You are on page 1of 9

Milagres Fabio de melo A F#m7 Quem vive procurando nos milagres Bm7 D Razões para acreditar Bm7 E7 E Poe

sua esperança na palavra E/D C#m7 F#m7 Bm7 Bb De quem diz saber o futuro ver Já esqueceu que a fé e um caminho que os olhos ñ podem ver E Deus esta presente, mesmo quando E/D C#m7 F#m7 C7 F#7 O milagre ñ acontecer B7 Bm7 Eu me recordo de Jesus E7 A G Do jeito como olhava os pecadores F#7 Bm7 E me surpreendo ao vê-lo assim Dm6 G7 A Em7 Tão frágil lhes pedindo alguns favores(2x) A7 A7/G D/F# Deixa eu ficar na tua casa... Bm7 Me da desta água... A/C# E7 Sobe comigo... A7 A7/G D/F# Vê se não dorme agora D E A E/G# Preciso de amigos aqui D/F# E7 A Sigo os passos deste homem F#m7 Bm7 E Tão humano tão divino raro coração D/E E7 A Que na cruz pediu ajuda F#m7 Quando a dor tornou-se aguda Dor de solidão, e chorou ao ver seu amigo partir e sorriu Quando da morte o fez regressar quem faz da santidade uma vaidade possivelmente já esqueceu que muitas prostitutas nos precedem na entrada do reino do céus Voltei pra perguntar Fabio de Melo G D/F# O que deixo, o que marco em sua vida Em7 Em7/D Am7 Am7/G Quando eu passo por você? C/D D7 C D7 O que os meus olhos confessam Am/G G B7 Quando encontram com os seus? Em7 Em7/D A/C#

A

Se eu deixo uma saudade boa pra lembrar A/G D/F# C/E O que fica de mim? D7 G G7 Eu pergunto se valeu a pena Em7 Am7 Ter deixado eu ir alem C/D D7 C/D Ter entrado ai na sua casa D7/C Am/G G Dividindo o que é seu B7 Em7 Em7/D Essa vida vai muito depressa A E é bom saber A/C# D O que deixei de mim? C C Pode ser que nessa vida Em7 Eu não possa mais voltar Dm7 Fm7 Para amar quem não amei C#4/G C/G C Consertar o que estraguei Cm7 F7 O perdão que eu não pedi F7 G D/F# Em7 A solidão que não desfiz A7 A7 O Sorriso que neguei D7 D7 Am7 D E aquele esforço que não fiz Eu sei que o tempo vai passar, as pessoas vão e vem Mas sei que algumas vão ficar, pelo mal ou pelo bem Não morrera quem soube amar (soube amar) E que seja sempre assim (sempre assim) Que eu deixe só o bem que existe em mim Se com você não conseguir, eu vou ter quem sabe assim A gente possa se olhar, como quem nunca se viu E no perdão recomeçar (recomeçar) Pra depois reconhecer, minha vida é bem melhor por ter você Ao coração D A/D G/D D Deus me entregou bem mais do que eu mereço C/D Talvez seja por isso D D/F# G Que eu me cobre um pouco mais D/F# Em7 Não que eu não seja capaz Bm A/C# Mas, as vezes, é difícil Nem sempre sei fazer o bem que eu desejo e as vezes eu me vejo

Me enganando sempre mais não que eu queira acertar Mas nem sempre e possível C/D D7 G G7 Já me condeno tanto A/G G/A A/G F#m7 Pelos erros que na vida eu cometi Bm7 Em7 Pelas vezes que eu não soube decidir D/F# G A7 G/A E assim meu coração gritava F#m7 Bm7 Bm7/A Desespero de quem ama G A/G Coração tu que estas dentro em meu peito F#7 A# Bm7 Me condenas desse jeito A G E eu não sei por qual motivo F#m7 Bm7 Se és divina voz em mim Bm7/A Em7 D/F# G Só te peço, por favor, eu sou humano. G/A Bm7 Bm7/A G A7 Não me condenes assim Humano eu sou assim, virtudes e limites se agora me permites Eu pretendo ser feliz sem prender-me ao que não fiz Mas olhando o que e possível.a dor que as vezes vem Me faz feliz também, pois ela me recorda O valor que tem a cruz, quando a noite esconde a luz Deus ascende as estrelas Já me acostumei D7 Já me acostumei com a falta de caridade E6/9 Gm6 Já me acostumei com o gesto de Barrabas D7 Já me acostumei com toda certeza E6/9 Pois a natureza do insano me atingiu Já me acostumei a ver a luz, ate mesmo onde não esta Pra mim é normal ocultar a verdade, e em nome de Deus dizer a mentira G7 Bm7 Já me acostumei a falar com os espelhos G/A Bm7 E me convencer da minha beleza Cm7 G/A Bm7 A falar do próximo com desrespeito Cm7 F7 Bm7 E a bater no peito dia sete do nove E7 Am7 Bm7 Já me acostumei com a fome da áfrica G/A Bm7 Com a guerra santa e os filmes de heróis

Cm7 G/A Bm7 E pensando bem quem se importa com isso? Cm7 F7 Bm7 A mentira amigo e amiga do homem Bb Am7 Já me acostumei G7 (A7) Já me acostumei Lugar pra ser feliz G Am7/G Olha pra mim G D Em Em7 A#4 A Já não há lugar que a gente possa ir Am D/F# Querer fugir Em C G C7 D7 E o mesmo que esquecer a vi.........da G C/G Acolhe esta calma G C/G C7 Descansa tua alma neste espaço D#4 G C D#4 D Que o meu coração preparou pro teu G C/G Somos tão pouco nesta hora D/F# Em7 E é bom que seja assim B7/D# Em7/D Quem não tem pra onde ir F/A Am7 D D#4 D Descobre a graça de saber ficar Em Bm C/E Já não há paisagem na janela C G/B C Em Não há bondes oferecendo outros destinos C G Dm7 Am C Este é o lugar pra ser feliz D#4 G G/F Se insistes em ver a morte tão cedo Em7 Bm7 E alimentas teus fantasmas C7 G Com teus medos, eis que o tempo C/G D#4 Resolveu não se apressar G G/F Em7 E se, por ora tens a sombra de temores Bm7 C7 G/D E assombra teu amor com desamores C#m7 D#4 D Eis que a vida resolveu recomeçar Se por hora tens a sombra dos teus erros Eu divido nesta hora este segredo Eis que Deus já resolveu não condenar

Eis que a vida resolveu recomeçar Eis que Deus já resolveu não condenar Humano demais G Eu fico tentando compreender Am7/G O que nos teus olhos pode ver D7 D7 Aquela mulher na multidão G#4 G Que já condenada acreditou Que ainda havia o que fazer Que ainda restara algum valor E ao se prender em teu olhar G#4 G F/G G7 Por certo haveria de vencer C7 D/C E assim fizeste a vida Bm7 Em7 Retornar aos olhos dela Am7 C/D D7 E quem antes condenava Dm7 F/G G7 Se percebe pecador C7 D/C Teu amor desconcertante Bm7 Em7 Força que conserta o mundo Am7 D7 G D/F# Eu confesso não saber compreende D7 G *Sou humano demais pra compreender C7 D/E Em7 Humano demais pra entender Am7 D7 Este jeito que escolheste G D7 De amar quem não merece D7 G Sou humano demais pra compreender C7 D/E Em7 Humano demais pra entender C Que aquele que escolheste Bm7 D/E Em7 E tomaste pela mão Geralmente eu não os quero do meu lado Eu fico surpreso ao ver-te assim Trocando os santos por Zaqueu, e tantos doutores por Simão Alguns sacerdotes por Mateus.E mesmo na cruz em meio a dor Um gesto revela quem tu és, te tornas amigo do ladrão Só pra lhe roubar o coração, e assim foste o contrario, o avesso do avesso E por mais que eu me esforce não sei bem se te conheço

Tu enchergas o profundo, eu insisto em ver a margem Quando vejo o coração eu vejo a imagem ** O espírito de Deus ** D D9 D O espírito de Deus repousa sobre nos A/G G A/G G Mudando as nossas vidas D D9 D O espírito de Deus repousa sobre nos A/G G D/F# Mudando as nossas vidas Em G A Maravilhoso e seu amor A# Bm Sentir sua presença F#m7 G G/A Curando as nossas vidas D G/B A Maravilhoso e seu amor A# Bm Sentir sua presença F#m7 G/D Curando as nossas vidas D Louvamos no espírito de Deus Em B7/F# B7/D# Em Oramos no espiri......to de Deus G/D A D Bm Pois só no seu espírito podemos sentir G A D Que Deus esta presente aqui ** Trindade humana ** F7 Dm7 Gm7 Amar o coração mudar de lar Gm6 C7 Conjungação muda de tempo C6/9 F7 C7 E o que e de fora, fica de dentro F7 Dm7/9 Gm7 Amado o coração mudou de lado Gm6 Gm Navegação mudou de mar C#4 C F7 E o que era impar, ficou par F7 Bb G#4 G F Eb7 Amante, o coração cruzou a ponte Db7 D7 Eb7 Tornou-se vértice o horizonte C7 F D7 E o antes distantes, ficou logo ali Gm7 C7 Amor, amado e amante F7 Trindade humana que se curva aos céus

