You are on page 1of 33

Exame Contrastado do Rim

Equipe: Elem Costa Gisele Aquino Ismael Leite Paulo Roberto

FAZ - 2009

São substâncias variadas, radiodensas, utilizadas para fins de diagnóstico;  Existem muitos exames e técnicas utilizadas para examinar as diversas estruturas do corpo humano.  Seu aparecimento surgiu da necessidade de melhorar a imagem do raio X, nos

tecidos moles.

ANATOMIA

SISTEMA URINÁRIO – Dois rins – Dois ureteres – Bexiga – uretra

em forma de grão de feijão. entre o peritônio e a parede posterior do abdome.Rins ■ São órgãos pares. . Sua coloração é vermelha-parda. localizados logo acima da cintura.

como vias de passagem e áreas de armazenamento. As funções dos rins incluem: .Função dos Rins Os rins realizam o trabalho principal do sistema urinário.Regulação do nível de glicose no sangue.Regulação do volume sanguíneo. os rins contribuem para a homeostasia dos líquidos do corpo de varias maneiras.Liberação de hormônios. .Excreção de resíduos e substancias estranhas.Regulação da pressão arterial. .Regulação do pH do sangue. . . . . com as outras partes do sistema. Atuando. Com a filtração do sangue e a formação da urina. . principalmente.Regulação da composição iônica do sangue. .Manutenção da osmolaridade do sangue.

Os Ureteres são capazes de realizar contrações Rítmicas denominadas peristaltismo. A urina se move alongo dos ureteres em resposta à gravidade e ao peristaltismo. os ureteres tem menos de 6 mm de diâmetro e 25 a 30 cm de comprimento. distinguem-se em duas partes do ureter: Abdominal e Pélvica.Ureteres São dois tubos que transportam a urina dos Rins para a bexiga. Em virtude do seu trajeto. Órgãos pouco calibrosos. .

nas mulheres esta a frente da vagina e abaixo do utero. . ela se eleva para a cavidade abdominal. elástico que. nos homens situa-se diretamente anterior ao reto e. oco.Bexiga Funciona como um reservatório temporário para o armazenamento da urina. É um órgão muscular. a bexiga está localizada inferiormente ao peritônio á sínfise púbica. quando cheia. Quando vazia.

A uretra se abre para o exterior atrás do óstio externo da uretra. sendo revestido por mucosa que contém grande quantidade de glândulas secretoras de muco.Uretra É um tubo que conduz a urina da bexiga para o meio externo. .

RIM .

Exames contrastado ■ Nefrograma ■ Netro tomografia (ou nefro tomografia ) ■ Pielografia retrógrada ■ Pielografia anterógrada percutânea ■ Uretrocistografia ■ Cistografia retrógrada na mulher ■ Urografia excretora .

UROGRAFIA EXCRETORA .

URETERES E BEXIGA ATRAVÉS DE INJEÇÃO ENDOVENOSA DE CONTRASTE IODADO. PELVIS RENAIS.UROGRAFIA EXCRETORA É O EXAME CONTRASTADO DO SISTEMA URINÁRIO ONDE VISUALIZAMOS OS PEQUENOS E GRANDES CÁLICES. .

– VISUALIZAR A PORÇÃO COLETORA DO SISTEMA URINÁRIO. . – AVALIAR A CAPACIDADE FUNCIONAL DOS RINS.OBJETIVO – ESTUDAR A FORMA E A FUNÇÃO DO SISTEMA URINÁRIO.

DOENÇA RENAL POLICÍSTICA. INFEC. HIPERTENSÃO RENAL. . ANOMALIAS CONGÊNITAS. FÍSTULA.UROGRAFIA EXCRETORA ♦ INDICAÇÕES – – – – – – – – – CÁLCULOS VESICAIS E RENAIS. OBSTRUÇÃO. CARCINOMA. DO TRATO URINÁRIO (ITU). HIDRONEFROSE.

CÁLCULOS RENAIS CARCINOMA CÁLCULOS VESICAIS DOENÇA RENAL POLICÍSTICA .

Jejum de 8 horas Retirar todos os objeto metálicos e a roupa ( vestir avental) Explicar o exame ANAMNESE .        O trato intestinal deve estar livre de gases e de material fecal (uso de laxantes e enema) Desidratar levemente o paciente para melhorar a concentração de contraste nos rins (restrição de líquidos nos rins) e o paciente deve urinar logo antes do exame Hidratar o paciente após exame Na noite anterior do exame dieta leve.

PUNÇÃO VENOSA .

UROGRAFIA EXCRETORA CONTRASTE – IODADO  IÔNICO  NÃO-IÔNICO .

PREPARO DA SALA DE EXAME. EM UMA SALA DE EXAMES. DEVEMOS TER SEMPRE EM MÃOS CARRO DE PARADA DROGAS PARA UMA POSSÍVEL REAÇÃO .

PREPARO PARA POSSÍVEIS REAÇÕES .

acompanhará este tipo de exame. O médico radiologista indicará um tratamento com anti-histamínico. devemos sempre perguntar para o paciente se o mesmo está com algum desconforto. As vezes o médico Anestesiologista.ATENÇÃO      Se o paciente for alérgico a alguma coisa. . O material de URGÊNCIA. mais corticóide antes de injetar o contraste. para dar suporte médico (no caso de um eventual CHOQUE ANAFILÁTICO). deverá está na sala de exame. o exame deverá ser remarcado. Após injetar o contraste. sempre procurando possíveis reações. três dias antes do exame.

filme 35 x 43 cm. .30m dependendo do tamanho do paciente.00m ou 1.UROGRAFIA EXCRETORA  Antes de injetar o contraste realizar radiografia simples do abdome (AP) . altura de 1.

.UROGRAFIA EXCRETORA  Realizar radiografia panorâmica (AP) do abdome no tempo 5’ a contar do início da injeção – filme 35 x 43 longitudinal.

.Realizar radiografia panorâmica (AP) do abdome no tempo 10’ a contar do início da injeção – filme 35 x 43 longitudinal.

 Radiografias em OAD e OAE para melhor visualização dos ureteres. Podem ser realizadas em OPD e OPE – filme 35 x 43 longitudinal. OPD OPE .

25´ .UROGRAFIA EXCRETORA  Radiografia panorâmica em decúbito ventral (PA) no tempo de 25’. (essa posição propicia enchimento mais acentuado dos ureteres).

filme 24 x 30 longitudinal. .Radiografias localizadas da pelve pré-miccional (bexiga) .

Pós-miccional .

COMPRESSOR .

CASO HAJA UM ESCREÇÃO MUITO RÁPIDA. DEVEMOS FAZER UMA RADIOGRAFIA COM COMPRESSÃO LOCALIZADA(PARA O ENCHIMENTO DO SITEMA PIELOCALICIAL E DOS URETERES PROXIMAIS). .

COMPRESSÃO LOCALIZADA .

.UROGRAFIA EXCRETORA    Caso haja retardo na eliminação de contraste por algum rim. Pode ser realizada até 24h após. OBS: orientar o paciente para não beber água. 2h e 6h da injeção de contraste. (Caso se observe o rim em um destes tempos o exame está finalizado). Geralmente se utilizam radiografias de retardo com 1h. devem ser realizadas radiografias de retardo (Radiografias tardias) até que se visualize o rim ou se confirme a exclusão deste.

URO-CT Urografia Excretora .