You are on page 1of 47

Universidade Eduardo Mondlane Faculdade de Engenharia Curso: Engenharia do Ambiente

Disciplina: Economia Ambiental

Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental

Maputo, Maio de 2012

I. Introdução
• Actualmente, a preocupação mundial quanto à preservação dos recursos naturais e ambientais faz com que pesquisas sejam desenvolvidas a fim de identificar as principais causas. A questão que envolve a degradação ambiental nos países desenvolvidos cedeu espaço, após o Relatório “Nosso Futuro Comum” (WCED, 1987). A partir daquele Relatório, a degradação ambiental passou a ser associada ao grau de pobreza da população.
Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 2

II. Objectivos
1. Objectivo geral • O trabalho tem como objectivo estudar o subdesenvolvimento e a degradação ambiental. 2. Objectivos específicos • Relacionar a pobreza e o meio ambiente. • Abordar o subdesenvolvimento como causa principal para a degradação do meio ambiente. • Relacionar a pobreza e a gestão de recursos naturais.
3

Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental

III. Metodologia
• Para a realização deste trabalho foi feita uma pesquisa bibliográfica pelo grupo composto por dez elementos sendo que para melhor organização, o grupo foi dividido em três subgrupos com tarefas distintas que mais tarde foram reformuladas num processo de brainstorming no seio do grupo.

Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental

4

baixo rendimento per capita . humanos e financeiros. o que se manifesta numa forte dependência económica externa. subalimentação. António 2002). quando comparado a outros. baixo nível escolar. sejam condições favoráveis de emprego ou poder(Crespo.IV. mão-de-obra abundante e desqualificada. • Subdesenvolvimento É o estado de desenvolvimento de um país ou região em que se regista uma fraca utilização dos recursos naturais. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 5 . seja renda. Conceitos • Pobreza é a situação em que o indivíduo. tem menos de algum atributo desejado.

Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 6 .IV. onde as alterações biofísicas provocam alterações na fauna e flora natural. É normalmente associada à ação de poluição com causas humanas. com eventual perda de biodiversidade. contudo. no decorrer da evolução de um ecossistema. Conceitos • Degradação AMBIENTAL É um processo de degeneração do meio ambiente.

Conceitos • Recursos Naturais São elementos da natureza que são úteis ao Homem no processo de desenvolvimento da civilização. • Poluição ambiental é o acto de contaminar directa ou indirectamente o solo. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 7 .IV. sobrevivência e conforto da sociedade em geral. a água. as florestas e outros componentes da natureza.

Pobreza e Meio Ambiente Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 8 .V. Desenvolvimento 1.

algumas dessas abordagens não levam em consideração a diversidade de factores que compõem a condição de pobreza. Pobreza e meio ambiente • A relação entre pobreza e meio ambiente é abordada de diversas formas. No entanto. bem como do meio ambiente. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 9 .1.

mostrando a significativa limitação no que concerne a dois fenómenos multidimensionais.1. por exemplo. Pobreza e meio ambiente • Utilizando algumas variáveis como. a renda para indicar a condição de pobreza. como é o caso da pobreza e do meio ambiente. e a erosão do solo para expressar a degradação ambiental. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 10 .

CMMD.1. 1991). já que “um mundo onde a pobreza é endémica estará sempre sujeito a catástrofes ecológicas ou de outra natureza”. a condição de pobreza é a maior causa e o maior efeito da degradação ambiental. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 11 . Pobreza e meio ambiente • Segundo o Relatório Brundtland (WCED. 1987.

Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 12 .1. Pobreza e meio ambiente • O critério a ser utilizado para a pobreza ao se analisar a relação entre pobreza e meio ambiente deveria ser a habilidade de realizar investimentos mínimos para manter ou aumentar a quantidade e qualidade da base de recursos e/ou reverter a degradação ambiental.

porém os agricultores mais ricos utilizam maior quantidade de bens e serviços ambientais. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 13 .1. Pobreza e meio ambiente • Os autores mencionam o facto de que os pobres rurais dependem mais dos recursos naturais do que os ricos (na composição da renda). • A pobreza e os pobres são vistos como uma das causas primárias da destruição ambiental.

os ricos são os que mais utilizam o meio ambiente. • Contudo. Pobreza e meio ambiente • CAVENDISH (1999) sugere que os pobres são mais dependentes dos recursos naturais do que os ricos.1. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 14 . de forma absoluta. os ricos exploram quantidades muito superiores às quantidades utilizadas pelos agricultores pobres. embora os pobres necessitem relativamente mais dos recursos naturais para sobreviver. a parcela da renda advinda da exploração dos recursos naturais diminui quando a renda agregada aumenta. ou seja. isto é.

1. Pobreza e meio ambiente • Para PRAKASH (1997). por si só. que a pobreza e a causa degradação ambiental e vice-versa. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 15 . o facto de que uma proporção substancial da população pobre viva em ambientes degradados não demonstra.

social e educacional de forma equilibrada. para melhor compreensão de como se dá o processo de degradação ambiental em um ecossistema. De que forma? Desde que não haja um desenvolvimento económico. como veremos a seguir. verifica-se que não só a pobreza como a riqueza podem causar a degradação ambiental. • Para tal precisamos rever alguns conceitos como desenvolvimento sustentável e capacidade de sustento do território.1. Pobreza e meio ambiente • A partir do resultado obtido nas análises literárias e debates em grupos. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 16 .

enquanto desenvolvimento seria mudança na estrutura da economia sem o aumento do PIB” Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 17 . Pobreza e meio ambiente • Assim. a definição implícita de desenvolvimento sustentável seria “o crescimento ou desenvolvimento económico que seja compatível com a capacidade de sustento de um território. Lembramos que crescimento económico é aumento do PIB (Produto Interno Bruto).1.

VI. Desenvolvimento 2. O subdesenvolvimento a causa principal da poluição e degradação ambiental Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 18 .

mão-de-obra abundante e desqualificada. humanos e financeiros. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 19 . Subdesenvolvimento É o estado de desenvolvimento de um país ou região em que se regista uma fraca utilização dos recursos naturais. baixo nível escolar. baixo rendimento per capita. o que se manifesta numa forte dependência económica externa. O subdesenvolvimento a causa principal da poluição e degradação ambiental i. subalimentação.2.

2. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 20 . O subdesenvolvimento a causa principal da poluição e degradação ambiental ii. IDH – Índice de Desenvolvimento Humano É um indicador compósito que se determina com base num indicador económico (PIB/Cápita) e dois indicadores sociais (esperança média de vida e taxa de alfabetização).

8 ► Desenvolvimento. O subdesenvolvimento a causa principal da poluição e degradação ambiental .5 ► Subdesenvolvimento.5-0.Classificação: • IDH < 0. • IDH > 0. • IDH entre 0. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 21 .8 ► em vias de desenvolvimento.2.

O subdesenvolvimento a causa principal da poluição e degradação ambiental iii.2. Causas do subdesenvolvimento Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 22 .

elevada natalidade que se verifica nos países em desenvolvimento gera problemas porque: a) as débeis infra-estruturas não acompanham o crescimento populacional b) problemas de fome c) desemprego Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 23 . Causas do subdesenvolvimento 1. Explosão demográfica .iii.

Baixa consciência ambiental . Causas do subdesenvolvimento 2.iii. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 24 . 3. e logo a criação de emprego.Inviabilizam o investimento estrangeiro. sobretudo de empresas ligadas aos sectores das tecnologias mais produtivos e lucrativos. Agricultura tradicional De fraca produtividade e virada para o auto consumo é insuficiente para as necessidades de uma população crescente.

Economia frágil • . Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 25 . que na sua maioria a exploração é feita por empresas estrangeiras e multinacionais • . de recursos energéticos e mineiros.iii. Causas do subdesenvolvimento 4.Baseada na produção e exportação de matériasprimas.As trocas comerciais são desfavoráveis: exportam matéria-prima a custos baixos e importam produtos industriais elaborados ou semi-elaborados.

rede ferroviária) -Também condiciona o investimento estrangeiro. 6. golpes de estado. Dívida externa 7.) 8. Instabilidade social e política (guerras. etc. aeroportos.iii. Corrupção Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 26 . conflitos étnicos. Causas do subdesenvolvimento 5. Debilidade das infra-estruturas económicas (rede viária.

