You are on page 1of 5

OS CURSOS SUPERIORES A DISTANCIAE O SISTEMA DE TUTORIA INTRODUÇÃO O que se espera de um aluno do Ensino Superior, a função do tutor e a atividade aproveitar

essa etapa de sua formação educacional, pode auxiliar os envolvidos nessa modalidade de ens

tutoria na Educação a Distância (EAD), trazer informações aos alunos do ensino superior sobre como m

A forma como se organiza o nosso sistema educacional tem sua matriz conceitual na Revol única, laica, gratuita, para ambos os sexos, em todos os seus níveis. Ao Estado caberia prover meios par esses talentos pudessem se desenvolver.

Francesa, no Relatório Condorcet, que em seu relatório sobre como deveria ser a escola pública, univ

O modelo proposto por Condorcet era "piramidal": na base as escolas primárias, a segui ensino (escola primária),naquele momento levado à totalidade dos cidadãos. , seria

secundárias, Institutos, Liceus e Sociedade Nacional das Ciências e das Artes. Somente o primeiro nív

Cabe destacar que a essência do Relatório Condorcet transfere para a desigualdade de talento classe social, o aluno teria a oportunidade de desenvolver seus talentos. de nomenclatura, nosso sistema educacional também tem uma estrutura piramidal, na qual o acesso aos

desigualdades de fortunas. À escola caberia a função de tornar iguais os diferentes. Independentemen

Notamos semelhanças entre o modelo proposto por Condorcet e o brasileiro. Com algumas difere

posteriores de ensino, ensino superior público ainda é definido pela questão dos talentos, sendo que o que a aferição dos talentos educacionais dos alunos que nele se inscrevem. A metodologia de aces ensino superior é excludente, pois não oferece o número de vagas para atender a demanda.

número de candidatos supera, em muito, as vagas oferecidas nos cursos. O exame vestibular, nada mais

Buscando a expansão pública da educação superior, no ano de 2006 foi criado o Sistema Universi

Aberta (UAB). Visando a interiorização da oferta de cursos em nível superior, com a rede mun atendidas pelo projeto UAB. EDUCAÇÃO E ENSINO SUPERIOR Havendo duas formas de educação, a formal e não formal destaca-se aqui a educação formal, s

de computadores, a comunicação via satélite e fibra ótica, permitindo que as mais diversas regiões s

aquela que ocorre no âmbito das instituições escolares, distinguindo-se da informal em razão de

sistematização. Ou seja, nas escolas, utiliza-se um método (pedagógico) para atingir objetivos previam 2005, p.30).

traçados: executa-se um plano de estudos anteriormente elaborado (apud ROSSI; RODRIGUES; NE

Dermeval Saviani postula que "trabalho e a educação são atividades especificamente humanas através do trabalho, para produzir a sua subsistência (SAVIANI, 2007). No que tange à educação formal, educa-se para o trabalho faber)ou para que o indivíduo possa (homo ,

homem educa, e se educa, desde a sua origem e, ao mesmo tempo, necessita transformar o meio em que

entender o mundo que o rodeia (homo sapiens)? divisão entre educação e trabalho deu-se com a origem da A

propriedade privada. Na Grécia Antiga, iam para a escola aqueles que tinham tempo livre, haven

diferenciação entre escola e trabalho.

A Revolução Industrial, a separação entre instrução e trabalho foi posta em questão. A separação e

trabalho produtivo e intelectual foi substituída por um ensino voltado às atividades manuais, a um voltado novas formas de trabalho oriunda da mecanização da produção, fez com que trabalhadores deixassem rudimentos educacionais, não se negando a instrução, mesmo que mínima.

profissões intelectuais (SAVIANI, 2007). Assim o ensino teria como finalidade a preparação intelectual. Co

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação- LDB, lei n°9394/96, em questão conceitua a educação c

sendo formal e informal, sendo a educação escolar (formal) deve estar ligada ao mundo do trabalho e a p Permitindo assim um amplo entendimento da dinâmica da sociedade. tempo entendendo a sociedade em que vive. Também deve estar preparado para a sua inserção no me critico-reflexiva, adquiridos durante sua vida acadêmica, melhorando sua vida como um todo, tanto cidadão como profissional. O ALUNO E O ENSINO SUPERIOR O ensino superior demanda outras atitudes por parte do aluno, e mudanças expressivas na nova

social, como os conteúdos escolares em sintonia com as transformações que ocorrem no mundo do trab

