DIAGNÓSTICO “Conhecimento ou determinação de uma doença pelo(os) sintoma(s) e/ou mediante exames diversos (clínicos, radiológicos, laboratoriais,) “ Exames Subjetivos

Exames Objetivos Exame Radiográfico Exames Complementares ANAMNESE QUEIXA PRINCIPAL = MOTIVO = DOR História Médica           Doenças pregressas -Doenças passadas Sistema cardio-respiratório Diabetes Infecções prolongadas Alergias/sensibilidades Dependências químicas Outras alterações sistêmicas Gastrintestinal Doenças atuais etc

História Dental  Tratamentos anteriores  Possíveis complicações  Histórias de exodontias  Tratamentos endodônticos anteriores  Outros... Características clínicas da dor A. Intensidade - Leve - Moderada - Severa B. Sede - Localizada - Difusa

) . Inspeção -extra /intra-oral Inspeção Extrabucal  Aparência Geral  Assimetria facial  Fístulas cutâneas  Edema  Ulcerações  Hiperplasias  Envolvimento de nódulos linfáticos Inspeção Intrabucal  Fístulas  Tecido cariado  edema  integridade dentária  trauma  coloração dental  qualidade das restaurações  Sondagem periodontal 2. E.Curta .Contínua Exame físico 1. D.C. Aparecimento ..Provocada – por quê? (frio. toque.Intermitente . quente. Palpação  edema  dor .Longa Freqüência .Espontânea Duração . ..

Percussão Horizontal Revela se existe inflamação em torno do ligamento periodontal 5.3. secar com gaze – NUNCA COM O AR  Instruir o paciente a levantar as mãos qdo estimulado  Realizar o teste em dente homológo e anógeno – não avisar paciente o dente testado TESTE TÉRMICO – CALOR Bastão de guta percha  Isolar e Lubrificar o dente  Aquecer o bastão de guta-percha em lâmparina a álcool até que fique brilhosa e vergue  Aplicar no terço médio da face vestibular  Orientar o paciente a levantar as mãos  Realizar o teste em dente homológo e anógeno – não avisar paciente o dente testado .FRIO Bastão de gelo ou Gás Refrigerante  Isolar o dente. Percussão Vertical Revela se existe inflamação em torno do ligamento periapical 4. Teste de Sensibilidade Pulpar TESTE TÉRMICO . Mobilidade  Fratura Radicular  Problema Periodontal 6.

casos de dor forte e difusa .RESPOSTA PULPAR • Positiva Quando responde aos testes Térmicos • Negativa Quando não responde aos testes Térmicos 7. Exame Periodontal   Examinar o sulco gengival com sonda periodontal Origem da lesão : Periodontal ou Endodôntica Outros testes: TESTE ELÉTRICO  Estimulação dos elementos neurais da polpa  Sugere polpa vital ou necrosada  Não fornece informações suficientes para chegar ao diagnóstico  É contra indicado em pacientes portadores de marca-passo cardíaco TESTE DE CAVIDADE  Sem anestesia  Remoção lenta do esmalte e dentina para determinar a vitalidade OCLUSÃO  Com carbono para ver a oclusão TESTE DE ANESTESIA  Anestesia Pterigomandibular  Anestesia Mentoniana  Anestesia Infiltrativa Indicação .

Raízes .Reabsorção vertical .Íntegro . Coroa Íntegra Cariada Restaurada Fraturada B. Periápice Ligamento – normal.Intrabucal .Reabsorção horizontal .Oclusais . fixar e lavar corretamente CUIDADO com o processador automático para não trocar radiografias - A. Câmara Pulpar .Interproximais .Curvas – número – número de canais (provável) D. Periodonto de Sustentação .Íntegra .Panorâmica       Acertar o ângulo vertical Acertar o ângulo horizontal Posicionar corretamente o feixe central Tempo adequado de exposição Revelar.Calcificada – total ou parcialmente C.Exposta .Extrabucal .Periapicais . espessado ou rompido) Presença ou não de lesão - .Retas .ACUNHAMENTO  Teste da mordida geralmente está relacionado a fratura radicular EXAME RADIOGRÁFICO  Tipos de radiografia utilizados .

Canais Obturados .não .Externas G.F.Internas . Reabsorções .sim – total ou parcialmente Reabsorção Interna Reabsorção Externa Tratamento endodôntico realizado bom ou ruim Rastreamento radiográfico do trajeto fistuloso (através da colocação de cones na fstula)  Fratura radicular vertical ou horizontal     EXAMES COMPLEMENTARES  cirurgia exploratória  Citologia esfoliativa  Exames Hematológicos  Biópsia Quadros de Diagnóstico Resposta aos Testes Testes Polpa Viva Reversível Fase de transição Irreversível Polpa Necrosada Frio Calor Analgésicos + + ++ - + + ++ - + +/+ .

localizada. contínua. de leve a moderada Fase de transição .curta.Características da Dor: Polpa Viva Reversível . de moderada a severa Polpa Necrosada .intermediário Irreversível . provocada.ausência de sintomatologia dolorosa Alterações periapicais Abscesso Periapical Crônico  Presença de Fístula  Imagem Radiolúcida Periapical Difusa  Rompimento de Lâmina Dura  Ausência de Sintomatologia Abscesso Periapical Agudo  Edema  Espessamento do Ligamento Apical  Dor Espontânea  Não responde aos testes térmicos Granuloma Periapical  Cáries extensas  Imagem Radiolúcida Periapical Difusa  Rompimento de Lâmina Dura Cisto      Periapical Imagem Radiolúcida Periapical Circunscrita Rompimento de Lâmina Dura Ausência de Sintomatologia Abaulamento da Cortical Óssea Deslocamento dental .difusa. intermitente. espontânea.