You are on page 1of 26

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA ENG 675 – ENERGIA DA BIOMASSA

CONVERSÃO BIOQUÍMICA DA BIOMASSA

-ÁLCOOL COMBUSTÍVEL-

Roberta Martins Nogueira

HISTÓRICO
• FERMENTAÇÕES:
– CAVERNAS: carnes; – VINHO, CERVEJA E PÃO; – QUEIJOS; – CHINESES = FEIJÃO MOFADO X INFECÇÕES.
::RMN::

HISTÓRICO • PAUSTER – Problemas dos cervejeiros e vinicultores franceses: – Concluiu: • a fermentação alcoólica estava sempre associada ao crescimento de leveduras. mas que se estas fossem expostas a quantidades importantes de oxigênio produziriam (em vez de álcool e dióxido de carbono) água e dióxido de carbono. ::RMN:: .

::RMN:: . podendo ocorrer fora da célula • 1930: Embden e Meyerhof  Descobriram todas as etapas.HISTÓRICO • 1897: BUCHNER  Sequência de reações.

::RMN:: .GENERALIDADES • Leveduras: Saccharomyces. • Crescem na presença ou na ausência de O2 – Com O2 = crescimento celular – Sem O2 = Produção de etanol.

– Fase estacionária: alimento escasso. – Fase principal: produção de etanol e CO2. redução da taxa de crescimento.GENERALIDADES • FASES DA FERMENTAÇÃO: – Fase inicial: adaptação e crescimento. ::RMN:: .

GENERALIDADES • FERMENTAÇÃO – Duração: máximo de 36 horas. • Higiene. ::RMN:: . – Cuidados: • Preparo do caldo. • Temperatura.

9 ::RMN:: . frutas etc – Balanço energético: • Cana: 1/8.3 • Beterraba: 1/1. beterraba açucareira.MATÉRIA-PRIMA • AÇUCARADA: – Carboidratos diretamente fermentáveis – Cana.

3 a 1.MATÉRIA-PRIMA • AMILÁCEAS: Carboidratos mais complexos Hidrólise Carboidratos simples – Milho. sorgo. madioca etc – Rendimento: 1/1.8 (milho) 1/1.2 (trigo) ::RMN:: . trigo.

– Degradação da celulose. ::RMN:: . hemicelulose e lignina é muito cara.MATÉRIA-PRIMA • CELULÓSICAS: – Resíduos agrícolas.

vinho) e destiladas (aguardente). imprópria para ::RMN:: . – Aplicada quando consumo.MATÉRIA-PRIMA • FERMENTADAS: – Já fermentadas (cerveja.

5 g de etanol • Rendimento de Gay-Lussac ::RMN:: .RENDIMENTO • Rendimento de Pasteur 100 g de glicose 48.

bactérias. propílico. sais e impurezas. aldeídos. butílico. ácidos. glicerina.DESTILAÇÃO • MOSTO – Líquido: • Água e etanol • Álcoois amílico. ::RMN:: . furfurol. isobutílico. – Sólido: • Leveduras. ésteres e ácidos orgânicos. isoamílico.

a 760 mmHg. ::RMN:: . – Álcool etílico: 78.DESTILAÇÃO • Separar substâncias com temperaturas de ebulição diferentes. em função da temperatura.15 ºC – Água: 100 ºC Composição do vapor e do líquido do sistema água-álcool.

DESTILAÇÃO DESCONTÍNUA 1. 2. Carga. 3. Descarga do vinhoto. Destilação. ::RMN:: . Condensação. 4.

Panela 2.DESTILAÇÃO DESCONTÍNUA • Aguardente: – Solução Hidroalcoólica. Condensador ::RMN:: . Componentes: 1. Pescoço 3. – Graduação entre 38 a 54% V/V.

Panela para evaporação. 2. Pescoço. ::RMN:: . 4.DESTILAÇÃO DESCONTÍNUA • PRÉ-DESTILADOR: – Álcool hidratado em pequena escala Componentes: 1. Condensador secundário. Condensador primário e. 3.

::RMN:: .DESTILAÇÃO DESCONTÍNUA • COLUNA COM MULTIFUNÇÃO: – Aguardente. – Álcool hidratado. – Pré-destilado.

DESTILAÇÃO CONTÍNUA • Alimentação e descarga contínuas no equipamento. ::RMN:: .

• Quanto mais pratos.DESTILAÇÃO CONTÍNUA • Coluna de pratos ou bandejas. ::RMN:: . • Série de equipamentos simples superpostos. maior a graduação alcoólica do vapor.

– álcoois superiores como subproduto. bases voláteis. – outros componentes secundários (aldeídos.DESTILAÇÃO INDUSTRIAL • Destilação fracionada: – álcool de primeira. ::RMN:: . ésteres e ácidos). – álcool de segunda.

::RMN:: .DESTILAÇÃO INDUSTRIAL • RETIFICAÇÃO: – Purificação do etanol.

atmólise. destilação em presença de um terceiro corpo e uso de absorvedores regeneráveis. destilação de mistura hiperzeotrópica. • Físicos – variação da pressão. carbonato de potássio. ::RMN:: . acetato de sódio.DESIDRATAÇÃO DO ETANOL • Destilação só até o ponto azeotrópico • Químicos: – óxido de cálcio. absorção de vapores usando corpos sólidos.

5 bilhões de litros/ano – 400 Mil empregos – PIB: U$ 500 mi ::RMN:: .PRODUÇÃO E UTILIZAÇÃO • AGUARDENTE – Produção:1.

6 milhões de empregos ::RMN:: .PRODUÇÃO E UTILIZAÇÃO • ÁLCOOL ANIDRO E HIDRATADO – Produção: 24.3 bi litros/ano – 20.4 bi: mercado interno – PIB: U$ 40 bi/ano – 3.

OBRIGADA! .