Prof.

Hamurabi Messeder

Aula 02 Avaliação
UnB / CESPE – CHESF Concurso Público – Aplicação: 26/5/2002 Cargo: Técnico de Nível Universitário A / Função: Analista de Recursos Humanos – Pedagogia – 1 / 14 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 01) Segundo I. Chiavenato (op.cit.), o levantamento de necessidades de treinamento é uma forma de diagnóstico e, como tal, deve basear-se em informações relevantes. Nesse aspecto, os principais meios utilizados para o levantamento de necessidades de treinamento não incluem: A) avaliações do desempenho dos trabalhadores. B) solicitações de supervisores e gerentes. C) percepções isoladas dos trabalhadores. D) reuniões e discussões interdepartamentais. E) relatórios periódicos da empresa ou de produção. Gabarito: ( C ) 02- Os processos de avaliação na esfera profissional tornaram-se recorrentes na atualidade. As avaliações são constatações que retratam os momentos, mostrando o comportamento do indivíduo em situação de trabalho, mas que podem servir para planejamentos futuros. Nessa perspectiva, não constitui objetivo da avaliação de desempenho: A) ajudar o trabalhador a conhecer-se e valorizar-se mais adequadamente. B) orientar convenientemente o trabalhador, em função de suas aptidões, habilidades e interesses. C) subsidiar a empresa com informações a respeito dos trabalhadores que justifiquem as demissões realizadas. D) levantar novas necessidades de treinamento(s) ou de aprimoramento(s), além do(s) já oferecido(s).

E) planejar para o futuro, conforme os fatos observados e levados ao conhecimento da administração gerencial. Gabarito: ( C ) TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO Concurso Público para provimento de cargos de Analista Judiciário Pedagogo FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS Maio/2007

03) Pode-se afirmar que uma avaliação educacional foi adequada, se as estratégias adotadas referiam-se, sempre, (A) aos objetivos educacionais propostos. (B) aos instrumentos e técnicas adotadas no processo. (C) às etapas escolhidas para essa realização. (D) ao número de alunos reprovados e aprovados, ao final de cada etapa da aprendizagem. (E) ao número de respostas corretas aos diferentes itens da avaliação de múltipla escolha. Gabarito: ( A ) 04) A avaliação, entendida como um processo, tem por objetivo melhorar a ação educativa e não, apenas, medir resultados (...) Ninguém melhor do que os próprios envolvidos para dizer o que precisa ser mudado e como isto pode ser feito. Ou seja, os procedimentos utilizados em uma avaliação devem ser próprios à proposta educativa, considerando, portanto suas especificidades. Uma proposta de auto-avaliação, num projeto educativo, tem como pressuposto: (A) ser a alternativa de avaliar a prática educativa quando não há realização de provas. (B) a crença na capacidade do grupo de resolver seus próprios problemas. (C) ser a única possibilidade de avaliar a aprendizagem, quando não há exigência de notas e controles externos pelo sistema de ensino. Pág i a n

