You are on page 1of 32

DEFINIÇÃO DO PRODUTO

Administração de projetos – Como transformar idéias em resultados – capítulo 3 – Antonio Cesar Amaru Maximiniano

PRODUTO

Neste capítulo, será oferecida uma visão do processo de administrar o escopo do projeto e do produto, com base no entendimento das necessidades dos clientes.

Conceito de produto

Produto “ é um conjunto de atributos tangíveis e intangíveis, que proporciona benefícios reais ou percebidos, com a finalidade de satisfazer as necessidades e os desejos do consumidor”
SEMENIK, Richard; BAMOSSY, Gary. Princípios de marketing: uma perspectiva global. SP: Makson, 1995. p. 260

é imperativo que se considere a dimensão do consumidor. Incluir o consumidor nessa perspectiva não se limita.Conceito de produto Ao definir produto. a definição de produto se alicerça nos benefícios que uma “coisa” pode proporcionar ao homem. porém. a dizer que os produtos servem ao atendimento de suas necessidade e de seus desejos. . É importante que se atente para a maneira como os consumidores percebem os produtos e os benefícios deles decorrentes. Como se observa. levando-o a algum tipo de satisfação.

Na administração de um projeto. Por exemplo. atrair turistas e. no final movimentar a economia. ação ou decisão. . há uma hierarquia de objetivos ou cadeia de meios e fins.Produto Objetivos são resultados esperados de algum tipo de esforço. a realização dos Jogos Olímpicos é um objetivo central. que envolve a utilização de recursos. que serve aos objetivos intermediários de promover o país que os realiza. chamados objetivos intermediários e finais. O produto permite realizar um ou mais objetivos de ordem superior.

é o meio para o atendimento de uma necessidade. é preciso saber quais necessidades deverão ser atendidas. O produto. . Para definir com precisão o produto ou serviço. fornecido como resultado do projeto.Produto e necessidade A parte mais importante do planejamento de um projeto é a definição do produto.

problemas. Necessidades são também chamadas justificativas do projeto. é necessário desenvolver novos motores.Necessidades Necessidade é uma palavra genérica. . O produto do projeto é uma família de novos motores. Por exemplo: Para superar os problemas e restrições que a legislação do meio ambiente cria para os motores de veículos. que indica todos os tipos de situações das quais os projetos podem-se originar: encomendas. idéias criativas ou oportunidades.

ter estética. . Todo produto deve ser funcional. No mundo em transformação em que vivemos. e seu projeto apoiar-se em tecnologia conhecida. de fácil utilização. com produtos e serviços inovadores. considerar os aspectos ergonômicos envolvidos.Necessidades Desenvolver novos produtos é um desafio constante. a empresa que não se antecipar às necessidades de seus clientes. ser compatível com as preocupações de preservação do meio ambiente. estará condenada ao desaparecimento. comandos auto-explicativos – como os comandos dos painéis dos automóveis -.

Escopo do projeto Produto Principal Ex.: veículo Fábrica para produzir o veículo Desenvolvimento de fornecedores Treinamento de distribuidores Escopo do produto: características e desempenho do veículo O escopo do projeto define o produto a ser fornecido e o escopo do define suas características. produto .

Os gerentes de projetos devem aprender a diferenciar produto de objetivo imediato e de objetivo final.Hierarquia de objetivos A palavra objetivo é frequentemente usada como sinônimo de produto. é preciso distinguir diferentes níveis de realização de objetivos e sua hierarquia ou encadeamento. No entanto. . a realização de um festival beneficente tem com objetivo imediato angariar fundos.  O objetivo imediato é a função que o produto cumpre – sua razão de ser ou propósito. em certos casos.: o desenvolvimento de um novo motor tem como objetivo imediato a substituição dos motores atuais. O gerente e a equipe comprometem-se com o fornecimento do produto para os clientes. Ex.  O produto é o resultado do projeto.

Por exemplo: substituição dos motores permite o atendimento da legislação e a permanência da empresa no mercado. A distinção entre esses diferentes níveis de objetivos é uma exigência em determinadas metodologias de administração de projetos.  A realização do objetivo (ou dos objetivos) possibilita o atendimento das necessidades e justifica a realização do projeto.Hierarquia de objetivos  O objetivo final é a utilidade do objetivo imediato. .

