Várias formas de predizer o futuro

Unidade 1: A adivinhação
Capítulo 1: adivinhação
A adivinhação serve para você se prevenir para o pior. Geralmente, esta matéria era usada por médiuns e ciganas. Mas, graças a modernidade de hoje, todos os bruxos podem ter acesso à adivinhação, claro que isso exige algumas critérios, como paciência, concentração, e muita força de vontade. É preciso entrar em contato com o seu eu interior. Uma dica é você conseguir um local agradável, com a decoração que você preferir, desde que esteja a vontade. Recomendo que coloque velas, dos estilos que combinam mais com você ou com a situação. Aprenderemos mais sobre isso no decorrer do livro...

Capítulo 2: Ética na adivinhação moderna
Para estudar Adivinhação a sério, é necessário seguir uma rigorosa ética. Vale lembrar que, embora consigamos prever certos acontecimentos do futuro de algumas pessoas, o futuro em si continua pertecendo somente ao seu dono, portanto, não se deve anunciar predições sem ser consultado. Lembremo-nos das Sibilas, as famosas profetisas da mitologia, que apresentavam suas premonições sem nem mesmo terem sido consultadas. As pessoas passaram a não acreditar nelas, e o termo “Sibila” começou a ser designado para fins de mau agouro. Portanto, não importa o que você saiba sobre o futuro de alguém. Em 92% dos casos, você NÃO deve dizer, a menos que a pessoa lhe solicite.

Capítulo 3: O errôneo pré-julgamento
Muitas pessoas impõem um bloqueio logo que iniciam seus estudos em Adivinhação. Procuram falhas nas predições a todo instante, apontam inúmeras coincidências ou limitam-se a inventar uma predição. Esses são erros comuns e compreensíveis, visto que estamos tratando da mais difícil das Artes Mágicas. Em primeiro lugar, é preciso acabar com o mito de que os estudiosos em Adivinhação são loucos, ignorantes ou algo do gênero. Vejamos os centauros, por exemplo, que apesar de completamente obcecados pela leitura do destino nas estrelas, são criaturas muitíssimo inteligentes.

No entanto, não se pode dizer que uma predição seja 100% incontestável, pois estamos tratando do futuro, que depende exaustivamente do presente. Como diria nosso amigo Alvo Dumbledore, diretor de Hogwarts – Inglaterra: “As conseqüências dos nossos atos são sempre tão complexas, tão diversas, que predizer o futuro é uma tarefa realmente difícil.”. Entretanto, o maior problema da Adivinhação Moderna é também a falta de profissionais qualificados, e a presença dos chamados “charlatões”, que nem ao menos seguem a ética da Adivinhação Moderna, o que compromete totalmente a reputação do assunto. Lembre-se: trate a Adivinhação com seriedade e não faça pré-julgamentos. E, principalmente, respeite as regras e a ética da Adivinhação, ainda que você não tenha a menor intenção de especializar-se na área.

Unidade 2: Clarividência
Capítulo 4: Clarividência
A clarividência é a capacidade de ver com clareza. É a visão da própria alma, que percebe a realidade num nível mais amplo e elevado. Seu surgimento é consequência natural do desenvolvimento espiritual humano na medida em que a pessoa devota-se ao crescimento interior e aproximase de estados de consciência sutis. Muitas vezes, a pessoa que tem o dom vidência não o percebe por um longo tempo e normalmente o tem desde pequena. Isso faz com que ela acredite que a visão astral corresponde à realidade. Por tê-la como algo natural, ela não se esforça para melhorar seu desempenho ou compreender como a vidência se processa para melhor interpretá-la. Somente o trabalho interior e o desenvolvimento espiritual podem conduzir à percepção da realidade.

Capítulo 5: Abertura da visão astral
Descrevemos um exercício que poderá auxiliá-lo no desenvolvimento de habilidades que propiciem a abertura da visão astral - a qual pode ser direcionada, posteriormente, para a clarividência.

