You are on page 1of 35

GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO A DISTÂNCIA

Faculdade de Administração

FILOSOFIA E ÉTICA
Prof. Dr. Wilmar do Valle Barbosa UFJF
Wilmarvalle@uol.com.br
12/08/2012

FILOSOFIA E ÉTICA
A apresentação não deverá ser interrompida para perguntas. Ao longo da apresentação, os alunos deverão anotar as eventuais dúvidas e questões. É possível que algumas dúvidas sejam esclarecidas no decorrer da aula. Ao final de cada etapa da apresentação, será destinado um tempo para esclarecimento de dúvidas.

12/08/2012

FILOSOFIA E ÉTICA

Objetivo Geral da Disciplina
A disciplina pretende proporcionar aos alunos uma discussão sobre alguns dos temas e das questões práticas mais importantes da atualidade. O aluno será convidado a refletir sobre diferentes formas do conhecimento humano – filosofia, senso comum, ciência – sobre a ética, seu conceito, suas dificuldades e sua relação com a política, o poder, a liberdade e a autonomia humana. Ao aluno será dada a oportunidade de aproximar-se da discussão sobre as relações entre ética e administração pública, uma vez que a administração é sempre exercício de poder.
12/08/2012

Luciano Tavares Torres → Prof.FILOSOFIA E ÉTICA Equipe de Trabalho A Equipe que conduzirá o desdobramento da disciplina é composta pelos seguintes Profissionais: → Profª. Andréa Silveira de Souza → Profª. Wilmar do Valle Barbosa 12/08/2012 . Karine Fernandes de Carvalho → Prof.

2) Instrumentos de apoio ao estudante:     encontro presencial. slides da disciplina (disponível na plataforma).FILOSOFIA E ÉTICA Disposições Gerais da Disciplina 1) Carga horária de 60 horas/ aula = 8 semanas na plataforma. apoio tutorial. primeiros passos (disponível na plataforma). 12/08/2012 .

FILOSOFIA E ÉTICA Disposições Gerais da Disciplina 3) Instrumentos de avaliação da aprendizagem: Valor das Atividades da Disciplina Atividade Fóruns Avaliações a Distância Avaliação Presencial Pontuação Total 12/08/2012 Pontuação Individual 05 05 20 Quantidade 4 4 2 Pontuação Global 20 20 60 100 .

FILOSOFIA E ÉTICA Eixos centrais da disciplina 1 O que é Filosofia 2 Unidades a serem Trabalhadas Ética 12/08/2012 .

UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA O que é Filosofia? Características Gerais da História da Filosofia Sócrates e Platão: um confronto entre dois modos de entender a filosofia 12/08/2012 .

a “ética profissional” e a responsabilidade social na Administração Pública Brasileira 12/08/2012 .UNIDADE 2: ÉTICA Sobre a Ética. a partir da crise ética A Ética e a Política O problema ético.

um sentido mais específico de filosofar: procurar e/ou encontrar a verdade da vida humana ou da vida biológica como tal. tal como nos o experimentamos. de acordo com uma doutrina ou uma filosofia.UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA O que é Filosofia? Filosofia é pensar sobre o que nos acontece. de onde venho e para onde vou?”. por meio de uma atividade racional. ou seja . a mentira?” “O que é a liberdade?” O que é a razão?” “Quem sou. O termo “Filosofar” é geralmente associado com ter uma atitude filosófica. sobre o sentido do que nos acontece ou sobre o significado da vida humana. da natureza e do mundo. Existe. Não é filosófico perguntar “Que dia é hoje?”. Todas são perguntas tipicamente filosóficas. porém. é associado à idéia de saber viver com sabedoria. 12/08/2012 . mas é filosófico perguntar “O que é o tempo?” “O que é a verdade.

é preciso que recuemos no tempo e tomemos contato com a forma anterior de explicação do mundo humano e natural.C. 12/08/2012 . Para entendermos as origens da Filosofia. A explicação do mundo anterior à da filosofia era a explicação mitológica.UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA As Origens da Filosofia COMO SURGIU A FILOSOFIA? A Filosofia nasceu na Grécia no final do século VII a. em sua forma espiritual e em suas condições históricas e materiais na época. que satisfazia as necessidades pessoais e dos grupos humanos a respeito das origens de tudo o que existe.

