You are on page 1of 10

Instalação Oracle 10g R2 CentOS 5

Oracle Database 10g Release 2 (10.2.0.1) Instalação e configuração CentOS 5

Neste artigo vou descrever a instalação do Oracle Database 10g Release 2 (10.2.0.1) no CENTOS 5 x86-64. O artigo é baseado em uma instalação de servidor semelhante a este, com um mínimo de 2G swap, dependendo da memória de servidor:

GNOME Desktop Environment

Editors

Graphical Internet

Text-based Internet

Development Libraries

Development Tools

Legacy Software Development

Server Configuration Tools

Administration Tools

Base

Legacy Software Support

System Tools

X Window System

Descompactando o Oracle:

$ gunzip 10201_database_linux_x86_64.cpio.gz

Agora você deve ter um único diretório contendo arquivos de instalação.

Caminho dos arquivos:

O arquivo /etc/hosts deve conter um nome totalmente qualificado para o servidor:

<IP-endereço> nome permitido

Editar os parâmetros do kernel:

Adicione as linhas no seguinte arquivo /etc/sysctl.conf:

kernel.shmmni = 4096 kernel.sem = 250 32000 100 128 net.ipv4.ip_local_port_range = 1024 65000

net.core.rmem_default=262144

net.core.rmem_max=262144

net.core.wmem_default=262144

net.core.wmem_max=262144

Rode este comando para atualizar os parâmetros do kernel:

# /sbin/sysctl -p

Adicione as seguintes linhas ao arquivo /etc/security/limits.conf:

*

soft

nproc

2047

*

hard

nproc

16384

*

soft

nofile 1024

*

hard

nofile 65536

Adicione a seguinte linha ao arquivo /etc/pam.d/login, caso ela ainda não exista:

session required /lib/security/pam_limits.so

Desabilite o parâmetro editando o arquivo /etc/selinux/config, SELINUX flag, segue especificação:

SELINUX=disabled

Em alternativa, esta alteração pode ser feita utilizando a ferramenta GUI (Sistema > Administração > Nível de Segurança e Firewall). Clique na aba SELinux e desative o recurso.

Instalando e configurando os pacotes

Verificar e instalar os pacotes separadamente:

# rpm -q install binutils compat-db compat-libstdc++-33 glibc glibc-devel glibc-headers gcc gcc- c++ libstdc++ cpp make libaio ksh elfutils-libelf sysstat libaio libaio-devel setarch binutils-

2.15.92.0.2-10.EL4

Pode utilizar desta forma ou acessar os dados do CD CENTOS e procurar os arquivos para instalação.

# yum install binutils compat-db compat-libstdc++-33 glibc glibc-devel glibc-headers gcc gcc-c+ + libstdc++ cpp make libaio ksh elfutils-libelf sysstat libaio libaio-devel setarch

E por último libXmu.so.6 (prestar atenção na versão da libX), terá que baixar do site ou "yum install libX*".

ou:

# cd /media/CENTOS_FINAL/CENTOS # rpm -Uvh setarch-2* # rpm -Uvh make-3* # rpm -Uvh glibc-2* # rpm -Uvh libaio-0* # rpm -Uvh compat-libstdc++-33-3* # rpm -Uvh compat-gcc-34-3* # rpm -Uvh compat-gcc-34-c++-3* # rpm -Uvh gcc-4* # rpm -Uvh libXp-1* # rpm -Uvh openmotif-2* usar o # yum rpm -Uvh compat-db-4*

Usar o yum * compat-db-4.1.25-9; usar o yum rpm gcc*

Crie os grupos e usuários a seguir:

# groupadd oinstall # groupadd dba

# useradd -g oinstall -G dba oracle # passwd oracle

Crie os diretórios em que o software Oracle será instalado:

# mkdir -p /u01/app/oracle/product/10.2.0/db_1 # chown -R oracle.oinstall /u01

Logar como root e acessar os seguintes comandos:

# xhost +<machine-name>

OBS: Para divisão de arquivos continuar na seqüência os diretórios:

# mkdir -p /u02/app/oracle/product/10.2.0/db_1 # mkdir -p /u03/app/oracle/product/10.2.0/db_1 # mkdir -p /u04/app/oracle/product/10.2.0/db_1

Edite o /etc/redhat-release para a substituição da atual versão CENTOS Enterprise Server versão 5 com os seguintes:

redhat-4

Depois volte a configuração normal ou crie um novo arquivo substituindo. Logar como usuário oracle e adicionar as seguintes linhas no final do bash_profile:

# Configurações do Oracle

TMP=/tmp; export TMP TMPDIR=$TMP; export TMPDIR

ORACLE_BASE=/u01/app/oracle; export ORACLE_BASE ORACLE_HOME=$ORACLE_BASE/product/10.2.0/db_1; export ORACLE_HOME ORACLE_SID=NOME DO SID; export ORACLE_SID ORACLE_TERM=xterm; export ORACLE_TERM PATH=/usr/sbin:$PATH; export PATH PATH=$ORACLE_HOME/bin:$PATH; export PATH

