You are on page 1of 24

Emergências Metabólicas Cetoacidose Metabólica Alunos Participantes

:
José Martins de Souza Neto Nara Salles Castilho Alessandra Garcia Priscila Keiko Nishi

Emergências Metabólicas Cetoacidose Metabólica
• Objetivo: • Reconhecer os sinais e sintomas que caracterizam as emergências diabéticas • Estabelecer o tratamento específico para cada uma delas • Determinar a assistência de enfermagem para os pacientes em emergências diabéticas

Diabetes Metabólica Crônica  Insulina Glicemia .

Diabetes Diabetes Pâncreas .

Diabetes Tipo I Insulino dependente Jovens Difícil controle Cetoacidose Patogenia imunológica Insulinite 10-20% .

Diabetes Tipo II Não insulino dependente Adultos (> 30 anos) Obesos Fácil controle Não cetose Não auto Anticorpos 80-90% .

Graxos Livres Cetoacidose Coma .Diabetes  Insulina  Glicemia  Lipólise Glicosúria Poliúria  Volemia  Ac. Graxos Livres  Oxidação (hepática) Ac.

Microangiopatia Fundo de Olho Retinopatia .

Microangiopatia Diabetes Arterioloesclerose Hialina Espessamento Membrana Basal .

Microangiopatia Espessamento Membrana Basal Síntese Reabsorção .

Diabetes principais Complicações Diabetes Lesões Coração Aterosclerose Coronária .

Diabetes principais Complicações Infarto Miocárdio .

Diabetes principais Complicações Aterosclerose Vasos da Base .

Diabetes principais Complicações Acidente Vascular Cerebral .

Diabetes principais Complicações Gangrena Membros Inferiores .

Diabetes principais Complicações Insuficiência renal IRA IRC Glomérulos Vasos Interstício .

• . vômitos.e apresentar uma série de alterações metabólicas e bioquímicas caracterizadas por sinais e sintomas tais com alterações do nível de consciência. • O não tratamento destas alterações de forma rápida.Emergências Metabólicas Cetoacidose Metabólica Introdução • Paciente diabéticos podem descompensar. instabilidade da pressão arterial. diminuição do débito urinário. hiperventilação. estão associadas a taxas de mortalidade entre 6% a 10% dos pacientes.

A. * suspensão da insulinoterapia.D é precipitada por: * infecção.das alterações do metabolismo das proteinas.Cetoacidose Diabética (CAD) • C.deficiência grave de insulina • .D caracteriza-se por: •  hiperosmolaridade  hiperglicemia •  acidose metabólica acúmulo de cetácidos •  depleção de volume diurese osmótica . carboidratos e gorduras. • * estresse fisiológico ou emocional. • C.D resulta da:.A. • C.A.

• corticostéroides .Emergências Metabólicas Cetoacidose Metabólica Fatores de riscos • Infecção (ITU. sepses) • Uso inadequado de insulina • IAM • AVE isquêmico ou hemorrágico • Traumas • Uso de drogas • Etilismo agudo • ex: cocaína. pneumonias.

desidratação • Taquicardia • Hipotensão • Respiração de Kussmaul • Hálito cetônico (fruta passada) • Obnubilação ou coma .Emergências Metabólicas Cetoacidose Metabólica Sintomas • Naúseas e vômitos • Poliúria e sêde • Fraqueza • Dor abdominal • Visão embaçada • Sonolência Sinais • Pele seca.

Emergências Metabólicas Cetoacidose Metabólica Déficit água e eletrólitos • Água • 5 – 11 litros • Sódio • Cloretos • potássio • 300 – 700 mmol • 350 – 500 mmol • 200 – 700 mmol .

evitar aspiração • Atenção as alterações do traçado do ECG:K .onda T em tenda. alargamento QRS. FV • Monitorizar perdas. adequada ventilação e oxigenação • Observar alterações do nível de consciência • Tratar sede e vômito(hidratação IV). prolongamento PR. ganhos e medicamentos • Monitorizar glicemia/glicosúria/cetonúria com a dose de insulina • Acompanhar evolução da acidose através da gasometria • Tratar causa desencadeante .Emergências Metabólicas Cetoacidose Metabólica Emergências Diabéticas Assistência de Enfermagem • Manutenção de via aérea livre.

Emergências Metabólicas Cetoacidose Metabólica .

Emergências Metabólicas Cetoacidose Metabólica SAVC: Suporte Avançado de vida em Cardiologia .