Escolha um local e horário (de preferência, à noite) em que possa ficar sozinho e não ser perturbado. Durante 15 minutos, você vai olhar para a sua imagem refletida no espelho. Ele não precisa ser muito grande - apenas o suficiente para refletir o rosto - e estar a 70 ou 80 cm. de distância de você. Cuide para que o rosto seja completamente iluminado, sem a presença de sombras. Se você usa óculos, não é preciso tirá-los. Relaxe o máximo possível e inicie o exercício apelando ao seu Eu Superior algo como "despojo-me do meu ego e entrego-me à Sua sabedoria para que conduza todas as minhas ações e a minha vidência". Repita o apelo mentalmente no mínimo sete vezes para obter o efeito do despertamento da sua visão. Concentre toda sua atenção na imagem refletida no espelho, como se quisesse penetrá-la. Sua concentração deve ser tão intensa que você não possa evitar de murmurar "minha alma, quero vê-la". Sua introdução no mundo astral por meio da vidência pode surgir de diversas formas: tornar-se intermitentemente consciente das cores brilhantes da aura humana; ver rostos, paisagens ou nuvens coloridas diante dos olhos, no escuro, antes de dormir ou em estados expandidos de consciência; sentir uma presença invisível ao seu lado; ver ou ouvir coisas para as quais os outros são cegos e surdos; ter recordações cada vez mais nítidas das experiências vividas em outros planos durante o sono. Quando uma pessoa está começando a sensibilizar-se para a vidência astral, poderá ocasionalmente ter sensações de medo. Isso advém da hostilidade de forças vibracionais que agem no astral e, em parte, dos muitos elementais artificiais (formas-pensamento negativas) nutridos pela mente humana. Por isso, ela deve sempre solicitar a ajuda de seu Mentor ou Guia Espiritual, quando empreender uma atividade de vidência.

Capítulo 6: Preparando a clarividência
É necessário ter prática para liberar-se da distorção produzida por seus próprios pontos de vista, de forma a poder observar claramente os episódios etéricos. Mesmo aqueles que vêem nitidamente no astral, ficam às vezes confusos e estonteados para compreender ou recordar as visões e poucos conseguem traduzir suas lembranças para a linguagem do plano físico. Portanto, o melhor é trabalhar para expandir sua capacidade perceptiva de forma espiritualmente elevada, procurando movimentar as energias de seus

chacras frontal e laríngeo até o cardíaco para obter a qualidade da clarividência.
Um método seguro para desenvolver a clarividência é a meditação. Por meio dela, podese adquirir extrema sensitividade, equilíbrio, sanidade e saúde. A prática de determinados tipos de meditação constrói níveis superiores de matéria nos corpos sutis.

Unidade 3: Taciomancia
Capítulo 7: O estudo das folhas de chá
Ao contrário do que muitos possam pensar, não é qualquer tipo de chá que se utiliza para prever o futuro. O chá utilizado para adivinhar o futuro não é composto de uma única erva. É uma mistura de três plantas diferentes, todas com poderes mágicos. São elas: • Vaticinare praeteritus – Responsável pelas informações passadas. • Canere praesens – Responsável pelas informações presentes. • Praedicere futurus – Responsável pelas informações do futuro. Com estas três ervas, misturadas num preparado especial, pode-se ler o futuro de alguém. Para isso, deve-se pegar uma xícara nunca antes usada, colocar um pouco da mistura de ervas, e acrescentar água fervente. Tampar a xícara com um lenço branco, e deixar o chá apurar. Depois de frio, deve-se servi-lo à pessoa de quem se quer saber o futuro. Esta pessoa deverá bebê-lo de um só fôlego. É na borra que ficará no fundo da xícara, que será feita a leitura. O bruxo que irá fazer a leitura deverá estar concentrado na pessoa de quem se quer ler o futuro. Pegar a xícara com as duas mãos e dizer as palavras: Ostendere futurus. Só então deverá dar início à leitura.

Capítulo 8: significado das folhas de chá
• Um navio – Significa uma viagem • Um anel – Significa casamento • Uma borboleta – Significa uma vida feliz pela frente

• Um cão - Significa um sinistro • Vários círculos – Precisa reagir mais perante a vida. Não deve se acomodar • Uma nuvem – Pessoa muito sonhadora, precisa colocar os pés no chão. • Uma montanha – vida de muitos desafios • Uma cruz – precisa tomar cuidado com a saúde • Uma raposa – Cuidado com amigos traiçoeiros • Um pássaro – Seus amigos são fiéis, pode confiar neles. Não necessariamente, uma destas formações será encontrada. Podem surgir outras, e sua interpretação dependerá do dom do bruxo para a adivinhação.