Evolução da tecnologia Necessidades = justificativas do projeto Oportunidades Encomendas Idéias Problemas PRODUTO .

Projetos complexos. construção de modelos e testes. . junto com estimativas preliminares de prazo e custo.Concepção do produto Um plano operacional baseado em uma idéia imprecisa do produto tem grande chance de fornecer um produto bastante afastado da necessidade original. Uma das primeiras tarefas no planejamento de um projeto é fazer um esboço do produto. com grandes equipamentos. demandam estudos prévios.

Figura 3. .3 Conceito Necessidade Definição Problema que o projeto procura resolver Exemplo Falta de recursos financeiros Produto Produto ou serviço que resolve o problema Festival beneficente Objetivo Utilidade do produto e sua contribuição para resolver o problema Angariar fundos O objetivo é a utilidade do produto. Um produto normalmente tem objetivos imediatos e objetivos finais.

como o mercado consumidor. cujas necessidades são pesquisadas pelo pessoal de marketing. com uma necessidade muito precisa. como a empresa que solicita uma especificação diferente de um produto. implícitos ou explícitos. Pode ser um cliente singular. há duas perguntas importantes que todo gerente de projeto deve fazer: • Quem é o cliente? • Quais são suas expectativas? Todo projeto tem clientes. Pode ser um cliente impessoal. .Clientes No processo de esclarecer necessidades e definir produtos.

Categoria de clientes Todos os clientes enquadram-se em três categorias  Clientes que usam e pagam É o caso de pessoas ou organizações que utilizarão o produto do projeto. Por exemplo. o empresário que encomenda uma revisão na estrutura organizacional de sua empresa ou a família que encomenda uma casa ao arquiteto. .

. Por exemplo. os funcionários que utilizam um sistema de informações ou os operadores de um equipamento.Categorias de clientes Clientes que usam e não pagam É o caso dos usuários de projetos encomendados pelas organizações em que trabalham.

. os patrocinadores de projetos filantrópicos ou os diretores de uma empresa que encomendam projetos de novos produtos a sua divisão de engenharia. Por exemplo.Clientes que não usam e pagam É o caso de pessoas ou organizações que encomendam projetos para que outros utilizem o produto.

aeroportos ou hidrelétricas.  Clientes que comprarão o produto do projeto.  Equipe do projeto Fornecedores de equipamentos Usuários do produto do projeto Administração superior e acionistas da empresa em que se desenvolve um novo produto.Partes interessadas Os clientes de um projeto integram uma constelação de partes interessadas (stakeholders). Habitantes de regiões próximas a grandes obras. . shopping centers. como rodovias.

Faça perguntas Para esclarecer com precisão as expectativas dos clientes o gerente e a equipe do projeto devem fazer perguntas:  Qual deverá ser a situação ao final do projeto? que. se pretende alcançar? O  Por qual motivo esse objetivo deve ser alcançado?  A que necessidades específicas esse objetivo deve atender? Qual problema deve resolver? Qual oportunidade deve aproveitar? . precisamente.

qual a estrutura de causas e efeitos? Quais os efeitos indesejáveis a serem corrigidos? Em quais causas se deve interferir para corrigir esse problema?  Se é uma oportunidade. quais as vantagens a serem aproveitadas? .Faça perguntas Se a situação inicial é um problema.

o objetivo imediato e o objetivo final:  Produto: curso de formação de supervisores de telemarketing.  Necessidade ou justificativa: o volume de dados com os quais os supervisores têm que lidar é muito grande e está em crescimento. Os supervisores precisam dominar ferramentas que lhes permitam tratar e interpretar esses dados. . o produto.Como apresentar os objetivos do projeto Pode-se apresentar separadamente a necessidade. para tomar decisões rapidamente e orientar os operadores.

