You are on page 1of 8

INST.

: MAJ Carlos AL SD PM Andre ALSD PM Casarin AL SD PM Lopes AL SD PM Magalhães AL SD PM Karine

e desde 1967 (particularmente subjugado às alterações decorrentes dos Atos Institucionais) sob uma Constituição imposta pelo governo. Anseio que se tornou necessidade após o fim da ditadura militar e a redemocratização do Brasil. O regime de exceção.. e cuja finalidade era garantir os interesses da ditadura. fez crescer.Desde 1964 o Brasil estava sob uma ditadura militar. . o anseio por dotar o Brasil de uma nova Constituição. restrição das garantias fundamentais. internalizados em conceitos como segurança nacional. em que as garantias individuais e sociais eram restritas. a partir de 1985. ou mesmo ignoradas. defensora dos valores democráticos. durante o processo de abertura política. etc.

invalidando as leis que com ela não estejam em harmonia. Na doutrina constitucionalista só é considerada constitucional o estado que atenda a certos requisitos. A constituição orienta todos os ramos do direito. sobre os direitos e garantias individuais. Em sentido amplo. todos os estados têm constituição. escrita ou costumeira. com o estabelecimento de formas de governos. . de especial relevância para uma determinada sociedade. pois todos têm uma forma de organização política. a divisão de poderes. a limitação de poder e a declaração dos direitos e garantias individuais.CONCEITO DE CONSTITUIÇÃO A constituição é norma de ordem superior que dispõem sobre a organização do Estado.

são definidos os direitos dos cidadãos. coletivos. e são estabelecidos limites para o poder dos governantes. a Constituição de 1988 representa um avanço. sociais ou políticos. sejam eles individuais.CONSTITUIÇÃO FEDERAL DO BRASIL 1988 Na Constituição Federal do Brasil de 88. Em relação às Constituições anteriores. . como a cidadania e a dignidade da pessoa humana como principio fundamental.

Evidentemente que os princípios fundamentais integram o Título I. na história das constituições brasileiras esse título inicia a Constituição. Pela .O capítulo que trata dos Direitos e Garantias Fundamentais foi colocado logo no início da Constituição. primeira vez. para mostrar a importância que os constituintes deram a esse tema na Constituição de 88.

.Diminuição da jornada de trabalho de 48 para 44 horas semanais. . . raça. também aos domésticos. é uma das cláusulas pétreas do texto constitucional.Licença paternidade de 5 dias.Redução da mandato do presidente de 5 para 4 anos.Férias remuneradas com acréscimo de 1/3 do salário.Os direitos trabalhistas passaram a ser aplicados. 3.Direito a grave. . .Abono de férias . .Décimo terceiro salário para os aposentados.AS MODIFICAÇÕES MAIS SIGNIFICATIVAS Art. sem preconceitos de origem.º promover o bem de todos. 5º que diz que todos são iguais perante a lei. cor.Direito de voto para os analfabetos. governadores e prefeitos de cidades com mais de 200 mil habitantes) . . sexo. sem distinção de qualquer natureza.Seguro desemprego. além de aos trabalhadores urbanos e rurais. . . .Eleições em dois turnos (para os cargos de presidente. O Art. .Voto facultativo para jovens entre 16 e 18 anos. .Liberdade sindical. idade e quaisquer outras formas de discriminação.

São aquelas cuja preceituação estruturada do estado vem documentada em um texto. os direitos do cidadão. a competência de que são investidos. forma de governo. elegendo diretamente aqueles que vão dirigi-lás. assim como sobre os limites de atuação do poder estadual. •Quanto à forma: Escrita: as regras estão codificadas num texto único. . •Quanto à origem: Promulgadas: Que tem sua gênese na vontade popular que participa ativamente de sua redação ou.CLASSIFICAÇÃO DA CONSTITUIÇÃO •Quanto ao conteúdo: Material: Aquela cujo texto traz normas que determinam a forma do estado. no mínimo. São aquelas que dispõem sobre os aspectos fundamentais da estrutura do estado. é aquela que se origina de uma assembléia popular. os órgãos que dirigem é a matéria de que é formada.

.•Quanto à mutabilidade: Rígida: è aquela que demanda processos especiais e qualificação para sua modificação. da qual deriva a criação de normas constitucionais.