You are on page 1of 29

DISCALCULIA:Um Distúrbio de Aprendizagem na Matemática

Autores: Dilciany Mendes J. de Carvalho Simone Vieira de Souza Orientadora: Ms . Lucimara da Costa Santos Brandão Co-orientação: Esp. Maria Apª dos Santos
27/02/2013

JUSTIFICATIVA:
• Constantemente têm sido observadas inúmeras
pessoas com dificuldades de aprendizagem em matemática, o que despertou nosso interesse para uma investigação mais profunda dessas causas.

• Ao investigarmos essas causas encontramos a
Discalculia, assunto ainda desconhecido por grande parte dos educadores , tornando-se de grande relevância a pesquisa sobre o tema.
27/02/2013

Alunos com discalculia são tratados como alunos problemas? 27/02/2013 .PROBLEMA • O desconhecimento desse distúrbio faz com que os problemas de aprendizagem dos alunos sejam tratados de maneira equivocada.

27/02/2013 .OBJETIVO: • Conhecer e compreender a discalculia e suas formas de apresentação. • Entender como e porque muitas pessoas inteligentes experimentam dificuldades específicas no aprendizado da matemática.

27/02/2013 . • • Buscar métodos alternativos que auxiliem os professores a tornarem-se facilitadores do aprendizado.Demonstrar a necessidade de identificar e solucionar os problemas de dificuldades de aprendizagem na Matemática.

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA • Uma abordagem geral sobre dificuldades de aprendizagem.Discalculia 27/02/2013 . • Um breve histórico sobre as DA. • DA na matemática .

Intervenção Psicopedagoga. III. II.Dificuldades de Aprendizagem. I.FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA Este trabalho divide-se em três capítulos.Discalculia e algumas de suas definições. 27/02/2013 .

27/02/2013 .DIFICULDADES DE APRENDIZAGENS: Apesar do conceito de dificuldades de aprendizagem apresentar diversas definições. faremos referência apenas de três para reduzir a difícil compreensão com outros termos.

DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM • Samuel Kirk (1962) – Considerado o pai das DA – refere-se a ela como um atraso ou um transtorno no desenvolvimento geral do indivíduo. 27/02/2013 . faz referência por um funcionamento abaixo do esperado. • Sanchéz (2004) – no sentido internacional DSM-IV. a idade cronológica do indivíduo e seu QI interferem no cotidiano da pessoa. ou seja.

1988). “Significa uma perturbação em um ou mais processos psicológicos básicos envolvidos na compreensão ou utilização da linguagem falada ou escrita. ler. O termo não engloba as crianças que têm problemas de aprendizagem resultantes principalmente de deficiência visual. auditiva ou motora. lesão cerebral. dislexia e afasia de desenvolvimento. disfunção cerebral mínima. de perturbação emocional ou de desvantagens ambientais. culturais ou econômicas“. escrever. soletrar ou fazer cálculos matemáticos.(NJCLD. O termo inclui condições como deficiências perceptivas. pensar. que pode manifestar-se por uma aptidão imperfeita de escutar. de deficiência mental.Definição do Comitê Americano das Dificuldades de aprendizagem. 27/02/2013 .

PRINCIPAIS DISTÚRBIOS DE APRENDIZAGEM: • Dislexia. • Disgrafia. • Discalculia. • Dislalia. 27/02/2013 .

DISCALCULIA Está na Classificação Internacional de Doenças do Manual de Diagnóstico e Estatística de Perturbações Mentais (DSM IV). 27/02/2013 .

• É uma dificuldade de aprendizagem específica da Matemática. 27/02/2013 . • Pessoas com discalculias tem QI normal ou acima do normal. mas a maioria das pessoas nunca ouviu falar nisso. • Aproximadamente 4 a 6% da população mundial tem discalculia.