Am7/C

Bm7 C7 F Onde soberana, outra trindade é Deus Bbm7 Gm7 Dele recebo o amor com que amar Ab7 Gm7 C6/9 Nele percebo o olhar com que olhar Gb7 Ebm7 Gm7 C6/9 E o jeito exato de ser eu sem me exceder ** A liberdade ** F Bb A liberdade esta nas tuas mãos Gm7 C7 E ainda que o mundo queira me prender F/A Dm7 Eu sei que posso viver Gm7 C7 Pois livre sou, pois teu eu sou F A7 Dm7 C A liberdade esta em te servir Bb F/A Eb/G C E ainda que me digam que sou tolo F Bb Vou continuar assim Gm7 Am7 No inverso deste mundo Bb Am7 Que so pensa em receber C7 Sempre vou ser F Dm7 Livre como o vento Bb C/Bb Amado como o filho F Dm7 Sem medo e sem lamento Bb C/Bb Viver assim querendo F/A Bb Amar-te sempre mais F/A Bb Servir-te sempre mais Am7 Dm7 Buscando a tua vida Gm7 C7 Teu infinito amor Toda verdade esta na tua voz, e ainda que o ruído deste mundo Tente me ensurdecer, vou te seguir, vou te ouvir A liberdade é reconhecer, que a tua voz é fonte de certeza De vida plena em tuas mãos seguras, quero me sentir assim Sempre assim Casa de irmãos C F/C C F/G Nossa casa e uma casa de irmãos C Am7 G/B Onde a lei e o amor e o pai e Deus

Dm C# Onde o cristo e a nossa refeição Dm7 F/G Repartida em cada mão G Dm7 F/G G C F/G Nossa casa e uma casa de irmãos Nossa casa e uma casa de oração, onde a busca impulsiona nossa fé Onde a vida e nossa redenção e a palavra e a razão nossa casa e uma casa de oração G Nos cantamos juntos F C/E Rimos juntos, sempre juntos G Ao redor da nossa mesa C7/G C Celebramos pleno altar F/G Nos pensamos juntos G7 C7/G G/A A7 Sempre juntos, somos muitos Dm7 F/G C Nossa casa e um grande coração Quando algum olhar demonstra solidão, ou a dor nos dificulta prosseguir Nosso pai nos mostra a direção, mesa farta comunhão Partilhamos nosso braço de irmão ** Círios ** Enquanto a corda avança o corpo se cansa pra alma descansar O povo de Belém se reúne nas ruas e vira mar Por onde a virgem Maria veleja em seu altar de flores Por isso que na alma de todo paraense A vida é sempre outubro Bb F/A Gm Meu filho vês aquela claridade? Bb7 Bb7/D Eb7 E a cidade na escuridão Am7 Bb/D Gm O barco singra as águas Cm7 F E pulsa feito um coração Bb Eb7 F7/Eb Dm7 Gm7 Am7 D7 Cheio de a...........legrias, balsamo, bênção Gm Gm7 O círio de nazaré tu veras Gm7/F C/E Serás menino Eb7 Cm7 Algo pra não esquecer Cm7/Bb D7 Gm7 Pra colar no seu caminho D7 Gm Feito o som de uma viola D7/F# Gm Que te fez chorar baixinho D7 Gm

Quando vires a senhora D7/A Gm/Bb Ficaras pequenininho Diante do mistério que há Nessa nossa vida humana Vais crescer mais que o rio-mar Vais voar mais que as semanas Vais sorrir pro revelado Fruto da emoção na boca D7 D7/C Gm/Bb De que tudo e amar........rado Eb F Eb Bb E o mundo e um, é oca F/a Gm7 Menino acorda e vem olhar Fm7 Bb7 Eb7 Que o sol não tarda em le...vantar Bb/ C7 F Eb/F Vem ver Belém que começa a festejar Outros outubros tu veras E outubros guardam historias Bb/D C7 Eb/F Bb Ver o.... peso quando for a hora ** Acorda ** F C/F Acorda pra acordar, agora Bb/F F Quem na vida não fez acordo com o bem Bb F E vive a viver a vida sem ver Bb F E corre o risco de morrer sem saber Gm Que o bem é o bem que a vida tem Quem sonha sem saber que o sonho é a força que faz a vida ser real Não poderá saber do quanto é capaz e se limitara ao pouco que faz Não sabera ser incomum. Quem só de passado insiste em viver Com o pé na estrada a retroceder abandona a vitória Esquece a historia que o faz um vencedor quem não sabe ver o tempo passar Prende-se ao que foi e não sabe evitar que águas passadas voltem Com força contraria o moinho mover F Oh! Vem ... Am Dm Não é possível viver assim Am Dm Vida ao contrario, inicio preso ao fim Bb Eb Rota sem rumo não sem direção Bb F Amor sem ter razão Porto sem barco,andor sem procissão olhar sem bondade, Abraço sem perdão amor sem saudade, praia sem verão Bb/C F Viver sem ter razão