You are on page 1of 18

RELAÇÕES INTERPESSOAIS NO AMBIENTE DE TRABALHO

Angela Morais
Psicóloga CRP 08/15113

RELACIONAMENTO INTERPESSOAL DEFINIÇÃO Competência para administrar relacionamentos e criar redes; Capacidade de identificar pontos em comum e cultivar afinidades; Envolve habilidades de comunicação e cooperação.

DIMENSÃO INTRAPESSOAL
 Cada pessoa tem uma história de vida, maneiras de pensar e agir;  O auto conhecimento e o conhecimento do outro são componentes essenciais na compreensão de como a pessoa atua no trabalho – dificultando ou facilitando as relações;  É bom lembrar também que o ser humano é individual, único e que, portanto, também reage de forma única e individual a situações semelhantes.

COMPETÊNCIAS PESSOAIS  Autoconhecimento (capacidade de compreender seus estados emocionais internos, bem como seus efeitos sobre as outras pessoas – características: autoestima, autoconfiança, identidade e segurança pessoal);  Autocontrole (redirecionamento de impulsos e estados internos perturbadores – propensão a pensar antes de agir);  Automotivação (forte impulso para a realização – propensão a seguir objetivos com energia e persistência) COMPETÊNCIAS SOCIAIS  Relações interpessoais

Capacidades Técnicas x Competências Sociais
A produtividade de um grupo e sua eficiência estão estreitamente relacionados, não somente com a competência de seus membros, mas sobretudo com a solidariedade de suas relações interpessoais; As organizações modernas valorizam cada vez mais as habilidades sociais.

COMUNICAÇÃO
 Ferramenta que possibilita se fazer entender e gerar vínculos de afetividade entre as pessoas;  Pressupõe saber falar e saber ouvir;  Comunicamos pelo comportamento nãoverbal, pelo tom da voz e, em última instância, pela fala;  O mais importante não é o que se fala, mas como se fala.

Barreiras para uma comunicação efetiva

Por parte do emissor: Falta de clareza Bloqueio emocional Suposições acerca do receptor Expressão deficiente

Por parte do receptor:
Desinteresse Preocupação com a resposta Pré-julgamentos Bloqueio emocional

Por parte de ambos:
Rivalidade Diferença de status Estado físico e emocional

Diferença entre Diálogo e Discussão
Na discussão, os integrantes se utilizam de reflexões com o objetivo de encontrar argumentos que destruam ou enfraqueçam as ideias do outro; No diálogo, estão abertas e predispostas a explorar diversos pontos de vista para se chegar a um bom resultado. Nesse sentido, as pessoas fazem reflexões sobre a validade de suas próprias ideias.

TRABALHO EM EQUIPE
 Conjunto ou grupo de pessoas com habilidades complementares, comprometidas umas com as outras pela missão comum, objetivos comuns e um plano de trabalho bem definido;  Funcionamento – objetivos, conhecimentos e habilidades dos membros da equipe, coordenação e plano de trabalho;  O trabalho em equipe não implica em eliminar as diferenças existentes e, sim, trabalhar estas diferenças – diversidade e administração de conflitos.

CONFLITOS NO AMBIENTE DE TRABALHO
 Dificuldades de relacionamento interpessoal constituem um desafio constante e freqüente nas organizações;  Podem prejudicar o desempenho da equipe, comprometer os resultados, impactando inclusive no clima organizacional;  Às vezes, os problemas de relacionamento não são visíveis, permanecendo mascarados, implícitos, de modo que só é possível percebê-los pelas ações e comportamentos.

 O ambiente de trabalho se apresenta como um cenário muito dinâmico, que obriga a uma intensa interação com os outros – necessidade de trocar informações;  Para isso, é necessário saber lidar com a diversidade existente na organização, respeitando as diferenças e as particularidades de cada um;  Com isso, é possível conquistar o apoio dos demais e fazer um bom trabalho, afinal, ninguém trabalha sozinho!

Problemas de relacionamento interpessoal
FATORES QUE CRIAM E AGRAVAM:
 Dificuldade de lidar com as diferenças – de opiniões, de personalidade, de estilo;  Deixar-se levar por impressões negativas – criação de barreiras;  Mau humor – isolamento, indiferença e hostilidade dos colegas;  Dificuldade em ouvir;  Preconceito;  Fofocas, intrigas;  Individualismo.

FATORES QUE EVITAM OS PROBLEMAS Respeito; Tolerância; Comunicação eficaz – objetiva e gentil; Abertura para o novo e para o diferente; Empatia (todos querem ser, obter, fazer e evitar); Alteridade; Conduta ética – valorizada e exigida das pessoas e das organizações.

 Para manter um clima agradável e sem manifestação de atritos, é necessário que as pessoas deixem de agir de forma individualizada e passem a interagir como uma equipe, promovendo relações amigáveis e cooperativas;  A resolução de problemas desta ordem depende de cada integrante da equipe – compromisso com o grupo e responsabilidade compartilhada (produtos e produtores do meio);  Relacionamento interpessoal e qualidade de vida;

A manutenção de vínculos amigáveis no contexto interpessoal é possível através de uma conduta que abarque respeito, humildade, tolerância e ética. Desse modo, cabe a cada um de nós zelar pela minimização de conflitos e maximização de práticas solidárias, Afinal, boas relações interpessoais representam qualidade de vida e saúde mental!