www.professorhamurabi.org

(E) a não necessidade de quantificar conhecimentos aprendidos e. c) organizar os estímulos com os quais o aluno entrará em contato para aprender. um elemento fundamental à produção de conhecimento pelo ser humano. (E) o momento em que a comunidade interfere no processo ensino-aprendizagem a fim de torná-lo uniforme e eficaz. b) a opção epistemológica está em corrigir ou refletir sobre a tarefa do aluno. uma vez que seu conhecimento vem dos objetos.A avaliação. para observar passo a passo seus resultados individuais. Nesse sentido. como parte integrante e intrínseca do processo educacional. 67). p. Gabarito: ( A ) PREFEITURA MUNICIPAL DE BETIM 2007 06) “As questões e considerações sobre a avaliação da aprendizagem pretendem. d) o aluno é considerado um receptor passivo dos conteúdos que o docente sistematiza. em todos os momentos possíveis. professor e aluno buscando coordenar seus pontos de vista. sim. podemos considerar que a avaliação mediadora diz respeito à concepção de que: da no os a a) o erro é fecundo e positivo. Gabarito: ( A ) 07) Ao caracterizar a perspectiva da ação avaliativa como uma das mediações pelas quais o professor encoraja a reorganização do saber. Ou seja. Hamurabi Messeder (D) a negação da participação autoritária Coordenação do Projeto acompanhamento educativo. Gabarito: ( B ) ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO PSICOPEDAGOGO Estado do Amapá Prefeitura Municipal de Santana 2007 05. suas falhas. A partir da abordagem da autora. formação geral realizada. d) dialogar. 1991. a partir de um atendimento que se processaria individualmente e através de uma comunicação verbal por meio de Pág i a n www. Uma relação que ainda não percebo em sua total complexidade. c) a correção da produção de conhecimento do aluno o leva à superação da dificuldade.Prof. delinear uma investigação que julgo necessária. Hoffmann (1991) destaca a importância da reciprocidade intelectual entre os elementos da ação educativa.org . Exige aprofundamento em teorias do conhecimento e nas diferentes áreas do saber. deve ser compreendida como: (A) um conjunto de atuações que tem a função de alimentar. e se organizar na tarefa de aprender. Gabarito: ( D ) 08) A perspectiva de avaliação mediadora é considerada pelos professores uma prática impossível. ao enriquecimento do saber. que é refletir em conjunto sobre o objeto de conhecimento. (C) um instrumento para o aluno tomar consciência de suas conquistas. justamente. sustentar e orientar a intervenção pedagógica. dificuldades e possibilidades. mas que se refere essencialmente ao descrédito que se estabelece quanto a uma perspectiva de avaliação mediadora devido à postura conservadora dos educadores” (HOFFMANN. corrigir para ver se ele aprendeu. despertando o interesse e a atenção pelo conteúdo a ser transmitido. PORQUE tal perspectiva exigiria deles uma relação intensa em tempo com seus alunos e direta. ou difícil. (D) o momento que permite à escola definir prioridades e localizar as ações educacionais que demandam maior apoio.professorhamurabi. (B) os elementos que subsidiam o professor para uma reflexão contínua sobre sua prática e na criação de novos instrumentos de trabalho. podemos afirmar que a avaliação mediadora pressupõe: a) conversar com os alunos. seus argumentos incompletos e inconsistentes não são considerados senão algo indesejável e digno de um dado de reprovação. b) acompanhar os alunos.

com a qual não se pretende medir os conhecimentos do aluno. mas que reagem e participam das decisões que são adotadas e que lhes afetam. Hamurabi Messeder explicações. b) tradicional. A técnica de aferição é a auto-avaliação. Como parte do processo de ensino-aprendizagem. a qual trabalha com as contradições. de vivência social do aluno e úteis à sociedade. mas avaliar o processo de aprendizagem . A escola descrita acima é a) revisionista. (C) Democrática. A nota classificava o “bom” e o “mau” aluno.professorhamurabi. procurando desenvolver saberes e competências para resolver situaçõesproblema simples ou complexas. por alguns identificada como garantia de um ensino de qualidade. Segundo Juan Manuel Alvarez Mendes (2002) a avaliação que faz alusão à necessária participação de todos os sujeitos que se vêem afetados. Os conteúdos devem ser concretos. devemos considerar o erro como algo construtivo. Gabarito: ( C ) UNIFAP/DEPSEC Concurso Público da Prefeitura Municipal de Macapá 2004 11) A avaliação está presente em toda a vida escolar. ela se torna relevante quando apreendida no contexto escolar em que ocorre. d) As duas afirmações são verdadeiras e a segunda não justifica a primeira. encaminhamentos. Hoje. o diálogo e a exposição são as que mais se aproximam das divergências concretosociais dos alunos. (C) quantificar os erros cometidos. c) progressista. (D) Classificatória. (B) Diagnóstica. procedendo. O professor é um orientador no processo educativo.Prof. o procedimento que pode levar o educador a atingir esses objetivos é: (A) repetir as tarefas e utilizar os mesmos recursos a fim de oferecer mais uma oportunidade de revisão do erro. 01/2006 Cargo: Técnico de Nível Universitário Função: Técnico de Nível Universitário I (Pedagogo) 10) A metodologia mais adequada a essa escola é a chamada Pedagogia do Conflito. Pág i a n A opção CORRETA é: a) A primeira afirmação é verdadeira e a segunda é falsa. determinando atenção naqueles em que o erro foi verificado. Assim. Neste sentido. com ele. Gabarito: ( D ) GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO AUDITOR GERAL DO ESTADO SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA SECRETÁRIO DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL . (E) estimular a repetição de exercícios.CONCURSO PÚBLICO No. não como meros expectadores ou sujeitos passivos “que respondem”.org . principalmente professor e aluno. c) As duas afirmações são verdadeiras e a segunda justifica a primeira. Gabarito: ( B ) www. Como técnicas de ensino. o autor está referindo-se à avaliação: (A) Somática. objetivando que esta correção seja por ele posteriormente analisada. orientações e Banca – CONESUL/ CERON . a divergência. e) bancária. além de marcar as práticas pedagógicas e as relações sociais.Pedagogo 2006 09) O sistema de avaliação proposto pela LDB 9394/96. (D) recolher e corrigir o material do aluno. d) comportamental. o caminho que o levou a cometer o erro. determinar os mais freqüentes e propor exercícios complementares. b) A primeira afirmação é falsa e a segunda é verdadeira. problematiza a avaliação classificatória. (B) buscar a origem do erro cometido pelo aluno.

