Universidade de Lisboa – Faculdade de Belas Artes História da Arte Contemporânea II Ano lectivo 2011-2012 (2º semestre

)

Programa

• • • •

As primeiras vanguardas: fauvismo, expressionismo, cubismo. O futurismo italiano e os futurismo regionais. A génese da abstracção: Kandinsky, Mondrian e Malevitch. Dadaísmo e surrealismo. Regresso à ordem e novos realismos.

Metodologia de Avaliação

A metodologia de avaliação consistirá na realização de um exame de frequência em data a em definir torno ou de um trabalho obra final de de arte

pesquisa/investigação

uma

contemporânea pertence a um dos movimentos ou épocas culturais

do programa (1905-1930). Este trabalho final deverá corresponder a
uma interpretação de uma produção artística adequada ao âmbito dos conteúdos do programa. O trabalho deverá ser entregue no último dia de aulas do semestre.

Ambos os elementos de avaliação em opção são individuais. O trabalho de investigação deverá ser devidamente acompanhado

pelo docente e seguir as metodologias científicas no âmbito das
Ciências Sociais e Humanas

Bibliografia (selecção): AA.VV. • A Arte do século XX. Pintura – Escultura – Novos Media – Fotografia (2 volumes), Köln: Taschen, 2005 (1999) (textos de Klaus Ruhrberg, Manfred Schneckenburger; Christiane Fricke, Klaus Honnef; organizado por Ingo E. Walther). • As Artes Visuais e as outras artes – As Primeiras Vanguardas (Expressionismo; Futurismo; As Vanguardas Russas; Dadaísmo) (Actas das conferências de Maio 2006), Lisboa: Faculdade de Belas-Artes, 2007. • Arte e Abstracção (Actas das conferências de Maio 2007), Lisboa: Faculdade de Belas-Artes, 2008 [no prelo: Maio de 2008] ARGAN, Giulio Carlo • El Arte Moderno. Del Iluminismo a los movimientos contemporáneos, Madrid: Ediciones Akal, 1991 (1988, edição original). FUSCO, Renato de • História da Arte Contemporânea, Lisboa: Editorial Presença, 1988 (1983, edição original) LUCIE-SMITH, Edward • Movements in art since 1945 (new edition), New York, London: Thames & Hudson, 2000. RIOUT, Denis • Qu’est-ce que l’art moderne?, Paris: Éditions Gallimard, 2000.