O JOGO CORPORAL E JOGO COG ITIVO

O corpo está muito presente em toda situação lúdica. O brincar tem um papel insubstituível no processo vital de encontro consigo mesmo e com o outro. Aprendizagem só ocorre na medida que exista uma transformação e acomodação, juntamente com o uso de estruturas anteriores para a incorporação de novo conhecimento.

As etapas do desenvolvimento • sensório-motor: sentir • pré-operatório: concreto • operatório-concreto: trabalho com relações (símbolos) • operações formais: capacidade de abstração

A brincadeira é universal e própria da saúde, o brincar conduz aos relacionamentos grupais (WINNICOTT, 1975). Para PIAGET o jogo tem duas funções: • o prazer • a consolidação dos esquemas formados Ao brincar, a criança: • experimenta • descobre • inventa • exercita • confere • equilibra sua saúde física, mental e emocional O brinquedo estimula: • curiosidade • iniciativa • autoconfiança • desenvolvimento da linguagem, do pensamento e da atenção e concentração • inteligência • criatividade e imaginação

A criança aprende fazendo, propiciando sua sociabilidade através da participação e do companheirismo. O jogo permite que a criança trabalhe seus limites e suas frustrações. Já o brinquedo espontâneo possibilita a auto-expressão, através de atividades livres, e a autorealização, através das atividades organizadas.

integração (aprendizagem) Tipos de Jogos 1. Sara PAIN (1989) divide o momento do jogo em três grandes etapas: 1. Jogos de símbolos: • faz-de-conta • jogos de papéis • jogos de representação 3. A criança fica mais calma e relaxada após uma atividade agradável. Jogos de exercitamento: • jogos sensoriais • jogos motores • jogos de manipulações 2. eletrônicas. organização (elaboração) 3. alcança níveis que só mesmo a motivação intrínseca consegue. Dessa forma é mais fácil prestar atenção e consequentemente concentrar-se. que tenha se interessado. inventário (exploração) 2. O jogo é um material figurativo que favorece o processo da construção do simbólico. Jogos de regras complexas • reflexão • estratégia complexa • azar • questões • vocabulário complexo • análise / síntese • cenas complexas Algumas dificuldades que podem interferir na aprendizagem: . Jogos de regras simples: • loto • dominó • seqüências 5. científicas e artísticas) • peças 4.O desempenho psicomotor da criança enquanto brinca. Jogos de construção: • montagens (mecânicas.

por não compreender piadas e jogos. se isola. O jogo possibilita lidar com “ela” de forma menos penosa. Pouca disponibilidade para brincar: • desiste da situação. . “Saco-sem-fundo” (memória): • quando o aspecto emocional é mais comprometido que o cognitivo. Através do jogo seu potencial será estimulado. 4. a criança não retêm informação (memória-fraca). Localização espaço-temporal: • sintonizada pela desorganização pela desorganização e dificuldade em seqüências lógicas. Pequena tolerância à frustração: • desiste de situação frente à dificuldade.1. através do prazer de jogar. para armazenar informações. 3. 2. A criança recupera o prazer de aprender.