observação e fichas. corresponde às seguintes tarefas. Gabarito: ( D ) 14) Constituem-se procedimentos auxiliares da avaliação escolar: A) Questões de identificação. A fim de minorar a subjetividade destas avaliações. assim. D) o quantum de conhecimentos memorizados pelos alunos após as aulas.1979) Considerada. entre o que desejamos ser e o que estamos sendo.Prof. Hamurabi Messeder (E) Formativa e somativa. seja ele visto pelos responsáveis pelo sistema inteiro de educação. . Localização das necessidades (aquilo que falta em cada aspecto relevante analisado) para que a escola possa ter o que deseja. que é um processo contínuo e racional.professorhamurabi. Gabarito: ( C ) FUMARC 2005 Pedagogo MPE MG 15) O diagnóstico no sentido mais preciso de localização das necessidades da instituição. b) c) d) Gabarito: ( D ) Associação Educacional Dom Bosco Prefeitura Municipal de Itatiaia Pedagogo (OE) 2007 16) “ Nossa vida depende sempre de avaliações.org E) Provas orais. O julgamento que é o confronto entre o ideal e o real.CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA/RJ CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 001/2006. Cada vez que temos de decidir.2004 PEDAGOGO-SUPERVISÃO EDUCACIONAL 12) A avaliação do processo de ensinoaprendizagem. a partir do conteúdo estudado. desafios. a avaliação.” (Bauzer. dentro dos novos parâmetros educacionais. D) Provas escritas.. C) o quantitativo na aquisição de conteúdos programáticos pelos discentes. 002/2006 e 003/2006 CONSULPLAN CONSULTORIA LTDA 13) A avaliação escolar numa perspectiva atual deverá ser vista como: A) Ato de aplicar provas. a partir da análise da realidade e/ou do confronto com um parâmetro aceito como válido. B) a quantidade de conteúdos apreendidos pelos alunos em sala de aula. D) Parte integrante do processo de ensino e aprendizagem. Medida e avaliação estão presentes em todo o processo educacional. B) Atribuir notas aos alunos. pontos de apoio para o processo de mudança. www. B) Questões de ordenação. Gabarito: ( C ) UFPE.. E) Selecionar os melhores alunos. C) Entrevista. na sala de aula. tem as seguintes etapas: I. C) Classificar os alunos. precisamos avaliar qual dos caminhos será melhor para o que pretendemos.COVEST .diagnóstico da situação II. Gabarito: ( A ) CONCURSO PÚBLICO CEFET .apreciação do plano preparado para influir na situação encontrada Pág i a n .. EXCETO: a) O conhecimento da realidade pela pesquisa e análise dos dados relacionados aos problemas. recomenda-se baseá-las em medidas. Percepção dos problemas mais próximos alienando a visão de totalidade. tem por objetivo verificar: A) a qualidade da reelaboração e produção de conhecimentos empreendida por cada aluno. seja ele encarado de perto. E) a soma dos conteúdos atemporais assimilados e reproduzidos pelos alunos durante o processo pedagógico.