). sobretudo. Um MITO é uma narrativa sobre a origem de alguma coisa (origem dos astros. da morte. pelo modo como estas explicações são dadas. dos homens. do poder. bem como seus valores básicos. dos instrumentos de trabalho. da Terra. O MITO caracteriza-se. da saúde e da doença.As Origens da Filosofia UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA O PENSAMENTO MÍTICO E O SIGNIFICADO DO MITO O PENSAMENTO MÍTICO é a forma originária pela qual os povos ditos “primitivos” explicavam aspectos essenciais da realidade em que viviam: a origem do mundo. das raças. 12/08/2012 . dos animais. do bem e do mal. pelo tipo de discurso que constitui. o funcionamento da natureza e dos processos naturais e as próprias origens deste povo. das guerras. da água. dos ventos. ou seja. das plantas. etc. do fogo.

à crítica ou à correção. o mito configura a própria visão de mundo das sociedades “primitivos”.As Origens da Filosofia UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA O PENSAMENTO MÍTICO E O SIGNIFICADO DO MITO Por ser parte de uma tradição cultural. portanto um caráter global que excluía outras perspectivas a partir das quais o próprio mito poderia ser discutido. não se fundamenta e nem se presta ao questionamento. Não há discussão sobre mito porque ele constitui a única visão de mundo dos indivíduos pertencentes àquelas sociedades. a sua maneira de vivenciar esta realidade. 12/08/2012 . tendo. O mito não se justifica.

os magos.As Origens da Filosofia UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA O PENSAMENTO MÍTICO E O SIGNIFICADO DO MITO Um dos elementos centrais do pensamento mítico e de sua forma de explicar a realidade é o apelo ao sobrenatural. tudo é governado por uma realidade exterior ao mundo humano e natural. superior. aquilo que acontece aos homens. à magia. divina. As causas dos fenômenos naturais. ainda que apenas parcialmente. misteriosa. 12/08/2012 . ao sagrado. ao mistério. são capazes de interpretar. Exemplo: O Clássico Mito de Prometeu. os iniciados. a qual só os xamãs.

UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA As Origens da Filosofia O SURGIMENTO DA FILOSOFIA Em função das transformações ocorridas na Grécia daquela época. As principais transformações foram: ► Viagens marítimas  desmistificação do mundo. ► Invenção da moeda  capacidade de abstração e generalização ► Invenção da escrita alfabética  representação da idéia-abstração ► Invenção da política  polís-espaço público 12/08/2012 . ► Invenção do calendário  pensar o tempo como algo natural e não divino. a explicação mitológica tornou-se insuficiente e insatisfatória para as novas realidades observadas.

adquirindo o domínio possível da direção do seu movimento. A Grécia daquela época atingiu todas as condições necessárias para o surgimento de um novo tipo de explicação do mundo: a Filosofia.UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA As Origens da Filosofia O SURGIMENTO DA FILOSOFIA Com tantas transformações. 12/08/2012 . O Homem estava abrindo seus olhos para sua própria ação e reconhecendo as consequências de seus próprios atos. Para isso tinha que tomar posse da construção desse mundo conquistando o conhecimento de sua dinâmica interna. já não fazia sentido explicar o mundo. sua origem e sua dinâmica com o modelo criado pela imaginação mítica. Começava a enxergar um futuro objetivo e assentado em suas própria ações. que os atribuía à vontade dos deuses. deliberadas pela sua própria vontade e implicando sua responsabilidade.

• Aquele que pensa filosoficamente é o amigo. a intolerância.UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA O Sentido da Filosofia A palavra filosofia é originariamente formada por 2 termos gregos: PHILOS (AMIGO) + SOPHIA (SABEDORIA) • Filosofia significa. 12/08/2012 . amor pelo saber. portanto. que pensar filosoficamente significa afastar o ódio. amizade pela sabedoria. a raiva. • Pode-se dizer. então. o desamor. o amante da sabedoria.

a busca da verdade está vinculada à aposta e ao desejo de organizar a vida individual e social ou política de maneira mais objetiva. E isso se faz fundamentando a verdade na razão.UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA O Sentido da Filosofia A concepção da filosofia como procura amorosa da verdade está diretamente associada à busca de compreensão da realidade em que vivemos. 12/08/2012 . sólida e permanente. e não em alguma crença ou alguma opinião interessada ou interesseira. Assim sendo.