Unidade 4: Estudo das bolas de cristal
Capítulo 9: Bola de Cristal
Primeiramente, deve-se ter em mente que a bola utilizada para a adivinhação não é feita de qualquer cristal. Ela é confeccionada com o cristal encontrado nas longínquas minas de Magnamund, um reino escondido dos bruxos menos experientes. Só consegue encontra-lo o bruxo que possui o diploma de NEM’s, e quando este possui o coração bom. As bolas são fabricadas do cristal hariolari, pelos elfos que vivem em Maganamund. Para a adivinhação com bolas de cristal, deve-se utilizar uma mesa redonda. Isto é muito importante, pois numa mesa redonda, as energias circulam, não se perdendo, como ocorreria em uma mesa quadrada, ou retangular. Esta mesa deverá estar forrada com uma toalha roxa, cor mais indicada para a captação das energias. O bruxo que for ler a bola deverá estar concentrado nas energias daquele de quem se quer saber o futuro. Ele deverá colocar suas mãos sobre as mãos da pessoa cujo futuro será lido. Assim, estará captando suas energias. Depois, com as mãos carregadas desta energia, deverá coloca-las sobre a bola. Mas, prestem bem atenção: A bola não deverá ser tocada. As mãos do bruxo devem ficar um pouco distantes dela. Este passará as mãos sobre

ela, como que a acariciando. Então, dentro de alguns instantes, alguma imagem referente à pessoa deverá surgir.

Capítulo 10: Interpretação da bola
O importante na leitura da bola de cristal não é que imagem aparece, mas como ela aparece. Poderá aparecer destas formas: • Nítida e colorida – Refere-se ao presente. • Nítida e preta e branca – Refere-se ao passado conhecido. Para aparecer numa consulta, significa que este fato tem influência no presente, ou terá no futuro. • Embaçada e colorida – Refere-se ao futuro. Aparece assim, pois o futuro depende das nossas ações presentes, e poderá ser modificado. • Embaçada e preta e branca – Refere-se a um segredo do passado, que precisa ser desvendado para que não interfira no futuro. Este segredo pode ser de parentes próximos (pais, avós...). Depois de terminada a leitura, o bruxo deverá sacudir ambas as mãos, para baixo, e em seguida , lavar em água corrente. Se isto não for feito, as energias da pessoa que consultou seu futuro ficará impregnada nas mãos do bruxo, podendo causar vários problemas para o mesmo. A leitura do que aparece na bola depende muito da sensibilidade do bruxo que a lê. Um bruxo nunca poderá se dizer especialista em Adivinhação se não tiver sensibilidade para a leitura das bolas de cristal. E não são todos os bruxos que têm esta sensibilidade. Alguns não conseguem ver nada numa bola, pois seus dons são voltados para outras áreas da bruxaria.

Unidade 5: Leitura das mentes
Capítulo 11: A leitura da mente
A Leitura de Mentes é um método de Adivinhação muito perigoso. Deve ser feita apenas por bruxos muito experientes. Consiste em captar as energias mentais de outro ser, seja humano, ou não, tomando conta de seus pensamentos e lembranças.

Como não é recomendável que seja feita por bruxos iniciantes, vamos apenas discorrer sobre seus efeitos, sem explicar como é praticada. Através da leitura da mente, pode-se influenciar outro bruxo, tomando conta do seu corpo, induzindo-o a fazer coisas contra a sua vontade. Este tipo de uso só é praticado por aqueles que desejam fazer o mal, o que não é o nosso caso. Mas, também há o lado bom da leitura das mentes: através dela, pode-se descobrir traumas do passado que estejam influenciando a vida no presente, e ajudar a supera-los. Também é utilizada no Ministério da Magia, para desvendar crimes, e conseguir confissões. Mas, só é praticada por bruxos com duzentos anos de prática, que têm um controle absoluto sobre a sua própria mente, não se deixando influenciar pela mente dos criminosos.

Unidade 6: Quiromancia
Capítulo 12: A arte de ler as mãos A arte de ler as mãos tem uma origem muito misteriosa. Acredita-se que desde o princípio da Humanidade já se usava a leitura das mãos para conhecer o futuro. No entanto, foi na Antigüidade que se encontraram fortes evidências de sua existência, principalmente na China, onde ainda hoje é usada na Medicina, e no Egito, onde os faraós não travavam uma guerra sequer sem antes consultar seus magos e saber o que o destino reservava ao seu povo. Na idade Média, a Quiromancia (do grego cheirós, que quer dizer mãos e manteiós, a adivinhação era tida como bruxaria, principalmente na Inglaterra. Mas na Alemanha, no mesmo momento, foi objeto de estudos científicos. Com o decorrer do tempo, essa arte mística sofreu influência da Astrologia, por isso, algumas partes da mão recebem o nome de planetas, como monte de Vênus, linha de Saturno, etc. Mas foram os ciganos que espalharam e popularizaram a Quiromancia pelo mundo e é tão forte sua participação que, quando se pensa em leitura de mãos, vem logo a imagem de uma cigana. Aliás, a adivinhação é uma das atividades exclusivas das mulheres dentro do grupo. Elas aprendem desde

pequenas com suas mães e passam este ensinamento para suas filhas. A tradição manda que as ciganas saiam sempre com outras mulheres de sua família em busca de alguém que queria saber o futuro.

Capítulo 13: Detalhes e supressas
Todos os detalhes das mãos possuem um significado, desde sua forma até sua cor e temperatura. Aliás, quanto maior número de informações se sabe numa leitura, mais se conhece sobre a pessoa, tanto a sua personalidade, quanto a sua sorte e o que o destino lhe reserva. Também é preciso grande sensibilidade da pessoa que lê as mãos para fazer a análise, pois a Quiromancia deve ser um auxílio para a pessoa se conhecer melhor e refletir sobre a sua maneira de ser e encarar o mundo. Além de uma arte de adivinhação, a leitura das mãos abre as portas para o autoconhecimento e a busca da felicidade pessoal.

Capítulo 14: Os tipos de mãos
Existem cinco tipos de mão que trazem as características básicas da personalidade de cada um:

MÃO ELEMENTAR - Apresenta dedos curtos e achatados e a palma tem um formato retangular. A pessoa com esse tipo de mão possui raciocínio aguçado, muita força de vontade e tem grande capacidade para liderar nas mais variadas situações. Gosta de praticar esportes e outras atividades físicas. No amor, entrega-se totalmente, mas exige a mesma dedicação do parceiro: lealdade e fidelidade.

MÃO INTUITIVA - Formato delicado, dedos finos e longos, palma estreita. Este tipo de mão indica uma pessoa tímida e bastante idealista, que sonha com uma vida melhor e pode, às vezes, distanciar-se da realidade. Por isso, precisa de alguém ao seu lado para orientá-la. Sua forte sensibilidade pode ser útil em profissões ligadas às artes visuais, como arquitetura, fotografia e desenho.

MÃO FILOSÓFICA - Dedos longos, de juntas marcantes e irregulares, palma retangular e de ossos grandes. Esta mão revela uma pessoa sábia e que se interessa em conhecer a fundo os mais variados assuntos: religião, política, o sentido da vida. As questões do dia-a-dia não são bem vistas por essa pessoa e podem até irritá-la.

MÃO CÔNICA - Levemente arredondada, de dedos finos de pontas também

arredondadas, esta mão demonstra uma pessoa muito hábil para as artes em geral, e também muito comunicativa. Costuma ser organizada, eficiente e disciplinada no trabalho, tendo facilidade de crescer profissionalmente. No amor, gosta de ter liberdade, mas também é muito sensível e romântica.

MÃO QUADRADA - Possui a palma e as pontas dos dedos retangulares. É o tipo mais fácil de ser identificado, indicando que a pessoa é um tanto teimosa e não aceita opiniões alheias ou novidades facilmente. É muito trabalhadora e realista, não medindo esforços para chegar aonde quer. No amor, costuma ser leal, mas tem dificuldades de declarar o que sente.

