You are on page 1of 24

Alocação de Viagens

Alocação de Viagens  Rede Viária : É o conjunto das vias de transportes. sem cruzar as ligações.  Rede Aranha: É a que se obtém quando se liga cada centróide aos demais adjacentes a ele. .  Rede de Transportes Coletivos: É o conjunto das rotas de transportes coletivos.

2 3 1 4 5 6 7 .

Árvore dos menores caminhos: É aquela formada pelos menores percursos. sem haver formação de polígono. . Árvore: É a figura formada pelos percursos de cada centróide para os restantes.As ligações de uma rede são chamadas links e a interseção de dois ou mais linhs é chamada nó.

2 1 3 4 5 .

CONSIDERAÇÕES SOBRE ALOCAÇÃO DE VIAGENS A alocação de viagens em uma rede viária pode ser feita através de uma série de métodos. Esses métodos tem como principal objetivo estabelecer os volumes de tráfego nos diferentes trechos da rede e constam de três componentes: .

por parte do motorista.1. Uma técnica para encontrar a árvore de acordo com o critério 1. Um critério para a seleção da rota. . Uma técnica para alocar as viagens na árvore obtida. 3. 2.

Composição do tráfego. . Tempo de viagem. Custo de viagem.Fatores que influenciam na escolha da rota pelos motoristas     Distância dos percursos.

Algorítimo para a construção da árvore dos menores tempos de viagem  O centróide inicial é chamado centróide de origem. Para cada centróide da rede atribua um rótulo da seguinte forma: rótulo (j)= [i. d(j)]  .

i – nó mais próximo do nó j. . no caminho de menor tempo de viagem em direção à origem. d(j) – menor tempo de viagem do nó ao centróide de origem.Onde: rótulo (j) = rótulo do nó j.

 Inicialmente para cada nó.j)] . calcule o seguinte parâmetro. 900. faça d(j)=0. para cada nó: soma(j) = [d(i) + l (I. À medida que a árvore for sendo construída. exceto o de origem faça d(j) igual a. digamos.  Para o nó de origem.

conectado com a origem.Onde: soma(j) = soma do nó j. . l (i.j) = tempo de viagem no link (i. Sendo i o último nó. d(i) = tempo de viagem da origem ao nó i.j). do caminho considerado.

faça d(j) = soma (j) e faça i igual ao número do nó. para os nós adjacentes aqueles já conectados à origem. esse nó é desprezado. soma (j). Novas somas são calculadas e testadas em relação ao valor d(j). e o processo pára quando todos os nós tiverem sido utilizados. for maior do que o valor d(j) existente.   . Caso o valor soma (j) seja menor do que o d(j) existente. Se a soma do nó j. conectado ao nó j.

. * . *Alocação através das Curvas de Desvio. *Alocação dos Caminhos Múltiplos.Métodos de Alocação     Alocação Tudo ou Nada.Não serão estudados. *Alocação com Restrição de Capacidade.

.  Esse método é de fácil aplicação. além de não considerar preferências pessoais na escolha da rota. porém não considera a capacidade das vias nem os acréscimos de tempo de viagem.Alocação Tudo ou Nada  As viagens entre um par origem-destino são alocadas na rota de menor resistência entre os respectivos centróides.

0] Nó 2: 1-2.Exemplo: Obter a árvore dos menores caminhos para cada centróide. (2) 2 (4) (1) (4) 5 (3) 1 Nó de origem: Nó 1 Rótulo (1) = [-. Soma (2)=0+2=2 3 (3) (2) (2) (2) 6 4 .

2 < 900.2] Nó 2 conectado ao nó 1 5 2 (2) 1 3 6 4 . rótulo (2)= [1.

rótulo (3)=[2. soma (3)=[0+4]=4 4<900. Nó 3 conectado ao nó2 5 2 (2) (1) 1 3 6 4 .4] 1-2-3. soma (3)=[2+1]=3 3<4.3] . rótulo (3)=[1.Nó 3: 1-3.

3] 1-2-3-4. soma (4)= [3+2]=5 5>3. Nó 4 conectado ao nó 1 5 2 (2) (1) 1 (3) 3 6 4 . rótulo (4)=[1. rótulo (4)= [1.Nó 4: 1-4. soma (4)=[0+3]=3 3<900.3].

6] Nó 5 conectado ao nó 2 (4) 5 2 (2) (1) 1 (3) 3 6 4 . soma (5)= [2+4]=6 6<900.Nó 5: 1-2-5. rótulo (5)=[2.

rótulo (6)= [5.Nó 6: 1-2-5-6. soma (6)= [3+2]=5 5=5. rótulo (6)= [4.5] 3 6 4 (2) (3) 1-4-6.5]. soma (6)= [3+2]=5 5<9. rótulo (6)= [3. soma (6)= [6+3]=9 9<900. Nó 6 conectado ao nó 4 .9] (2) (4) 5 2 (1) 1 1-2-3-6.

A matriz OD é dada abaixo: O/D 1 2 3 1 8 6 2 8 2 3 6 2 4 4 7 4 5 3 5 9 6 9 3 7 4 5 6 4 3 9 7 5 3 4 9 7 8 6 8 2 6 2 - . faça a alocação de viagens usando o Método de Alocação Tudo ou Nada.Considerando as redes anteriores.

A alocação para o centróide de origem 1 é: 3 8 + 6 + 3=17 5 2 3 6 1 4 9 .