EXERCÍCIOS: Verificar a diluição máxima de um esgoto em um curso d'agua, que contém 9 mg/L de oxigênio dissolvido.

DBO de esgoto = 300 mg/ l; rio O2 = 9 mg/ l. SOLUÇÃO: Dividindo 300 ; 9 = 33 litros logo, para cada litro de esgoto despejado neste rio, precisamos de 33 litros de água para fornecer o oxigênio e ficará sem ele. CONLCUSÃO: Se a relação entre as vazões dos esgotos e do rio não for superior a 1:33, não haverá O2 dissolvido. Logo, não haverá vida. Como evitar: a) Diminuir a vazão do esgoto. b) Aumentar a vazão do rio. c) Tratar o esgoto. d) Intensificar a aeração etc. 2º PARTE: Considerando que, se na cidade houvesse uma usina de álcool cuja produção fosse 10 ton/dia, calcule a vazão necessária levando-se em conta que, para cada litro de álcool produzido, a indústria exige 80 litros de água. 10.000 x 80 = 800.000l /dia 4.3. Determinar um pré-filtro para uma vazão 80 l /s. SOLUÇÃO: 1) Vazão a captar Q = K Q' = 1,5 x 0,80 = 0,12 m3/s 2) Vazão por furo qf = Cd S (2 gh)1/2 = 0,61 x 0,000127 (2 x 9,81 x 0,4)1/2 qf = 0,000217 m3/s. 3) Furos necessários 555 0,000217 0,120 = N = Q = = 4) N.º furo / ml. Sendo e = 0,1 m e f = 6. 91 60 10,0 6 100 e f 100 M= ´ = ´ = 5) Comprimento do tubo 9,4m 60 555 m N L = = = 6) Vazão coletada pelos drenos Qf = L ´m´ qf = 3 ´ 5 ´ 60 ´ 0,000217 = 0,195m3/s 7) tubo Q 0,065m3/s 3 0,195 m Qf QT = = = 8) f pela fórmula de BAZIN D 200mm e V 2,12m/s I 0,035 declividade Qt 0,065m3/s

= = = = = 9) Planta Área = 5 x 3 = 15 m2 3 m 5m 10) Taxa de filtração 1.60 arbitrado .400 Sf Q Tf = ´ = = ´ 11) Espessura da camada H= 0.195 86.120m3/m2 dia 15 0.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful