You are on page 1of 5

È o estudo radiológico contrastado do intestino grosso e requer um preparo intestinal prévio sob critério médico, variando de paciente para

paciente (de acordo com a função intestinal de cada indivíduo). Realiza-se uma radiografia piloto (Simples de Abdômen), caso o preparo não seja satisfatório, é aconselhável suspender a realização do exame, exceto a critério médico. Sendo o preparo intestinal adequado: * Deve-se realizar a passagem de sonda retal, através da qual será injetada uma substância radiopaca positiva, não hidrossolúvel (sulfato de bário ), diluída em água ou soro fisiológico na proporção aproximada de 80% bário e 20% água: * O meio de contraste, injetado via retrógrada no intestino grosso, deve atingir até a região do ceco (acompanhar através de escopia, ou monitoração TV) * Retira-se o excesso de contraste positivo e injeta-se aproximadamente 200 cc de ar (contraste negativo - duplo contraste ) até causar um enchimento das alças intestinais (distençao). Este duplo contraste é conhecido como prova de Fischer. Ao retirar a sonda reta, radiograva-se o paciente em: * Decúbito ventral (abdômen panorâmico); * Decúbito dorsal (abdômen panorâmico); * Oblíqua anterior esquerda (flexura esplênica); * Oblíqua anterior direita (flexura hepática); * Perfil de reto; * Projeções axial de sínfise púbica, chassard-lapné e decúbitos com raios horizontais, são realizados à critério médico. * Pacientes em casos pós-operatório e com bolsas de colostomia, podem se submeter ao exame, sendo realizado via fistula da colostomia, este tipo de exame denomina-se Fistulografia Intestinal. Enema em criança não insufla-se ar, o contraste progredi até onde for possível, a medida em que progredi vai radiografando-se.

Antes da realização do exame é de fundamental impõrtancia que o téc. rx explique como sera realizado o exame para a paciente.

O exame inicia-se realizando uma radiografia piloto (simples) da região do abdomem.

Após a realização da radiografia piloto. A infusão do meio de contraste deve ser acompanhado através de scopia. Após injetar o ar deve-se retirar a sonda e começar a realizar as radiografias. o técnico de raios-x deve tirar o excesso e injetar cerca de 200 cc de ar (contraste negativo) até causar uma distenção (enchimento) das alças intestinais. A sonda retal deve ser introduzida com o máximo cuidado para não machucar o paciente. para se introduzir a sonda retal. Após o contraste ter percorrido toda a extensão do intestino grosso. . coloca-se a paciente na posição de sims (obliqua).

dorsal. Radiografia panorâmica do abdomem em dec. ventral. Radiografar perfil de reto.Radiografia panorâmica do abdomem em dec. .

. Obliqua anterior direita para visualizar ângulo hepático.Obliqua anterior esquerda para visualizar ângulo esplênico.

PLAYMAGEM. Siqueira .Marcelo O. Anhê .Todos os direitos reservados .Contatos (011) 6848-2820/ 9389-0174 Responsaveis: André F.Incidência de chassard-lapne.