.Como apresentar os objetivos do projeto Objetivo imediato: capacitar 25 pessoas para desempenhar a função de supervisão de operadores de telemarketing com o uso de técnicas analíticas de decisão. contribuindo para a competitividade da empresa.  Objetivo final: aprimorar a capacidade de análise de dados e tomada de decisão no departamento de telemarketing.

elementos ou componentes. Planejamento do escopo é uma declaração sucinta dos produtos que serão fornecidos(e. dos que não serão fornecidos) pelo projeto. O processo de administrar o escopo divide-se em dois níveis: planejamento e definição. subprodutos.Administração do escopo do projeto Os produtos fornecidos pelo projeto são singulares. (figura 3.5) . eventualmente. mas invariavelmente. dividem-se em partes. chamados simplesmente produtos.

para indicar precisamente um item que deve ser fornecido ou entregue pela equipe do projeto ao cliente. na linguagem do PMBOK.Administração do escopo do projeto Produtos* ou deliverables. que significa “fornecível” ou “entregavél”. . Uma palavra sem tradução direta. consagrou-se a tradução componentes do produto. No Brasil.

 Ao final do projeto. o leque de produtos ou serviços a ser fornecido ao cliente. de forma sucinta. deverão ser fornecidas uma série de protótipos de um novo modelo de aeronave. . O planejamento do escopo consiste em enunciar. a planta do processo produtivo e a lista dos fornecedores de peças e equipamentos da aeronave e do processo produtivo.Planejamento do escopo do projeto Qual produto será entregue? deve significar:  Quais produtos serão entregues ao final do projeto? O processo de escolher os componentes do produto é chamado planejamento do escopo do projeto.

estabelecendo o alcance e o ponto exato até o qual o esforço deve chegar. Por exemplo:  Não faz parte do escopo do projeto a seleção. contratação e o treinamento do pessoal para operar a fábrica de aeronaves. O planejamento do escopo é uma estratégia ou forma de delimitar o campo de atuação do projeto.Planejamento do escopo do projeto O planejamento do escopo também pode declarar o que o projeto não vai fazer ou o que o produto não vai ser. .

WBS. . estrutura de divisão de trabalho. por meio da técnica do desenho da estrutura analítica (também chamada estrutura do projeto). partindo da descrição sucinta inicial. Há diversos critérios e formas de representar uma estrutura analítica (figura 3.6) Obs: estrutura analítica é tradução de work breakdown structure. Literalmente. retratando a divisão do produto em partes. chama-se definição do escopo.Definição do escopo do projeto O processo de detalhar os produtos do projeto. A definição do escopo consiste em dividir o produto principal em partes administráveis.

Planejamento do escopo = declaração sucinta da abrangência do projeto Figura 3.5 Exemplo: desenvolver e implantar um sistema de telemarketing em um supermercado Definição do escopo: dos componentes detalhamento Concepção do modelo e desenho do sistema de telemarketing Serviço de embalagem e entrega Software Caixa Formação e treinamento da equipe Equipamentos .

Uma forma comum de desenhar a estrutura analítica é a lista de itens ou peças. como no exemplo: CONJUNTO MOTOR Conjunto bloco BLOCO Cabeçote Comando de válvula Girabrequim Biela e pistões CONJUNTO SISTEMA DE INJEÇÃO DE COMBUSTÍVEL Bombas injetoras Tubulações e bicos injetores Comando eletrônico EQUIPAMENTOS PERIFÉRICOS Compressor Alternador Tubulação de admissão de ar Tubulação de gases de escape .

Observe que a espaçonave propriamente dita está dividida em partes (como o motor. no exemplo citado). O projeto.7 apresenta a estrutura analítica do projeto de uma espaçonave tripulada. compreende todos os equipamentos e serviços necessários para que a espaçonave funcione. no entanto. .A figura 3.

 Estrutura  Propulsão  Controle ambiental  Direção e navegação  Estabilidade e controle  Controle de reação  Energia elétrica  Comunicações Instrumentação  Sistemas de tripulação  Ejeção no lançamento  Pouso e recuperação Integração e instalação de subsistemas Figura 3.Espaçonave tripulada Equipamento principal Outros equipamentos  Equipamentos de apoio no solo  Simuladores e treinadores  Sobressalentes Outros elementos Programa de testes no solo  Programa de testes em vôo  Apoio operacional  Treinamento  Aprimoramento de equipamentos  Etc.7 .