2. O subdesenvolvimento a causa principal da poluição e degradação ambiental • A compreensão do processo de degradação do meio ambiente passa pela análise da interacção entre as ecologias natural e humana. o homem destacou-se dos demais seres vivos pela sua capacidade de engenho e aprendizagem. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 27 . Desde o surgimento na biosfera.

Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 28 .2. lado esquerdo da figura 1. para voltarem ao processo produtivo. acrescidos daqueles provenientes do seu próprio metabolismo. estão os manufaturados. vão depender da capacidade de reciclagem dos ciclos naturais. constata-se que além dos resíduos naturais que retornam à sua base biológica. Tais resíduos. O subdesenvolvimento a causa principal da poluição e degradação ambiental • Analisando o ciclo natural. que procedem da atividade produtiva do homem.

seja pela quantidade ou pela qualidade. etc. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 29 . Por outro lado. alguns dos • quais não biodegradáveis. Como resultado da soma das pressões sobre o meio ambiente tem-se a poluição ambiental.. queimada.2. construção de hidroelétricas. desmatamento. as “saídas” dos ciclos naturais para abastecer os ciclos humanos através da mineração. agricultura e pecuária intensiva. causam pressões que contribuem para a degradação do ambiente. contribuem para a degradação do ambiente. O subdesenvolvimento a causa principal da poluição e degradação ambiental • Muitos deles são substâncias inorgânicas e o resto são compostos orgânicos. que se convertem em contaminantes da base biogeoquímica e.

S e LETEY.Interacção da ecológica natural e humana Interacção ecológica natural e humana ubdesenvolvimento e Degradação mbiental adaptada de EDMUNDS. 1975 30 .

directa ou indirectamente. mais especificamente. impeça ou dificulte a sua utilização. O subdesenvolvimento a causa principal da poluição e degradação ambiental • No contexto actual. poluição ambiental é a degradação da qualidade do ambiente com prejuízos à qualidade de vida humana ou. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 31 . qualquer alteração na composição e características do ambiente que.2.

Pobreza e Gestão dos Recursos Naturais Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 32 . Desenvolvimento 3.VII.

dentre os quais: Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 33 .3. o comportamento das pessoas em relação aos RN está dependente de muitos factores. • Nos países subdesenvolvidos. Pobreza e Gestão dos Recursos Naturais • O nível de desenvolvimento de um país constitui elemento fundamental na determinação do comportamento das pessoas em relação a forma como tratam os seus recursos.

• Nível de escolaridade da população.3. • Os sistemas de uso de terra estabelecidos pelo estado e pelos direitos consuetudinários. Este facto dificulta em grande medida o maneio sustentável dos RN (Tiago Nhazilo citando Negrão. Pobreza e Gestão dos Recursos Naturais • Os níveis de rendimento a que cada indivíduo tem acesso. 1996). Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 34 .

Solução para a boa gestão dos recursos naturais nos países subdesenvolvidos Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 35 .3. Pobreza e Gestão dos Recursos Naturais a.

• A gestão comunitária dos RNs tem influência na vida comunitária em geral e individual em particular. reduzem a pobreza e garantem uma sustentabilidade no seu uso. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 36 . pois com a repartição equitativa dos benefícios resultantes da exploração de um determinado recurso as comunidades elevam o seu nível de vida.Inclusão das comunidades na gestão dos RN • A inclusão da comunidade na gestão de RN constitui uma oportunidade para a comunidade construir suas infra-estruturas sociais que tanto fazem falta.

emissão de licenças de pesca artesanal para estrangeiros. carvoeiros ilegais. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 37 . uso de redes proibido aos estrangeiros e nacionais.Inclusão das comunidades na gestão dos RN • Um outro desafio que a comunidade pode estabelecer é a eliminação total dos furtivos.