em que se experimenta colocar-se no lugar do outro.exercício com normas pré-estabelecidas e de concordância comum. em contexto de competição. (E) Dramatização.Consultoria Técnica Municipal Ltda. o ensino que ministramos. III e IV (E) II.org Pág i a n . jogo. exposição oral. a descrição da técnica à denominação apresentada nas opções que se seguem. foi elencada uma série de técnicas grupais que visavam ao alcance dos objetivos propostos. (D) competência técnico-metodológica. também estamos avaliando. proporcionando legitimidade política ao processo. com ênfase em critérios operacionais. II e IV (D) I. simulação. Associe corretamente. L . II e III (B) I. estudo de caso.assunção de papéis com base no cotidiano de indivíduos ou grupos. tendo em vista o posicionamento da instituição no contexto do mercado. empatia. palestra. não pode e nem deve ser concebida à margem da avaliação da aprendizagem.acompanhamento da execução projeto IV. enquanto capacidade de fazer o máximo usando um mínimo de recursos. II.Assinale a alternativa INCORRETA: a) Quando avaliamos as aprendizagens realizadas por nossos alunos. reflexão grupal. com limite de tempo e espaço. Hamurabi Messeder III. como projeto desejado por seus membros. (D) Simulação. a partir de critérios técnicos. (B) eficiência. sensibilização. composta de dezenas de colaboradores. b) Em sentido estrito. estudo de caso. K . d) A avaliação do ensino é um exercício mais ou menos formal que permite tomar decisões de promoção e atribuição de créditos.Prof. M . queiramos ou não. preleção. cotidianas ou eventuais. III e IV Gabarito: ( B ) Gabarito: ( E ) CONSULT . mas também dos processos de ensino e aprendizagem. a avaliação nunca é do ensino ou da aprendizagem. www. como finalidade maior do processo avaliativo para a sua legitimação.atividade que trabalha o aspecto lúdico em conjunto com a teatralização de temas diversos e conflitivos. debate. na ordem respectiva. CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL Prefeitura de Nova serrana MG 2007 PROVA PARA PEDAGOGO II 17 .análise de situações-problema reais ou hipotéticas.No planejamento de um seminário de avaliação em certa organização. (A) Jogo dramático. c) A avaliação do ensino.crítica dos resultados São verdadeiras as afirmativas: (A) I.professorhamurabi. vivência. (E) adesão voluntária. numa perspectiva de mudança e de aperfeiçoamento. Gabarito: ( E ) ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO Edital nº 10/2007 – GS/SEED do (C) eficácia. tempestade de idéias. Pedagogo Júnior 2006 TRANSPETRO CESGRANRIO CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 18) As organizações de aprendizagem são abertas à freqüente avaliação institucional que. aquecimento. (C) Psicodrama. dinâmica. baseada em concepções crítico-sociais. como capacidade de atingir os objetivos e as metas traçadas. Gabarito: ( D ) 19. III e IV (C) I. tem como um de seus princípios: (A) identificação de mérito. (B) Jogo. N . As descrições das técnicas escolhidas encontram-se a seguir.

e) Somente as afirmativas 1. são capazes de aprender: não possuem deficiências lingüísticas ou culturais. 5. em sua maior parte expostos a processos de exclusão social. 2. F – F – F – V – V. Tem caráter classificatório. Gabarito: ( E ) Gabarito: ( A ) 21 .org Pág i a n . 3 e 4 verdadeiras. V – V – F – V – V. ( ) O Planejamento (processo coletivo de discussão do trabalho pedagógico) e o Plano (registro objetivo do que será desenvolvido) são algumas das condições necessárias da prática docente. através de instrumentos que expressem o estado de aprendizagem do aluno. de cima para baixo. formativa e somativa.professorhamurabi. 4 e 5 verdadeiras. 3. b) Somente as afirmativas 3. 1 – 2 – 3 – 4. As informações da avaliação propiciam o redimensionamento da ação pedagógica e educativa. 4. ou seja. somativo. com o objetivo de certificação. F – F – V – V – V. o Ensino Fundamental passa de 8 para 9 anos de duração. ( ) Dimensão Formativa ou Continuada ( ) Portfólio ( ) Dimensão Técnica ou Burocrática ( ) Diagnóstico Assinale a alternativa que apresenta a numeração correta da coluna direita. a) Somente as afirmativas 1. d) Somente as afirmativas 2. 1. Assinale a alternativa que apresenta a seqüência correta. ( ) A avaliação visa não apenas rotular os alunos (fortes. 3 – 4 – 2 – 1.Segundo os princípios da avaliação da aprendizagem. 2 e 3 verdadeiras. ( ) A avaliação na escola é uma mera formalidade burocrática. 3 – 1 – 2 – 4. a) b) c) d) e) F – V – F – V – V. Organiza e arquiva registros das aprendizagens dos alunos. Gabarito: ( C ) 22 . 3. c) Somente as afirmativas 2.PROFESSOR PEDAGOGO 20 . A avaliação tem função diagnóstica. 4 e 5 verdadeiras. 2 – 3 – 1 – 4. de cima para baixo. A avaliação é um processo contínuo. Assinale a alternativa correta. sinalizadora do patamar de aprendizagens consolidadas pelo aluno e de suas dificuldades ao longo do trabalho. 3. médios ou fracos). descritiva e qualitativa. reencaminhar o ensino para que o aluno aprenda. Tem função processual. controlador. A avaliação da aprendizagem é mera exigência burocrática da escola. selecionados por eles próprios. tendo em vista objetivos e capacidades que se pretende avaliar. V – F – V – F – F.Considere as seguintes afirmativas: 1. ( ) Por determinação federal.Prof. são são são são são www. A avaliação possibilita avançar no entendimento e desenvolvimento do processo de aprendizagem. traduz-se em registros quantitativos e medidas de produtos definidores da promoção ou reprovação dos alunos. 2. Coleta dados relevantes. 4. 2. 4 e 5 verdadeiras. com intenção de fornecer uma síntese de seu percurso ou trajetória de aprendizagem. Hamurabi Messeder Prova – 25/11/2007 . mas fundamentalmente poder intervir no processo. a) b) c) d) e) 4 – 3 – 2 – 1.Assinale V (verdadeiro) ou F (falso) para as seguintes afirmativas: ( ) É preciso que os professores se conscientizem de que os alunos das escolas públicas. numere a coluna da direita de acordo com sua correspondência com a da esquerda.