Mas. que problemas? 12/08/2012 . e não uma criação que se inscreve num contexto histórico favorável a tal saber. ou que ela seja uma invenção casual de algum gênio. Filosofia é um esforço para resolvermos os problemas enfrentados na vida em sociedade.UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA O Sentido da Filosofia É importante insistir nisso para não pensarmos que a filosofia existiu sempre.

religiosas e morais num mundo com sociedades cada vez mais globalizadas e interdependentes?  Quando uma guerra é justa? 12/08/2012 .UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA O Sentido da Filosofia Problemas contidos em perguntas atuais do tipo:  Como encontrar uma solução segura e definitiva para os problemas políticos?  Como encontrar um jeito para que se estabeleça ordem. de modo que a solução valha não apenas para aquela ocasião. harmonia e a justiça na convivência humana. políticas. mas para todas as ocasiões e para todos os povos?  Como conviver com as diferenças.

dos epicuristas e dos céticos. Crítica aos mitos. e sua capacidade de conhecer as coisas. Platão e Aristóteles. Deixa-se de acreditar em soluções mais coletivas para a vida humana em prol de uma “saída individual”. O objeto de estudo é o Homem. FILOSOFIA ANTIGA → do século VI a.UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA Características Gerais da História da Filosofia A Filosofia é dividida em 4 grandes períodos: 1. C até o século V d.  O Período Socrático ou Antropológico → Sócrates. Doutrinas dos estóicos.  12/08/2012 . Consolidação de uma nova ética e de uma política que deixa de ser vista como boa. sua vida política e moral. O Período Helenístico ou Greco-romano → supremacia da visão cristã (Santo Agostinho). C  O Período Pré-socrático ou Cosmológico → preocupação com a origem do mundo e as causas da transformação da natureza.

cujo curso principal era a Teologia. FILOSOFIA MEDIEVAL → do séc.UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA Características Gerais da História da Filosofia 2. sendo a Filosofia uma “serva da Teologia”. Santo Tomás de Aquino (Aristóteles). ética e metafísica. Nomes da Filosofia Medieval → Santo Agostinho (Platão). C ao séc. C  Inclui pensadores europeus. É caracterizada pela estreita relação entre Teologia e Filosofia e pela forte presença de Aristóteles em todos os campos do pensamento teórico: lógica. Abelardo. árabes e judeus. XIV /XV d. V d.   12/08/2012 . Santo Anselmo. É o período de cerca de mil anos em que predomina a Igreja Católica Romana. Guilherme de Ockan. Surgem as primeiras Universidades.

“Se eu penso.UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA Características Gerais da História da Filosofia 3. XIX  Teve início com o período da RENASCENÇA. René Descartes → primeiro filósofo moderno. Passa a predominar a visão naturalista: o homem é visto como parte da natureza e pode agir sobre ela. deve ser o único ponto de partida para qualquer verdade.    12/08/2012 . XV/XVI até meados do séc. A modernidade dá primazia ao indivíduo e não ao grupo ou classe social. A sociedade é concebida com fundada na existência de indivíduos autônomos Após a Renascença. FILOSOFIA MODERNA → do séc. a razão humana. O ser humano passa a figurar como artífice de seu destino (antropocentrismo). então eu existo”. O sujeito humano. há o grande RACIONLISMO CLÁSSICO MODERNO.

Diderot. em francês). resolvido. Filósofos Iluministas → Jean-Jacques Rousseau.   12/08/2012 .UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA Características Gerais da História da Filosofia  Tomas Hobbes → defende uma visão materialista e mecanicista do mundo. melhor conhecido por meio da razão humana. O pressuposto geral é que tudo pode ser “iluminado” pela razão. David Hume e Immanuel Kant. Sustenta que a razão é a capacidade humana de calcular e controlar todas as coisas. Outra fase Filosofia Moderna é o ILUMINISMO (Lumiére. A noção de contrato social traduz a idéia de que a política é uma invenção do ser humano. pode ser esclarecido. Voltaire.

Para estes. XIX até hoje  Para alguns filósofos este é o período das “várias vozes da razão”. a modernidade acabou – e por isso falam de pósmodernidade. FILOSOFIA CONTEMPORÂNEA → da metade do séc. mais aberto. como o alemão Jürgens Habermas. E na crise tudo parece ser possível. a modernidade é um projeto inacabado. Para outros. embora assinalem que tudo se tornou mais precário.  Para outros.  Sabe-se que “o velho morreu e o novo ainda não consegue nascer” (Antônio Gramsci). a modernidade continua. menos seguro. Todos reconhecem a crise: período em que já não se dispõe de “chão firme” e igual para todos. mais pessimistas. 12/08/2012 .  Para uns.UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA Características Gerais da História da Filosofia 4. é o período da des-razão.

também conhecida com Diálogos. Ambas são encontradas na obra de Platão. 12/08/2012 . no livro A República.UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA Sócrates e Platão: um confronto entre dois modos de entender a filosofia Sócrates e Platão → Mestre e Discípulo na vida real Duas concepções de Filosofia. no livro O Banquete. Outra é representada pelo personagem “Platão”. Uma é representada pelo personagem “Sócrates”.