3. Pobreza e Gestão dos Recursos Naturais b. Exemplos de sucesso na gestão comunitária de RN Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 38 .

b. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 39 . como forma que garante a sustentabilidade no uso dos recursos. no alívio da pobreza e geração da riqueza. Exemplos de sucesso na gestão comunitária de RN • O envolvimento da comunidade na gestão dos RNs é assumido em muitos países do mundo e em África particularmente.

a participação das comunidades na gestão de RNs é vista como uma forma adequada para o alívio da pobreza.1. por exemplo. A implementação da iniciativa participativa na gestão dos RNs nas Filipinas permitiu a melhoria das condições de vida das comunidades que residiam em zonas montanhosas que tinham suas vidas dependentes dos recursos florestais em seu redor. Neste país. a estratégia da participação comunitária na gestão dos RNs não só permitiu a protecção do MA como também contribuiu para a promoção da justiça social e o alívio da pobreza das comunidades que residem em áreas florestais dependendo exclusivamente dos recursos extraídos.b. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 40 . Filipinas • Nas Filipinas.

elevar o nível de desenvolvimento institucional.2. os aldeões tiveram por si só iniciativas de criar áreas de plantio de árvores e reposição em locais onde há exploração de madeira. e algum tempo depois elevou a qualidade de vida dos aldeões no norte do Paquistão. a organização Aga Khan conseguiu aumentar os rendimentos e qualidade de vida das pessoas. Como resultado. equitativo e desenvolvimento sustentável.b. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 41 . Com a intervenção da comunidade. Paquistão • No Paquistão uma experiência foi levada a cabo em 1982 pela organização Aga Khan numa área de exploração de recursos florestais para exploração de madeira que teve sucesso.

3. Botswana • No Botswana. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 42 .b. a gestão comunitária dos RNs está baseada no princípio de que as comunidades só podem valorizar os RNs se elas tiverem um controle directo na utilização e na divisão justa dos custos e benefícios daí decorrentes.

é aprovada a Lei 8/97 (Lei da Terra) um dos dispositivos legais que preconiza a participação das comunidades na gestão dos RN ao seu dispor visando a melhoria da qualidade de vida das comunidades.4. foi nos princípios da década de noventa que se assistiu à aparição das primeiras iniciativas comunitárias de maneio dos RN quando se questionou a capacidade de gestão centralizada nos RN devido aos resultados pouco encorajadores daí decorrentes. em 1997. Com o efeito. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 43 . Moçambique • Em Moçambique.b.

b. definida como utilização racional e controlada dos recursos florestais e faunísticos mediante a aplicação de conhecimentos científicos e técnicos visando atingir os objectivos de conservação para presentes e futuras gerações. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 44 .4. órgãos locais do estado e o sector privado como elemento que garante a utilização dos recursos sem prejuízo das práticas costumeiras e em conformidade com os princípios de conservação. Moçambique • De acordo com a Lei 10/99 (Lei de florestas e Fauna Bravia) do seu artigo 13 alínea e). a exploração sustentável dos recursos. deve ter como base o princípio de harmonia entre as comunidades locais.

VIII. 3. do nível de escolaridade da população e a melhor solução para essa gestão é a inclusão da comunidade na gestão dos RNs. A pobreza e os pobres são vistos como uma das causas primárias da distruição ambiental. Os países necessidade. Conclusão 1. Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 45 . subdesenvolvidos poluem por 2. A gestão dos RN nos países subdesenvolvidos depende dentre vários factores.

Furb. Da economia ecológica ao ecologismo popular. Comissão mundial sobre o meio ambiente Desenvolvimento. Capítulo 3. p. 430p. Blumenau: ed. Rio de janeiro: editora da fundação getúlio vargas.Referências bibliográficas • Alier. • Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 46 . Rio de janeiro: eco 92.1991. • Nosso futuro comum. • Conferencia das nações unidas sobre meio ambiente e Desenvolvimento (1992).99-142. Combate à pobreza.2ed.m.j.1998.

22 de Maio de 2012 Subdesenvolvimento e Degradação Ambiental 47 .Gratos pela atenção dispensada.