arquivos. 300 GB. no início do assistente. Como não será possível aumentar esse tamanho depois.. etc. 20 ou até mesmo 40.

nem mesmo alterar o setor de boot do seu HD de verdade. Você poderá. Após instalar. Insira o CD bootável (ou o disquete) do sistema que você pretende instalar. "host" é o seu PC real. quando quiser. não se preocupe com isso. A partir desse momento. O padrão é ele redimensionar a sua resolução para acomodar a da máquina virtual. CD e depois pelo HD. o que roda o VMware. E agora vamos instalar o sistema. é como se você estivesse diante de um computador novo. Dica: para alternar entre tela cheia e janela. e na guia "Display". o VMware exibe a máquina virtual dentro de uma janela. exibi-la em tela cheia. Só para entender. O melhor normalmente é fazer o contrário. Você precisa instalar o sistema operacional e então "ligar" a máquina virtual quando quiser! Por padrão. retire o CD ou o disquete de boot. Se seu sistema host exibir o conteúdo do CD. Para ligar o computador virtual clique no botão "Power On". o que você digitar será enviado para o . tecle CTRL + ALT + ENTER. com o HD não particionado nem formatado. você poderá usar resoluções maiores (aparecerão barras de rolagem na tela). Você não vai perder NADA. mas deixe o CD na bandeja. Aí. você deve clicar com o mouse uma vez dentro dela. A máquina virtual estará criada. A resolução de vídeo da máquina virtual será limitada pela resolução do seu sistema real. cancele ou feche. é com você: instale e formate como preferir! A formatação será no HD virtual. recomendo alterar uma opção do VMware. Dê OK. e "guest" é o sistema virtual. marque a opção "Resize guest".Clique então em "Concluir". então vá ao menu "Edit > Preferences". Antes de começar. para que o sistema não inicialize pelo disco novamente :) IMPORTANTE: para que o teclado seja usado na máquina virtual. Dentro da janela. e poderá ser usada. Ele tentará dar boot pelo disquete. após instalar os drivers da placa de vídeo virtual do VMware. no entanto. ele tem o intuitivo ícone de um botão do tipo "Play". A partir daí.

onde deve-se teclar essa combinação para poder digitar a senha. tecle CTRL + ALT (CTRL junto com ALT). ao teclar CTRL + ALT + DEL na máquina virtual. É bom saber que. Isso pode ser importante para se logar no Windows NT ou nas versões de servidor. na máquina virtual rodando sob o host Windows XP: Agora olhe ele já iniciado e funcionando plenamente: .sistema virtual. clique dentro da tela do sistema virtual. Por isso. o sistema host poderá responder. o VMware recomenda teclar CTRL + ALT + INSERT. Para soltar o mouse e retornar o teclado ao seu computador real. e o mouse ficará "preso" na janela da máquina virtual. Veja o Windows NT 4. pois o Windows sempre interfere ao receber esse comando (e abre o Gerenciador de tarefas ou a janela Segurança do Windows). e ele enviará o CTRL + ALT + DEL para a máquina virtual.0 inicializando. Toda vez que você for usar o teclado na máquina virtual faça isso.

ainda será necessário clicar na máquina virtual. ao instalar os drivers isso tudo passa. etc). a placa de vídeo. basta instalar e depois reiniciar o PC virtual. Ele simulará a inserção de um CD com os drivers na máquina virtual. o mouse. Isso deve ser feito . no Windows). o Windows 3. clique no botão "Power off". que estou usando. Isso inclui as placas de rede. não se preocupe. Para forçar um desligamento. a unidade de CD e então execute o instalador. Com o sistema virtual iniciado e pronto para uso. no entanto.O sistema "host" aqui é o Windows XP. Portanto se você achou a instalação do sistema. E não precisará mais teclar CTRL + ALT para soltá-lo também. e o NT na máquina virtual é o "guest". mas muito inteligente: o mouse. e a resolução de vídeo será o padrão VGA (640 x 480 pixels x 16 cores.11. Se o auto-run não iniciar (o que volta e meia acontece no Windows). bastará passar o mouse por cima da tela. Como instalar esses drivers? O VMware possui o pacote "VMware Tools". os drivers para eles deverão estar instalados. e automaticamente. seja ele qual for. O auto-run do Windows exibirá o instalador. o mouse virtual será usado. no computador virtual. Após instalar os drivers do VMware no sistema virtual. o quadradinho vermelho. da janela do VMware. Ao rodar o Windows na máquina virtual. com algumas ferramentas para isso. a instalação é muito fácil. use os meios normais. ou a movimentação das janelas na máquina virtual lentos demais. e um driver "bobo". Ele deverá ser usado também ao desligar os sistemas que não detectarem a fonte ATX (he he como o DOS. o desempenho gráfico será desastroso. O VMware cria uma máquina virtual com peças "próprias". assim como num sistema real. no entanto. clique no menu "VM > Install VMware Tools". Sem instalar os drivers. Para digitar. na barra de ferramentas do VMware equivale mais ou menos a meter o dedo no botão rs. claro). Desligar" (no caso do Windows. abra o "Meu computador". clique em "Iniciar. Para desligar. o que garante um alto desempenho. Para que estes dispositivos sejam usados com todos os seus recursos. não há problema. visto a grande ligação dos mecanismos do VMware com o sistema operacional. será só mover o mouse para fora. você poderá usar o mouse no computador virtual sem precisar clicar.