LD_LIBRARY_PATH=$ORACLE_HOME/lib:/lib:/usr/lib; export LD_LIBRARY_PATH CLASSPATH=$ORACLE_HOME/JRE:$ORACLE_HOME/jlib:$ORACLE_HOME/rdbms/jlib; export CLASSPATH

if [ $USER = "oracle" ]; then if [ $SHELL = "/bin/ksh" ]; then ulimit -p 16384 ulimit -n 65536 else ulimit -u 16384 -n 65536 fi fi

Instalação do Oracle

Conecte-se ao usuário o oracle. Se você estiver usando emulação X, então defina a variável ambiente DISPLAY como:

$ DISPLAY = <machine-name>:0,0 $ export DISPLAY

Inicie o Oracle Universal Installer (OUI), emitindo o seguinte comando no diretório do banco de dados:

$ ./runInstaller

Para maiores detalhes do processo de instalação, clique nos links abaixo para ver capturas de tela de cada etapa.

1. Método de instalação:

Instalação do Oracle Conecte-se ao usuário o oracle. Se você estiver usando emulação X, então defina

2. Direcionando o diretório e credenciais para inventário:

Instalação do Oracle Conecte-se ao usuário o oracle. Se você estiver usando emulação X, então defina

3.

Selecionando o tipo de instalação:

3. Selecionando o tipo de instalação: 4. Detalhando o caminho para detalhes do produto, atalho: 5.
  • 4. Detalhando o caminho para detalhes do produto, atalho:

3. Selecionando o tipo de instalação: 4. Detalhando o caminho para detalhes do produto, atalho: 5.
  • 5. Verificando as especificações para instalação do Oracle. Não prossiga caso aconteça a não

aprovação de Status:

3. Selecionando o tipo de instalação: 4. Detalhando o caminho para detalhes do produto, atalho: 5.

6.

Configuração e opção de criar database ou não:

6. Configuração e opção de criar database ou não: 7. Base de dados para configuração: 8.
  • 7. Base de dados para configuração:

6. Configuração e opção de criar database ou não: 7. Base de dados para configuração: 8.
  • 8. Especificando a configuração do BD:

6. Configuração e opção de criar database ou não: 7. Base de dados para configuração: 8.

9. Opções de Grid Control onde podemos definir e-mail para recebimento de alertas:

9. Opções de Grid Control onde podemos definir e-mail para recebimento de alertas: 10. Direcionando o
  • 10. Direcionando o BD com caminho especificado:

9. Opções de Grid Control onde podemos definir e-mail para recebimento de alertas: 10. Direcionando o
  • 11. Esta opção procure implementar depois de feita a instalação:

9. Opções de Grid Control onde podemos definir e-mail para recebimento de alertas: 10. Direcionando o
  • 12. Dados da instalação:

12. Dados da instalação: 13. Processo de instalação: 14. Recomendações de configuração:
  • 13. Processo de instalação:

12. Dados da instalação: 13. Processo de instalação: 14. Recomendações de configuração:
  • 14. Recomendações de configuração:

12. Dados da instalação: 13. Processo de instalação: 14. Recomendações de configuração:
  • 15. Configurando base de dados:

15. Configurando base de dados: 16. Definindo senhas para o BD. Sys, System etc: 17. Execute
  • 16. Definindo senhas para o BD. Sys, System etc:

15. Configurando base de dados: 16. Definindo senhas para o BD. Sys, System etc: 17. Execute
  • 17. Execute estes scripts estando logado como root para que crie .sh para configuração do Oracle:

15. Configurando base de dados: 16. Definindo senhas para o BD. Sys, System etc: 17. Execute

18. Finalizando a instalação:

18. Finalizando a instalação: Pós-instalação: Edite o /etc/redhat-release e restaure o arquivo original com informações anteriores.Linux Server versão 5 (Tikanga) Centos Release Final ou de acordo com a distribuição. Edite o /etc/oratab para reiniciar a instância automaticamente para 'Y': TSH1: / u01/app/oracle/product/10.2.0/db_1: Y * Para instalar o banco de dados para acionar o dbca na linha de comando. " id="pdf-obj-9-4" src="pdf-obj-9-4.jpg">

Pós-instalação:

Edite o /etc/redhat-release e restaure o arquivo original com informações anteriores.

Red Hat Enterprise Linux Server versão 5 (Tikanga) Centos Release Final ou de acordo com a distribuição.

Edite o /etc/oratab para reiniciar a instância automaticamente para 'Y':

TSH1: / u01/app/oracle/product/10.2.0/db_1: Y

* Para instalar o banco de dados para acionar o dbca na linha de comando.