é um distúrbio que pode ocorrer em qualquer idade. • É uma alteração na capacidade de cálculo e no manejo dos números: cálculo mental. 27/02/2013 discalculia e importante não confundir acalculia com .2004) • Acalculia. 1998) .• O termo discalculia vem do grego (dis=mal) e de igual maneira do Latin (calculare=contar) formando contando mal. é decorrente após uma lesão cerebral. leitura e escrita dos números (Vieira. (Garcia.

tais como: introspecção espacial. que apresenta outras limitações. e os problemas de ortografia. • Garcia (1998). apud Coelho). o tempo. dizem que a discalculia é um impedimento da matemática. a memória pobre. os erros vão se corrigindo. apresenta a discalculia como uma imaturidade das funções neurológicas ou uma disfunção sem lesão. Suas causas estão ligadas geralmente a quadros de imaturidade neurológica conforme vão ocorrendo as aquisições. 27/02/2013 .• Jonhson e Myklebust (1987.

Em seus estudos Garcia (1998). • Discalculia Verbal • Discalculia Practognóstica • Discalculia Léxica • Discalculia Gráfica • Discalculia Ideognóstica • Discalculia Operacional 27/02/2013 . mostra a diferenciação de seis subtipos de Discalculia (Kocs).

. não entende a relação do enunciado com a pergunta do problema.Inversão na escrita do numerais.Crianças que apresentam este quadro. . • Dificuldades espaço-temporais (D. Pragnóstica): .inversão na posição dos algarismos: 37/73.falha na ordenação de colunas para montar o algoritmo: 85 6+ 27/02/2013 145 . geralmente têm os seguintes problemas: • Dificuldades na resolução de problemas (D. Verbal): dificuldades de leitura.

4. Léxica) .9.6.7.2.7.10 27/02/2013 .• Déficit de atenção (D.Pular passos de uma operação: 34 x12 68 Errar sinais de operações: - 30 – 10 = 40 .5.Repetir um ou mais números numa série numérica: 1.4.8.

• Transtornos das estruturas operacionais (D. demonstrando não ter noção do valor posicional do algarismo dos agrupamentos na base decimal. .Falta da compreensão dos conceitos das operações fundamentais da matemática.Necessidade absoluta de concretizar as operações. Operacional) .Impossibilidade em realizar cálculos mentais. Ideognóstica) .Falhas no procedimento do levar e pedir. . 432 279 – 747 27/02/2013 .• Falhas no pensamento operatório (D.

Começar a operação multiplicando o primeiro número da esquerda do multiplicador. . 351 x32 1053 702+ 8073 27/02/2013 .. mal encolunamento dos 24 x15 120 24+ 144 subprodutos.Na multiplicação.

ÁREA CEREBRAL ONDE OCORRE A DISCALCULIA Figura 1 – Funções diferenciadas dos hemisférios especializados. Fonte: Bernardi (2006. pg 23) .

(Silva. 2008) 27/02/2013 .É importante conhecer as regiões do cérebro responsáveis pelos processos de aprendizagem para melhor compreender os aspectos neurológicos das dificuldades.

Quanto antes detectado mais fácil será o tratamento. o professor será capaz de reconhecer e avaliar o aluno que apresente este distúrbio e encaminhálo para uma avaliação com um psicopedagogo e neurologista. (Vieira.INTERVENÇÃO PSICOPEDAGOGA • Conhecendo as características da discalculia. 2004) 27/02/2013 .

sem limite de tempo e com um tutor para certificar se entendeu o que pede as questões. Uso de caderno quadriculado. Fazer prova sozinho. Reduzir o número de questões.Algumas sugestões para ajudar o discalcúlico a trabalhar com a matemática: • • • • • • • • Permitir o uso de calculadora e tabela de tabuada. ditando para que alguém as transcrevas.org. Passar exercícios repetitivos e cumulativos. o aluno desenvolve as expressões mentalmente. Prova oral.dislexia. Moderar a quantidade de lição de casa.br 27/02/2013 . Provas: elaborar questões claras e diretas. www.

As sugestões apresentadas acima. não solucionam o problema da discalculia. 27/02/2013 . mas visam proporcionar uma melhoria na aprendizagem em específico na aprendizagem da matemática.

evitando que este seja injustamente rotulado e mal compreendido nas suas dificuldades. 27/02/2013 .CONSIDERAÇÕES FINAIS É importante o conhecimento da discalculia por todos os professores. A avaliação será feita juntamente com psicopedagogos e neurologistas. pois assim terão maiores condições de avaliar o aluno e encaminhá-lo para tratamento correto.

“Dê ao aluno as possibilidades de aprender do jeito que ele aprende” Autor Desconhecido .

27/02/2013 .