mais resistente e mais flexível e passe a privilegiar os princípios da ludicidade e da criatividade. Luckesi. As médias são médias entre números e não expressões de aprendizagem bem ou malsucedidas. (E) veja de outra maneira a formação do aluno mais forte. a avaliação do aproveitamento escolar constitui tarefa permanente. B.] independência do processo ensino-aprendizagem. Definir critérios para determinar a aprovação ou a reprovação dos alunos. mais resistente e mais flexível. (B) tome como referência os aspectos biológicos do desenvolvimento humano. Contínua. Gabarito: ( C ) 25. Gabarito: ( D ) ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAPIVARI DE BAIXO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO (Edital n°002/2010) Tubarão (SC). através da aplicação de prova. PESQUISA E EXTENSÃO DA UNISUL PROVA DE PROFESSOR 24) Na ação educativa. Mediadora. que consiste em: A.Prof. a avaliação tem sido uma oportunidade de prova de resistência do aluno aos ataques do professor. no texto citado. www. Nem sempre se leva em consideração o que foi ensinado. Classificatória. focalizando seus registros em dados como estatura. E. Mais importante do que ser uma oportunidade de aprendizagem significativa. De acordo com Cipriano Luckesi. Verificar as falhas existentes no processo e aceitar os resultados da avaliação como definitivos. mais veloz. As provas e exames são realizados conforme o interesse do professor e do sistema de ensino. a avaliação do aproveitamento escolar tem como finalidade: CENTRO DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO AO ADOLESCENTE Fundação CASA/SP . que deve acompanhar todo o processo de ensino-aprendizagem. Detectar as dificuldades apresentadas pelos alunos e orientar a maneira mais adequada para prosseguir seus estudos. Cumprir uma formalidade legal.org Pág i a n .professorhamurabi. Medir. .” (Cipriano C. além de ser praticada com [. mais veloz. Índice de Massa Corporal e testes de aptidão física.) Luckesi. D. Diagnóstica. B. Considere o seguinte texto: “A avaliação da aprendizagem escolar. focalizando seus registros em dados como estatura. o professor: (A) expresse seu julgamento por meio de notas quantitativas que são melhor compreendidas do que conceitos qualitativos tanto pelos alunos. 07 de fevereiro de 2010.. na avaliação do processo ensino-aprendizagem. Processual. PROVA DE PROFESSOR 26. As notas são operadas como se nada tivessem a ver com a aprendizagem.2009 Analista Técnico (Professor de Educação Física) 23) A proposta metodológica da Educação Física denominada de crítico-superadora recomenda que. (D) veja de outra maneira os princípios da ludicidade e da criatividade e passe a privilegiar a formação do aluno mais forte. Gabarito: ( E ) ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE TUBARÃO (Edital n° 001/2009) FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO. peso e envergadura. Hamurabi Messeder C. atribuindo notas ou conceitos aos alunos. E. quanto por seus pais. D. Uma das funções pedagógicas da avaliação é a diagnóstica. (C) tome como referência os aspectos biológicos do desenvolvimento humano. o quanto cada aluno aprendeu. C. vem ganhando foros de independência da relação professor -aluno. está se referindo à Avaliação: A. Avaliação da Aprendizagem Escolar.

para posterior tomada de decisão quanto à promoção do aluno. Gabarito: ( B ) Ministério da Educação – Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação. C) identificar os erros para que o educando tenha consciência das suas dificuldades. Neste sentido. as palavras que falam e calam. e a emergência de possibilidades de ruptura com esses processos. D) os diversos fios que tecem o cotidiano escolar. estabelecendo relações com as práticas eliminatórias ocorridas na Escola. Hamurabi Messeder A) classificar os educandos como meio de preparação para o futuro. por considerar que é importante permitir que o aluno seja capaz de criar e se expressar.Prof. professores e pais. D) mostrar ao educando as dificuldades que terá que enfrentar durante o seu processo educacional e. Gabarito: ( E ) GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO www. muitos educadores defendem que a aprendizagem dependerá da aplicação constante dos exames públicos para todos os níveis. quando estiver na fase adulta de sua vida. Gabarito: ( D ) Prefeitura Municipal de Grossos/RN Professor do 1º ao 5º Ano Ensino Fundamental Pág i a n . pois é assim que se efetiva a aprendizagem. seleção e exclusão. classificação e hierarquia dos saberes estão presentes no planejamento da escola.” Inúmeras “falas” expressaram a complexidade do tema. torna-se oportuno lembrar a professora Maria Tereza Steban numa de suas abordagens sobre avaliação: A) a seleção. B) qualificar a aprendizagem do educando. tornando-se pessoas aptas a se tornarem vencedores nas diversas oportunidades de disputas. as dobras que ocultam e revelam. optar entre continuar ou não a sua formação. B) o currículo e programas das disciplinas podem funcionar como instrumentos emancipatórios das camadas populares. então. C) A hierarquia entre professor e alunos deve ser vivenciada como forma de manutenção da disciplina em sala de aula. D) O cumprimento do planejamento no tempo previamente estabelecido deve ser obrigatoriamente buscado. E) a avaliação da aprendizagem mobiliza os alunos. E) possibilitar ao educando escolher entre uma carreira que exige conhecimentos teóricos ou uma que requeira domínio da prática.org CARGO: ORI PROFESSOR NÍVEL 3 . numa preocupação coletiva contra as reprovações. simultaneamente. o esgotamento dos processos de negação.professorhamurabi. à medida que crianças e jovens vivenciem desde cedo a rivalidade e a competitividade. sendo elementos significativos para o educando no seu fazer escolar porque é condição para a promoção do seu ajustamento psicossocial. E) A realidade dos alunos deve servir como ponto de partida para o planejamento da ação educativa. vão nos indicando.ORIENTAÇÃO – PEDAGOGIA 30) O último tema abordado foi “Avaliação da Aprendizagem – uma prática a ser discutida. devido ao fato do docente não ter se utilizado das técnicas de memorização. B) A ação docente deve ser centrada na transmissão dos conteúdos. Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Concurso Público – Edital 007/2010 – Prova Objetiva PROFESSOR – ORGANIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES NA ÁREA DA SAÚDE 28) Dentre as alternativas a seguir. Assim. C) o erro de um aluno numa prova é revelador de que não houve ensino eficiente e eficaz. identifique a que representa uma ação docente embasada em perspectivas menos conservadoras: A) A avaliação deve servir como instrumento de classificação e comparação entre os educandos.

