You are on page 1of 74

Minimalismo

“Considero objetável o convite para participar de sua exposição de „arte minimal‟ sem título. Não aprecio a designação da minha proposta como a de algum „movimento‟ dúbio, jocoso, epitético, proto-histórico” Dan Flavin, 1967

“Apoteose do idealismo modernista”, embora para os principais críticos modernistas, Clement Greenberg e Michael Fried, a minimal estava em desacordo com as realizações do alto modernismo. “Crítica pós-modernista de suas condições institucionais e discursivas” (Foster 1987) “Uma reação classicista contra a exuberância romântica e a autocelebração da pintura expressionista abstrata dos anos 50” (Baker 1988) Para alguns era um análogo da contracultura: “ateísta, comunista e materialista”. Para outros a arte do status quo: revelando “a face do capital, a face da autoridade, a face do pai” (Chave 1990)

• • • • •

Carl Andre (1935) Dan Flavin (1933-1996) Donald Judd (1928-1994) Sol Le Witt (1928-2007) Robert Morris (1931)

• Unidade ou módulo básico regular repetido. os trabalhos são reunidos e ordenados. cúbico ou retangular. • Formas simples. colados: o gesto do artista é eliminado. sem arranjos dinâmicos ou instáveis. parafusados. . sem ornamentação. uma qualidade inexpressiva e trivial: pintura industrial. estão no mesmo espaço do espectador. em geral ela é plana e homogênea. • Quando há cor. Não são esculpidos ou modelados. • Não há moldura ou pedestal. • Materiais industriais soldados. • Literalidade: os materiais não são disfarçados para parecerem algo que não são.• É recorrente o formato quadrado.

donald judd. 1958 . sem título.

1963 .donald judd. sem título.

donald judd. sem título. 1963 .

sem título.donald judd. 1964 .

Cada unidade é idêntica. 1970 . Aqui não há permutação. E cada intervalo tem as mesmas dimensões de cada unidade. sem título. Donald Judd. com intervalos idênticos entre cada uma das peças.

donald judd. sem título. 1972 .

donald judd. 6 cubes. sem título. 1966 . stainless steel and yellow plexiglass.

1991 .donald judd. sem título.

Donald Judd. sem título. 1984 .

1989 . sem título.Donald Judd.

1978-9 . sem título.donald judd.

Texas . 100 untitled works in mill aluminum in Marfa.donald judd.

1980 . 15 trabalhos de concreto. sem título.donald judd.

donald judd. sem título. 1980 . 15 trabalhos de concreto.

For Leo Castelli.donald judd. Los Angeles County Museum of Art sculpture garden . 1977.

c. concreto.donald judd. sem título.1975 .

donald judd. Marfa. Texas . The Chinati Foundation.

New York. 1964 .Robert Morris. Instalação.

New York. Green Gallery.Robert Morris. Instalação. 1964-65 .

Caixa I 1962 aberta .Robert Morris.

Robert Morris. 1961 e sem título 1965 . duas colunas.

1965 . Untitled (Mirrored Cubes).Robert Morris.

1967 .Com a permutação modular e montagem provisória o trabalho ganha uma dimensão temporal. Nine fiberglass sleeves. Robert Morris.

1970 . emaranhando. sem título.Robert Morris.

Centro per l'Arte Contemporanea Luigi Pecci .Robert Morris.

Robert Morris. 1977 . Portland mirros.

1965-96 .Robert Morris. Ring with Light.

Sem título (círculo).Robert Morris. 1991 .

Robert Morris. labirinto. 1970-2006 .

carl andre, peça de madeira entalhada com serra circular, 1959

Carl Andre é o único desse grupo que parte da tradição da escultura. Referência a Brancusi.

carl andre, peça de cedro, 1959

carl andre, página do caderno, 1960

carl andre. equivalente VIII. 1966 .

Blacks creek. 1978 .carl andre.

2004 .carl andre. Black White Carbon Tin.

carl andre. Isoclast. 2004. 20 graphite stones .

2006. Graphite Sum of Numbers.carl andre. 164 graphite cubes .

oitavo canto de aço invertido .carl andre.

1969 . plano magnésio zinco.carl andre.

1976-1996 .Carl Andre. Lament for the Children.

Stone Field Sculpture. located in Hartford. 1977. Conn .Carl Andre.

1963 . to Constantin Brancusi.dan flavin. 1963. the diagonal of May 25.

dan flavin. 1967 . monumento.

sem título. 1968 .Dan Flavin.

untitled (to the innovator of the Wheeling Peachblow.dan flavin. 1966-68 .

dan flavin. sem título .

sem título .dan flavin.

dan flavin. for Robert with fond regards. sem título. 1977 .

dan flavin. sem título .

sem título. 2004 .dan flavin.

Dan Flavin .

Cubic modular piece no.sol lewitt. 3 .

1966. . (ABCD).Sol Le Witt. 1. Serial Project No.

Sol LeWitt .

Módulos iguais quadrados foram usados para construir as estruturas” sol lewitt. 1976 .“Decidi remover toda a pele e revelar a estrutura. floor plan #4 . Foi então necessário planejar o esqueleto de modo que as partes tivessem alguma consistência.

1978 .Sol LeWitt. 1 2 3.

Three x four x three.sol lewitt. 1984 minneapolis walker art center .

1971 . quatro cubos.sol lewitt.

open cube .sol lewitt.

Sol LeWitt. Forms Derived From a Rectangular Solid. 1990 .

first installation 1997 . Four-Sided Pyramid.Sol LeWitt.

sol lewitt. New York . X with Columns. 1996.

Sol LeWitt. pintura .

Lines in two directions in five colors on five colors with all their combinations. 1981 .sol lewitt.

Arcs in four directions.Sol LeWitt. 1999 .

2002 . wall drawing #1042.sol lewitt.

1999 . Wall Drawing #918 Irregular vertical bands and horizontal bands.Sol LeWitt.

Sol LeWitt. desenho mural .

Sol LeWitt. desenho mural .

Sol LeWitt. restauração de capela com david tremlett .