0 Service Pack 0". por ser um tutorial para iniciantes no VMware. Se você usou o NAT. Entenda esse "alterá-las" como mexer no hardware: você não poderá adicionar HDs virtuais. com e sem o VMware Tools. GRATUITO. ao ligar a máquina virtual. A versão "Player" não edita os arquivos. como adicionar discos rígidos. que o VMware cuida de tudo.com/download/player. por exemplo. como o Windows 3. E você perceberá a mudança. É um programa que permite rodar as máquinas virtuais criadas com o VMware. Você só não poderá alterar os componentes da máquina.11 ou o Windows NT 4.0 sem os Service Packs mais recentes. após a instalação do VMware. instalar qualquer coisa nele. crie quantas máquinas virtuais você quiser. SEM PRECISAR COMPRAR O VMWARE O VMware player pode ser baixado em: http://www. USE O VMWARE PLAYER. mas sem mexer dentro do mesmo. Basta você configurar a máquina virtual para obter as configurações via DHCP. prefira deixar o tema clássico do Windows. não se preocupe. é bom fazer backup da pasta da máquina virtual.inf" na máquina virtual. O básico é isso. Limpe os temporários. Nestes casos o desempenho ficará um pouco prejudicado. fisicamente. Se usar o Windows XP. sem se preocupar com licenciamento ou com os 30 dias.. Bastará compartilhar pastas ou arquivos. o autologon ativado. e então indicando a localização dos arquivos ". É sempre recomendável fazer de tudo para melhorar o desempenho no sistema virtual. e nos primeiros 30 dias de uso. muito provavelmente o Windows 2000. É mais ou menos como se você pudesse usar um computador. etc. nem configurar algumas coisas da máquina virtual. para sempre. Extraindo os arquivos do VMware Tools. desative efeitos visuais. apesar de não ser possível instalar o VMware Tools no "Windows NT 4. essas configurações de software. Mas lembre-se que você pode instalar qualquer outro. sem alterá-las. caso precise recuperá-la depois sem precisar reinstalar o sistema. inclusive formatar o HD. Na listagem das placas de rede do sistema real você pode ver que seu computador "ganhou" pelo menos duas placas de rede. o VMware pode reclamar que não há memória para rodar a máquina. estarão lá. As máquinas virtuais do VMware têm até SETUP! Você poderá configurá-lo. IMPORTANTE: Dependendo da quantidade de memória do seu computador. depois é só iniciar o sistema normalmente. por ser tão estável quanto e mais leve que o XP. em qualquer uma das máquinas que a outra detectará . Não vou abordar a configuração da rede aqui.. mas você pode facilmente alterar a quantidade de . tudo funcionará. XP ou superior irá detectar a placa de rede e fazer a configuração automaticamente.. ou até mesmo a conexão com a Internet. Depois de instalar o sistema virtual. Ao gravar arquivos no HD virtual eles não serão perdidos. alterar a ordem do boot. o cache das DLLs do Windows na máquina virtual. Note que alguns sistemas mais antigos não suportarão isso.. O VMware Player não chega a ser "tão" limitante assim :) Baixe o VMware e o VMware player. O mouse e o vídeo funcionaram sem problemas :). Elas aparecem também na guia "Rede" do gerenciador de tarefas do Windows XP.como se fossem mesmo computadores reais! Se o Windows pedir senha ao tentar acessar a rede. e não permite criar novas máquinas. Dica ++: no Windows NT eu instalei os drivers da placa de vídeo e do mouse virtuais..apenas na primeira vez. de preferência já instale o VMware Tools.vmware. forneça um nome de usuário e senha com direitos de acesso ao recurso compartilhado no computador.. e ainda roda diversos programas recentes. Recomendo instalar o Windows 2000 na máquina virtual. Depois basta iniciar o player e rodar a máquina virtual. Com o NAT o VMware cria uma rede virtual entre seu computador e a máquina virtual.

Com menos de 256 MB no PC real. e altere a quarta linha. dificilmente ele deixará rodar a máquina virtual com 128. o Windows 3.11. experimente deixar apenas 32 MB de memória para o PC virtual e rode nele então o Windows 95. Abra o arquivo da máquina virtual. como o Mep Texto ou o próprio Bloco de notas. de extensão ". e assim obter mais espaço. você pode clicar com o botão direito na barra de título do VMware e escolher "Hide controls". para ocultar a barra de ferramentas e de menus do VMware.0 ou melhor ainda. ele evita ao máximo usar o arquivo de paginação para não prejudicar o desempenho. NT 4. que exibe as barras.vmx" num editor de textos puro qualquer. Bom trabalho e/ou divertimento! Marcos Elias 2006-09-26 Atualizado em 2006-10-14 . Clicando novamente você terá a opção "Show controls".vmx" num editor de textos puro.memória editando o arquivo de extensão ". Se seu computador tem menos de 256 MB. onde está: memsize = "128" Basta deixar com o valor desejado entre aspas e salvar o arquivo. Dica ++: ao rodar a máquina virtual.