de forma a contribuir para a manutenção da sociedade C) vida social mais ampla. c) No paradigma educacional centrado nas aprendizagens significativas (apoiado na pedagogia diferenciada e da autonomia). o que chamamos de prática social D) capacidade demonstrada pelas crianças das classes populares E) demanda do mercado de trabalho e a realidade circundante da criança.org . a avaliação é concebida como processo/instrumento de coleta de informações. C) Instrumentos que medem a capacidade cognitiva do educando. Hamurabi Messeder 31) Qual tipo de avaliação t em por objetivo identificar o que o aluno sabe fazer ao iniciar o ano letivo? A) Avaliação reguladora. o qual tem como um dos princípios favorecer a autonomia dos estudantes sente-se corresponsável em contribuir para que as crianças conheçam as suas possibilidades de aprender. ACAPLAM 34) A professora Margarete tendo clareza do Projeto Político Pedagógico-PPP da escola. Gabarito: ( C ) ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABAIANA CONCURSO PÚBLICO Professor A 02 de Maio de 2010. está correto o que se afirma apenas na alternativa: a) O educador não deve utilizar os resultados das avaliações para redirecionar o processo de ensino aprendizagem. Gabarito: ( C ) promover o desenvolvimento das aprendizagens significativas). no sentido de prestar atenção nas manifestações dos/as alunos/as (orais e escritas). Sobre avaliação. assim como exercícios para descrever e refletir teoricamente sobre tais manifestações e tudo isso requer: A) atitudes de desconfiança docente diante dos técnicos do apoio pedagógico B) colocar as notas. B) Instrumentos de avaliação. a avaliação só faz sentido quando serve para auxiliar o estudante a superar as dificuldades. Nessa perspectiva planeja e executa as atividades de ensino. visando saber se ele tem potencial intelectual. sistematizações e interpretação das informações. D) Avaliação psicotécnica. institucional. d) A avaliação representa um dos atos de medir quantitativamente uma prática pedagógica. e por fim. orientar suas dificuldades. acadêmica. Gabarito: ( B ) FAUEL . Ela permite que os responsáveis deste processo analisem e/ou reformulem ou não seus procedimentos adotados. tomada de decisão (como intervir para www. C) Avaliação inicial. seguindo cada tarefa C) somar as notas obtidas e tirar a média ponderada D) encaminhamentos ao invés de permanecer nas constatações Pág i a n 32) O “Diário Vivencial” e o “Portfólio” são: A) Instrumentos didáticos usados apenas pela gestão escolar. B) Avaliação formativa.professorhamurabi.Prof. Gabarito: ( C ) 35) Os registros de avaliação exigem exercício do/a professor/a.Concurso Público de MaringáParaná 2010 – Cargo de professor 20 horas 33) A avaliação é um dos elementos do processo ensino-aprendizagem. indicar métodos de estudo e atividades que os levem a evolução em todas as dimensões: pessoal. b) No ambiente escolar. julgamento de valor objeto avaliado através das informações tratadas e decifradas. D) Instrumentos capazes de dizer se o aluno tem habilidade para ser um bom comunicador e artista. indissociavelmente ligadas a: A) avaliação somativa que inibe as crianças dispersas e desinteressadas B) condição de vida de cada um.

estou pedindo para acabar esse pedaço em essa.. favorecer a troca de ideias entre e com os seus alunos. mas depois que caiu a ficha. d) o próprio aluno corrige sua prova. deslanchei e passei a adorar escrever. Pra que aquilo de expressão e problema se eu faço tudo de cabeça?” c) “Mas tia. graças ao cuidado da minha professora. num movimento de superação do saber transmitido a uma produção do saber enriquecido construído deve ser feita a partir da: A) análise situacional. c) a situação final do alunos é amplamente discutida antes do lançamentos de notas. Hamurabi Messeder E) exclusivamente o registro das constatações.” d) “Eu custei. Portanto.org . especialmente quanto aos objetivos atitudinais. eu sou lesado mesmo! Demoro muito por escrever na prova e aí. até hoje. levei uns cinco anos para entender aquela coisa da escrita. Pág i a 0 n www. a avaliação contemplada nos PCNs deve ser compreendida como um fator de: a) Orientação para o aluno na busca de melhores notas ou conceitos. com base em instrução fornecida pelo professor em sua aula. no ensino médio. Por isso..” Gabarito: ( D ) GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA Fundação de Apoio a Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do Piauí FUNADEPI Processo Seletivo – Professor Substituto / Seduc 2010 – 07/02/2010 39) A avaliação divulgada nos Parâmetros Curriculares Nacionais é compreendida como parte integrante e intrínseca do processo educacional. o tempo não dá.Prof. Gabarito: ( D ) 36) A avaliação caracterizada pela ação reflexiva e desafiadora do educando que visa contribuir. b) Intervenção do professor com o objetivo de recuperar os alunos com dificuldades de aprendizagem. elucidar. Gabarito: ( A ) 38) A justificativa pedagógica para o emprego de práticas de avaliação continuada nos anos iniciais do ensino fundamental decorre de situações como a apresentada em: a) “sempre tirei boas notas em ciências.” b) “Uma vez levei bomba em matemática e larguei a escola para ajudar meu pai na roça. b) indica fidedignamente o estado do aluno em face do uso de certo conteúdo escolar na solução de problemas.professorhamurabi. porque ela sabia dosar as coisas na prova: do mais fácil para o mais difícil. da compreensão dos fenômenos estudados e de encaminhamentos para elevar o nível em que o/a aluno/a se encontra B) avaliação classificatória que oportuniza a organização das turmas conforme o nível de aprendizagem e a reprovação dos alunos desinteressados C) constatação dos alunos que são incapazes de continuar na série em que se encontram D) exclusão dos alunos indisciplinados E) tendência espontaneísta do ensino Gabarito: ( A ) COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE ENSINO DA AERONÁUTICA CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DE PROFESSOR DA CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR E MAGISTÉRIO DO ENSINO BÁSICO FEDERAL Professor ANOS INICIAIS 37) A avaliação da aprendizagem torna-se um instrumento emancipatório quando: a) promove a reflexão do aluno sobre seu desenvolvimento e sobre o impacto de suas atitudes no resultado de sua aprendizagem.