O que se espera do aluno graduado em um curso superior é que tenha uma visão ampla, ao me

de trabalho. Entendendo ao longo de seu curso os fundamentos teóricos da área que vai atuar com capac

acadêmica. Essas mudanças são as estabelecida devido a sua evolução como indivíduo, e sua maturi

Dos primeiros anos de aprendizagem, cursos, fundamental e médio, o aluno tem que cumprir horários fixos motivo. Há diferença também no comportamento na maneira da postura do acadêmico em relação ao unif no ensino superior os alunos usam uniformes que remetem a seus cursos, podendo ou não usá-los,

aluno de curso superior pode chegar atrasado, podendo assistir aulas seguintes ou até se ausentar por a

alunos de educação fundamentai e médio, é imprescindível o uso de uniformes nas atividades escolare

tarefas, os deveres residenciais, também, são comumente aplicadas aos alunos de EFM, os de nível sup

não, apesar das extensas atividades extracurriculares e as intermináveis listas de exercícios. Na univers cumprimento do curso.

os alunos são tratados como adultos, possuem mais liberdade, recebendo orientações e conduzido

Há essa liberdade que o ensino superior proporciona deve haver a devida correspondência, o a

deve construir uma autodisciplina na condução de seus estudos. A EAD possui especificidades, tratando-

uma modalidade onde o aluno não necessita estar presente, diariamente, cabe a ele programar seus est acompanhado de enorme autodisciplina.

O aluno de EAD tem mais liberdade que o aluno de curso presencial. Devendo essa maior liberdad

Para que o cronograma seja cumprido o aluno deve encontrar seu tempo de estudo, uma reorganiz

de suas vidas. Mathias Gonzáles, em sua obra Fundamentos da Tutoria em Educação a Distância, assinal determinado horário para ler, estudar, pesquisar e realizar tarefas.

se devem incentivar os alunos para que distribua melhor o tempo disponível para suas atividades, reserv

Achado esse tempo, devemos utilizá-lo o mais racionalmente possível. É aconselhável que se tenha

casa, um local agradável, bem iluminado, silencioso, com uma mesa para realizar os estudos. Caso isso seja possível, sugerimos a utilização de bibliotecas para tal finalidade. de seu próprio conhecimento. O aluno deve utilizar o professor para sanar dúvidas que surgirem ao lon para tal.

A postura que se espera de um aluno do ensino superior é que ele seja um sujeito ativo na constr

seus estudos. Para tanto, é necessário estudar. Para estudar, é necessário se organizar e encontrar t

Devemos considerar que pelo sistema educacional (piramidal) brasileiro, a educação superior é o ú comum", o graduado terá a responsabilidade de oferecer respostas aos problemas que lhes vão surgir. TUTOR E TUTORIA

nível, após a conclusão do curso, passamos do patamar "aluno" para o de profissional, saindo do "s

Uma das características da EAD é a não-obrigatoriedade do aluno frequentar, diariamente, as a de Palas de Apoio Presencial.

Para que esse aluno possa ter um suporte para o desenvolvimento de suas atividades, a UAB prevê a cr

Os polos são essenciais para o funcionamento da EAD, pois por estarem mais próximos aos alu

será o "porto seguro" no qual os mesmos encontrarão o apoio que necessitam durante a sua vida acadê tutor presencial.

dispondo de uma equipe composta pelo Coordenador de Pólo, secretário, técnico em informática, bibliote

Quanto ao atendimento administrativo, o aluno terá nos pólos o elo de contato com a instituição a

conveniada. Tramitação de documentos, encaminhamento de Atividades Acadêmicas Complemen

solicitação de documentos junto à instituição. Quanto à questão tecnológica, os polos devem estar equip informática.

com laboratórios para o desenvolvimento dos experimentos práticos, também haverá laboratório

Ainda há as questões pedagógicas o aluno da EAD, a UAB previu duas formas de tutoria: presencia

distância. A tutoria como método nasceu no século XV na universidade, onde foi usada como orientaçã XV, o tutor assumiu o papel de orientador e acompanhante dos trabalhos acadêmicos, e é com este m do papel do tutor: a visão que dele se tem é a de um educador, e não apenas de um "guia". O sistema UAB designa a função do tutor presencial da seguinte forma: "orientador acadêmico orientando-os em todas as atividades que envol- vem o processo ensino-aprendizagem (BRASIL, 2008d).