Capítulo 15: O caminho das linhas
Entre as várias linhas que as mãos apresentam, seis são as que trazem os significados mais importantes, sendo três principais e três secundárias. Quanto mais nítida e comprida for a linha, maior será a determinação na personalidade e na vida da pessoa.

Capítulo 16: As linhas principais

Linha da Vida - é a que contém informações fundamentais, como doenças, transformações e acontecimentos marcantes, podendo ser:

Curta e forte : não indica vida curta como muitos pensam, mas sim boa saúde, pois essa pessoa cuida de sua alimentação e pratica atividades físicas regularmente. Também representa perseverança e muita dedicação. Longa e clara : essa pessoa adoece facilmente por não cuidar de seus hábitos alimentares, mas tem ótima resistência. Ligada à linha da cabeça : indica alguém cuidadoso, que pensa muito antes de agir e que sempre estar certa de onde pisa.

Linha da Cabeça - é a linha da inteligência, da memória e também revela a saúde mental. Pode se apresentar das seguintes formas: Longa : indica boa capacidade de raciocínio. Quanto mais longa, mais inteligente é a pessoa. Curta : aponta para uma mente inteligente e que sabe lidar com os acasos do destino. Também indica praticidade e eficiência no trabalho. Forte e bem definida : revela uma pessoa de ótima memória e com ousadia para impor suas idéias. Também indica eficiência para exercer liderança. Fraca e com interrupções : aponta uma pessoa distraída, com dificuldade em se concentrar. Esta pessoa deve se esforçar muito para conseguir realizar suas metas.

Linha do Coração - revela tudo sobre as emoções, a sensibilidade e o amor. Também pode trazer informações sobre a saúde do coração e se apresenta de várias maneiras:

Longa e profunda : mostra um forte equilíbrio emocional, estabilidade no amor. Indica uma pessoa amável, que curte a vida. Reta : revela alguém romântico e sonhador. Pode indicar também ingenuidade e forte tendência a acreditar em tudo, o que faz essa pessoa cometer muitos enganos. Curvada para cima : revela a personalidade realista, dinâmica e cheia de boas energias. No entanto, esta pessoa tem dificuldades de demonstrar o que sente. Distante da linha da cabeça : indica uma personalidade marcante, alguém que está sempre com os olhos no futuro e não se apega a tradições. Próxima à linha da cabeça : mostra uma pessoa que tem os pés no chão e não gosta de correr riscos. Por não se deixar levar pelas aparências, é difícil de ser convencida, inclusive no amor.

Capítulo 17: As linhas secundárias

Linha de Saturno - traz informações sobre a profissão: sucessos, dificuldades ou transformações. Forte e profunda :indica autoconfiança e oportunidades de êxito no trabalho. Fina e rasa : é sinal de dificuldade pelo caminho que vão exigir força de vontade acima de tudo. Linha de Apolo - revela sensibilidade e muita criatividade. Quando é forte mostra gosto especial pelas artes. Se é fraca, indica pequenas dificuldades no amor. Linha de Mercúrio - também é conhecida como linha da saúde e começa junto ao pulso, podendo ser : Sem cortes : quer dizer vida longa, saúde de ferro.

Com cortes : mostra alguns problemas com o aparelho digestivo e também doenças ginecológicas sem gravidade, mas é preciso sempre consultar um médico.

Unidade 7: Sonhologia
Capítulo18: O que é a Análise dos Sonhos?
A análise dos Sonhos é quando descobre o significado daquilo que se lembra dos sonhos. Como funciona? Tudo aquilo sobre o que sonha tem um ou mais significados. Por vezes traduzem-se no oposto daquilo que parecem dizer, ou podem ser uma vaga indicação daquilo que realmente você procura na vida.