Gabarito: ( D ) avaliação sugere que o docente inclua o “ainda” no seu vocabulário favorecendo que a confiança do/a aluno/a na sua possibilidade de aprender e evoluir permanentemente em suas hipóteses sobre os objetos e os fenômenos observados. o que favorece a elevação do nível de rendimento escolar no IDEB E) exclusivamente com quem consegue aprender rápido Gabarito: ( A ) 42) A função de diagnóstico na avaliação mediadora escolar permite identificar progressos e dificuldades dos/as alunos/as e a atuação docente que. determinam modificações do processo de ensino para melhor cumprir as exigências dos objetivos. Na prática escolar cotidiana. por sua vez. d) Mudança da terminologia de notas para conceito. Hamurabi Messeder c) Ajuste entre o que foi ensinado e as notas ou conceitos obtidos. após o uso de instrumentos avaliativos. Ao mesmo tempo. o/a professor/a passa a fazer parte do processo.Prof. D) Deve ser formativa e evidenciar as conquistas de cada aluno e o que ainda é necessário realizar para que o mesmo atinja os objetivos definidos para aprendizagem. e) Reflexão contínua do professor sobre sua prática educativa. Gabarito: ( E ) PREFEITURA MUNICIPAL DE NAZÁRIA Concurso Público para o Provimento do cargo de PROFESSOR DE ARTE E ENSINO RELIGIOSO Estado do Piauí Instituto Ludus 40) A avaliação do processo de ensino aprendizagem na concepção construtivista: A) Deve ser realizada com base em um parâmetro de excelência definido no Projeto Político Pedagógico da escola.org Pág i a 1 n .professorhamurabi. a função diagnóstica possibilita: A) a apreciação quantitativa das atividades propostas B) controlar os alunos indisciplinados por meio de exercícios complexos C) controlar a turma por meio de provas e quantificação de resultados D) sua utilização apenas no início do ano letivo E) informações sobre como está conduzindo o processo de ensino no início e durante o ano letivo e replanejar as atividades sempre que necessário Gabarito: ( E ) ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABAIANA CONCURSO PÚBLICO PROF. em oportunizar desafios aos estudantes de modo a favorecer a descoberta de valores e atitudes necessários à construção de um mundo melhor B) com àqueles que gostam de estudar e excluir os alunos desinteressados e bagunceiros. C) Deve expressar em dados quantitativos as conquistas dos alunos em relação aos conteúdos ministrados. B) Deve ser somativa e promover a comparação entre os alunos de uma mesma turma.DE ARTES 41) A avaliação escolar é uma tarefa didática necessária e permanente do trabalho docente que deve acompanhar passo a passo o processo de ensino e a aprendizagem. o que favorece o sucesso escolar C) com os privilegiados que realmente desejam aprender e têm um projeto de vida D) apenas com aquelas turmas disciplinadas. comprometendo-se: A) em tornar o “vir a ser” possível. E) Serve para estabelecer a hierarquia entre os alunos em relação ao grau de aprendizagem. A concepção mediadora de www.