caráter religioso aos estudantes, com o objetivo de infundir a fé e a conduta moral. Posteriormente, no s

sentido que incorporou aos atuais programas de educação a distância. Atualmente houve uma ressignific

formação superior adequada que é responsável pelo atendimento dos estudantes no polo, acompanhan

E o tutor a distância como; "orientador acadêmico com formação superior ade- quada qu mail, fóruns, teleconferências, telefone, etc.)" (BRASIL,2008d). estabelecida é a de que o tutor presencial atende aos alunos no polo, enquanto que o a distância realiza

responsável pelo atendimento pedagógico aos estudantes através dos meios tecnológicos de comunicaçã

Observamos que ambos são designados como orientadores acadêmicos, sendo que a difere

atendimento via meios tecnológicos. O TUTOR PRESENCIAL dades do aluno. às relações humanas, como: respeito à diversidade humana; de uma sala de aula do ensino presencial. podem levar ao aluno a ficar desmotivado. Quanto às questões pedagógicas: • Conhecer o projeto de curso; • Auxiliar aos alunos na organização de seus estudos; • Conhecimento e domínio do conteúdo que será trabalhado; • Realizar a mediação pedagógica com os alunos; • Acessar, periodicamente, o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA); responsável pela correção de trabalhos entregues nos polos. O TUTOR A DISTÂNCIA

O tutor detém a função de educador, e não mais de "guia". Como tal, necessita atender às nece

Por estar em contato direto com os alunos, o tutor presencial deve, também, se a

• Fomentar uma relação pautada em valores humanos: o tutor deve nortear suas ações por valores c

• Proporcionar coesão ao grupo: na EAD, o grupo de alunos que o tutor aten- de pode ser comparado

• Estimular aos alunos: as dificuldades do cotidiano, os problemas que apare- cem na vida de cada

• Aplicar e corrigir provas e atividades dos alunos, também é o tutor presencial, normalment

A literatura não tem delineada a diferença entre as atividades do tutor presencial e a do tut

distância. As atividades já descritas para o primeiro devem, também, ser atribuídas ao segundo. A difer

que o sistema UAB aponta entre o tutor presencial e o a distância é o meio utilizado para atender os alunos estabelecimento de vínculos. Não que o tutor a distância não deva se ater a essas relações, mas que é de vínculos mais próximos entre os alunos e o tutor a distância.

Como o tutor que atua nos polos tem a oportunidade de encontros presenciais, fica mais facilitad

difícil estabelecer esses vínculos através de meios tecnológicos. Essa característica pode prejudicar a cri

Outro fator a ser levado em conta, o tutor a distância encontra-se lotado na sede da institu

responsável pelo curso, tendo acesso à biblioteca da mesma, bem como ao professor responsável tange aos conteúdos. tutoria, permitindo que os trabalhos de ambos os tutores se complementem.

disciplina na qual trabalha. Ficando mais facilitado ao tutor a distância sanar as dúvidas dos alunos no

Levando em conta esses fatores, poderão ser definidas com clareza as atribuições de cada mod

CONSIDERAÇÕES FINAIS As de um discussões aluno que até curse aqui o apontadas objetivava que o entendimento um sujeito do que na se ensino superior: seja ativo construção

espe

seu próprio conhecimento, e que possua uma capacidade crítico-reflexiva. Para isso, deverá desenvolver o sentimento de autonomia com relação ao professor e/ou tutor, como fomentar a autodisciplina.

Foi possível concluir que o tutor, é considerado um educador, e não mais um "guia". Tal constat

está relacionada ao conceito do que se espera do aluno do ensino superior. Onde o tutor será aquele diálogo, para que o aluno consiga compreender os conteúdos trabalhados.

acompanhará, que indicará leituras, que fará a mediação pedagógica com o aluno, em uma relação

Salientando que o aluno da EAD cursa o ensino superior, recebendo um diploma que nada difere

alunos do presencial. Acredita-se que o tutor presencial por estar mais próximo do aluno, deve e do professor da disciplina, preferencialmente deve se ater às atividades de conteúdo. a EAD está se consolidando e expandindo é necessário fazer a discussão avançar.

ater mais às relações com os alunos. Já o tutor a distância, que pode estar próximo da biblioteca da

A delimitação sobre as atribuições dos tutores pode ser uma ousadia, mas, em um momento em