Capítulo 19: O que lhe pode dizer sobre si próprio?
A análise dos Sonhos diz muito sobre si. Não só pode prever o que vai acontecer, como examina o que está no seu subconsciente e fá-lo pensar sobre as coisas de forma diferente. Por exemplo, pode pensar que se sente atraído por um gênero de pessoas, mas no seu subconsciente pode sentirse mais atraído por outro tipo de pessoas

Capítulo 20: O poder da adivinhação dos sonhos
De acordo com os trouxas os sonhos não passam de lembranças confusas do nosso cotidiano, será verdade? Para muitos bruxos estudiosos do assunto dizem q há um significado mais profundo nos sonhos, e q é possível até prever o futuro. Esse conceito dado aos sonhos é mais antigo do q se pensa, há indícios de relatos em papiros no Egito, na Bíblia e no folclore, para os trouxas passa como supertições. um fato bastante interessante aconteceu com um trouxa, Ele detestava qualquer tipo de vício, em uma manhã ele havia se lembrado de um sonho bastante real, onde ele estaria ouvindo um rádio, coisa q ele raramente fazia, e ouvia os nomes dos primeiros cavalos a ganhar uma corrida. Pois bem, ele decidiu contar aos amigos, e ouviram o rádio, os

mesmos ouviram o rádio e qual não foi a surpresa? os mesmos cavalos q ele havia sonhado foram os vencedores. Depois disso o trouxa começou a contar para todo mundo o q aconteceu. O ministério da magia ao saber disso foi conferir e comprovaram q ele realmente tinha tido um sonho premonitório.

Capítulo 21: Significado dos sonhos
Aqui vai alguns símbolos e seus significados nos sonhos: Água:Olhar para água é um alerta contra decisões precipitadas; bebê-la é um presságio de boa sorte para uma pessoa próxima Banho: Em água profunda, significa uma surpresa agradável; em água rasa, um evento desagradável Cama: comprar cama significa mudança de residência, carreira ou modo de vida Casamento: o casamento de outras pessoas significa com boa sorte próxima; o de quem sonha deve ser interpretado ao contrário Chave: encontrar uma chave prenuncia boas novidades na vida emocional; perder uma chave significa ao contrário. Corvo: má sorte; desapontamentos Dança: aprofundamentos nas relações com alguém próximo Gato: Gatos pretos significam boa sorte; outros gatos decepção Sangue: Alguém vai pedir ajuda seria imprudência não atendê-lo Sapo: Uma coisa ruim vai acontecer, mas pode ser evitada Voar: Alerta contra ambição desmedida.

Unidade 8: Demonomancia

Capítulo 22: Demonomancia
Demonomancia. É uma variação da bruxaria e da chamada Magia Negra, consistindo na invocação dos demônios para que revelem com seus escuros poderes os segredos que nos rodeiam. Atualmente nao há registro de bruxos que utilizem, apesar de ocorecias de espiritos malignos vagando. A Demonomancia é uma arte, digamos que nao é tanto adivinhatoria. A Demonomancia nao consite em apenas em invocação de demonios e sim da incorporação de espiritos do além. Num periodo era bastante utilizada, usavam da invocação para tomar conhecimento de coisas futuras. Dizem que os espiritos ou demonios do alem possuem um conhecimento da vida, ou seja desde a sua criação como o fim do mundo. Mas, nem mesmo aqueles que conseguem invocar um demonio ou espirito, nao sera dotada de todas as habilidades, pois eles sao obrigados a seguirem um regra basica: "A difenreça entre os dois mundo: Real e Alem". Informações que desejamos saber antes do tempo pode forçar a uma mudança drastica no dia-a-dia das pessoas a nossa volta. Não irei relatar as formas de invocamento, pois é uma arte proibida, mas voces devem conhecer o alem, que semrpe esta em contato com o nosso mundo.

Capítulo 23: Como encontra espíritos ou demônios que vaguem
Os espiritos ou demonios nao aparecem em forma solida para ninguem. Os bruxos que possuem a clarevidencia aguçada, passam a ouvir vozes e ter arrepios constantes, o que chamamos de ser o primeiro contato com o além. O contato com o além pode trazer mudança radical de comportamento no bruxo que o procura, alguns ficam encarnado no bruxo durante um longo periodo. Outros os possue enviado por alguem (semelhante a macumba ou espiritismo).

Capítulo 24: Protegendo-se
Busque sempre fazer meditações e controlar o seu fluxo de energia corporal para as coisas boas. Energias negativas atraem demonios, energias positivas atraem espiritos.