You are on page 1of 16

CIHO PM

2012

DIREITO PENAL MILITAR
CRIMES:
• POR PARTICULARES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MILITAR • CONTRA A ADMINISTRAÇÃO DA JUSTIÇA MILITAR  Usurpação de função  Tráfico de influência  Desobediência a decisão judicial

EQUIPE: AL CIHO PM CONCEIÇÃO AL CIHO PM NELSON AL CIHO PM OBERDAN

AL CIHO PM SERRA AL CIHO PM RÍVIA AL CIHO PM ROSINETE SILVA

detenção. Usurpar o exercício de função em repartição ou estabelecimento militar. 335. .  Pena .CIHO PM 2012 USURPAÇÃO DE FUNÇÃO  Art. assumir o exercício de por fraude ou artifício. alcançar sem direito. de três meses a dois anos.  Definições Usurpar significa adquirir fraudulentamente.

arrebatar etc.CIHO PM 2012 USURPAÇÃO DE FUNÇÃO  Definições O núcleo da figura típica é usurpar. pois caso este apenas alegue que é o titular desta função sem realizar pelo menos um ato a ela inerente. Comete o ato quem passa a realizar atos inerentes ao ofício da função usurpada. podendo ocorrer a contravenção do artigo 45 da lei especial (LCP). indevidamente. apoderarse. a de ser pelo menos um ato oficial. . que quer dizer exercer ilegitimamente. não há delito. tomar.

 Bem jurídico tutelado O bem jurídico protegido é a administração militar. caracterizado pela Administração Militar. . Segundo a lei o crime só existe se cometido em repartição ou estabelecimento militar.CIHO PM 2012 USURPAÇÃO DE FUNÇÃO  O sujeito ativo é somente o civil.  O sujeito passivo é Estado.

. até cinco anos.reclusão. no exercício de função:  Pena . 336. a pretexto de influir em militar ou assemelhado ou funcionário de repartição militar.CIHO PM 2012 TRÁFICO DE INFLUÊNCIA  Art. vantagem ou promessa de vantagem. Obter para si ou para outrem.

CIHO PM 2012 TRÁFICO DE INFLUÊNCIA  Definições É indispensável para o aperfeiçoamento do delito que o agente obtenha. Trata-se de forma de fraude em que o sujeito alegando ter prestígio junto a estes. enganosamente. . possuir condições de alterar o comportamento dos mesmos. Não é indispensável que o agente mencione expressamente o nome do funcionário sobre o qual se exercerá suposta influência. faz crer a vítima. vantagem ou promessa de vantagem. para si ou para outrem.

CIHO PM 2012 TRÁFICO DE INFLUÊNCIA  O sujeito ativo pode ser civil ou militar.  Bem jurídico tutelado: O bem jurídico protegido é a administração.  O sujeito passivo é a administração militar. . desde que desprovido da qualidade de funcionário publico.

.  Tipo subjetivo: O elemento subjetivo consiste na vontade livre e consciente de obter a vantagem ou promessa desta. vantagem ou promessa de vantagem.  Consumação: Ocorre a consumação do crime com simples pratica da conduta incriminado.CIHO PM 2012 TRÁFICO DE INFLUÊNCIA  Tipo objetivo: A conduta incriminada é obter para si ou para outrem.

formal. unissubjetivo e plurissubsistente.CIHO PM 2012 TRÁFICO DE INFLUÊNCIA  Tentativa: É possível a tentativa quando o meio utilizado é mensagem ou um terceiro e o ofendido não toma conhecimento da pratica do ato. . instantâneo (eventualmente permanente).  Classificação doutrinária  Crime impropriamente militar.

de três . de cumprir decisão da Justiça Militar.CIHO PM 2012 DESOBEDIÊNCIA A DECISÃO JUDICIAL Art.  Pena detenção. sem justa causa. meses a um ano. 349 . ou retardar ou fraudar o seu cumprimento.Deixar.

tanto o militar da ativa. à esfera federal.CIHO PM 2012 DESOBEDIÊNCIA A DECISÃO JUDICIAL  O sujeito ativo pode ser qualquer pessoa. restrito exclusivamente. é a Justiça Militar. .  Bem jurídico tutelado: O bem jurídico protegido é a administração da Justiça Militar. federal ou estadual (civil. em face da limitação constitucional das Justiças Militares Estaduais)  O sujeito passivo. como o inativo. titular do bem jurídico aviltado.

CIHO PM 2012 DESOBEDIÊNCIA A DECISÃO JUDICIAL § 1º .No caso de transgressão dos artigos 116. . a pena será cumprida sem prejuízo da execução da medida de segurança. sociedade ou associação. a pena pela desobediência é aplicada ao representante. ou representantes legais. 118 e seus parágrafos 1 e 2. § 2º . 117 e 118. do estabelecimento.Nos casos do Art.

pelo menos. consiste na proibição de que este resida ou permaneça. aplicável quando o juiz o considera necessário como medida preventiva. 116. . O exílio local. a bem da ordem pública ou do próprio condenado.CIHO PM 2012 DESOBEDIÊNCIA A DECISÃO JUDICIAL MEDIDAS DE SEGURANÇA (Militares e Civis) Exílio local  Art. na localidade. durante um ano. município ou comarca em que o crime foi praticado.

por qualquer motivo. da faculdade de acesso a lugares que favoreçam. . A proibição de frequentar determinados lugares consiste em privar o condenado.CIHO PM 2012 DESOBEDIÊNCIA A DECISÃO JUDICIAL Proibição de frequentar determinados lugares  Art. seu retorno à atividade criminosa. durante um ano. pelo menos. 117.

 § 1º A interdição consiste na proibição de exercer no local o mesmo comércio ou indústria. . nem superior a seis meses. sociedade ou associação  Art. ou a atividade social. se o estabelecimento. ou de sociedade ou associação. A interdição de estabelecimento comercial ou industrial. cuja sede é interditada. não pode exercer em outro local as suas atividades. 118.  § 2º A sociedade ou associação.CIHO PM 2012 DESOBEDIÊNCIA A DECISÃO JUDICIAL Interdição de estabelecimento. pode ser decretada por tempo não inferior a quinze dias. sociedade ou associação serve de meio ou pretexto para a prática de infração penal.

• Nas Forças armadas .CIHO PM 2012 CONCLUSÃO • Crimes Militares – mais frequentes nas Forças Militares estaduais. • Crimes praticados por civis (esfera federal) • Pesquisa? .pouco divulgados.