A Z U M A H O U S E

T A D A O A N D O

EXPERIÊNCIA PESSOAL
A importância da Luz e a simplicidade dos materiais “ A casa onde cresci foi muito importante para mim. (...).Era uma casa típica, muito comum, construída cerca de dez ou quinze anos antes da Segunda Guerra Mundial (...). Ela era muito comprida e quando chegávamos da rua, passávamos por um corredor até chegar a um pequeno pátio, e depois por um outro espaço comprido que levava cada vez mais para o fundo da casa. O pátio tinha muita importância, pois a casa era muito comprida e a quantidade de luz, muito restrita. Quando se vive num lugar assim, compreendemos o quanto a luz é fundamental para o espaço interno.” “Do outro lado da rua havia uma fabriqueta artesanal onde se faziam muitos trabalhos em madeira, e na porta ao lado, uma loja onde se faziam pequenas peças em pedra ,(...). Então foi nesta vizinhança onde eu cresci olhando toda aquela gente trabalhando com as mãos. Isso fez com que eu tivesse consciência de como as coisas são feitas e construídas (...)” “ Começar a entender a confiança do carpinteiro e a dignidade, num efeito combinado, fez com que eu pensasse que aquela poderia ser uma forma de contribuir para a sociedade de algum modo” em, “Tadao Ando. Conversas com Michael Auping”

AZUMA HOUSE

OSAKA, JAPÃO
BAIRRO DE SUMIYOSHI CONSTRUIDA ENTRE 1975 E 1976 ÁREA DE LOTE : 57. 28 M2

PISO 0

PISO 1

CORTE

AXONOMET RIA

“ Não acredito que a Arquitectura tenha que falar muito. Deve permanecer silenciosa e deixar que a natureza a guie pela luz e pelo vento.”

A entrada de luz zenital colocada na porta de entrada foi pensada para proporcionar a experiência da luz, do vento e da chuva sem as interferências do contexto urbano.

em, “Tadao Ando. Conversas com Michael Auping”

“ A memória daquela casa sempre esteve comigo, o modo como os aposentos pareciam estar pintados em sombra e luz. È assim que experimento o espaço.”

Related Interests