→ Para Sócrates. → Com Platão a filosofia se transforma em doutrina. com um determinado conteúdo universal e incontestável. → Para Platão. ela postula uma verdade encontrada e conhecida.UNIDADE 1: O QUE É FILOSOFIA Sócrates e Platão: um confronto entre dois modos de entender a filosofia São duas maneiras de entender a Filosofia:  A concepção Socrática de Filosofia: a busca de Sabedoria. a filosofia é o encontro da sabedoria. a filosofia é busca da sabedoria (“Só sei que nada sei”).  A concepção Platônica de Filosofia: encontro da Sabedoria. é um modo de viver e não só de saber. 12/08/2012 .

a “ética profissional” e a responsabilidade social na Administração Pública Brasileira 12/08/2012 .UNIDADE 2: ÉTICA Sobre a Ética. a partir da crise ética A Ética e a Política O problema ético.

Sobre a Ética. Só assim é possível enfrentar a “crise ética” de que tanto se fala. Para se entender essas questões serão abordados os seguintes temas: →A diferença entre Ética e Moral → Ética Antiga. a partir da crise ética O que é Ética? O que está em Crise? UNIDADE 2: ÉTICA É importante ter conhecimento claro dos conceitos e entender a dificuldade teórica e prática de se estabelecer a diferença entre o que é bom e o que é mal. Medieval e Moderna → Ética da Convicção e Ética da Responsabilidade → ”Crise Ética” e “Crise da Ética” → A dificuldade Atual de se formular uma Ética 12/08/2012 .

12/08/2012 . E o que é a Moral? “[.Sobre a Ética. a partir da crise ética O que é Ética? UNIDADE 2: ÉTICA A diferença entre Ética e Moral  A ética pode ser entendida como o estudo racional sobre a experiência moral dos seres humanos. as instituições educativas.. as Igrejas.] moral é um conjunto de valores e regras de ação propostas aos indivíduos e aos grupos por intermédio de aparelho prescritivos diversos.” (MICHEL FOUCAULT.. etc. como podem ser a família. 1984).

Sobre a Ética.. 1995. Dizem respeito às relações que mantemos com os outros e. intenções. decisões e ações referidos ao bem e ao mal e ao desejo de felicidade. sentimentos. e sobre o modo de se estabelecerem. normas válidas para todos. é a investigação sobre o que é bom e o que é mau.] o senso e a consciência moral dizem respeito a valores. histórica e teoricamente. nascem e existem como parte de nossa vida intersubjetiva (CHAUI. a partir da crise ética O que é a Moral? UNIDADE 2: ÉTICA A diferença entre Ética e Moral [. Ética é o estudo do comportamento humano. p. Assim sendo. portanto. 12/08/2012 .. 431).

Tendo isso em vista. Em outras palavras. do fato de não vivermos sozinhos no mundo. a partir da crise ética UNIDADE 2: ÉTICA A diferença entre Ética e Moral Portanto. Se fôssemos sozinhos não haveria bem e mal. a existência mesma da ética só pode ser compreendida como afirmação e exigência de nossa socialidade humana. a ética existe porque. somos indivíduos que vivem junto com outros indivíduos. ou seja. não haveria moralidade humana. 12/08/2012 .Sobre a Ética. só somos seres morais porque e enquanto somos indivíduos no mundo ao lado de/com/contra outros indivíduos. e enquanto.

sem nos perguntarmos se isso é possível ou o que isso significa.A Ética e a Política UNIDADE 2: ÉTICA É hora de superarmos o lugar comum de que precisamos de uma ética na política. o de que nada adianta querermos modificar. alicerçados na ética. Para se entender essas questões serão abordados os seguintes temas: → Poder. o que se faz na política e em todas as organizações públicas. Política e Ética → Duas Concepções de Poder → O Poder como relação entre Seres Humanos → Poder e Liberdade 12/08/2012 . e temos que superar também outro lugar comum.

UNIDADE 2: ÉTICA O problema ético. é importante não reduzir a questão ética à de uma ética profissional. Essa discussão será abordada através do estudo dos seguintes tópicos: → Ética Profissional → Responsabilidade Social → Administração Pública Brasileira e Ética 12/08/2012 . ter em conta a difícil relação entre ética e política. neste caso. É preciso. a “ética profissional” e a responsabilidade social na Administração Pública Brasileira É preciso ter claro que quando se trata da Administração Pública.

” Marcel Proust 12/08/2012 . mas em ter novos olhos.“A verdadeira viagem de descoberta consiste em não procurar novas paisagens.