Igreja de Deus no Brasil em Samambaia Sul Pra.

Ângela Dias da Costa

depois da qual trata de quatro situações em que o sacrifício e o consumo da carne estão envolvidos. .INTRODUÇÃO O capítulo começa com uma fórmula que é típica de Levítico. Trata dos procedimentos corretos da imolação e das penalidades aplicáveis quando o sangue é usado erroneamente.

VERSÍCULOS 1-2 Aqui tem indicação clara. Estas ordenanças se forem guardadas. como em muitos versículos anteriores a presença da autoridade divina. mas se forem desrespeitadas. a nação é advertida quanto ao castigo que . garantirão a continuidade do modo de vida distinto de Israel.

VERSÍCULOS 3-7  Proibe a imolação de animais sem oferecêlos ao Senhor. (Lv 3:1-17) (Lv 7:1118) A penalidade para este delito é ser eliminado. (valor dos animais)  . Desta maneira o É o sacerdote oficiante Senhor receberia sua porção.  Necessidade do santuário satisfeita.  O ofertante era relembrado que seu alimento vinha de Deus.

 Todos os sacrifícios deviam estar sob a supervisão dos sacerdotes do santuário por outra razão: garantir que os israelitas evitassem qualquer forma de idolatria. .

 Reforça o propósito do versículo anterior ao tratar de uma oferta que visa fazer parte da adoração.VERSÍCULOS 8-9 Esta seção trata da proibição dos sacrifícios feitos fora da área do tabernáculo.  .

o resultado será desastroso  OS CRISTÃOS EM GERAL PRECISAM DE TER UM MAIOR SENSO DE SANTO TEMOR E REVERÊNCIA AO APROXIMARSE DO CRIADOR DO MUNDO E DOS HOMENS.senão.A legislação levítica ensina repetidas vezes que a aproximação do pecador a Deus no culto deve seguir certas linhas especificadas de orientação.  .

foi levado para seu nível mais alto por Jesus Cristo no Calvário.  O princípio de expiação vicária.VERSÍCULOS 10-12 Ao sangue é atribuído santidade especial porque Deus destinou o sangue dos animais limpos como meio de expiação. através de quem agora recebemos a expiação (Rm 5:11)  .

.

PORTANTO. O SANGUE DERRAMADO CONSTUTÍA-SE EM EVIDÊNCIA VISÍVEL DE QUE A VIDA REALMENTE FORA OFERECIDA NO . SANGUE COMO SIGNIFICADO DE VIDA ENTREGUE NA MORTE.O PAPEL DO SANGUE A OFERTA DO SANGUE. ERA REALMENTE UMA INDICAÇÃO DE QUE A VIDA FORA LIBERADA A FIM DE SER OFERECIDA A DEUS.

HÁ TAMBÉM UMA ÓBVIA PREOCUPAÇÃO HIGIÊNICA A SER LEVADA EM CONTA. MESMO ASSIM.  . MAS O SANGUE DELES DEVIAM.  EMBORA A REVERÊNCIA PELA VIDA SEJA INDICADA ATÉ CERTO PONTO POR ESTA LEGISLAÇÃO. SER TRATADOS DE MODO CIRCUNSPETO.  ESTES ANIAMIS NÃO PODIAM SER OFERECIDOS EM SACRIFÍCIO.VERSÍCULOS 13-16 TEM HAVER COM O SAGUE DE CAÇA LIMPA APANHADA NO CAMPO.

 .  ACESSO A DEUS PELA FÉ (Hb 10:22). Ef 1:7).  VITÓRIA SOBRE O MAL (Ap 12:11).  JUSTIFICAÇÃO (Rm 5:9.CONCLUSÃO OS REGULAMENTOS A RESPEITO DA QUALIDADE SAGRADA DO SANGUE ESTÃO REPLETOS DE SIGNIFICADOS ESPIRITUAIS PARA OS CRISTÃOS.  OBTÉM GLÓRIA ETERNA (Ap 7:15).