As Habitações no Egipto Antigo

Métodos de Construção
Como todos os anos no Egipto Antigo as cheias do Nilo destruíam as casas dos egípcios, as casas eram feitas de adobe. Assim quando vinham as cheias eles limitavam-se a aplanar o terreno e voltavam a construir.

Uma Casa da Classe Média
O interior de uma casa egípcia, mesmo de uma família abastada, era bastante vazia, sem colchões na cama... Contudo era muito arejada e fresca. As paredes eram caiadas para deixar passar a luz do sol e tinham desenhos vivos. Os egípcios tinham muito cuidado com a limpeza, pois a “sanita” estava assente num recipiente de areia com mais uma caixa ao lado.

Casas de Aldeia
As casas vulgares tinham sempre o mesmo plano. A seguir à porta da frente havia uma área de entrada que conduzia à sala de estar, onde havia uma plataforma baixa ao longo de um dos lados sobre a qual se comia e dormia. Além desta havia duas salas mais pequenas, com a cozinha nas traseiras, por vezes com telhado de ramos para dar sombra

Aldeias muito Povoadas
À medida que a população crescia, as cidades tornavam-se mais populosas, com casas de dois e três pisos e ruelas estreitas e tortuosas.

Mansões Egípcias
As mansões egípcias eram construídas com tijolos feitos à base de argila e palha, cuja forma era conseguida em moldes de madeira. A maioria das casas não tinham mais do que duas divisões, mas as famílias ricas viviam em grandes mansões luxuosas.

Trabalho Realizado por:
Ana Raquel Nº 3 7ºB Rui Barbosa Nº23 7ºB

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful